Os mecanismos de fuga

Por Isaias Costa

Todo ser humano nasce com talentos únicos, umas pessoas têm o dom para música, outros para escrever, ou ensinar, ou consertar objetos, ou criar objetos, o dom esportivo, etc. Tudo isso é maravilhoso, porém, hoje quero falar sobre algo que pode ser perigoso e que está por trás dos dons pessoais.

Existem muitas pessoas que usam os seus dons como mecanismos de fuga. Elas sabem que têm determinado talento, e se fixam nisso, completamente, sem deixar espaço para o desenvolvimento de outros talentos. Vou exemplificar para que a ideia fique mais clara.

Algumas pessoas que são muito destacadas no campo dos estudos. Parte destas pessoas usa o estudo como um mecanismo de fuga para um lado de sua vida que não é desenvolvido, o campo das RELAÇÕES INTERPESSOAIS. São aqueles conhecidos “nerds bitolados”. Um bom exemplo do que estou falando aqui é o personagem Sheldon, do seriado americano “The Big Bang Theory”. Ele sabe que é genial em Física, e se esconde por trás de tanto saber acadêmico, porém, ele tem uma enorme dificuldade nas relações sociais. Ele tem tanta dificuldade com isso que se torna até arrogante e prepotente. No fundo, o que ele mais quer é não ser alguém tão chato de se conviver. Vou falar do meu próprio exemplo. Não tenho vergonha de colocar isso aqui. Eu já fui por muito tempo na vida um “nerd bitolado”, que me escondia por trás do saber acadêmico. Eu me escondia porque era péssimo nas relações interpessoais. Mudei muito para me tornar quem eu sou hoje. Cada dia da minha vida passei a tomar como uma OPORTUNIDADE de ser melhor do que fui. E assim eu fui mudando gradativamente até deixar de ser um “nerd bitolado”. Nós podemos qualquer coisa nessa vida! Basta que QUEIRAMOS MUDAR! Os dois primeiros passos para a mudança são: reconhecer estar no erro e tomar uma atitude, já, agora, neste momento, sem ficar protelando. Foi isso que fiz! Mudei toda a minha filosofia de vida, passei a viver o AGORA. Viver o agora é a coisa mais magnífica que existe e eu não me canso de dizer isso…

https://paralemdoagora.wordpress.com/2012/12/07/aqui-e-agora/

Sheldon+Cooper+sheldon

Alguns rapazes que malham dia e noite, sem trégua, sem descanso, que não param de olhar no espelho para ver o tamanho do tríceps. Parte desses homens usa os exercícios físicos como um mecanismo de defesa para um lado de sua vida que não é desenvolvido, a AUTOESTIMA. Se você prestar muita atenção neles poderá ver que não se acham interessantes, ou que não têm muito que acrescentar de bom à vida das outras pessoas. São vazios de conteúdo. Muitos desses caras malham pesado, ficam muito fortes, para tentar impressionar as garotas. Mas eles se enganam redondamente, porque os músculos podem até impressionar algumas garotas, mas será extremamente passageiro. Quando elas forem conversar verão que eles não têm muito conteúdo, e vão cair fora. Como resultado, fica uma enorme frustração para esses rapazes, que novamente vão usar a academia como uma fuga para algo que deveria ser resolvido de outra forma.

Você não precisa ficar desse tamanho para conquistar uma mulher...

Você não precisa ficar desse tamanho para conquistar uma mulher…

Alguns homens que “enchem a cara” nos barzinhos ou nas baladas. Eles usam a bebida como um mecanismo de fuga para um ou vários problemas pessoais, todos relacionados com a FALTA DE OUSADIA. Normalmente, estes são homens bons, generosos e prestativos, mas não aprenderam a usar tudo isso a seu favor. Eles bebem para tentarem ficar mais ousados. Usam uma falsa ousadia para se aproximar de garotas, ou para confrontar aquele homem ou mulher que lhe humilhou na frente de colegas, ou para se mostrar como alguém poderoso, ou para tentar ser alguém engraçado, e por aí vai.

images

Qual a mensagem que quero deixar ao citar esses exemplos? Eu quero dizer que nós devemos saber aquilo que somos bons, saber o que não somos muito bons, e tentar equilibrar isso. Não existe uma coisa que seja ruim e outra que seja boa. O que precisa é haver equilíbrio em tudo. Um “nerd” deve tentar desenvolver seu lado interpessoal, sem deixar de ser estudioso. Um mega atleta musculoso, pode fazer seus exercícios, mas pode ser alguém que vê a vida fora de uma academia, estuda, trabalha, se diverte. Um “farrista”, pode sim beber sua cerveja, vodka, tequila, ou qualquer outra coisa, mas precisa ser seguro de si, ter autoconfiança e não se deixar ser submisso a ninguém. Fazendo esse equilíbrio a vida pode se tornar muito mais interessante…

* Para ouvir a leitura desse texto basta clicar [aqui]

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “Os mecanismos de fuga

  1. Godel

    Como se diz: É mais fácil esconder os fracassos de si mesmo do que enfrentá-los. Esse fenômeno é comum na maioria das pessoas, ficar se prendendo a uma característica que te faz ser bom, o ser humano adora ficar bem protegido na zona de conforto, logo, qualquer coisa que faz com que ele saia, ele rapidamente tenta fugir para voltar para a zona de conforto novamente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s