Arquivo do mês: março 2015

A construção de um novo mundo

Por Isaias Costa

img-464364-do-carma-ao-darma-2013-sergio-frug

Nota: Por se tratar de um artigo mais longo, disponibilizo a você a sua versão em pdf sem as figuras, para facilitar sua leitura na forma impressa. O link para download está logo abaixo.

A construção de um novo mundo

**********************************************************

Já falei diversas vezes nos meus textos que não assisto TV, e o motivo principal é para não contaminar a minha mente com notícias de ódio, de violência, de desamor, de raiva. Ou com conteúdos vazios que incitam a traição, a desconfiança, a maledicência etc. Infelizmente, é praticamente só isso que as TVs abertas do nosso país nos oferecem.

Através do autoconhecimento, já aprendi que tudo na nossa vida é resultado direto dos nossos pensamentos. Se eles são voltados para o bem e o amor, é isso que receberemos de volta. Se plantarmos ódio, vingança, raiva, ciúme, possessividade e outros sentimentos e comportamentos negativos, é isso também que colheremos. Essa é a conhecida lei da causa e efeito, ou lei da atração.

Esse artigo mais longo será uma reflexão sobre esse novo mundo que desejo fazer parte e quero ser um dos seus construtores.

Para desenvolver as ideias deste artigo, é com alegria que compartilho um belíssimo texto da querida Monja Coen, líder brasileira do Zen Budismo. Leia com bastante atenção…

*******
Você se conhece?

É preciso cuidado. Buda dizia que a mente humana deve ser mais temida do que cobras venenosas e assaltantes vingadores.

O carnaval passou, mas ainda continua.

Há carros alegóricos desfilando pelas ruas, com policiais e bandidos, traficantes e perdidos.
Há fantasias remendadas de plumas e brilhos nas pessoas que se emplumam para defender o indefensável.

O roto fala do rasgado.

Imaginam façanhas que se tornam vergonhosas artimanhas.
Acham-se salvadores da pátria. Mas é a pátria que nos salva a todos.
Hitler se achava um homem bom — queria a pureza da raça. Exterminador brutal, representante de uma grande parte da sociedade de sua época. Vergonha.
E muitos se calaram. Porque “não era comigo”. Até que venham bater à sua porta e, então, será tarde demais.

Os homens de barbas e capuzes negros que degolam e queimam pessoas em nome da fé e do estado — será que eles se consideram errados? Será que se acham salvadores do mundo? Quebrando obras de arte, patrimônio da humanidade?

É preciso cuidado.

Cuidado de cuidar com respeito e dignidade.

Buda dizia que a mente humana deve ser mais temida do que cobras venenosas e assaltantes vingadores. Você observa sua própria mente? Você se conhece e reconhece as manobras da politicagem mental, física e social?

É preciso acordar, despertar. Compreender as razões pelas quais as notícias nos são passadas. Regionais, nacionais, internacionais.

Há tanta gente boa no mundo.

Há tantos projetos que deram certo, que dão certo e nunca sabemos.
Escondido o bem, o mal se revela vitorioso.

Cada pessoa procurando pelos erros e faltas alheios. Nos telhados de vidro. No grande telhado de vidro que nos cobre a todos, em todo o planeta. Jogamos fezes e lixo para o alto, caem sobre nós mesmos.

Mas há flores e fragrâncias.

Há idosos e crianças felizes.

Há pessoas comprando nas lojas alimentos, roupas, automóveis, flores, presentes, encantamentos. Há quem não apertou o gatilho.

Há o policial que ajudou o bebê a nascer e impediu um crime. Você sabia que a polícia existe para nos proteger?

Alguém noticiou as boas ações dos bombeiros, dos militares, dos policiais, dos políticos, dos líderes, dos professores, dos médicos, dos religiosos, das mulheres, dos homens, das crianças, dos adolescentes, dos idosos?

Gente. Somos gente e somos bons. Podemos ficar envenenados pela ganância, raiva e ignorância. Por outro lado, podemos nos curar com a compreensão clara e o discernimento correto.

Queremos o bem, o bem de todos os seres. Logo, temos de incluir e de nos unir — não para impedir, atrapalhar, ferir, queimar, mas para construir uma realidade que mostre todas as suas faces.

Sem fantasias, sem máscaras.

O carnaval passou.

Vamos deixar passar o carro fantasmagórico dos ódios e rancores.

Vamos cantar a possibilidade de cuidar e reparar sem parar o fluxo contínuo e puro das ações que beneficiem todos os seres.

Mãos em prece.

Link: Você se conhece?

********

A palavra-chave neste texto dela é CUIDADO, porque a nossa mente pode ser um tesouro precioso, mas pode também ser venenosa, mais até do que o veneno das cobras.

Escrevo quase que diariamente com o intuito de levar um pouco mais de consciência para os leitores. Sei que todos que, de alguma forma, conseguem acessá-lo, estão nesta busca. Porém, não sai da minha mente por um único instante sequer a palavra cuidado. Tenho sim muito cuidado com tudo que escrevo, porque sei o poder incrível que as palavras têm. E se utilizasse as palavras como forma de ferir alguém, certamente isso faria muito mal e tomaria proporções inimagináveis.

Contudo, busco o oposto disso. Escrevo palavras que promovem a paz, o amor, a benquerência, a superação, o sucesso, a felicidade, o equilíbrio etc. e não tenho a menor ideia de até onde pode alcançar um texto que escrevo.

