Temor de Deus não significa ter medo de Deus

Por Isaias Costa

conhecendo-deus

Hoje eu vou falar sobre um questionamento que muitas pessoas fazem e que realmente gera muitas dúvidas, é aquela velha história do que a religião cristã chama de “temor de Deus”, o que é o temor de Deus? Muitos pensam que é ter medo de Deus, e não tem nada a ver. É comum até ver algumas pessoas se revoltarem com isso por acharem que se Deus é amor, por que eu vou ter medo dele?

São questionamentos bastante validos e que nesse texto você finalmente vai conseguir entender e esclarecer as suas dúvidas.

Para embasar esse texto, compartilho algumas palavras interessantes do escritor Victor Lisboa.

**************

Há uma enorme diferença entre temer e sentir medo. O medo nos paralisa, o medo nos deixa acovardados, o medo nos enfraquece e faz com que fechemos os olhos. Já o temor inclui o respeito, e não é a toa que os religiosos dizem que devemos “temer a Deus”, e não que devemos “ter medo de Deus”. O temor tem algo de reverencial, tem um aspecto de respeito, de dignificação de algo poderoso. O temor não paralisa, o temor não nos impede de agir – ao contrário, faz com que nossas ações sejam adequadas.

Victor Lisboa

**************

Na doutrina cristã, o temor de Deus é até considerado um dos dons do espírito santo. Percebe como isso é bonito? E é um dom do espírito santo mesmo! Vou lhe explicar.

Quando de fato entendemos o que é temer a Deus, percebemos pelo menos parcialmente a sua grandeza infinita. Deus é algo tão inimaginavelmente grandioso que temer a ele é o que pode nos fazer crescer em amor e consciência.

Jesus Cristo durante toda a sua vida buscou nos ensinar isso. Inclusive a palavra “Pai”, que ele pronunciava constantemente era exatamente essa reverência ao transcendente. Jesus era um ser iluminado e ele tinha essa consciência de que todos nós somos um e estamos todos conectados. É por ele ter essa consciência que ele dizia assim: “Quem me vê, vê o Pai…”.

Isso é muito profundo e revela o grau de intimidade que Jesus tinha com esse Deus cósmico e infinito. Jesus tinha esse temor a Deus, ele tinha essa profunda reverência a esse Deus maravilhoso.

Porém, ao longo das muitas e muitas gerações que se sucederam depois de Jesus, esse seu ensinamento tão belo foi distorcido, e passou a nos ser ensinado que temor de Deus é ter medo de Deus, e que somos pequenos demais perante a sua grandeza e glória. Muito cuidado meus amigos! Isso é extremamente perigoso. Esse tipo de pensamento dá total abertura a toda forma de dominação, seja ela física, emocional, psicológica ou até mesmo energética.

No nosso mundo contemporâneo, as crianças são catequizadas e é ensinado a elas que elas não são nada perante o poder de Deus e da igreja, e elas vão crescendo cheias de medo desse Deus impositivo e castigador, que olha para elas com um olhar cheio de julgamentos e castigos. Chega! Isso não existe e precisa acabar de uma vez por todas. O nome disso é dominação, é afunilamento de mentes, é perda da nossa capacidade de raciocinar, de opinar, de decidir por conta própria, de duvidar, de discordar etc. etc. etc.

Deus é algo tão absurdamente infinito e maravilhoso, que seria uma total arrogância e prepotência da minha parte achar que ele vai nos castigar por isso ou por aquilo outro. Algumas religiões tentam nos impor essa falácia e discordo completamente. Devemos temer a Deus, não ter medo dele. Grave essa palavra, temer é uma REVERÊNCIA a sua grandiosidade infinita.

Eu reconheço toda minha pequenez e o quanto eu não sou nada quando penso nesse Deus. Esse reconhecimento me traz AMOR, HUMILDADE, PAZ, GENEROSIDADE, CONFIANÇA NO DIVINO, FÉ, COMPAIXÃO e tantas outras nobres virtudes que todos os seres que buscam o crescimento em consciência buscam.

Você busca o crescimento em consciência e amor? Se está lendo esse texto é porque certamente busca! Então de hoje em diante saiba que temer a Deus é ter essa profunda reverência a ele… Pense sobre isso…

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s