O beija-flor Rubem Alves

Por Isaias Costa

Rubem-Alves1

Hoje completa exatamente um ano da morte do mestre Rubem Alves. Quem é fã dele, acredito que tenha a mesma reação que eu. Parece que a saudade dele só aumenta com o passar do tempo. Mas isso é bom sabia? Porque a gente só sente saudade do que foi bom e do que nos alegrou o coração. Se todos nós sentimos tanta saudade desse senhor super cativante, foi porque ele conseguiu um lugar especial dentro dos nossos corações. Eu acho isso tão bonito!…

Rubem Alves. Outro dia estava me lembrando de como surgiam as suas inspirações para escrever e ele dizia uma coisa muito bacana. Ele dizia que as estórias simplesmente apareciam na mente dele. Ele usava um termo engraçado “vagabundear”! rsrsrs. Quando ele deixava que sua mente vagabundeasse é que surgiam as suas melhores estórias, ou seja, quando ele não deixava sua mente se atormentar com tantas obrigações e preocupações.

Nesse quesito eu sou muito, mas muito parecido com ele mesmo! Esse texto que você está lendo agora surgiu assim, com a minha mente vagabundeando, ou seja, com a mente leve. Na realidade a inspiração surgiu a partir de um sonho muito singelo que tive.

No sonho eu me lembrava de uma de suas entrevistas na qual ele falava que criou uma pérola a partir de um grão de areia que se infiltrou profundamente na sua pele sensível de ostra. E essa dor foi uma pergunta que sua filha de três anos lhe fez: “Pai! Quando o senhor morrer você vai sentir saudade?”. Doeu demais ouvir isso e ele ficou totalmente sem chão e com os olhos cheios de lágrima, então sua filha completou: “Não chora não, por que eu vou te abraçar…”.

Desta simples manhã com sua filhinha, surgiu uma crônica emocionante que até hoje encanta muitas pessoas e leva as pessoas mais emotivas até as lágrimas.

A partir deste sonho me veio o pensamento. O mestre Rubem Alves era um grande e belo beija-flor. Essa comparação é perfeita para ele. Porque os beija-flores são pássaros belos e livres. Nunca se pode prender e querer só para si um beija-flor, porque ele morre de tristeza. Ele nasceu para estar na natureza agitando suas lindas asas a 80 batidas por segundo.

Ele era esse beija-flor, não apenas pela LIBERDADE que tinha de escrever o que quisesse, mas acima de tudo, porque ele conseguia retirar o NÉCTAR suave das experiências mais simples de sua vida.

Essa simples conversa com sua filha num dia comum lhe levou a retirar o néctar mais precioso e escrever uma estória que encanta os corações de todos aqueles que a leem.

Assim também foram com a maioria das suas estórias. Ele era um profundo observador. E nas suas caminhadas e nas conversas filosóficas que nutria com as pessoas ele tinha insights nos mais variados temas possíveis. Gosto dele muito por isso. Ele escrevia de uma maneira simples e cativante. Devido a sua simplicidade, ele tocava os corações das pessoas de todas as idades, desde um bebezinho que estava começando a conhecer o mundo até os velhinhos em suas vidas pacatas.

Suas palavras são como poesia e música, sempre dá vontade de ler ou ouvir outra vez. Alguns de seus textos eu já li inúmeras vezes e não consigo enjoar, porque são envolvidos por uma magia e um perfume dignos de um gênio da literatura.

Essa beleza está nesse néctar contido na simplicidade e que leva as flores a crescerem e darem frutos. Frutos como esse simples texto que você está lendo agora.

Rubem Alves. Esse senhor é uma das minhas grandes fontes de inspiração e me ensina demais a ser alguém melhor pelo poder da SIMPLICIDADE.

Enfim. Esta é minha singela homenagem a esse senhor que enche meu coração de amor e de vida. De onde ele está, tenho certeza que está fazendo os seus amigos espíritos rirem com suas piadas e estórias incríveis.

Um grande viva a esse mestre que certamente se eternizará através dos seus livros e da vida maravilhosa que levou na terra.

Para concluir, compartilho uma das suas crônicas, na qual ele cita esse dia e conversa com a sua filha. Vale a pena a sua leitura, é um texto muito profundo e reflexivo…

Sobre a morte e o morrer

* Para ouvir a leitura desse texto basta clicar [aqui]

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s