Fracassos e resultados

Por Isaias Costa

Certa vez li uma indagação de um escritor e palestrante motivacional americano chamado Robert Schuller que diz o seguinte: “O que você tentaria fazer se soubesse que não poderia fracassar?”. Depois que eu li essa frase e fiquei um bom tempo refletindo sobre ela cheguei a uma conclusão que mudou a minha forma de pensar e de agir. Vou explicar um pouco de como se deu isso.

1005249_501975266548759_23981546_n

Pensei assim, “Se eu sei que não posso fracassar, a primeira coisa que eu preciso fazer é tirar essa palavra do meu pensamento…” Esse é o primeiro ponto. Os nossos pensamentos são as armas mais poderosas que temos. O poder de um pensamento positivo é infinitamente maior do que o de um pensamento negativo. Por quê? Porque os pensamentos positivos levam à ação, enquanto os pensamentos negativos levam à inércia e ineficiência. Ou seja, os pensamentos positivos são como impulsionadores, te empurram para frente, para a ação, para uma meta, um objetivo. É tão impressionante o que estou dizendo que os resultados dos pensamentos se refletem no corpo. Quem nunca teve uma experiência do tipo, “Acho que essa dor de garganta deve ser bem uma gripe querendo se instalar…” ou “Essa moleza vai me deixar doente…”, “Esse estresse é uma droga, desse jeito eu vou acabar é com uma indigestão…”, etc, etc. O que acontece com essas pessoas? Elas atraem tudo isso para si. Exatamente, é como se você pedisse para ficar doente. Assim vemos o quanto os pensamentos são poderosos. Não estou querendo dizer que se você sente determinados sintomas e diz para si “isso não é nada” vai ficar imediatamente curado, não é bem isso. Mas eu posso garantir que se você viver a sua vida sem achar o tempo todo que vai ficar doente, a probabilidade de ficar será muito menor. Tenho experimentado diariamente. Estou pouco a pouco tirando da minha mente toda e qualquer possibilidade de ficar doente e como resultado a minha saúde está cada vez melhor. Faça essa experiência e veja os resultados…

Rir é o melhor remédio

Depois eu pensei, “Se eu não posso fracassar então tenho que arquitetar um plano e pensar nas melhores estratégias para que o sucesso ocorra…”. Esse é o segundo ponto, tão importante quanto o primeiro. Pensando assim eu vou estar dando o meu melhor, porque estou me focando no sucesso e nas melhores possibilidades. Por exemplo, se eu vou estudar para um concurso e tenho uma apostila com 500 questões para resolver e cada tópico tem 30 questões. Uma pessoa que pensa com fraqueza vai fazer o seguinte, talvez estude todos os tópicos, mas só vai resolver uma pequena parte das questões, talvez ela diga para si “Eu já fiz isso muitas vezes, basta eu resolver umas dez ou quinze que já vou ter fixado bem o conteúdo…” Errado. Isso não é pensar com excelência. Pode ser até que as questões sejam parecidas, mas sempre vai haver alguma coisa que diferencia uma da outra, e pode ser uma vírgula que vai fazer a diferença entre aquele que vai passar e o que não vai. O pensamento com excelência seria fazer todas as questões, com convicção e certeza. Mas isso requer muita dedicação.

O terceiro ponto é o mais importante de todos. Você tem que fazer sem ficar pensando se vai dar certo ou não, se terá sucesso ou não. O importante é fazer e pronto. Resumindo a estória. É trocar a palavra “FRACASSO” por “RESULTADO”. Colocando essa dinâmica na vida. Tudo se torna melhor e mais eficaz. Ainda tem mais. É um aprendizado para a vida toda. Pense comigo… Eu vou fazer determinada coisa, pode ser que ela dê certo, mas pode ser também que não dê. Se eu iniciar o que tem que ser feito pensando no resultado, tirando a possibilidade do fracasso, pode ser que eu fracasse, mas a sensação não será de fracasso, será de uma tentativa que não deu certo, é bem diferente, a perspectiva é outra, focada no positivo, no sucesso. Em outro post eu falei sobre isso citando o exemplo de Thomas Edison, leia… Vale a pena conferir!

A lição da pedra

Vou concluir com a mesma pergunta do início e deixar que você, com sua própria experiência, tenha as respostas, “O que você tentaria fazer se soubesse que não poderia fracassar?”…

* Para ouvir a leitura desse texto basta clicar [aqui]

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s