Arquivo do mês: março 2013

Líderes e Mestres espirituais

Por Isaias Costa

Recentemente escrevi um texto falando sobre a volta às origens da igreja católica. Falei sobre a igreja fundada por Jesus e sobre vários preceitos e mudanças institucionalizadas pelos homens. Aos que não leram segue o link.

A volta às origens da igreja: Parte 1

A volta às origens da igreja: Parte 2

Esse assunto da igreja é extremamente vasto e complexo. Há muito que falar sobre ele, mas hoje vou me focar em outra coisa, nas lideranças espirituais, a partir de um questionamento que me faço desde que era garoto: “Será mesmo necessário que exista um líder na igreja que seja o representante de Deus na terra? Que tenha um título de santo padre? E que esteja no topo da hierarquia da igreja?”. Eu acredito que não. Não sei se você já parou para pensar nisso, mas essa história de ter um papa para representar a liderança da igreja leva a grandes intrigas, brigas de poder, rixas, invejas, maus tratos, principalmente verbais, dentre uma série de outros fatores.

papa_bento_xvi

Enfim, aquilo que deveria ser conduzido para levar a paz ao mundo e à igreja está sendo distorcido numa guerra interna, na qual ninguém fica sabendo dos pormenores. Na realidade, muitos do que estão lá dentro do Vaticano sonham com os privilégios e a fama que só um papa pode ter. Eu acho um grande engano pensar assim, e o que acho pior é que isso não tem nenhuma relação com a verdadeira missão de Jesus. Ele dizia: “o maior entre os homens é aquele que serve...”. Mas, o que vemos dentro do Vaticano são muitos homens que querem ostentar riquezas e ser servidos. O total oposto da missão de Jesus. A igreja de Jesus é uma igreja de servidores e de pessoas que pegam a sua cruz e o seguem. Acho que você lembra da passagem que Jesus fala com o homem rico e diz a ele: “para você alcançar o reino dos céus só te falta uma coisa. Vende tudo o que tem e dá aos pobres…”. Será que os grandes líderes da igreja estão vivendo esse preceito ensinado por Jesus? Pense sobre isso…

Agora vou falar a principal ideia. Eu acho que o nosso mundo está carecendo de verdadeiros mestres espirituais. Pessoas que causem um impacto profundo nos sentimentos e nos corações das pessoas. Quero falar de um homem que está ajudando a mudar toda a minha vida e as minhas perspectivas de mundo. Eu espero que você leia isso e tenha pelo menos um pouquinho de curiosidade de saber de quem estou tratando. Eu acredito que este homem que vou falar agora é um dos maiores mestres espirituais da atualidade. Seu nome é Eckhart Tolle. Meu Deus! A sua serenidade e paz de espírito é algo totalmente fora de qualquer padrão que si possa imaginar. O seu nível de consciência é estratosférico e eu tenho a mais profunda admiração por sua pessoa e sua integridade. Ele é autor de um grande Best-seller e inclusive quero deixar como sugestão de leitura, o livro “O poder do agora”. Um livro em que ele fala sobre a dimensão de viver o momento presente em toda sua plenitude. Ele também tem vídeos na internet e livros para download em pdf. Pois é amigos. O mundo precisa de mais pessoas como ele. Cabe a cada um de nós buscarmos conhecer um pouco desses grandes mestres e nos inspirarmos neles. Eu sempre terei o Eckhart Tolle como um grande exemplo de homem e de mestre espiritual. Eu estou aprendendo a viver a vida de forma muito mais intensa e feliz com os seus ensinamentos. Com ele estou aprendendo cada vez mais a viver o hoje, que é a maior maravilha que existe.

Um dos maiores mestres espirituais do nosso mundo...

Um dos maiores mestres espirituais do nosso mundo…

Por fim. Como eu sei que o que estou falando aqui pertence ainda ao mundo da fantasia, o que resta é esperar que o próximo papa veja os grandes problemas do mundo com olhos de amor, com os olhos de Jesus, com olhos de perdão, de humildade, de servidão, de misericórdia, de paz. Um papa realmente santo pode fazer grandes coisas pela humanidade, como foi o papa João Paulo II, o papa dos jovens. Ele foi o papa que mais arrastou jovens para a igreja até hoje. Espero que o próximo papa siga um pouco dos passos deste homem santo que foi o papa João Paulo II…

Que o próximo papa seja um pouquinho parecido com este santo homem...

