O lado positivo da agressividade

Por Isaias Costa

A agressividade é um tema um tanto quanto difícil de ser exposto, porque é mal compreendido pela maioria das pessoas. Muita gente pensa que a agressividade é algo ruim, mas não é bem isso. Se ela for bem utilizada pode fazer o ser humano crescer na vida. Tudo está relacionado com o equilíbrio.

Um grande problema na agressividade é a repressão que muitas pessoas fazem com ela. Todo ser humano tem agressividade, é natural. Mas algumas pessoas se forçam a nunca demonstrar essa agressividade. Isso é horrível, porque quando ela vai se manifestar (e com certeza vai se manifestar), ela vem não como agressividade, mas como violência (verbal ou física), como insultos, como vingança, desejo de morte, entre outros aspectos. Todos diferentes da agressividade em si.

Essa palavra se for analisada em sua raiz, quer dizer, “seguir adiante”, e este é o objetivo dela. A agressividade serve para você ter determinação para fazer alguma coisa, serve para você ter disposição de fazer aquele trabalho ou relatório que tem prazo definido e você não pode ficar “dormindo no ponto”, serve para você se aproximar daquela garota que está flertando a semanas e ainda não criou coragem suficiente para falar com ela, serve para você quebrar os seus próprios recordes no esporte, serve para você estudar um pouco mais porque sabe que precisa tirar uma nota boa, etc.

Essa é a agressividade sendo canalizada para algo positivo, uma agressividade que se manifesta sem exageros e sem repressões. Vou dar alguns exemplos do lado positivo da agressividade. Madre Teresa de Calcutá. Ela precisou de muita agressividade para cuidar dos doentes na Índia, precisou de agressividade para mobilizar pessoas, líderes, governantes, a apoiá-la com recursos financeiros para ajudar os pobres e doentes. Ela teve que bater de frente com muitas autoridades que não a valorizavam, pelo contrário, escarneciam dela. Se não fosse a sua agressividade, será que ela teria chegado onde conseguiu?

Mahatma Gandhi foi outro que precisou de muita agressividade para fazer uma revolução pela paz. Ele foi muito respeitado, não porque era monge, mas porque tinha caráter, e uma determinação inabalável. Ele sabia exatamente o que queria, tinha plena consciência de seus atos e de seus objetivos. Seu testemunho de vida arrastou milhões de pessoas no mundo todo. Até hoje ele consegui atingir muitos corações com seu testemunho. Garanto que sem essa agressividade ele não teria conseguido ser quem foi.

Outra pessoa que admiro do fundo do meu coração chama-se Nick Vujicic. Um homem que tinha todos os motivos para ser alguém depressivo e sem vontade de viver, cheio de mágoas, raivas, rancores. Mas não! Ele é um dos maiores palestrantes motivacionais do mundo. Já deu palestras pelo mundo todo, seus vídeos estão entre os mais vistos no youtube, tem milhões de seguidores nas redes sociais, mexe com os sonhos e perspectivas de todos os que lhe escutam. Enfim, um homem extraordinário. Mesmo passando por tudo o que passou, consegui ter um enorme sorriso no rosto e um senso de humor digno de um grande humorista. Está vivendo uma vida muito feliz ao lado de sua esposa. Mais uma vez eu repito. O que seria dele se não fosse a agressividade canalizada de forma serena? Se ele não dissesse para si mesmo, “Eu não vou levar uma vida sem sentido. Não vou ser um peso para as outras pessoas. Eu posso muito mais do que as pessoas poderiam imaginar…”. Essa agressividade fez ele se tornar alguém tão grande. Para os que ainda não o conhecem, vou deixar um link com uma de suas palestras.

Quero concluir dizendo que a agressividade é sim uma coisa boa. Desde que seja bem utilizada.

* Para ouvir a leitura desse texto basta clicar [aqui]

Anúncios

5 Comentários

Arquivado em Uncategorized

5 Respostas para “O lado positivo da agressividade

  1. erika

    Amei!muito inspirador e motivador, faz agente ver a vida com outros olhos

    • Muito obrigado Erika. Lembre-se sempre do “Passe adiante”. Leve as boas mensagens que você for assimilando para as outras pessoas. Não só àquelas que você ama, mas também àquelas que não podem lhe retribuir de forma alguma. Agir assim só lhe fará bem e a maior beneficiada será você mesma. Muita e luz em sua vida…

  2. Pingback: A agressividade pode ser uma coisa boa – AstroTerapia

  3. Adorei!!! Compartilhei na minha página!!! Gratidão pela inspiração!!!

  4. Christian

    Perfeito. Nunca vi um texto tão bom sobre o assunto. Nunca imaginei que iria ler. Porque psicologos costumam dizer o contrário disso tudo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s