Minha Jabuticabeira

Por Isaias Costa

Minha Jabuticabeira!

Minha Jabuticabeira!

Eu gosto muito de escrever e constantemente repito isso em meus textos. Meu intuito é incentivar os leitores a sempre buscarem fazer aquilo que amam, aquilo que faz seus olhos brilharem radiantes.

Esses dias li uma pequena parábola muito bonita falando sobre as plantações da nossa vida. Todos nós somos jardineiros, e as flores do nosso jardim só serão bonitas e perfumadas se cuidarmos constantemente dele.

Você tem cuidado do seu jardim? Vamos refletir sobre isso?

A Jabuticabeira

Um jovem aproximou-se de um senhor de muita idade e perguntou:
– Que planta é esta de que o senhor está plantando?
– É uma jabuticabeira – respondeu o velho.
– E ela demora quanto tempo para dar frutos?
– Ah, pelo menos uns quinze anos – informou o homem.
– E o senhor espera viver tanto tempo assim?- indagou, irônico, o rapaz.
– Não, não creio que viva tudo isso, pois já estou no fim da minha jornada – disse o ancião.
– Então, que vantagem o senhor leva com isso?
E o velhinho respondeu calmamente:
– Nenhuma, exceto a vantagem de saber que ninguém colheria jabuticabas se todos pensassem como você…

****

Tudo na nossa vida tem essa dinâmica. Nossas atitudes revelam quem somos e o que queremos. E muitas vezes os resultados daquilo que plantamos hoje só vão aparecer depois de muitos anos, e o que acho mais legal de tudo é que muitas vezes nem sequer nos damos conta desses resultados, porque não tomamos conhecimento dele.

Confesso que esse é um dos motivos que mais me inspira e anima a continuar sempre escrevendo. Eu sei que a maior parte dos leitores são silenciosos, e acho bom que seja assim. Sou um amante do silêncio e sei que é no silêncio que há a maior eloquência, o maior aprendizado, a mudança definitiva.

As pessoas mais sábias são aquelas que trabalham em silêncio, cada vez mais me dou conta disso. Elas não saem por aí dizendo: “Eu fiz isso, fiz aquilo. Me formei nisso. Tenho PhD. naquilo outro…”. Não. Elas simplesmente são, simplesmente vivem suas vidas em amor e consciência.

Tenho certeza que entre meus leitores há pessoas que já viveram muito mais do que eu e tem muito mais a ensinar para as pessoas através de suas próprias experiências de vida. Sou bem jovem, nesta data de publicação deste texto tenho 25 anos.

Talvez a diferença entre mim e muitos dos leitores seja apenas a facilidade que tenho de expressar meus pensamentos em palavras escritas.

Estou dizendo tudo isso para tocar na reflexão desta parábola. Estou plantando e cultivando todos os dias a minha Jabuticabeira através dos meus textos e da minha própria vida. Estou semeando e colhendo muitas coisas boas. E sei que muitas jabuticabas serão “comidas” por pessoas que nunca conhecerei, não apertarei a mão, mas que de alguma forma se conectaram comigo. Eu acho isso fantástico.

Também é preciso pensar na advertência dada pelo jardineiro. Ele contesta as pessoas que vivem fechadas em seus mundos. Sempre que isso acontece não se criam belos jardins nem jabuticabeiras. Como resultado não haverão deliciosas jabuticabas para serem comidas. Essas são as pessoas que acham perda de tempo o cultivo da Jabuticabeira.

Que você reflita sobre essa bela parábola e busque à sua forma regar seu jardim, para que a beleza dele irradie em todas as direções, produzindo frutos doces e saborosos.

A vida se torna muito mais bonita quando transbordamos em alegria, em amor, em generosidade, em compaixão.

Mude seu mundo! Busque esse transbordamento através da simplicidade. Não precisa buscar nas altas montanhas, nas ilhas distantes, no espaço sideral, em conhecimentos complexos. Não. Busque em você mesmo e nas pequenas coisas. É lá que está as maiores belezas da vida…

* Sugestões de leitura

O jardim e o jardineiro
A beleza da simplicidade
As pequenas coisas da vida
Ser famoso ou ser importante

  • Para ouvir a leitura desse texto basta clicar [aqui]

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s