Que o próximo papa seja um pouquinho parecido com este santo homem…

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Entendendo a solidão

Por Isaias Costa

Nós estamos vivendo o século da solidão. Nunca a tecnologia avançou tanto e ao mesmo tempo o ser humano nunca se sentiu tão vazio interiormente. O tema da solidão é de uma complexidade muito grande e o que eu vou falar hoje levei muito tempo para começar a entender.

solidao-1

Vou iniciar com uma passagem de um escritor australiano que fala sobre a dimensão da solidão, o escritor Morris L. West. A passagem diz o seguinte: “Custa tanto ser uma pessoa plena, que muito poucos são aqueles quem têm a luz ou a coragem de pagar o preço… É preciso abandonar por completo a busca da segurança e correr o risco de viver com os dois braços. É preciso abraçar o mundo como um amante. É preciso aceitar a dor como condição da existência. É preciso cortejar a dúvida e a escuridão como o preço do conhecimento. É preciso ter uma vontade obstinada no conflito, mas também uma capacidade de aceitação total de cada consequência do viver e do morrer…”.

Esta passagem é de uma profundidade extrema. Sabe uma palavra que praticamente resume o que ele está querendo dizer? MÁSCARAS. O nosso mundo moderno está cada vez mais infeliz porque as pessoas vivem com as suas máscaras, mostrando uma faceta diferente em cada local que adentra. Ter muitas máscaras é algo muito doloroso para o coração, porque você vai perdendo o que tem de mais precioso, VOCÊ MESMO, a sua IDENTIDADE. As pessoas olham para você, mas não sabem com quem estão lidando, porque você cria consciente ou inconscientemente uma barreira para elas. Isso é a solidão lá na sua raiz meus amigos. A maior solidão que existe é esta de você já não saber mais nem quem é, aquela solidão que lhe faz perder a identidade. É muito triste isso, mas tem se tornado cada vez mais comum. Estamos vivendo como estranhos e essa é a principal mensagem que quero deixar, levei muitos anos para poder compreendê-la. A solidão pode ser curada a partir do momento em que você cria VÍNCULOS SINCEROS E PROFUNDOS com alguém. Quando você se mostra tal qual é, sem nenhuma máscara e nenhum fingimento. Quando você olha para esta pessoa e ela já sabe de todos os seus defeitos e qualidades e mesmo assim não desiste de você. Eu acredito que o principal remédio para curar a solidão se chama SINCERIDADE. Eu quero convidá-los a buscar a verdadeira sinceridade, a não ser como um camaleão. O mundo já tem camaleões demais. O que eu mais quero nessa vida é poder assumir as minhas misérias e mazelas e mesmo assim ter alguém para olhar para mim com olhos de amor e de aconchego. Eu tenho pessoas assim na minha vida, mas elas não caíram do céu. Eu tenho essas pessoas porque me mostro para elas como sou, sem máscaras.

solidao (1)

Outra frase que li vem explicar porque as pessoas são tão solitárias. Uma frase de um escritor brilhante chamado John Powell que diz: Tenho medo de lhe dizer quem sou porque, se eu lhe disser quem sou, você pode não gostar e isso é tudo o que tenho”. Eu me identifiquei demais com essa frase e posso afirmar que ela é muito verdadeira. Agora vou falar uma coisa pessoal para mostrar a realidade dessa frase. Eu tenho amigos, mas eu não tenho tantos amigos assim. Hoje eu entendo porque existem tantas pessoas que não me querem por perto. Elas não querem porque não conseguem conviver com a minha sinceridade. Eu sempre fui muito sincero e se tiver que dizer alguma coisa que possa chegar a ferir alguém eu sou capaz de dizer por causa da minha sinceridade. Inclusive eu já perdi amigos por causa disso. Eu mexi nas suas feridas apodrecidas e eles vieram me dar coice. Tudo bem! Não me importo com isso. Pouquíssimas são as pessoas que se mostram humildes e abertas ao diálogo para falarem das suas mazelas. Eu tenho procurado não ser assim. Não tenho medo de falar dos meus erros e defeitos, sei que tenho muitos. E isso me faz viver de um jeito muito melhor. Eu sempre posso contar com as pessoas que me são mais chegadas, porque elas conhecem a minha realidade e estão dispostas a me ajudar.