Já li e escutei relatos maravilhosos a partir de textos que escrevi e o quanto eles trouxeram benefícios em algum momento específico da vida de alguns leitores. Inclusive fico feliz com a possibilidade de ter presenciado um verdadeiro milagre que intitulei “Milagre das flores e espinhos”, que foi título de um dos textos do blog.

Nele, falei sobre uma mulher que se curou de “Fibromialgia” através de todo um contexto muito interessante, e tudo começou com uma música de um artista maravilhoso chamado Herbert Vianna. Se você ainda não leu esse texto, deixo o link de acesso abaixo.

O milagre das flores e espinhos

São histórias e relatos como esse que me enchem de entusiasmo e perseverança na escrita. Sei que meus textos têm atingido as pessoas certas e o fará cada vez mais.

Escrevi isso para linkar com o que foi dito neste texto da Monja Coen.

O que tenho feito através do blog é um bem silencioso, entende? As grandes mídias jamais vão fazer uma reportagem ou criar uma nota incentivando as pessoas “Leiam o blog Para além do agora!”. Já pensou? Soa até engraçado!

Isso não tem como acontecer, porque não interessa a eles. Tudo que eles querem é lucrar, e se algo não lhes dá lucro é totalmente rechaçado.

É preciso haver uma mudança no nível de consciência geral das pessoas para que a sociedade inteira se torne reflexo dessa mudança.

Pouquíssimas são as pessoas que se interessam por mergulhar nelas mesmas e nos seus  mundos internos para se tornarem pessoas melhores. A grande maioria dos brasileiros está vivendo como robôs sem alma, que trabalham 12h por dia e voltam para casa estressados, sem a menor vontade de fazer coisa alguma.

Uma vida repleta de insatisfações e queixas. Não precisa ser assim meus amigos! É possível ser diferente, e o único caminho para isso é buscando o AUTOCONHECIMENTO, repito, o AUTOCONHECIMENTO.

Não há outro caminho. Este é o único caminho que leva a uma verdadeira transformação de vida, porque através dele desenvolvemos nossas potencialidades ao máximo e descobrimos exatamente o porque de termos vindo até esse mundo.

Nessa hora, é impossível não lembrar de uma frase que me acompanha todos os dias e me enche de alegria e entusiasmo. Esta aqui…

“Os dois dias mais importantes da sua vida são: O dia em que você nasceu, e o dia em que você descobre o porquê”.

Mark Twain

Eu já tive dúvidas quanto a minha missão de vida, mas hoje tenho convicção de que escrever é uma parte essencial dela. E nada paga a alegria que se sente ao descobrir aquilo que faz parte da sua missão de vida.

Quero com essa frase lhe instigar a descobrir a sua missão de vida e se tornar verdadeiramente realizado.

Se quiser ler um pouco mais sobre isso, compartilho no link abaixo um dos textos que mais gostei de ter escrito para falar sobre isso…

Sentido pleno

Após esta introdução, quero lhe levar a refletir no que acredito ser o caminho para se construir um novo mundo mais amoroso e equilibrado. Cada ponto será explicado com um tópico.

1) Amor Incondicional

O ponto mais fundamental, no meu ponto de vista, é desenvolvermos o amor incondicional, que é absolutamente diferente de paixão. Nossa sociedade, ainda extremamente primitiva, está voltada apenas para a paixão, e a tem como um grande valor. Mas não consigo pensar em outra coisa a não ser doença. Essa paixão que pregam por aí é na realidade uma doença. Explico!

O que deveria ser essa paixão é um sentimento gostoso do afeto com outra pessoa. O prazer sexual ligado ao estar com o outro, só isso. Agora confundir isso com amor não dá! O amor é uma dimensão, muito bem ensinada por Jesus e pelos grandes mestres da humanidade.

Eu amo incondicionalmente quando faço todo o possível para sanar o sofrimento alheio, e quando o faço de forma despretensiosa, ou seja, sem esperar nada em troca.

Nossa sociedade é regida pelo dinheiro e quase todas as pessoas barganham tudo, inclusive muitas obras sociais são realizadas como uma barganha, para se conseguir reconhecimento, fama ou para conquistar uma “boa vaga no céu”. Há também empresas que realizam obras sociais com o único objetivo de serem isentas de alguns impostos ou para receber benefícios fiscais. Isso é tudo, menos amor incondicional!

A base para se nutrir esse amor é a consciência. Crescendo em consciência, naturalmente esse amor também cresce, porque são uma coisa só.

Para que você se aprofunde um pouco mais nesse tema, compartilho um vídeo maravilhoso da monja budista Jetsunma Tenzin Palmo intitulado “O que aprendi no coração da vida”. São lições simples e transformadoras. Vale a pena assistir…

2) Perdão

É muito importante aprendermos a perdoar os outros e, acima de tudo, perdoarmos a nós mesmos. Precisamos colocar no mais íntimo do nosso ser que estamos nesse mundo como eternos aprendizes e o mais importante não são os acertos ou as vitórias, mas a caminhada como um todo.

Os erros são fundamentais para nossa evolução humana e espiritual. É como diz o filósofo Mario Sergio Cortella:

“Nós não aprendemos com os erros, aprendemos quando corrigimos nossos erros”.

Ou seja, podemos errar e a partir de um bom exame de consciência não repetir mais o erro, agora eu posso também errar e mascarar esse erro com justificativas e explicações esfarrapadas. Tal atitude vai minando o que conhecemos como caráter e pouco a pouco vamos perdendo a nossa “vergonha na cara”.

A perda da vergonha na cara é o que leva alguém a repetir sempre os mesmos erros e achar que eles não vão interferir na vida de muitas pessoas! Mais uma vez, cuidado! Muito cuidado com isso.

