Lealdade e confiança

Por Isaias Costa

hands

Hoje eu vou tratar de um tema um pouco complexo e com opiniões das mais diversas possíveis. Quero deixar bem claro já de início que estou colocando apenas um ponto de vista, como penso, mas tenho convicção de que existem milhares de outros pontos de vista sobre esse mesmo tema. Vou falar sobre LEALDADE e CONFIANÇA.

Essas palavras têm significados e importâncias diferentes. CONFIANÇA vem do latim confidare/confidere, que tem origem em co(n) (junto) + fides (fé, lealdade), traduzindo ao pé da letra seria mais ou menos “juntos na fé”. LEALDADE significa: qualidade, ação ou procedimento de quem é leal. Leal é quem é sincero, franco e honesto, é fiel aos seus compromissos.

Eu penso que a lealdade é ainda mais importante do que a confiança, e para explicar isso melhor, compartilho algumas palavras do jornalista Rodolfo Viana a esse respeito:

“Melhor que a confiança (que é você esperar que alguém aja de acordo com suas ideias) é a lealdade (que é você agir em relação a alguém). No caso de um casal, se ambos forem leais um ao outro, viverão felizes para sempre — e sem o peso de errar e trair a confiança. Vocês estarão alinhados em realizar planos futuros porque a lealdade é comum a ambos. Além disso, confiar parte do outro; lealdade, de você. Se você for leal e sua esposa for leal, terão sentimentos honestos em relação ao outro e a si mesmos (e aqui eu lembro os psicólogos que te disseram que vocês são livres e estão juntos porque escolheram livremente tal relacionamento).”

Eu achei muito sábias essas palavras. Leia mais uma vez! Elas são bem profundas! O que o Rodolfo está querendo dizer é que a confiança vem naturalmente com a lealdade. Eu penso da seguinte forma, quem é leal tem isso como uma grande virtude pessoal, às vezes chego a pensar que é algo que vem até da própria natureza individual. Ou seja, quem é leal também é confiante, porque confia em si mesmo e a partir da autoconfiança passa também a confiar em outra pessoa. O que estou colocando aqui é bem sutil e deve ser lido com bastante calma para ser bem compreendido. Um casal que é leal está junto pela alegria e pelo crescimento mútuo, estão juntos porque a presença da outra pessoa faz com que seus dias sejam ainda melhores do que já são. Enfim, a outra pessoa não está por NECESSIDADE ou CARÊNCIA, mas por COMPANHEIRISMO, o que é absolutamente diferente. Os casais que seguem essa linha normalmente têm relacionamentos muito frutuosos e felizes, chegando até mesmo a durar uma vida inteira em alguns casos, como o próprio Rodolfo fala.

Agora eu vou falar uma coisa que acho interessante. Muitos desses casais que vivem a lealdade, mesmo quando há alguma situação que leva ao término da relação, ainda conseguem ter confiança na outra pessoa, pois quando esses relacionamentos chegam ao fim, quase sempre é porque o estar com o outro já não leva mais ao crescimento mútuo, então eles resolvem seguir seus caminhos individualmente, mas sendo muito sinceros consigo mesmos e com o parceiro(a). E essa atitude sincera leva a manutenção da confiança. Você está conseguindo entender a minha colocação? É preciso ter maturidade emocional para agir dessa forma. Posso garantir que é a minoria que age dessa maneira. Tem um imenso poeta que comunga deste meu pensamento e expressou isso em um poema que se tornou famoso mundialmente e é conhecido por quase todas as pessoas. Estou falando do famoso poema “Soneto de Fidelidade”, do grande Vinicius de Moraes. Esse poema sempre vale a pena ser relido…

Soneto de Fidelidade

De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

É assim que eu penso. Agora quero deixar as portas abertas para você deixar a sua opinião a respeito. Sei que o meu pensamento bate de frente com o de muita gente, então, se quiser deixar o seu, fique à vontade…

lala

* Para ouvir a leitura desse texto basta clicar [aqui]

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s