Acabe com os “deverias”

Por Isaias Costa

tumblr_l9f5rcjo4o1qcvu6ao1_500

Uma reflexão muito importante que cada vez mais eu tenho me permitido e quero lhe levar a experimentar também em sua vida é a eliminação dia após dia dos “deverias”. Essa é uma palavra muito perigosa, porque ela nos deixa presos ao PASSADO morto, no qual não tínhamos a mesma consciência que temos atualmente.

Quero que você me entenda bem. A vida é um processo constante de aprendizado e evolução. A todo instante a vida nos dá OPORTUNIDADES de sermos pessoas melhores. À medida que vamos crescendo em sabedoria, nossas escolhas vão se tornando mais acertadas, mais serenas e consequentemente, nossa vida vai se tornando mais harmoniosa. Porém, para chegar a isso, é muito natural que no meio desse processo caiamos e erremos feio. E isso é absolutamente normal, é apenas resultado de uma natureza humana ainda não muito trabalhada.

Inclusive gosto muito de fazer a comparação com as esculturas. Somos como esculturas nas mãos de um escultor invisível que comanda todo esse universo, chame ele do nome que você quiser. Temos em nossa interioridade uma energia fabulosa, que pode ser transformada e trabalhada para atingirmos o equilíbrio e conquistarmos grandes coisas. Ao longo da vida vamos nos lapidando e essa lapidação se dá pelo AMADURECIMENTO.

O que nos leva a amadurecer são as experiências que acumulamos, sejam elas positivas ou negativas. Esse é outro ponto interessante. Lembra aquele ditado que diz: “Quem não aprende pelo amor aprende pela dor…”. É mais ou menos sobre isso que estou falando.

Temos dois tipos de experiências básicas que trazem amadurecimento. As primeiras são as vividas no amor, na paz, na harmonia, na serenidade. Todas elas nos ajudam a crescer sem SOFRIMENTOS. Essas experiências sempre estão vinculadas aos nossos sentimentos mais puros e verdadeiros. Quando escutamos a voz do nosso coração e sentimos que é nessa ou naquela direção que temos que seguir.

Perfeito! Essas experiências são maravilhosas e nos enchem de alegria. Porém, existem as experiências que surgem da falta de amadurecimento, que levando para a palavra mais adequada, são frutos da IGNORÂNCIA. A ignorância é a falta de sabedoria e discernimento. É somente através do AUTOCONHECIMENTO que podemos transformar ignorância em sabedoria, mas até conseguirmos isso, é natural passarmos por diversas situações dolorosas, como rupturas de relacionamentos, perdas de grandes amizades, perdas de emprego etc. Nessa hora que os “deverias” começam a surgir.

Normalmente acontece assim, sofremos por algo que queríamos que tivesse sido diferente. Pensamos “deveria não ter me relacionado com aquele rapaz…”, “deveria ter aceitado aquela proposta de emprego…”. “deveria ter estudado mais para aquela prova…”, “deveria ter falado para meu amigo o que sentia de verdade para não perdermos nossa amizade…”.

OK! “deveria”, mas não fez! Então? Vai ficar chorando pra sempre por causa disso? Essa é a questão. Você precisa entender que o fato de não ter feito o que seria mais sensato é exatamente não ter tido na época passada a mesma consciência e maturidade que você tem hoje. Só isso. A vida foi lhe ensinando e hoje você tem consciência que determinada atitude, reação, comportamento, sentimento etc. já não se encaixam mais na sua vida e no ser humano que você é HOJE. O passado é preciso deixar no passado.

“Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.”

Chico Xavier

Para acabar de vez com os “deverias”, você precisa entender uma das principais LEIS UNIVERSAIS, a lei da ACEITAÇÃO. Quando você aceita quem você é, com todas as suas qualidades e defeitos, sem julgamentos internos, eliminando as culpas, os remorsos, os ressentimentos e trabalhando as emoções, toda a sua vida ganha uma nova dinâmica. Essa mudança é adquirida aos poucos, é um exercício diário de aceitação. Quanto mais eu me aceito e aceito as situações, circunstâncias e escolhas, mais eu vou amadurecendo.

Aceitar é bem diferente de se ACOMODAR. Muitos confundem, mas são absolutamente diferentes. Aceitar é saber que você fez o melhor que pode naquele momento, se acomodar é ficar preso a determinada situação, ou escolha, ou meio de vida, sem nenhuma perspectiva de mudança futura. Percebe como é bem diferente?

Quero lhe encorajar a desenvolver a verdadeira ACEITAÇÃO, com sabedoria, como um propósito de melhora de vida.

Para concluir e ampliar essa reflexão, compartilho um excelente vídeo do terapeuta Luiz Gasparetto, que de certa forma me inspirou a escrever esse texto.

Reflita com carinho nestas palavras e no vídeo e acabe de vez com os “deverias”…

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s