Voltar para agradecer

Por Isaias Costa

Hoje eu vou refletir sobre uma belíssima passagem bíblica e discursar um pouco sobre a personalidade do maior homem que já pisou nessa terra, Jesus Cristo. Trata-se da passagem dos dez leprosos, que é a seguinte:

E aconteceu que, indo ele a Jerusalém, passava pela divisa entre a Samaria e a Galiléia. Ao entrar em certa aldeia, saíram-lhe ao encontro dez leprosos, os quais pararam de longe, e levantaram a voz, dizendo: Jesus, Mestre, tem compaixão de nós! Ele, logo que os viu, disse-lhes: Ide, e mostrai-vos aos sacerdotes. E aconteceu que, enquanto iam, ficaram limpos. Um deles, vendo que fora curado, voltou glorificando a Deus em alta voz; e prostrou-se com o rosto em terra aos pés de Jesus, dando-lhe graças; e este era samaritano. Perguntou, pois, Jesus: Não foram limpos os dez? E os nove, onde estão? Não se achou quem voltasse para dar glória a Deus, senão este estrangeiro? E disse-lhe: Levanta-te, e vai; a tua fé te salvou”.

dezleprosos2

Essa passagem mostra um dos maiores defeitos do ser humano, a INGRATIDÃO. Todos nós somos ingratos, em maior ou menor grau. Digo isso sem medo, e me incluo entre os ingratos. Sabe por quê? Por que o simples fato de estar vivo, já é motivo mais que suficiente para dar glórias. E muitas vezes eu fico reclamando que está faltando isso ou aquilo, sendo que quando paro pra pensar e observar a minha vida, tudo que sou e tudo que tenho, vejo que estou reclamando à toa, no dito popular “reclamando de barriga cheia”. Jesus foi o maior mestre da gratidão, sempre ensinava isso a todos, mas poucos aprendiam os seus ensinamentos.

As pedras da gratidão

Jesus passa pela região entre Samaria e Galiléia e quando é abordado pelos leprosos logo eles pedem misericórdia. Esta é outra característica marcante em Jesus, ele não tarda a nos ajudar e nos curar. Os leprosos lhe abordaram e imediatamente ele os curou. Ele não esperou por nada, não adiou nada, curou os doentes imediatamente. Quem de nós consegue ser assim? Alguém lhe pede ajuda e você não coloca nenhum empecilho para ajudar? Não adia nada? Não dá a velha desculpa esfarrapada da falta de tempo? Do cansaço? Não existia nenhum desses empecilhos para Jesus. Se as pessoas estavam precisando dele, ele ajudava na mesma hora, não deixava nada para depois.

Outro detalhe impressionante nessa passagem é quando ela diz que o samaritano voltou para agradecer. Entre os Galileus e os Samaritanos, a probabilidade de se esperar que um Galileu voltasse para agradecer seria muito maior, porque a sociedade dos Samaritanos vivia separada da sociedade dos Galileus, onde Jesus vivia. Os habitantes da Samaria não tinham contato com os da Galiléia e vice-versa. Essa passagem vem dizer isso, que o agradecimento veio de quem menos era esperado. Essa passagem vem quebrar o paradigma de que só um povo agradece e o outro não, também quebra o paradigma de que o povo da Samaria é inferior e deve viver separado. Foi constatado que a humanidade desse servo samaritano era muito superior a de muitos Galileus. Essa é uma grande lição para todos nós. Lembrei-me de uma frase que acho linda que fala sobre isso, uma frase de William Shakespeare que diz, “durante a vida você descobre que, algumas vezes, a pessoa que você espera que o chute quando você cai, é uma das poucas que o ajuda a levantar-se”. A atitude esperada veio de alguém que não se esperava, o Samaritano.

Outra característica marcante da personalidade de Jesus é bem enfatizada nessa passagem, a virtude de ajudar sem esperar nada em troca. As perguntas que Jesus fez ao Samaritano não são para esperar ser elogiado, não são pra “passar na cara” a cura feita aos leprosos, muito menos para resmungar. Ele fez essas perguntas para instigar os homens a pensarem sobre eles mesmos, sobre a maravilha que tinham acabado de conquistar e sobre o novo universo que tinha sido revelado a eles.

Essa virtude de Jesus, infelizmente, é cultivada por pouquíssimas pessoas. É inerente ao ser humano a necessidade de aprovação. Se você faz uma coisa e não é aprovado ou elogiado, quase sempre a raiva, o ressentimento e os resmungos vêm de forma natural e espontânea, reações típicas de um ser humano limitado e sem maiores perspectivas.

Outra coisa comum do ser humano é que quando ele ajuda uma vez e não é elogiado vem aquele pensamento “Eu estou dando o melhor de mim e ninguém me dá nenhum crédito, nenhum reconhecimento. Da próxima vez não vou ser trouxa, vou deixar que os outros façam…”. Isso é triste, mas é uma realidade. Esse tipo de comportamento mesquinho jamais foi expresso por Jesus, ele se doava por amor, simplesmente por amor. Não queria saber se seria elogiado ou não. E é justamente aí que está sua maior virtude. Quando ele fazia milagres, quase sempre dava um jeito de “sair de fininho”, para não ser exaltado, ou ele dizia aos curados, “vá e não contes nada pra ninguém”.

O que Jesus mais buscava era o ANONIMATO, enquanto nós buscamos a EXALTAÇÃO. Quem de nós agiria dessa forma? Jesus tinha um poder imenso, tinha poder até sobre os ventos e a chuva, andava sobre as águas, mas não queria ser o centro das atenções como os seres humanos tanto buscam.

Enfim. Eu citei apenas poucas ideias e ensinamentos tirados dessa passagem, existe muito mais nas entrelinhas. Jesus foi um grande mestre da vida e do amor. Temos muito que aprender com ele, o mestre dos mestres…

* Para ouvir a leitura desse texto basta clicar [aqui]

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “Voltar para agradecer

  1. WAGNER PLACCA

    Parabéns pelo texto, Eu aguardo todos os dias para ver os seus textos, que eu acho incrível! Ainda mais quando se fala de Jesus cristo!! ABRAÇO!! SUCESSO!!

    • Muito obrigado meu amigo. É como eu costumo dizer, Jesus é e sempre será minha maior fonte de inspiração. Busco todos os dias me alimentar com a sua luz para ter boas inspirações!
      Abração!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s