Essa reflexão tem a ver com o perdão, pois com o perdão, crescemos em amor e consciência e toda a nossa vida e nossas experiências passam a responder em alegria, em prosperidade, em paz e em equilíbrio.

Com o perdão, podemos encontrar no nosso caminho pessoas de mau caráter e elas não interferirão na nossa paz interior. Nós as perdoamos por suas falhas e continuamos vivendo nossas vidas normalmente!

Isso é algo que só a vivência nos leva a entender. Posso teorizar sobre isso, mas será algo vago se ficar só na teoria. Coloque em prática e verá as maravilhas que se derramarão sobre a sua vida.

Para esse tópico, sugiro um livro fantástico da parceria entre os filósofos Mario Sergio Cortella e Clóvis de Barros Filho chamado “Ética e vergonha na cara”.

As lições desse livro farão você refletir muito e lhe darão grandes motivações para ser alguém cada vez mais ético e honesto.

3) Compaixão

Sempre que falo em compaixão, a primeira pessoa que me vem em mente é o querido Dalai Lama. Nunca canso de repetir que ele é o homem que mais tem me ensinado a ser compassivo.

Compaixão é ter esse olhar mais amoroso e atento para com os outros. É você buscar da melhor forma possível ser alguém agradável e que ajude os outros a sanar ou atenuar seus sofrimentos.

Todos nós sofremos, agora sofrer ao lado de alguém que está disposto a lhe amar incondicionalmente, que olha no fundo dos seus olhos sem nenhuma espécie de julgamento, que vem até você com um imenso sorriso no rosto e com uma ótima conversa para alegrar o seu dia… Isso não tem preço!

O Dalai Lama é uma dessas pessoas! Gosto sempre de lembrar aos meus amigos que a sua compaixão é tão grande que cada vez que alguém se aproxima dele, é como se só existisse aquela pessoa em todo o planeta. E todos percebem isso. Quem se aproxima dele se sente uma joia rara, uma dádiva inestimável. E é! Só se esqueceu disso.

Para se aprofundar nesse tópico, compartilho um vídeo do mestre Dalai Lama que já assisti umas 10 vezes e traz muitos ensinamentos maravilhosos. Nesse vídeo ele fala sobre o poder da nossa mente para mudar nossa vida e, consequentemente, o mundo inteiro. Assista com bastante atenção…

4) Serviço

Este é outro ponto que você só compreenderá bem se colocar em prática. Não se pode falar em serviço sem que se busque vivê-lo no dia a dia. Apenas pequenas coisas são necessárias.
Um grande engano de muitas pessoas é achar que serviço é algo ligado a atividade filantrópicas, ou algum tipo de assistencialismo. Isso é bom e certamente contribui com muitas pessoas, mas você pode fazer pequenas coisas no seu dia a dia e contribuir para se construir um mundo melhor.

Vou falar aqui o que considero ser um dos serviços mais nobres e que está em falta nesse mundo. E o melhor! Esse serviço é gratuito, só precisa de disponibilidade de tempo. Ele se chama OUVIR. Simples assim! Ouvir o que alguém tem para lhe dizer, sem reservas, sem julgamentos, sem ser um aconselhador chato. Só ouvir! Só isso.

Nesse mundo corrido, ninguém consegue mais tempo para ouvir de verdade os outros. Por incrível que possa parecer! Essa falta de abertura para ouvir tem acontecido até mesmo entre casais de namorados e cônjuges. É triste, mas é uma realidade.

Sirva mais e perceberá as maravilhas que serão derramadas na sua vida. Serão abundâncias tão grandes, que você mesmo se surpreenderá. Tem sido assim na minha vida. Tenho recebido graças tão imensas que às vezes demora para “cair a ficha”, mas isso é só o retorno do próprio universo para as sementes que eu tenho plantado.

Plante boas sementes e colherá bons frutos! Essa é uma das leis universais. Acredite nela! Ele existe desde que o mundo é mundo e não adianta ficar brigando com ela. Ela é assim e ponto final. Quanto mais cedo você aceitar isso, mais cedo as bênçãos infinitas serão derramadas sobre você. Portanto, não queira criar resistência em relação a isso.

5) Gratidão

Aliado ao serviço está a gratidão. A gratidão é a maior fonte para a prosperidade que existe nesse planeta.

Existe muita gente por aí querendo lhe vender a ideia de que para ser rico precisa fazer o curso X, o serviço bancário Y, tramitar o tesouro direto Z etc. etc.

Para sermos ricos verdadeiramente não precisamos de nada disso. A vida me ensinou isso com maestria e espero que você guarde essas palavras no fundo do coração.

A maior riqueza se chama viver o hoje em toda sua plenitude, sendo feliz e grato pelo que você pode ser hoje. Apenas no dia chamado hoje…

Nosso planeta ainda está repleto de desequilíbrios, porque a maior parte das pessoas projeta sua vida só pensando no futuro. Porém, elas esquecem que a vida só pode acontecer no hoje.

Projetando suas vidas no futuro, o dinheiro, em vez de ser um amigo, um recurso para ser usado no presente e conferir a cada um mais conforto e tranquilidade, ele se transforma em um câncer que, literalmente, corrói o nosso estômago.

Viva o hoje! Como diria o mestre Jesus Cristo: “Para cada dia a sua cruz…”

Para ler um pouco mais sobre isso, compartilho um texto muito bonito do psicólogo David Steindl-Rast falando sobre a gratidão e sua profunda ligação com a felicidade. Vale a pena ler…

Quer ser feliz? Seja grato!

