Como eu estou mudando de vida radicalmente?

Por Isaias Costa

liberdade

Eu desejo que você leia esse artigo com bastante calma, se você compreender bem a mensagem que quero lhe transmitir, pouco a pouco você passará a se sentir mais livre.

Se a palavra LIBERDADE estiver entre o que mais você procura na sua vida, continue lendo, tenho certeza que você vai gostar.

Eu comecei esse ano de 2014 tendo uma experiência estressante que foi absolutamente libertadora na minha vida, repito, LIBERTADORA.

Fui enganado por uma empresa da área de design a fazer um curso que não somaria nada em minha vida profissional, que era o que estava buscando avidamente nesse período. O que aconteceu é que se tratava de um grupo de “sanguessugas” que enriquecem na base da ignorância das pessoas. Se você ainda não leu, segue o link com o texto e detalhes deste ocorrido.

Pense 1000 vezes antes de assinar um contrato

Para embasar melhor essa reflexão, compartilho uma frase extremamente sábia do Mahatma Gandhi.

“Não é preciso derrubar o opressor, basta parar de colaborar com ele.”

Mahatma Gandhi

Depois do dia 9 de janeiro, posso dizer que abri os meus olhos para uma realidade impressionante que quase ninguém tem coragem de dizer. Todos nós, absolutamente todos nós, temos uma capacidade de aprender por conta própria infinitamente superior ao que dizem.

Estou falando sobre AUTODIDATISMO, que ao contrário do que muitos pensam, não é coisa de gênio. Eu descobri a duras penas, após perder quase R$ 300,00 com os “sanguessugas” deste curso sem nenhum retorno de nenhuma natureza, que minha capacidade para aprender coisas novas sozinho era incrível.

Para ler mais sobre autodidatismo, recomendo esse excelente artigo abaixo:

Autodidatismo não é coisa de gênio

Por que coloquei essa frase do Gandhi? Exatamente por isso! Eu parei de colaborar com meus opressores. Estou me tornando cada dia menos consumista. E saiba que consumismo não está somente em coisas materias, está também em conteúdos como compra de cursos, estágios, livros, CDs, DVDs, cursos de línguas estrangeiras etc. tudo se encaixa no consumismo, porém os relacionados a aprendizagem sempre são vistos como “positivos” pela sociedade. E é aí que quero bater na tecla. Nem sempre é positivo! O que tem de “aproveitadores” que nos cegam com discursos persuasivos, é algo absurdo.

Estou escrevendo esse texto para abrir os seus olhos, assim como já abri os meus. Um dos textos mais audaciosos que escrevi neste blog teve pouquíssimas visualizações, vou colocar o seu link para que você entenda ainda melhor o que estou transmitindo para você. Um texto no qual falei sobre os atalhos. Quase todos vendem atalhos para nós, porém, isso é um verdadeiro “tiro no pé”, porque como Jesus Cristo já nos ensinava a mais de 2000 anos: “Só entra no reino dos céus aquele que entra pela porta estreita”. Ou seja, se você encontrar alguém dizendo pra você que alguma coisa grande e importante é fácil de conseguir, não tenha dúvidas, essa pessoa está mentindo. As grandes coisas, aquilo que se transforma em valores humanos na nosssa vida, vem com muito esforço, sacrifícios e centenas ou até milhares de horas de dedicação focada. Nunca esqueça disso. O link deste texto está logo abaixo.

Quase todos vendem atalhos

Eu precisei ter muita coragem para publicar esse texto, porque se as pessoas que ganham a vida enganando os outros com “cursos fajutos” e enganações cheias de firulas o lesse, certamente ficariam com muita raiva de mim, porque é o “ganha pão” deles que está sendo colocado em jogo.

Faça como eu e meu amigo Gandhi! Não alimente seu opressor.

Sabe quais estão sendo os resultados dessa mudança na minha vida? Vou enumerar alguns para ficar melhor o entendimento:

  • Ganhei muito mais autoconfiança, pois estou aprendendo quase tudo por conta própria;

  • Estou aprendendo o que eu quero, da maneira que quero e no tempo que quero;

  • Estou muito mais feliz, porque o que tenho aprendido estou aplicando de verdade na vida e ainda ajudando outras pessoas;

  • Meu dinheiro está rendendo muito mais, porque nunca mais ele foi destinado para “sanguessugas”;

  • Tendo um melhor controle financeiro, todos os outros campos da minha vida melhoraram, porque sem ter dívidas, o sentimento de LIBERDADE que sentimos nos faz quase que “flutuar”. Experimente!

  • Estou muito mais pacificado. Nada paga estar em paz consigo mesmo;

  • Estou muito mais seletivo sobre tudo o que leio, assisto, compartilho. Não contamino mais a minha mente com nada que não colabore com meu crescimento humano;

  • Desenvolvi mais a minha intuição para identificar facilmente os opressores. Quando um opressor se aproxima de mim, me afasto o mais rápido possível.

Tem mais aprendizados que tive com essa mudança, mas acredito que esses são os principais.

Gostou? Você pode fazer o mesmo! Quero lhe convidar a nunca mais colaborar com seus opressores. O mundo vai mudar exponencialmente quando mais e mais pessoas decidirem por isso. Conto com você…

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s