Você se tornou uma “pessoa grande”?

Por Isaias Costa

o-pequeno-principe

Já falei inúmeras vezes aqui no blog sobre um livro que marcou minha vida e certamente a de milhões de pessoas no mundo todo, estou falando do livro “O pequeno príncipe”.

Quando soube que o livro tinha sido adaptado para um filme com uma abordagem mais moderna e atual, nem pensei, corri para o cinema assistir.

Assisti a esse filme neste último final de semana e ele me emocionou muito. Adorei a genialidade do produtor em associar esse livro ao estilo de vida completamente enlouquecido das pessoas no mundo de hoje, voltadas para o trabalho e para o materialismo.

Esse filme faz uma crítica severa ao CONSUMISMO e ao EGOÍSMO da maior parte das pessoas, em querer tudo só para si e trabalharem de forma doentia.

Voltei para casa pensando muito da questão de SER ADULTO, ou como diria o Exupéry, ser uma “pessoa grande”.

No filme, essas palavras são adaptadas e ditas da seguinte maneira: “O problema não é se tornar adulto, é deixar de ser criança…”.

Essa frase revela o que muitos tem se transformado, em máquinas de trabalhar e por causa disso deixaram de ter o brilho nos olhos como as crianças e o desejo de desbravar a natureza, o conhecimento e se aprofundar no que deveria ser o essencial, os relacionamentos interpessoais.

Tanto os que já leram esse livro quanto os que nunca leram, certamente já ouviram a sua frase mais famosa: “Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.”

Esse filme retrata essa frase tão linda e profunda com muita sensibilidade. O pequeno príncipe viajou pelos planetas diversos à procura de um amigo e um dos planetas que ela visitou foi a Terra, onde fez uma amizade verdadeira e profunda com uma raposa, a personagem que fala essa frase.

tlp_stills_5

As pessoas no nosso mundo atual estão completamente voltadas para enxergar apenas com os olhos da matéria, os olhos físicos, e estão perdendo essa dimensão da SENSIBILIDADE, para enxergar aquilo que é mais simples, que toda criança consegue ver com tanta facilidade.

Nós precisamos resgatar essa criança que nunca deixou de existir, ela só está adormecida.

Esse é outro detalhe muito bem colocado nesse filme. A garotinha encontra o pequeno príncipe da estória, porém, ele havia se transformado numa “pessoa grande”. Ela, com toda sua inocência, fez com que ele se lembrasse de que era o pequeno príncipe e precisava voltar para o seu planeta e para a sua querida rosa.

Todos nós podemos nos lembrar de quem éramos quando crianças, quais eram os nossos anseios e sonhos, e o que foi mudando na gente ao longo dos anos que fez com que esquecêssemos que um dia fomos crianças.

Portanto. Essas poucas palavras são apenas para lhe instigar a assistir esse filme que é uma verdadeira obra de arte e que você busque resgatar essa criança tão doce e sonhadora que existe em você, talvez obscurecida por uma vida cheia de obrigações de “pessoa grande”.

Nunca esqueça: “O problema não é se tornar adulto, é deixar de ser criança…”.

E para terminar, compartilho uma das músicas mais bonitas da banda “Os Paralamas do Sucesso”, que foi inspirada neste livro, preste bastante atenção na letra e você vai perceber, trata-se da música “Busca Vida”

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “Você se tornou uma “pessoa grande”?

  1. Ainda não tive a chance de ver o filme…
    Esse livro realmente é muito tocante e leitura obrigatória para todos.
    Você apenas aumentou meu desejo de apressar minha ida ao cinema.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s