7 hábitos dos perdedores

Por Isaias Costa

1001091_523200814426204_829566079_n

Hoje eu quero compartilhar um texto de um empresário que tem me influenciado muito, juntamente a um grupo de mais de 1 milhão de pessoas. É claro que eu estou falando do Flávio Augusto! Administrador da página “Geração de valor” no facebook. Adoro sua forma direta e sem firulas de se expressar. Atinge o mais profundo das pessoas e faz com que pensem e tomem uma atitude.

Preste bastante atenção nessas palavras e procure seguir as suas dicas. São dicas de alguém que batalhou muito para chegar aonde chegou hoje e são lições de vida reais de um homem que convive com todo tipo de gente todos os dias, tanto pessoas de sucesso como também as fracassadas. Vamos fazer parte das pessoas de sucesso…

7 HÁBITOS DOS PERDEDORES

Nossos hábitos têm grande influência sobre nosso comportamento. Não adianta apenas adquirirmos os hábitos dos vencedores, sem antes nos livrarmos dos hábitos dos perdedores.

Abaixo, 7 hábitos dos perdedores:

1. Reclama quando chega a 2ª feira e torce para chegar a 6ª feira – Os perdedores odeiam trabalhar. Tudo em suas vidas resume-se na busca de um novo par para uma aventura sexual de fim de semana. Por isso, a balada é sagrada e é assim, de noite em noite, que eles gastam suas vidas.

2. Não gosta de assumir compromissos em nenhuma área da vida – Os perdedores têm uma afeição por independência. Assumir compromissos, entregar-se a um relacionamento, comprometer-se no trabalho e lutar por uma meta, sacrificando-se em prol de um objetivo maior, faz com que ele se sinta escravizado.

3. O medo de perder influencia suas decisões muito mais do que sua vontade de ganhar – Os perdedores, diante do medo natural que todos nós sentimos, ao invés de enfrentá-lo, eles se acovardam. Resultado! Não se frustram de imediato, porém não conquistam nada. Em longo prazo, sentem-se vítimas do sistema ou que não tiveram oportunidades.

4. Desistem diante das primeiras dificuldades – Os perdedores são especialistas em manipular a si mesmos, criando teses convincentes para desistirem de seus objetivos. Tudo isso para fugir das dificuldades. Uma das teses preferidas é: “Não me sinto feliz fazendo isso”. Toda atividade profissional que promove crescimento é desafiadora. E os desafios geram desconfortos. Diante do desconforto, os perdedores usam suas teses para correrem dos desafios. Resultado! Não crescem.

5. Como os perdedores não realizam nada, a única coisa que lhes resta é a auto-afirmação– Perdedores são orgulhosos, falam e defendem suas convicções sem nenhuma autoridade e na hora H, fogem da raia. Não é pouco comum ver os perdedores se auto-afirmando sobre suas grandes habilidades e competências que nunca colocam em prática.

6. São refém de seus sentimentos – Nossos sentimentos, uma vez não gerenciados, tonam-se controladores de nossa vida. O desenvolvimento de uma inteligência emocional faz com que dominemos essas demandas de maneira a fazermos as melhores escolhas. Os perdedores são jogados de um lado para o outro por seus sentimentos. Uma das frases preferidas dos perdedores é: “Eu não controlo o que está em meu coração”.

7. Perdedores acreditam em sorte – Acreditar na sorte é uma das maiores anestesias para a consciência de um perdedor, pois sendo controlado por hábitos de perdedor, por consequência lógica, seus resultados jamais poderão ser resultados de vencedor. Neste caso, sentir-se sem sorte é o mais confortador para se acreditar, pois alivia a dor e desenvolve um sentimento de auto-piedade típico dos perdedores: “Eu não tenho sorte”. Quando ouvem de alguém que seus resultados são consequência de suas próprias escolhas, sua resposta preferida é: ” Não é bem assim”. Os perdedores são especialistas na relativização do absoluto, ao mesmo tempo em que generalizam o relativo.

Qualquer um de nós pode desenvolver esses hábitos, seja influenciado por amigos que nos cercam, por nossa família ou por gerado nossas próprias fraquezas. O problema é que uma vez desenvolvidos, esses hábitos funcionam como um vírus de computador, atuando silenciosamente no “sistema operacional” de nosso cérebro, influenciando nosso comportamento, decisões, ações e reações. Nesta hipótese, não será por acaso que teremos fracassos como consequência.

Costumo dizer: Previna-se! Coloque um preservativo em seu cérebro contra o vírus mortal da mediocridade. Ele tira a sua imunidade, mata seus sonhos, faz você definhar sem ter forças para lutar.

Você é inteligente. Pense comigo, se existe uma estatística, por mais difícil que ela seja, ela é possível. Se não fosse, não existiriam centenas de histórias de quem venceu todos os obstáculos e chegou lá. Alcançar o sucesso é uma questão de perseverar até se tornar um ponto fora desta curva, mas para isso, é fundamental que seus hábitos e comportamentos também estejam fora da curva. Este é o X da questão!

Flávio Augusto

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized

3 Respostas para “7 hábitos dos perdedores

  1. Republicou isso em Elder Cardosoe comentado:
    Para você pensar no fim de semana!

  2. Obanto D´Álanipax

    1- Perceber o desenrolar dos dias onde nós fazemos ou não fazemos diferença.
    2- Olhar em volta e perceber que não caminhamos sós; cada passo que damos nos coloca à frente de uns, mas ainda atrás de outros que conosco caminham.
    3- Perdemos sempre(um pouco de nossa zona de conforto), agindo ou não; perdemos mais quando nossa ação omite este fato.
    4- Crescimento é crise, vivemos criticamente, à beira de nossa destruição por isto não paramos: o progresso nos esmagaria, sobrepujando-nos.
    5- Vazio é o coração do homem sem amor às suas realizações, que o propulsionam a novos desafios.
    6- Mágoas, frustrações não se contam em sentimentos na economia das nossas vivências. São o estorvo, no espaço da alegria, do entusiasmo, da coragem: estimulantes surgidos da ginástica diária de construção da vida!
    7- São os fatos da vida que lhe evidenciam provas de “ser ou não ser…”. Sou o que desejo e realizo; não sou o que percebo de incômodo no que faço e me determino em corrigir. – Senhor de meus passos, guio-me pela mão da VERDADE, sigo-a, na clareza e certeza de meu livre arbítrio.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s