Flores e espinhos

Por Isaias Costa

Você já parou para pensar sobre as mudanças naturais e periódicas do planeta? Nas estações do ano e a beleza que estas mudanças climáticas representam? Eu penso muito em tudo isso. Sabe por que temos as estações do ano? Lógico que a Geografia vai explicar com perfeição essa minha pergunta. Existem os movimentos da terra, proximidade com o sol, rotações, translações, equinócios, solstícios, e por aí vai. Mas eu estou falando aqui de uma forma mais filosófica das estações. As estações existem para fazer uma renovação em tudo. Tudo se renova o tempo todo, nada permanece imutável, e é maravilhoso que seja assim. Já pensou o tédio que seria essa vida sem as mudanças! Não haveria brilho em si viver. Até mesmo as células do nosso corpo, elas estão sempre se renovando, a ciência até já comprovou que no período de dois anos todas as células do nosso organismo são renovadas, até mesmo as células dos ossos, isso não é fantástico?

4estacoes

O que me inspirou a escrever esse texto foi uma das músicas mais bonitas e singelas da banda Os Paralamas do Sucesso, chamada “flores e espinhos”, essa música fala sobre as mudanças provocadas pelas estações do ano. Nela, o grande Herbert vem dizer que os espinhos da vida são como testes para a perseverança na vida, são os espinhos que nos fazem seguir adiante e querer “brigar pelos nossos sonhos”. Além disso, ele fala nas entrelinhas sobre o valor da justiça e retidão, é incrível como ele coloca de forma bem sutil essa interpretação. Ele diz, “mesmo que pareça tolo e sem sentido, eu ainda brigo por sonhos”. Nessa frase ele está falando das pessoas que pensam na vida como um fardo pesado, que não têm sonhos nem esperanças. Ele vem afirmar que não faz parte desse grupo. É isso amigos. Essa é a principal mensagem que quero deixar hoje. Muitos pensam nos sonhos como tolos e sem sentido. Mas não você que está lendo esse texto agora, você faz parte de outro grupo, o grupo que tem esperança, que acredita nos sonhos e que briga por eles. Essa música é muito linda e traz grandes ensinamentos, o mundo moderno quer que sejamos “engolidos pela vida sem brilho e por nossos inimigos em uma rotina comum”, porém, é como eu disse acima, a música vem dizer, “eu sou só um, mas não sou um deles”, ou seja, nós fazemos parte das pessoas que tem esperança na vida e que brigam contra esse sistema que quer uma sociedade cada vez mais infeliz.

Não posso concluir esse post sem deixar essa belíssima música para você apreciar. Ouça e baixe para ouvir em casa ou no mp4 ao ir ou voltar do trabalho, essa é uma música que vale a pena ser ouvida e reouvida muitas e muitas vezes…

* Para ouvir a leitura desse texto basta clicar [aqui]

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s