A pior de todas as vaidades

Por Isaias Costa

cordeios ou lobos

De todos os pecados capitais, o da vaidade é o mais deletério e o que mais pode destruir corações, relacionamentos, o caráter, a conduta etc. E com relação ao pecado da vaidade, existe uma específica que considero a pior de todas: a espiritual. O que é a vaidade espiritual? Vou explicar.

A vaidade espiritual é praticada quase sempre por pessoas que são extremamente engajadas na igreja ou em grupos de oração. Elas têm uma falsa impressão de serem melhores do que as outras pessoas, de ter um coração privilegiado aos olhos de Deus, pensam que seus esforços serão recompensados com um céu de pompas após a morte, pensam que determinadas atividades desempenhadas nos grupos de oração são exclusivas suas, ou seja, se forem feitas por outras pessoas ou deixadas de fazer por elas então deixarão de ser eficazes etc, etc.

As pessoas vaidosas espiritualmente normalmente gostam de adornos religiosos, tais como terços, cruzes, símbolos, bíblias o tempo todo na mão etc. Quero enfatizar que não sou contra nada disso, espero que você me entenda bem. O que estou querendo dizer é que estas pessoas sentem uma necessidade enorme de serem reconhecidas como religiosas e, por vezes, “santinhas”. Isso é algo terrível, porque faz a beleza da espiritualidade se tornar banal, fútil, superficial, pequena. Para mim, a grande beleza da espiritualidade está primeiramente no silêncio, em seguida na contemplação, na simplicidade e na humildade. Quem nutre essas virtudes pode ser considerada verdadeiramente uma pessoa espiritualizada.

É de extrema importância diferenciar religiosidade de espiritualidade. São absolutamente diferentes. Uma pessoa pode ser extremamente religiosa e não ser espiritualizada ou uma pessoa pode não ser religiosa e ser extremamente espiritualizada. As que são vaidosas espiritualmente se enquadram na primeira possibilidade, são extremamente religiosas, mas não espiritualizadas.

Muitas adoram exageros, tais como assistir três missas em um único dia, ou rezar dois rozários, ou participar de sete pastorais da igreja, ou estar em diversas reuniões da comunidade etc. Elas fazem isso muitas vezes por pura exibição, para inconscientemente dizer que “fazem mais” do que as outras pessoas, que tem uma “missão especial”. Muito cuidado amigos! Isso é perigosíssimo, eu já conheci diversas pessoas com esse perfil e a única coisa que pude fazer para não ser contaminado por esse desequilíbrio foi me afastar. Quero estar perto de pessoas que cada vez mais me façam crescer em humanidade, que me façam crescer em amor, e não alguém que me estimule a tentar ser um super homem.

A espiritualidade e as religiões servem para nos ajudar a sermos cada vez mais humanos, para crescermos em amor e em consciência. O que foge disso, com certeza não tem raízes espirituais e divinas.

religião traz esperança

Eu sou um profundo admirador das religiões e respeito igualmente a todas. Todas levam ao mesmo Deus, porém, as pessoas vaidosas espiritualmente pregam que sua religião é melhor que a do vizinho e frequentemente criam intrigas quanto às práticas e doutrinas das outras religiões. Isso cria um clima tenso e totalmente desgastante, onde nunca existe um vencedor, sempre terminam com perdedores dos dois lados, pois quem briga por causa de uma religião já é um perdedor antes mesmo de abrir a boca.

Por fim, quero falar da parte mais pesada de todas, a HIPOCRISIA. A maior parte dos vaidosos espirituais são hipócritas, pois na vida real não vivem o que falam e pregam. Ficam o dia inteiro dentro de igrejas e grupos, mas são incapazes de serem amorosos com a família, com o esposo, a esposa. Rezam diversos terços e vão a diversas reuniões e grupos, mas na menor discussão explodem de raiva e falam palavras agressivas. Cantam hinos e belíssimas canções, mas na hora de voltar pra casa não cedem seus lugares no banco do ônibus para a senhora idosa que está em pé. Pagam o dízimo e fazem várias ofertas, mas não ajudam os familiares, não dão presentes a alguém especial, não investem em coisas valiosas como cursos, livros, ou mesmo viagens com amigos ou a família. Em resumo, negligenciam a vida real para viver de forma fantasiosa dentro das igrejas, templos, grupos e comunidades. Isso é a vaidade espiritual.

Se este texto lhe incomodou, é sinal de que minhas palavras fizeram algum efeito em você, e isso já me deixa bem feliz. Mais uma vez repito que amo a espiritualidade, mas aquela que nos torna mais humanos, que nos faz sair do nosso casulo para irmos verdadeiramente ao encontro dos nossos irmãos, que nos torna mais serenos, mais amorosos, mais compassivos, mais altruístas, mais humildes, mais simples, mais atenciosos às pequenas coisas da vida. Isso é o que considero espiritualidade no mais profundo da palavra, o crescimento em consciência e amor. Pense sobre isso…

Se quiser se aprofundar um pouco mais nesse tema, deixo um vídeo do padre Fábio de Melo e padre Joãozinho em que eles abordam a vaidade espiritual. Vale a pena conferir…

Para concluir, deixo uma frase curta que resume tudo o que eu falei neste texto: “Quem julga ser bom por medo de castigo ou esperança de prêmio é um egoísta disfarçado…”Huberto Rohden

* Para ouvir a leitura desse texto basta clicar [aqui]

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “A pior de todas as vaidades

  1. Valério Marques Viana

    Adorei o texto todo! Infelizmente convivo com essas situações, seja dentro da família, seja em qualquer lugar onde se conviva com pessoas não ignorantes, mas intolerantes. E o pior é que nem adianta mostrar isso tudo pra essas pessoas, que só enxergam o que querem. Mas não tem problema, cada um constrói sua história.

  2. Eduardo Dubowski

    Cara, vc nao ta errado, mas também nao ta certo… conheça mais o que a rede católica faz na miuda, e mais gente dela também… os normais, é claro! mas isso passa…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s