Medo de revelar os medos

Por Isaias Costa

Mascara02

Hoje eu vou falar de um tipo de medo que tem uma relação muito profunda com a comunicação entre as pessoas, trata-se do medo de revelar os medos. Que é acionado por um mecanismo de fuga chamado DISTRAÇÃO. Inclusive já citei rapidamente esse medo em um post passado, no qual fazia referência ao filme “Gênio indomável”. Se você ainda não leu, o link está logo abaixo.

Gênio indomável

Sabe quando você está conversando com alguém um assunto um pouco mais profundo e essa pessoa de repente fala algo “sem pé nem cabeça”? É disso que estou falando. Este é o mecanismo de fuga da DISTRAÇÃO, que é muito mais comum do que se pode imaginar. Quando estou conversando com alguém e percebo que estou começando a adentrar o território das suas feridas emocionais e pessoais, muitas vezes percebo uma inquietação enorme por parte dessa pessoa, como se aquilo que ela viria a falar fosse como uma bomba atômica, que deve ser evitado o acionamento a todo custo. Pois é, amigos! Essa inquietação é o medo de revelar os medos.

Existem muitas explicações para se agir dessa forma, mas eu acredito que a principal explicação é com relação a APROVAÇÃO DOS OUTROS. Tem uma frase do John Powell que lembrarei para sempre e que diz assim: “Tenho medo de lhe dizer quem sou porque, se eu lhe disser quem sou, você pode não gostar e isso é tudo o que tenho”. Essa frase é de uma profundidade impressionante. Ela é muito verdadeira. O ser humano tem em sim esse desejo ardente da aprovação dos outros, mas se percebe que não é alguém que tem tanta força pessoal e interior, se veste de máscaras e mais máscaras, para fingir ser forte. Isso é muito doloroso, porque interfere em todas as instâncias da vida, inclusive no campo dos relacionamentos. Eu já falei inúmeras vezes neste blog da importância da sinceridade para ser feliz no amor. Enquanto você se vestir de máscaras jamais vai saborear a beleza do amor verdadeiro e profundo.

Agora vou falar de uma coisa extremamente importante. Aqueles que usam o mecanismo de fuga da distração normalmente estão muito infelizes e fechados em seus mundos, não dão a si mesmos uma bela oportunidade de se abrir para alguém e deixar sair de dentro de si tantos sentimentos e experiências ruins e conflitantes. Criam um casulo que impede que se conquiste a tão sonhada liberdade, felicidade, harmonia e equilíbrio. Ainda digo mais! Quanto mais se foge de se dizer quem é, mais difícil se torna alcançar esse equilíbrio. Escrevi sobre isso em um texto antigo do blog, segue o link com ele.

Não fuja da dor

Lembro-me de um colega que conheci alguns anos atrás, na época em que cursava Física. Ele tinha um enorme complexo de inferioridade e insegurança, mas ele se vestia de uma máscara de “homem forte”, inclusive fazia até musculação diariamente para parecer “forte”. Eu via muito claramente sua insegurança e fazia o possível e o impossível para ter uma oportunidade de saber o que o fazia ser daquela forma. Eu era uma das pessoas mais chegadas dele e imaginava que poderia ajudá-lo, enganei-me redondamente. Ele era perito no mecanismo de fuga da distração. Quando ele percebia que estava prestes a revelar suas mazelas para mim ele falava: “Mah! Eu não aguento mais o governo do jeito que tá cara! É muita falcatrua!” ou “Cara! Eu estou louco para ver o próximo jogo do Flamengo!” ou “A cadeira de Física tá muito difícil. Eu estou achando que vou reprovar nela!” etc. E eu ficava com aquela enorme interrogação na cabeça: “Âhnn? Era disso que a gente estava falando?”. Pois é, conversar em uma situação como essa é algo bastante complicado. Foi isso que aconteceu. O tempo passou e continuei vendo esse meu colega sempre agindo do mesmo jeito, fazendo as mesmas coisas, conversando os mesmos assuntos, e pouco a pouco minha convivência com ele foi ficando difícil, não porque eu queria que fosse difícil, mas porque ele insistia em usar uma máscara que o afastava de mim. Entende o que estou querendo dizer?

Agora quando essa situação acontecer com você saiba que esse é o motivo. A pessoa não quer revelar a você quem é, e não há muito que se possa fazer. O melhor a fazer a respirar fundo e esperar que ela um dia venha a ter coragem de se abrir e falar aquilo que sente de verdade. Cada vez mais tenho procurado a graça do silêncio, no silêncio é muito mais fácil fazer uma pessoa lhe dizer quem é do que quando você fica tagarelando e querendo dar uma de fofoqueiro. Fica a dica para todos! Vamos aprender a melhorar a comunicação com as pessoas aprendendo essas coisas que são tão simples, mas ao mesmo tempo tão complicadas de se colocar em prática na vida…

* Para ouvir a leitura desse texto basta clicar [aqui]

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s