6) Espiritualidade

Concluo esses tópicos com esse que pode gerar polêmica para alguns. A construção de um novo mundo só se dará quando todos, sem exceção, tomarem a espiritualidade como algo vital, tanto quanto beber água ou se alimentar.

Nós somos seres espirituais habitando corpos físicos. Temos uma natureza divina que transcende nossos corpos e ter essa consciência nos permite levar a vida com um olhar mais atento, buscando fazer o bem e ajudar os outros neste caminho de aproximação com Deus.

Falar sobre espiritualidade é muito delicado porque muitos confundem com religião, porém, são absolutamente diferentes. Eu, por exemplo, não sou religioso, mas me considero profundamente espiritual, pois todos os dias mergulho nas leituras espiritualistas, nos livros sagrados e faço minhas orações e  meditações a minha forma.

Quando nos conectamos com essa energia cósmica da espiritualidade, toda a nossa vida flui de uma forma mais harmoniosa e pacificada.

Inclusive a paz profunda é decorrência desta busca pela espiritualidade, por isso não coloquei um tópico sobre isso.

Entenda! A paz surge nos corações das pessoas espiritualizadas. Sempre! Não há exceções. Se você tem muitas aflições internas, se ainda reclama de muitas coisas e se ainda não tem uma vida feliz e harmoniosa, sinto lhe dizer! Você ainda não desenvolveu sua espiritualidade, ela ainda está na superfície.

Deixei esse tópico por último também por isso, porque se você de verdade colocar em prática na sua vida tudo que disse até esse ponto, não tenho dúvidas, você se tornará um ser humano espiritualizado.

Quem ama incondicionalmente, quem perdoa, quem tem compaixão profunda no coração, quem serve aos outros e quem é grato, está seguindo o caminho ensinado pelos maiores mestres da humanidade como Jesus, Buda, Lao Tzu, Confúcio, Eckhart Tolle, Osho e por aí vai…

Siga esse caminho e você se tornará um ser humano espiritualizado.

Conclusão

Há muito mais a ser falado sobre isso. Esse artigo é apenas um resumo de algo muito maior que com o tempo vai se tornar mais e mais claro na sua vida.

Para concluir, é com alegria que compartilho com você dois documentários que me ajudaram muito a organizar as ideias que foram expostas aqui.

Recomendo que reserve um pouco mais de 3 horas para assisti-los. São informações riquíssimas e verdadeiramente transformadoras para aqueles que estão dispostos a colocar esses ensinamentos em prática.

Desejo a você muita paz e luz e que nós construamos juntos esse novo mundo…

Mundos Internos, Mundos Externos

I am

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

O homem insensato

Por Isaias Costa

dinheiro-voando

Outro dia eu li uma frase que me fez rir, de tão simples e tão verdadeira que ela é. A frase foi a seguinte:

 “O homem sensato adapta-se ao mundo; o insensato insiste em tentar adaptar o mundo a si. Daí que todo o progresso depende do homem insensato.”

GEORGE BERNARD SHAW

Espero que tenha conseguido entendê-la, mas vou explicá-la mesmo assim. O que está frase está querendo falar é sobre as pessoas que movem a economia mundial e fazem com que o dinheiro fique circulando de modo a enriquecer quem já é podre de rico. Em outras palavras, estas pessoas insensatas são as CONSUMIDORAS SEM NOÇÃO. E as pessoas sensatas são aquelas que consomem apenas aquilo que é necessário para o bem estar pessoal e que inevitavelmente precisa ser comprado. Vou explicar essa diferença a partir de um exemplo bem simples.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe que as emoções e pensamentos negativos se dissolvam

Por Isaias Costa

paraisoUma das coisas que mais tenho aprendido ultimamente é com relação à deixar fluir tudo o que acontece na vida. Estou aprendendo isso principalmente com as leituras dos mestres Osho e Eckhart Tolle, que deixo como excelentes sugestões para você que deseja se aprofundar mais nesses temas.

Quando deixamos que tudo flua naturalmente na nossa vida, acontece algo incrível que quero deixar bem destacado para que você grave no mais profundo da sua mente. Preste atenção!

Quando temos emoções e sentimentos negativos e deixamos que eles fluam, dentro de pouquíssimo tempo eles se dissolvem por si só, pois nada é fixo, nada é permanente, tudo muda o tempo todo.

E quanto mais fazemos isso, durante um tempo cada vez maior seremos preenchidos por emoções e sentimentos positivos. Desta forma, nos tornamos cada vez mais e mais felizes.

Não é simples?

Talvez você me questione ao dizer que as emoções positivas também podem se alterar e ficarem negativas! Sim! Claro que podem. Mas com o tempo e com os exercícios de deixar fluir, isso se minimiza até quase zerar.

Dou o mesmo conselho que os mestres Osho e Eckhart Tolle. Busque a meditação! A meditação é o estado de entrega ao momento presente e às dádivas infinitas do universo. Experimente e constatará isso…

Não vou me estender, porque essa mensagem, apesar de curta, é bastante sutil e precisa de um tempo para ser bem assimilada.

Pode ser que você queira voltar a esse texto em outro momento para relê-lo. Recomendo isso! Porque sempre que lemos algo com conteúdos espirituais mais de uma vez, o entendimento se torna mais completo.