solidao

Esse tema é extremamente vasto, o que eu falei aqui, acho que pode ser comparado até com a relação entre o núcleo atômico e o átomo em si, existe infinitamente mais a ser falado sobre ele. Vamos nos tornar mais transparentes e sinceros. Essa atitude na vida pode ajudar a dar um basta em toda essa solidão que vem se alastrando pelo mundo…

* Para ouvir a leitura desse texto basta clicar [aqui]

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Ronaldinho Gaúcho e a Academia Brasileira de Letras

Por Isaias Costa

Eu realmente não sei o que está acontecendo com o nosso mundo. Não! Na realidade eu sei sim. O nosso mundo está ficando BURRO e repleto de pessoas alienadas e sem cultura. Eu assisti a um vídeo que me deixou “fumaçando” de raiva e só não utilizo palavras torpes neste post porque eu posso escrever como alguém que tem cultura e vocabulário. Trata-se de um vídeo do jornal do SBT falando sobre a conquista por Ronaldinho Gaúcho da medalha Machado de Assis da Academia Brasileira de Letras. Eu assisti a esse vídeo e fiquei absolutamente perplexo. A minha reação foi como a dos personagens de animes quando ficam constrangidos, ficam com uma gotinha na testa e se perguntando, “What?”…

Não entendi!

Não entendi!

Aqui segue o link com o vídeo da notícia.

 

Eu tenho muita vontade de chegar até o Ronaldinho Gaúcho e perguntar quais foram os últimos cinco livros que ele leu e ver qual seria a sua reação. Acho que ele faria mais ou menos assim: “Ãhhn! Uhnn! Cara, tu assistiu aquela reportagem que passou no Fantástico semana passada? Foi muito boa, todos deveriam ter assistido...”, e tentaria se sair de mansinho.

Machado de Assis foi o fundador da Academia Brasileira de Letras e por lá estão registrados grandes nomes, como Rachel de Queiroz, Olavo Bilac, Aluísio Azevedo, Ruy Barbosa (estou falando Ruy Barbosa), Graça Aranha, Roberto Campos, Osvaldo Cruz, João Cabral de Melo Neto, entre muitos outros gênios da literatura. Você consegui entender o que é colocar Ronaldinho Gaúcho para dividir espaço com a nata do conhecimento? Isso é completamente inadmissível e inaceitável. Assistir a uma notícia como essa deve ser muito frustrante para os escritores brasileiros da atualidade. Eu fico querendo imaginar o que escritores como Rubem Alves, Augusto Cury, a querida Adélia Prado, o grande Paulo Coelho, o meu grande ídolo Arnaldo Antunes, Chico Buarque, Leonardo Boff, Dr. Flávio Gikovate, Rubem Fonseca e muitos outros mestres da literatura ficam pensando ao verem uma palhaçada dessas. O que me deixa feliz e esperançoso é que esses grandes escritores não escrevem pensando em receber uma medalha. Não! Eles escrevem porque querem ver um Brasil menos alienado e com um pouco mais de CULTURA…

https://paralemdoagora.wordpress.com/2013/01/14/o-valor-da-cultura/

Para terminar vou deixar uma sugestão de um filme que assisti recentemente e que faz uma sátira ao “emburrecimento” da população. Mostra a população do futuro em um mundo governado por pessoas idiotas. Trata-se do filme americano “Idiocracia”. Esse filme é muito bom amigos. Eu realmente estou começando a achar que esse filme tem um grande fundo de verdade, porque as baixarias que estão sendo disseminadas todos os dias está me fazendo ter esses pensamentos. Você quer viver em um mundo de idiotas? No filme os personagens falam que ter cultura é coisa de “viado”. Você quer contribuir para espalhar esse tipo de alienação? Vamos acordar! E procurar realmente a CULTURA. Eu quero fazer parte de um país e de um mundo que tenha senso crítico, mas parece que quanto mais o tempo passa mais esse meu desejo se torna utópico. Mas vou continuar tendo esperança, isso é algo que tenho de sobra e terei sempre. Vou sempre procurar fazer a minha parte, só resta a você fazer a sua… Assista a esse filme e comece a se questionar sobre o mundo em que vive. É esse o mundo em que você quer viver? Vou deixar o link do youtube com o filme completo e dublado. Vale a pena reservar 1 hora e 20 minutos do seu dia com esse filme, ele mostra de forma cômica a necessidade de se aprofundar nos estudos e no aperfeiçoamento pessoal…

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized