Você faz o seu paraíso

Por Isaias Costa

Poema1

Outro dia li uma frase extremamente profunda e que me fez refletir bastante sobre a nossa missão na terra. Cada um de nós tem uma missão, algo destinado e uma maneira de contribuir que é única e exclusiva. Era uma frase falando sobre o paraíso e que ele se constrói aqui mesmo na terra, a partir da nossa vida. Vamos a ela…

“Já viemos ao mundo sabendo que aqui não é o paraíso, mas viemos para aprender a sermos o nosso paraíso. É como entrar em uma caixa cheia de espinhos, mas não para ser espinho, nem tão pouco para se furar e, sim, aprender a não ser espinho e sair sem um ferimento. Mas as pessoas ou viram espinhos ou saem feridas”.

Eliana Kruschewsky

A ideia principal desta frase é essa aqui: aprender a sermos o nosso paraíso. A nossa vida é um constante aprendizado e sempre teremos em nossas mentes e corações que ainda está faltando algo. Nesse ponto eu quero frisar um detalhe muito importante. Muitas pessoas têm aquela impressão de que sempre falta alguma coisa, mas pensando em termos materiais e financeiros, esquecendo o principal, o seu interior, a sua alma. Quando eu digo que ainda está faltando algo não estou falando de bens materiais apenas, estou falando de CRESCIMENTO ESPIRITUAL. O crescimento espiritual é algo que jamais se chega a um fim, sempre podemos avançar mais e nós estamos aqui na Terra para isso, para sermos homens e mulheres espirituais, e como eu já falei outras vezes aqui, a espiritualidade parte de dentro do nosso coração, não se busca em lugares, não se busca em pessoas, em templos, em religiões, em seitas, não. A espiritualidade é como o próprio nome diz, é uma ligação entre o seu espírito e o espírito de Deus, e isso transcende tudo que falei e citei. A verdadeira espiritualidade é a maior experiência de transcendência que o ser humano pode viver e não se explica através de meras palavras, se vivi. Eu estou nessa busca pelo autoconhecimento e pela verdadeira espiritualidade há muitos anos e essa frase da Eliana vem nos mostrar isso.

Eu sou um profundo admirador e seguidor de Jesus Cristo e acredito que, dentre os seres iluminados que habitaram a Terra, ele foi o que melhor ensinou que o paraíso é feito por cada um de nós a partir da vida que levamos. Uma de suas frases mais belas e profundas é essa: O reino dos céus está dentro de vós. Em outras palavras, o reino dos céus não se busca, não é algo que está escondido ou que precisa ser comprado, ou que está reservado para uns e excluído para outros. Não. O reino dos céus é uma conquista de todos os seres humanos e ele já se conquista aqui mesmo na Terra.

o reino dos céus está dentro de vós

Além disso, eu também penso nas moradas celestiais de que Jesus falava, ele dizia: Na casa do meu pai existem muitas moradas. Essas moradas são as nossas construções espirituais que fazemos durante toda a nossa vida. Nós somos seres espirituais e estamos aqui na terra por determinado tempo, durante esse tempo o que fazemos com a nossa vida determina a nossa construção da morada celestial. As nossas atitudes, o quanto de amor que demos e que recebemos, as nossas escolhas, os valores que agregamos às outras pessoas e tudo aquilo que fizemos para a evolução da humanidade se reflete no embelezamento dessa morada e do contrário a mesma coisa, as nossas insatisfações, lamentações, ódios, raivas, rancores, destruições, medos etc. também se refletem nessa morada, mas deixando-a pobre e triste. É assim que penso sobre a eternidade. Pode ser que eu esteja redondamente enganado, mas pensar assim me faz ser alguém melhor e me faz ajudar muito mais pessoas.

Uma ideia que está nas entrelinhas dessa frase e que precisei ler várias até compreender se chama MEDIOCRIDADE. No trecho que diz: aprender a não ser espinho, essa é a ideia que se quer transmitir. A caixa está cheia de espinhos, ou seja, o planeta terra está repleto de pessoas medíocres, que são como espinhos e impedem o nosso crescimento, mas se trata de uma escolha, você pode se tornar um espinho também (ser medíocre) ou sair da caixa sem ferimentos, ou seja, não ser um medíocre. Claro que esses espinhos também podem ser interpretados como os sofrimentos e agruras, mas quis explicar o que está nas entrelinhas.

a mediocridade das pessoas

Portanto, tenhamos sempre em mente que estamos dentro de uma caixa chamada planeta Terra, e nessa caixa existem muitos espinhos (dificuldades, tribulações, tempestades etc), mas podemos sair dessa caixa, ou seja, irmos para a eternidade sem virarmos espinhos e com feridas minimizadas (dores, mágoas, lamentações)…

* Para ouvir a leitura desse texto basta clicar [aqui]

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s