Um mundo governado pelo dinheiro

Por Isaias Costa

fazer-dinheiro1

Outro dia assisti a um filme extraordinário que fala sobre o mundo, a evolução do homem e da natureza, o universo, as fontes de energia, o futuro, a saúde da população e principalmente sobre o dinheiro. O filme explica em detalhes como acontecem as falcatruas dos homens mais ricos do mundo para conquistarem as suas riquezas e aumentarem as disparidades sociais. Trata-se do filme “Prosperar: O que será necessário?”.

Uma frase em especial me deu muita inspiração para escrever este post, é a seguinte: “Dai-me o controle do dinheiro de uma nação e não me importarei com quem irá fazer as leis”, de Baron Mayor. Esta frase é extremamente profunda e verdadeira. O que Baron está querendo dizer é que todo o nosso mundo e a sociedade são controlados pelo dinheiro, e aqueles que comandam esse dinheiro são como “Deuses”. O poder que eles têm é tão imenso que eles nem precisam se importar com as leis, porque eles próprios criam estas leis, ao bel prazer, da forma como querem e impõem à nossa pobre população de uma forma que só faz com que cresçam mais e mais e a população fique mais e mais pobre. É um jogo muito sujo meus amigos! Cheio de trapaças e aproveitamentos. Na realidade, o que esse vídeo mostra não chega nem na pontinha da unha do que esses homens mais ricos do mundo são capazes de fazer para faturarem exorbitantemente.

Lendo e assistindo a muitos vídeos e filmes, consegui chegar a uma reflexão muito interessante. A maioria dos bilionários se tornam bilionários utilizando de muitas formas de sugar dos menos favorecidos. Quero deixar bem claro que existem as exceções como por exemplo (Oprah Winfrey, Bill Gates e Flávio Augusto). O que estou querendo dizer? Os homens mais ricos do mundo criam suas megaempresas e contratam milhares de “peões”, que são pessoas que não tem muito saber acadêmico, mas uma excelente disposição para o trabalho manual, braçal ou repetitivo. O que acontece é que estes empregados trabalham duro por no mínimo 8 horas diárias durante uma semana inteira, fazendo esta empresa faturar milhares de dólares, enquanto estes pobres empregados ganham a migalha da migalha. Infelizmente a maior parte dos “peões” se contentam com estas migalhas, porque muitos destes empregos são fixos e com carteiras assinadas, as empresas têm prestígio, eles oferecem cursos e prometem aumentos e possibilidades de subir de cargo etc. Este é, na realidade, um problema mundial em nível de pensamento. Os “peões” e os outros medíocres trabalham PELO DINHEIRO, porque querem algo que seja SEGURO. Então estes homens espertos, sabendo disso, dão a segurança que eles esperam com uma carteira assinada, mas um salário ridículo. Este é um tema muito amplo e provavelmente ainda retornarei a ele.

O senso de justiça e retidão não existe para esses homens, porque o dinheiro simplesmente minou completamente isso. E o EGO deles é tão exacerbado que não se pode nem descrever. O EGO é o que faz com que se sintam deuses indestrutíveis. Não existe amor, carinho, afago, compaixão, ternura, benevolência, paz, servidão e nenhum outro sentimento mais nobre em seus corações, só existe dinheiro, dinheiro e dinheiro. Agora eu vou fazer alguns questionamentos: Será que esses homens são mais felizes do que eu ou você? Será que eles têm paz de espírito? Será que quando eles encostam a cabeça em seus travesseiros sentem que fizeram alguém feliz e que são importantes na vida desta pessoa? Será que as pessoas que se aproximam deles querem realmente ter um encontro mais profundo ou apenas usufruir de seus bens? Será que eles sentem um prazer indescritível por andarem em uma Lamborguini? Será que eles se sentem protegidos nas suas mansões repletas de cercas elétricas, muros, grades e guardas? Será que eles imaginam suas vidas sem todos os bens materiais que possuem? Etc etc.

Todos esses questionamentos são muito profundos e precisam ser respondidos. Eu acredito sinceramente que estes homens estão longe de serem mais felizes do que eu ou você. Eu sou um “pé rapado”, como muitos podem dizer, mas eu tenho tesouros que eles jamais poderão ter, como: paz de espírito, consciência tranquila, amigos sinceros e verdadeiros, amor de pai e mãe, uma namorada que me ama pelo que eu sou, um trabalho que gosto, companheiros de trabalho muito bons e sociáveis, uma saúde perfeita, todas as capacidades físicas e mentais em perfeita ordem, uma família extremamente unida e companheira, etc. Esses tesouros são muito mais valiosos do que qualquer dinheiro deste mundo. Eu não tenho necessidade de me tornar um bilionário, pois já me considero muito mais do que um bilionário, tenho um coração rico e pessoas na minha vida que me amam de verdade e só querem o meu bem, que torcem pela minha felicidade e meu sucesso.

O nosso mundo é governado pelo dinheiro e o nosso querido sistema cada vez mais tem incutido na cabeça das pessoas que devemos ser consumistas. Toda a sociedade sobrevive através desse consumo desenfreado, e quem não consome é excluído, rechaçado, humilhado, ridicularizado. Por quê? Qual o mal em não ser consumista? Muito simples, não ser consumista implica em menos dinheiro no bolso dos ladrões sanguessugas que comandam a sociedade. Então se você não for consumista está fadado a viver uma vida de reclusão. Eu estou me tornando uma dessas pessoas e afirmo que não é o “fim do mundo” como muitos talvez pensem. Eu estou experimentando muitas alegrias que transcendem o dinheiro e que trazem paz de espírito. Quero deixar bem claro que o dinheiro é importante, mas está muito, muito longe mesmo de ser o mais importante. Vamos valorizar as pequenas coisas da vida! Vamos viver o hoje! Só existe o hoje! Você nem sabe qual será o seu destino daqui a 1, 2, 3, 5, 10 anos? Pra quê ficar enlouquecendo atrás de dinheiro? Vamos preencher a nossa vida com coisas maiores! Com valores, com amor, com compaixão, com amizades mais profundas! É isso que o mundo mais precisa.

Espero que tenha gostado destas palavras e desta pequena reflexão. Gostaria muito que você continuasse pensando a abrindo sua mente para a realidade assistindo a esse filme com muita, mas muita atenção. Ele traz informações preciosíssimas e que vão fazer você enxergar o mundo com olhos mais profundos…

* Para ouvir a leitura desse texto basta clicar [aqui]

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s