Concluo com algumas sábias palavras da professora e espiritualista Gangaji. Leia com bastante atenção e busque exercitar essa entrega ao momento presente. Vale a pena! Garanto pra você…

Sob o medo pode revelar-se uma profunda tristeza ou mágoa. Isso também pode ser vivenciado direta e completamente sem necessidade de uma historinha. Se você estiver disposto a experimentar essas camadas emocionais até o fim, finalmente deparará com o que parece um abismo profundo. Esse abismo é o que a mente percebe como o nada, o vazio, a vacuidade, o ninguém. Eis um momento importante, pois a vontade de ser absolutamente nada, de ser ninguém, é a vontade de ser livre. Todos esses outros estados emocionais são camadas de defesa contra esta vivência do nada – a morte de quem você acha que é. Uma vez derrubadas as defesas, uma vez aberta a porta, pode-se acolher completamente este nada que foi temido. Esta acolhida é a revelação da verdadeira auto-investigação, que revela a gema secreta da verdade que esteve oculta no âmago do seu próprio coração o tempo todo. O diamante descoberto é você.

Esta é uma descoberta imensa, mas você terá de descobri-lo por si. Se estiver disposto a vivenciar profunda e completamente qualquer estado emocional, você descobrirá no seu núcleo a mesma consciência imaculada que se encontra consigo mesma tanto como vivenciador quanto como vivenciado. Se puder descobrir esta verdade de primeira mão, você será libertado da fuga dos estados supostamente negativos e da busca dos supostamente positivos. Você se libertará tanto da rejeição como do apego ao que é intrinsecamente impermanente. Você estará liberto para verdadeiramente encontrar-se consigo mesmo e regozijar-se nesse encontro.

Qualquer emoção que surja na consciência pode ser completamente acolhida pela consciência, sem precisar esconder-se em histórias ou análise. Na sua disposição de não seguir os mecanismos da mente, mas de apenas ficar quieto e vivenciar qualquer emoção que surja, você verá que ela não é nada. As emoções se mantêm compostas pelo pensamento, quer esse pensamento seja consciente ou inconsciente.

Você tem o poder de parar simplesmente e dizer: “Medo, raiva, mágoa, desespero – tudo bem, venham”. Quando você diz “Tudo bem, venham” e você realmente quer dizer isso mesmo e está verdadeiramente aberto, a emoção não pode vir porque nesse momento você não conta uma história sobre ela. Eu o convido a verificar isso por si mesmo. O medo, a raiva, a mágoa só existem quando vinculados a uma história! Sim, isso é incrível, é simples, porém uma descoberta profunda e enorme! Na verdade você pode reconhecer que aquilo de que você foge, em realidade, finalmente não existe, e aquilo que você procura já está sempre aqui.

Gangaji

  • Breve reflexão em áudio a partir desse texto

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

O amor é a recompensa

Por Isaias Costa

484104_389862691076257_1688676572_nTenho refletido muito constantemente sobre o amor mais profundo, o amor incondicional que habita o interior de todos os seres humanos, e que é despertado por uma pequena minoria.

Quero lhe levar a refletir sobre isso a partir de algumas lindas palavras da escritora Martha Medeiros.

“O amor espera primeiro você ser feliz para só então surgir, sem máscara e sem fantasia. O amor é o prêmio para quem relaxa. As pessoas ficam procurando o amor como solução para todos os seus problemas quando, na realidade, o amor é a recompensa por você ter resolvido os seus problemas.”

Martha Medeiros

Comprovo a mensagem destas palavras na minha própria vida. Já disse em outros textos que sou um pouco tímido e sofri durante vários anos por ter dificuldade em namorar alguém.

O que busquei fazer para curar meus problemas no campo afetivo foi o mesmo caminho que segui para me harmonizar em todos os campos da minha vida: social, espiritual, profissional, físico etc.

Busquei incessantemente o AUTOCONHECIMENTO. Ele é a chave para as mudanças mais profundas da nossa vida e para que o verdadeiro amor tome conta da nossa interioridade.

Ao conquistar essa harmonia e felicidade, o amor vem naturalmente e sem nenhum esforço de nossa parte, basta que estejamos atentos e pacificados, como bem nos fala a Martha. Foi isso que aconteceu comigo, mudando por dentro, a mudança por fora foi natural…

Acho engraçado ela falar a palavra RECOMPENSA. Eu, particularmente, não gosto muito dessa palavra, porque quando se fala se recompensa, normalmente associamos com dinheiro. Infelizmente, vivemos em uma sociedade extremamente materialista e que coloca o dinheiro acima de tudo.

Em vez de pensar em recompensa, prefiro substituir essa palavra por retorno, mas isso é só uma questão de preferência. Isso não altera em nada a mensagem transmitida.

Realmente acontece da forma como ela coloca. Quanto mais nos determinamos por resolver aquilo que chamamos de problemas, mais o amor cresce dentro da gente. Gosto até de comparar isso com um reservatório cheio de pedras, no qual você coloca água em seu lugar. A água é o amor, e as pedras são todos os nossos problemas e dores.

Se você retira uma pedra, abre espaço para que mais água possa ser colocada dentro do seu reservatório interno. Quanto menos pedras houverem, mais água poderá ser colocada.

E sabe de uma coisa interessante? Nosso reservatório cresce com o tempo e com as experiências. O amor sempre atrai mais amor. Quanto mais você ama e mais água coloca no seu reservatório, ele cresce e se torna mais bonito. Com sua beleza, ele passa a chamar a atenção dos que estão por perto. E no que isso pode acarretar? Podemos nos transformar em FONTES DE AMOR.

Esse é o meu desejo! Quero ser uma fonte de amor para as pessoas, e desejo a partir desse simples texto, lhe levar a refletir sobre isso, buscando também se tornar uma fonte.

