Economia Sagrada

Por Isaias Costa

petroleo06-660x330

Assisti a um vídeo maravilhoso do escritor Charles Eisenstein, que escreve livros voltados para a economia sustentável e a conservação do planeta, no qual ele falava sobre a economia sagrada, que é simplesmente a mudança do sistema em que vivemos, o capitalista, para outro que consuma bem menos e conserve bem mais.

Eu sei, tenho muita consciência de que não será nada fácil mudar essa realidade, pois são muitas as variáveis envolvidas. Este texto é uma prévia do artigo que logo lançarei aqui no blog falando sobre o mundo no futuro se este sistema capitalista não for mudado.

Abaixo está o vídeo e recomendo fortemente que assista. Transcrevi a parte que achei mais importante e farei uma breve reflexão a partir dela.

“O crescimento é outra das coisas geradas pelo nosso sistema monetário. Se formos um banco, emprestaremos às pessoas que criam novos bens e serviços, de forma a que possam ter lucro e pagar o empréstimo. Não emprstamos a quem não cria bens e serviços.

Assim sendo, o dinheiro vai sempre para aqueles que criam mais dinheiro. Mas, basicamente, crescimento econômico significa que temos que encontrar algo que era parte da natureza e transformar num bem, ou que era baseado numa relação de dádiva e transformar num serviço.

Procuramos as coisas que as pessoas tinham antes de graça, ou que elas próprias faziam por si mesmas ou para as outras, e retiramos isso de forma a que elas tenham que comprar. Ao transformar as coisas em produtos, separamo-nos da natureza da mesma forma que nos separamos da comunidade.

Olhamos para a natureza com um olhar de quem apenas vê um monte de coisas. E isso deixa-nos muito solitários e com muitas necessidades básicas para satisfazer.

E se tivermos dinheiro, podemos sempre tentar satisfazer essa carência adquirindo, comprando coisas, ou acumulando mais dinheiro. Mas, agora, estamos no fim do crescimento. O nosso planeta não pode mais suportar este crescimento. E essa é a razão pela qual a crise que temos hoje não irá desaparecer.”

****

Quando li isso, me lembrei imediatamente de um texto que escrevi recentemente na minha página do facebook e quero transcrevê-lo para cá, pois sua reflexão está completamente ligada a esse vídeo.

QUASE NINGUÉM FALA SOBRE ISSO… POR QUÊ?

Hoje passei o dia inteiro refletindo sobre essa ganância desmedida da maior parte das pessoas. Nunca vivemos em um mundo que valorizasse tanto o dinheiro, porém estamos valorizando o dinheiro acima do nosso amor, da nossa consciência, do nosso emprego, das nossas amizades, da nossa família e até mesmo do nosso planeta.

Tudo é visto como oportunidade de lucrar, de ganhar mais e mais dinheiro.

Uma pessoa está com problemas de relacionamento, vou ganhar dinheiro lhe dando dicas para encontrar um novo amor.

Uma pessoa está gorda, ganho seu dinheiro lhe ensinando uma incrível dieta milagrosa.

Tenho uma casa maior do que a dos meus vizinhos. Pego metade do terreno pra ganhar dinheiro alugando para terceiros.

Tenho um belo jardim na minha casa, arranco suas belas flores para ganhar dinheiro com elas.

Moro perto de onde tem muitos pássaros, monto uma arapuca para ganhar dinheiro vendendo pássaros.

Tenho um cachorro bonito, tento colocá-lo para cruzar com diversas cadelas e vender seus filhotes a preços enormes.

Poderia ficar horas escrevendo e citando exemplos.

Por que ninguém percebe que essa ganância está destruindo o nosso planeta e o nosso coração, está nos tornando frios?

É uma maravilha olhar para o céu e se encantar com as estrelas, com a lua. Olhar as árvores e ver lindos pássaros cantando. É ótimo conversar com alguém com dificuldades de relacionamento e poder dizer palavras de aconchego, sem ter que “furar o seu bolso”. É deslumbrante ter um jardim cheio de flores vivas e brilhantes. Pra quê transformar nossas maiores belezas em mercadoria?

Está na hora de pensarmos sobre isso de coração aberto…

****

Esta é apenas a prévia do artigo maior que virá logo logo. Continue acompanhando e convide seus amigos para refletirem sobre esses temas tão importantes junto você. Quanto mais e mais pessoas decidirem refletir sobre isso de coração aberto e com o propósito real de por em prática na vida, pouco a pouco veremos o resultado por onde formos, porque levaremos essa sementinha da mudança.

Vamos juntos?

10408898_320534868071111_6221022077866104636_n

P.S. No dia 25/08/2014 este artigo maior foi publicado e você pode acessá-lo clicando neste link.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s