A sombra coletiva

Por Isaias Costa

Sombra da mãe e da criançaVou falar nesse artigo sobre um tema bastante complexo, porém, vou me expressar da forma mais simples possível.

Os estudos da Psicanálise, que tem o Sigmund Freud e Carl Jung como uns de seus principais teóricos, nos levam ao entendimento das sombras, que são as energias negativas que todos nós carregamos em nossa interioridade.

Estas sombras são nossos medos, carências, fobias, traumas, angústias etc.

Elas têm um poder intenso sobre nossas emoções e comportamentos. Todos nós precisamos de um intenso processo de busca pelo autoconhecimento para dissipar estas sombras e jogar luz sobre elas.

Um conceito que poucos entendem é o de sombra coletiva, que é quando há uma intensificação da sombra pela sociedade.

Para entender melhor, compartilho algumas palavras do terapeuta André Lima:

A sombra tem uma força, um poder de atuação dentro de nós. Esse poder que a sombra tem é amplificado de uma forma muito maior quando há a formação de uma sombra coletiva. O poder das sombras individuais não é somado; ele é, na verdade, multiplicado, levando um grupo ou até mesmo uma sociedade inteira a agir de uma maneira insana. Isso já aconteceu no passado na história do mundo, nos extermínios em massa, e ainda acontece hoje nas guerras e conflitos que existem no planeta.

Um exemplo mais comum de ampliação da força da sombra é o que acontece quando há brigas em estádios de futebol. Muitas daquelas pessoas que se envolvem no conflito e cometem crimes violentos são normalmente pacíficas no dia a dia. Não seriam capazes de agredir um ser humano e chutar alguém que estivesse caído no chão na sua vida cotidiana. Mas, quando estão em grupo, a força da sombra individual é multiplicada e essas pessoas se deixam possuir por uma violência que jamais seriam capazes de praticar se estivessem sozinhas.

A mesma coisa ocorre em protestos e manifestações. As pessoas que já têm uma sombra individual mais intensa ficam muito mais suscetíveis a cometer atos de violência e vandalismo que elas talvez jamais praticariam individualmente.

E nessas horas não adianta apelar para o racional. Quando a sombra se apossa, o melhor a fazer é sair de perto para se proteger. Isso serve tanto para quando você está diante de uma multidão enlouquecida como também quando está diante de uma pessoa tomada pela emoção. Não espere que essas pessoas acordem e tenham compreensão naquele momento. Elas estão tomadas por uma intensa energia que está em plena atividade.

Também não adianta se revoltar contra. Aliás, a energia da revolta já é contaminação da sua energia. A sombra de outras pessoas está ativando em você sentimentos de raiva que podem levá-lo a pensar e agir de forma violenta, justamente tudo que você era contra. Você queria a paz e, de repente, você perdeu essa paz e acaba contribuindo ainda mais para o conflito, e isso só alimenta mais a sombra.”

****

Eu sou um rapaz bastante intuitivo e venho percebendo a ascensão desta sombra coletiva neste período eleitoral tão acirrado.

Os ânimos estão exautados e acusações de todo tipo estão sendo lançadas em todas as direções.

Essa sombra só gera desequilíbrios, incita a raiva e prejudica os relacionamentos interpessoais.

O que venho percebendo é que muitas pessoas estão se deixando levar pela maior fonte de energias negativas do nosso país, a TV aberta. Ela conta as notícias de forma sensacionalista, como se nosso país estivesse à beira de um caos sem volta, o que é absolutamente falso.

A TV tem essa energia negativa e transfere para nós, tirando a esperança e o brilho dos nossos olhos.

Não canso de repetir e vou repetir inúmeras vezes ainda. Eu NÃO ASSISTO TV.

Se você deixar de assistir TV, logo perceberá uma melhora na sua energia interior. Aos poucos ela vai se tornar mais positiva e você enxergará tudo com bem mais lucidez e pensar mais racionalmente.

A TV usa uma artimanha incrível para enganar as pessoas. Os telejonais contam as notícias de uma forma que atinge o nosso lado emocional, e fazendo desta forma, conseguem, literalmente, nos cegar para a realidade dos fatos.

O que desejo de coração a você que me lê agora é o conselho dado pelo André Lima. Veja!

A melhor forma de ajudarmos a curar a sombra coletiva é curando a nossa sombra individual. Quanto mais você cura suas emoções e pensamentos, menos será um agente contribuidor da negatividade da humanidade. Você passa a ser um ponto de lucidez dentro da loucura coletiva. E quanto mais pontos de lucidez tivermos, ou seja, quanto mais pessoas lúcidas, mais a sombra coletiva se enfraquecerá.

Da mesma forma que acontece o fenômeno da contaminação da negatividade, quando houver um número suficiente de pessoas lúcidas, essa lucidez vai se espalhar com rapidez e intensidade pelo planeta. Mas o número de pessoas conectadas com a negatividade ainda é grande, por isso ainda temos muito trabalho pela frente.”

****

Comece com esse simples passo! Deixe de assistir a TV aberta. Em poucos dias você perceberá uma mudança impressionante na sua energia pessoal.

Em seguida busque avidamente o autoconhecimento. Ele que nos transforma de forma integral.

Estou com a minha consciência tranquila, porque diferente do que a maior parte dos políticos fazem, que é brigar por poder, esse poder terreno que só gera divisões. Eu estou buscando crescer espiritualmente, dissipar as sombras que existem em minha interioridade.

Se mais e mais pessoas decidirem por isso, não só o nosso país vai se tornar um lugar mais harmonioso, como o planeta inteiro.

Sei que esse tema não é tão simples, mas desejo que você o acolha com carinho, pois esse conhecimento é transformador. Tenho constatado no meu dia a dia os efeitos positivos desta busca pelo autoconhecimento e desejo o mesmo para você.

Para conhecer um pouco mais essa teoria, compartilho abaixo o artigo completo do André Lima e um vídeo que ele gravou explicando de forma simples essa teoria. Vale a pena conferir…

Não se deixe arrastar pela sombra coletiva

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s