Esse é o caminho! Busque através do autoconhecimento superar seus problemas, vencer barreiras, retirar pouco a pouco sentimentos nocivos como o ódio, a raiva e a inveja de seu coração. Desta forma, seu reservatório interno crescerá e se encherá de água. Uma água límpida e maravilhosa, que poderá matar a sede de muitas pessoas que de você se aproximar. É simples! Tão simples como as palavras de Jesus.

Lembra quando ele dizia: “Aquele que tiver sede, venha até mim e beba!”.

Era disso que Jesus estava falando. Beba da sua fonte inesgotável de amor. Podemos ser fontes de amor como Jesus Cristo foi. Ele é um excelente modelo a ser seguido. Não canso de repetir que ele é a minha maior referência na vida. É ele que guia os meus passos e me conduz para onde preciso ir.

Beba da sua fonte ou de outra que lhe atraia mais! Existem muitas fontes, inclusive a própria natureza é uma delas.

Seguindo esse caminho, você terá a maior de todas as recompnsas, o AMOR

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Por que Raul Seixas e Paulo Coelho se drogavam tanto?

Por Isaias Costa

raul seixas e paulo coelho artedoserrados.blogspot.comMuitas pessoas não gostam nem do Raul Seixas nem do Paulo Coelho por causa dos seus envolvimentos com drogas ou de suas tendências místicas. Para muitos isso é uma tendência satânica e que deve ser desprezada. Farei uma breve reflexão sobre esse lado destes dois artistas que é tão mal compreendido, e procurarei mostrar da forma mais simples possível que eles eram assim exatamente porque não houveram caminhos claros para que fossem diferentes.

O que me inspirou a escrever esse texto foi uma entrevista que assisti, na qual o convidado era o ilustre Frei Betto. Durante a entrevista ele disse uma frase que me fez refletir bastante: “Todo drogado é um místico em potencial”. Em seguida ele foi explicar o porque desta frase.

=> Clique aqui para ler o texto completo

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Divinas Mulheres

Por Isolda Colaço

11054352_942205672491564_7798157402093754816_nHoje é o Dia Internacional da Mulher e para homenageá-las, é com grande alegria que compartilho as palavras da minha querida amiga Isolda Colaço, uma linda mulher, apaixonada por poesia e pela Literatura.

Espero que goste e compartihe com os amigos e amigas!

Feliz dia internacional da mulher…

******

A mulher representa a humanidade do homem. Sem ela o mundo pereceria de insensibilidade e falta de solidariedade. A mulher é um ser indefinível e inigualável. Um astro que orbita a vida na Terra resplandecendo sua luz e compreensão aos que dela necessitam. A mulher é uma onda de energia e sensibilidade que revigora o coração dos mais insensíveis. Sem as mulheres não haveria humanidade, apenas sequidão e ignorância, pois sua intuição a distingue dos demais.

Ser mulher neste mundo transitório entre sua emancipação(aceitação) é árduo e injusto. Amemos umas as outras. Solidarizemo-nos com nossas falhas, pois somos humanas e desejamos a cada dia mais sermos apenas compreendidas, amadas e felizes. Isso é um direito divino o qual não pode ser furtado de nós. Somos seres divinos e inserimos todos os dias na humanidade nossa tolerância, solidariedade e principalmente amor.

A mulher é a própria afrodite renascida das cinzas de um mundo inóspito para vivermos. Somos mulheres, não somos super-heroínas, apenas humanas…

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Você tem tempo para você?

Por Isaias Costa

aaa-1389285109297_956x500

Assistindo a alguns vídeos do terapeuta e escritor Luiz Gasparetto, venho refletindo bastante a respeito do que muitos dizem por aí:

 “No meio de tantas atividades, você tem tempo para você?”

 É comum as pessoas falarem isso, mas veja só! Você não acha esse pensamento um tanto quanto incoerente?

 Todo o tempo que eu tenho é meu, oras?

 O que as pessoas estão realmente querendo dizer ao fazer esse questionamento é sobre o EMPREGAR DO TEMPO, como ele está sendo utilizado.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

O que há além das expectativas?

Por Isaias Costa

e2809dnc3a3o-crie-expectativas-c3a9-melhor-se-surpreender-do-que-se-decepcionar-e2809dSe você procurar na internet o tema “expectativas”, vai perceber que existe muita coisa, muitos textos, vídeos e livros. Praticamente tudo que se fala tem a ver com relacionamentos amorosos, o que é bem importante, mas existe algo que vai muito, muito mais além do que isso, e nesse texto quero lhe levar a refletir comigo sobre isso.

Quando criamos expectativas com relação a alguém ou a alguma coisa, os especialistas sempre dizem: “Cuidado! Você pode se decepcionar…”. E pode mesmo! Isso é óbvio. Assim como pode não se decepcionar. Tudo depende da perspectiva.

Gosto muito de ler os textos budistas e com eles aprendi algo que pode aos poucos transformar a sua vida, assim como tem transformado a minha. O conceito de IMPERMANÊNCIA. Não existe nada fixo, nada permanente nesse mundo. Tudo está em um pleno processo de mudança e transformação. E nesse ponto, apenas nele já reside o problema de muitos casais, quando se cria muitas expectativas.

Você inicia um relacionamento imaginando que o companheiro(a) seja como você imagina, mas o próprio tempo de convivência, os caminhos, as escolhas, a individualidade de cada um, nos leva a concluir que o(a) outro(a) não é exatamente como pensávamos que fosse. Nunca é!

