Sejamos como um rio de águas límpidas

Por Isaias Costa

pousada-jardim-das-aguasEu já li diversas vezes uma belíssima história associada ao Gautama Buda, que viveu há cerca de 600 anos antes de Cristo.

Ele foi um mestre iluminado e uma de suas lições foi essa:

Ele juntou seus discípulos junto a um rio de águas límpidas, pegou um copo com água deste rio e colocou um punhado de sal. Em seguida pediu para que um deles bebesse a água. Então o discípulo disse:

– Não consigo beber essa água mestre!

Depois disso o Buda pegou esse copo com água cheia de sal, jogou no rio e em seguida encheu novamente o copo com água e deu ao mesmo discípulo para que bebesse. Então ele disse:

– A água está ótima mestre!

E assim ele tornou a ficar em silêncio meditativo.

*******

Qual a lição que o Buda quis transmitir com essa história? Muitas, existem várias interpretações, mas acredito que a principal tem a ver com o AMOR.

Ele quis nos ensinar que quando nutrimos um amor profundo e incondicional em nosso coração e na nossa interioridade, todas as tormentas e dificuldades que surjam pelo caminho, não nos afetarão nem nos tornarão amargos.

O que vemos constantemente em nossa sociedade são pessoas amargas, que sofreram muito e não aprenderam a gerenciar suas dores com sabedoria.

Estas são as pessoas que se restringem a ser um mero copo com água. As dificuldades e problemas são o sal acrescentado à água.

Buda quis nos ensinar a ser como um rio de águas límpidas, que recebe todas as tormentas e dificuldades com amor e alegria, deixando a interioridade sempre límpida e com um sabor agradável.

Tenho refletido sobre essa parábola há um bom tempo e estou procurando colocá-la em prática. Ela é muito bonita, mas não pode ficar só na teoria, é preciso sim colocá-la em prática.

Para fazer isso, precisamos nutrir os valores mais nobres como a humildade, a honestidade, o altruísmo, a generosidade, a compaixão, a benevolência, a paz etc.

Existem muitos caminhos para isso, todos através do autoconhecimento. Siga seu caminho da meneira que achar melhor.

O amor incondicional é algo que vai crescendo aos poucos dentro de nós. Não é algo repentino! Cada dia avançamos um pouquinho mais, é como se a cada dia acrescentássemos um pouco mais de água pura no nosso pequeno lago, até chegar ao ponto de ele se tornar um rio. É assim que acontece, portanto, não tenha pressa…

Para concluir, compartilho uma linda frase do empresário e escritor James Altucher que tem tudo a ver com o que foi abordado nesse texto.

Não importa o tamanho dela, uma onda na praia nunca será tão poderosa quanto o oceano que a criou. O objetivo é ser o oceano – a força central na nossa existência que move montanhas, cria vidas, sacode continentes e é respeitado por todos”

James Altucher

Trilhe seu caminho e se torne um lindo rio de águas límpidas.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s