Morto-vivo

Por Isaias Costa

SOUL-EATER-16-Large-24

Hoje é o dia de finados, para este dia compartilho com você um texto bem bacana que não fala nem dos vivos e nem dos mortos, mas dos mortos-vivos, as pessoas que estão vivas, mas que não tem propósitos muito bem estabelecidos, ou precisam ousar mais, aprender a valorizar o mais essencial, o cuidado com a mente etc.

Acordar, pegar trânsito, trabalhar, pegar trânsito, ver TV, dormir. Acordar, pegar trânsito, trabalhar, pegar trânsito, ver TV, dormir. Acordar, pegar trânsito, trabalhar, pegar trânsito, ver TV, dormir.

Hoje é Dia de Finados, mas o problema não está com os mortos. Nem com os vivos. Está com os mortos-vivos. Esses que passam a vida toda girando uma roda que não sai do canto.

Se você está nessa, será que não já passou da hora de dar uma chacoalhada? De despertar de verdade e ver que isso aí que está passando enquanto você fica zumbizando esperando por dias melhores é a vida, a única que você tem?

Todos nós vamos morrer, mas tenho certeza que você prefere levar a vida sentindo-se desperto, com brilho nos olhos, sangue nas veias, tesão em viver.

Não confunda as coisas. Você não quer dinheiro, você não quer relacionamentos, você não quer seis gomos no seu abdome. Você quer apenas as experiências que essas coisas podem proporcionar.

Não perca tempo patinando querendo mudar todas as fontes externas, todas as configurações para que um dia você se sente na poltrona e diga: ufa, agora sim, está tudo do jeitinho que eu queria!

Encare de vez que a única coisa que precisa ser mudada é sua percepção, a maneira como você encara a vida. Você já tem tudo o que precisa, está tudo aí, é só usar. Bem simples, mas bem longe de ser fácil.

Requer dedicação, requer treinamento, requer comprometimento. Não dá para pedir no delivery, você tem que deixar de ser mimado e ir atrás, mudar seus condicionamentos, mudar a própria mente.

Comece agora ou continue a acordar, pegar trânsito, trabalhar, pegar trânsito, ver TV, dormir. Não se apresse, não se desespere, mas também não perca tempo. O próximo Dia de Finados pode já ser o seu.

* Para ouvir a leitura desse texto basta clicar [aqui]

Toni Durden

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s