Nessa hora, para as pessoas mais imaturas, vem a decepção, e a vontade de romper o relacionamento. Porém, é preciso amadurecer esse pensamento. Em vez de você querer que o outro mude, é preciso se voltar para dentro e tentar ver em você mesmo o que precisa ser mudado para que você se torne um ser humano cada vez melhor e cada vez mais amável.

Não tem como! Se você busca a espiritualidade e busca mergulhar dentro de você mesmo, entender o que se passa no mais profundo do seu coração, você vai encontrar o equilíbrio e vai atrair isso para você. É uma lei. A lei da atração. Você sempre atrai aquilo que emana.

Isso é apenas uma parte do que tenho para lhe dizer e você pode facilmente se aprofundar nisso aravés de pesquisas. Quero lhe levar a outro ponto muito interessante.

Quando você busca de verdade não criar mais expectativas com relação a nada, há um amadurecimento e um processo de pacificação que vai crescendo de forma sutil, nos levando a desenvolver algo que considero uma dádiva divina, o NÃO IMPRESSIONAR-SE.

Poucas pessoas não são impressionáveis. É preciso ter muita autoestima e saber as reais motivações pessoais para não se impressionar facilmente.

É engraçado falar sobre isso porque à princípio parece “papo de velho”. Pode rir à vontade! Parece mesmo. Eu consigo até ouvir alguns leitores me dizendo: “A vida perderia a graça se não nos impressionássemos com nada. Tô fora…”. Será? Será mesmo? Vamos pensar com carinho nisso! Tudo bem?

Vou dar pequenos exemplos para você.

Uma moça conhece um rapaz, se encanta com seu carinho e atenção. Então, num determinado dia ele lhe dá um buquê lindo e perfumado, lhe convida para jantar num restaurante francês e faz todo um cerimonial para impressioná-la, para dizer o quanto ela é especial.

Se essa mulher não for impressionável, ela vai agradecer essa noite linda, mas vai prestar atenção às pequenas coisas como a forma que ele se comunica com as pessoas da sua família, como se comunica com seus pais, como é seu relacionamentos com as pessoas do trabalho, como ele cuida do seu animal de estimação etc. Se todo esse carinho não se estender para tudo isso que citei ou outras coisas. Não adianta! Era puro teatro. Ele estava certamente usando uma máscara.

Você precisa definitivamente colocar na sua mente que o que determina o caráter de uma pessoa são as pequenas coisas do dia a dia, que para os olhos mais atentos, não passa batido.

Outro exemplo são os produtos que supostamente estão em “promoção”. Se você reparar, o que sempre vem no papo dos vendedores? “Corra! Por que é só até quinta-feira…”. Será? Tem certeza? Volte lá na semana seguinte e perceberá que ele vai dizer exatamente: “Corra! Por que é só até quinta-feira…”. Pois é! Ele falou isso semana passada. Que coisa não?

Se você não for impressionável, não vai cair nessa dos marqueteiros de plantão. Essa pedadinha é para pegar os despreparados.

Isso é interessante até para conseguir descontos. Você gosta de descontos? Quer aprender uma sacada legal? Preste atenção!

Quando alguém chegar lhe oferecendo algo, dizendo que é imperdível, que mudará sua vida e blablabla. Diga apenas.

“Bom. Sabia que eu consegui numa outra loja esse mesmo produto num preço menor. Tá muito caro sabia?”.

Pode ter certeza que o vendedor vai lhe dar um desconto. É sempre assim! Eu faço isso o tempo todo. Não é fácil? O nome disso é não se impressionar.

Outro exemplo fantástico está nas religiões. Muitos pastores, padres, mestre espirituais, gurus etc. vêm com um papo meio torto lhe dizendo que na igreja deles tolos os seus males, doenças e afins, serão curados, basta que você pague isso, pague aquilo outro.

Isso é sempre, sempre um tiro no pé. A cura, a salvação, os milagres, as mudanças de vida, estão todas, absolutamente todas, dentro de você. Basta que você acredite! Basta que você tenha fé!

Sabia que fé não tem nada a ver com religião? Já falei inúmeras vezes por aqui que não sou religioso, mas tenho uma fé inabalável. Sei com absoluta certeza que o Deus criador, que pode receber qualquer nome que se queira dar, está sempre comigo, em todos os meus passos, todas as minhas escolhas, todas as minhas decisões, em tudo que escrevo, inclusive nessa mensagem que você está lendo agora.

Interessante? Com isso, você precisa também entender o que é o amor. Quem procura fazer o bem, o faz por amor, por doação. Essa é a motivação dos genuinamente voltados para o bem. Esse é meu desejo, não escrevo pensando em ser reconhecido, em ganhar dinheiro com isso. Não! Escrevo porque gosto de compartilhar a vida, gosto de compartilhar o que me habita, o que aprendi, o que vivo e sei que pode acrescentar algo de bom na vida dos que leem.

Ao você entender tudo isso, estará apto para saber que não criar expectativas leva ao não se impressionar e leva naturalmente a não cair em “conversa fiada de ninguém”. Prestou atenção? Essa é a sequência.

Se você não se impressiona, passa a ouvir mais o seu coração, o que a sua alma anceia na vida. Desta forma, todos os seus caminhos lhe levarão naturalmente ao que você precisa para se tornar um ser humano cada vez melhor. Tem sido assim comigo e pode ter certeza que pode ser assim com você também…

Se alguém vier querendo lhe impressionar com alguma coisa, torne-se um OBSERVADOR sagaz. Busque a paz e a quietude. Em paz, você aguçará seu poder de observação e perceberá muito facilmente quando alguém está de “conversa fiada”.

Desta forma você protejerá seu maior bem, seu bem mais precioso. Você e sua vida, seu coração.

Espero que esse texto tão simples e sem firulas tenha feito você pensar e refletir sobre esse assunto profundo e tão importante na vida de todos nós…

Lembre-se sempre: Não criar expectativas leva a não se impressionar com nada e isso leva naturalmente a não cair nas “conversas fiadas” de ninguém…

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Pensamentos confusos

Por Isaias Costa

awebic-criativos-8

Hoje eu quero apenas deixar um belíssimo trecho de um livro chamado “O livro da Sabedoria”, do místico oriental Osho. Um homem que já me ensinou muitas coisas e continua ensinando. Leia com bastante atenção. Essa passagem traz grandes segredos para viver a vida com mais plenitude e para despertar o nosso lado criativo, nossos pensamentos nobres e logicamente, a sabedoria. Boa leitura!

…A confusão é uma grande oportunidade. O problema com as pessoas que não são confusas é grande – elas pensam que sabem, e elas não sabem.

As pessoas que acreditam que têm clareza estão realmente em grande dificuldade, a sua clareza é muito superficial. Na verdade, elas não sabem nada de clareza, o que elas chamam de clareza é apenas estupidez. Idiotas são muito, muito claros …claros no sentido de que eles não têm a inteligência para sentir confusão. Para sentir a confusão precisa de grande inteligência.

Só os inteligentes sentem confusão, ao contrário, os medíocres seguem movendo-se na vida, sorrindo, rindo, acumulando dinheiro, lutando por mais poder e fama. Se você os vir, você vai sentir um pouco de inveja, pois eles parecem tão confiantes, eles até parecem felizes.

…E você está de pé ali, confuso sobre o que fazer, o que não fazer, o que é certo, o que é errado. Mas isso sempre foi assim: o medíocre é certo. É somente para o mais inteligente sentir confusão, caos.

A confusão é uma grande oportunidade… Ela simplesmente diz que através da mente não há nenhuma maneira. Se você está realmente confuso, você é abençoado. Agora alguma coisa é possível, algo imensamente valioso: você está na borda. Se você está totalmente confuso, isso significa que a mente falhou; agora a mente já não pode fornecer nenhuma certeza para você.

…E isso é a melhor coisa que pode acontecer a qualquer homem na vida, a maior bênção – porque uma vez que você vir que a mente é a confusão e não há maneira de sair através da mente, quanto tempo você pode seguir no apego à mente?

…É o momento mais bonito na vida de alguém quando não há nem confusão nem certeza. Alguém simplesmente é, um espelho que reflete o que é, sem nenhuma direção para ir a qualquer lugar, sem nenhuma ideia de fazer algo, sem futuro… apenas totalmente no momento, tremendamente no momento.

…E o momento se torna extremamente significativo. Ele tem profundidade, tem altura, tem mistério, tem intensidade, tem fogo, tem imediatismo; ele prende você, possui você, ele lhe transforma.

…Lao Tzu diz: “Eu posso ser o único homem de mente confusa no mundo. Todo mundo parece estar tão certo, menos eu. “Ele está correto, ele tem tal tremenda inteligência que ele não pode estar certo sobre qualquer coisa.

Eu não posso prometer certeza se você descartar a mente. Eu posso prometer-lhe apenas uma coisa, que você será claro. Haverá clareza, transparência, você será capaz de ver as coisas como elas são. Você não será nem confuso nem certo. Certeza e confusão são os dois lados da mesma moeda.

…Sempre que há uma crise de identidade, sempre que as pessoas não sabem quem são, sempre que o passado perde seu poder, sempre que as pessoas são arrancadas do tradicional, sempre que o passado não mais parece relevante, esta crise surge, uma grande crise de identidade – Quem somos nós? E o que é que vamos fazer?

…Esta maldição pode se tornar uma grande abertura para o desconhecido se você tiver sorte o suficiente para estar nas imediações de um Buda. Se você tiver sorte o suficiente para estar no amor com um Buda, a sua vida pode ser transformada.

Pessoas que ainda estão enraizadas na tradição, e que pensam que sabem o que é certo e o que é errado, nunca chegarão a um Buda. Elas vão continuar a viver a sua vida – a vida de rotina, maçante, a vida morta. Elas irão seguir no cumprimento de seus deveres como seus antepassados costumavam fazer.

…Mas quando você vem a um Buda e você começa a se mover em direção ao desconhecido, não há nenhuma estrada, nenhum caminho trilhado. Você tem que fazer seu próprio caminho andando, o caminho não será encontrado já feito.

…Eu posso lhe dar estímulo para seguir por conta própria, eu posso desencadear um processo de inquérito em você, mas eu não vou lhe dar um sistema de pensamento, eu não lhe darei qualquer certeza.

…Só posso prometer-lhe uma grande aventura, arriscada, perigosa, sem promessa de que irá alcançá-lo – porque o desconhecido não pode ser garantido.

..se você veio a mim para ir para a derradeira aventura em busca de Deus, se você veio a mim para ousar, para aceitar o desafio do mar desconhecido, as ondas rugindo, sem a possibilidade de ver a outra margem, então, você veio para a pessoa certa. Então, muito é possível.

Eu só digo “possível” – Eu não posso dizer que é absolutamente certo. É sempre uma possibilidade, você pode ser capaz de fazer isso, você pode não ser capaz de fazer isso, não há nenhuma garantia. Ele não é uma mercadoria que pode ser garantida, é uma aposta.

1 comentário

Arquivado em Uncategorized