Arquivo do mês: setembro 2015

Pensar. Sentir. Agir

Por Isaias Costa

vol_silencio_gf_2

Vou falar nesse texto sobre algo muito simples, porém, de um poder transformador na nossa vida absolutamente incrível. Trata-se da sequência mais sensata antes de se tomar qualquer atitude frente aos desafios que nos são apresentados pela vida.

Devemos sempre

Pensar – Sentir – Agir

Procedendo dessa forma, a probabilidade de errarmos é muito menor e a possibilidade de que aquilo que formos fazer cause um impacto positivo na nossa vida e na vida das outras pessoas também é muito maior.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

3 anos do blog “Para além do agora”

Por Isaias Costa

3anos

É com grande alegria que escrevo esse texto em comemoração aos 3 anos de existência do blog “Para além do agora”. O meu sentimento é de pura gratidão pela oportunidade de estar levando um pouco dos meus conhecimentos e experiências de vida a cada vez mais pessoas.

Quero primeiramente confirmar com gratidão a todos vocês o quanto é verdadeira a afirmativa: “a gente colhe aquilo que planta…”. Meus amigos! Acreditem! É assim mesmo!

O que eu colhi de bênçãos e de alegrias entre 2014 e 2015 foi algo extraordinário e me emociona. Recebi muito mais até do que imagina que fosse possível. Cresci profissionalmente, minha saúde que já era boa, melhorou ainda mais, fiz novos amigos maravilhosos através do blog, meu relacionamento amoroso está cada dia mais bonito, estou tendo oportunidade de estudar coisas novas incríveis através de cursos etc. etc.

Estou colhendo todas essas bênçãos porque tenho consciência de que foram boas as sementes que eu plantei. Como já falei diversas vezes por aqui, segui e continuo seguindo sempre o que o meu coração me diz e ele sempre diz o que é o melhor a ser feito e qual o melhor caminho.

Portanto. Guarde essas palavras: Você quer lançar sementes melhores? Então ouça o seu coração e siga o que ele diz sem pestanejar, tirando da mente o famoso “E SE?”. Fazendo isso, eu lhe garanto que o restante de 2015 e o ano de 2016 que já se aproxima trarão frutos muito mais bonitos e saborosos na sua vida.

Escrevi muitos textos ao longo desse ano, mas teve um que me deixou com um sentimento de leveza imenso, um dos artigos mais longos no qual falei sobre a medicina oriental e a linguagem do corpo. Nós vivemos no Ocidente e nossa cultura é completamente voltada para a medicina convencional que busca apenas “remediar” e jamais curar na raiz as doenças diversas do corpo humano.

Nesse artigo eu falei um pouco sobre a causa primária das doenças e que todas, absolutamente todas elas podem ser curadas por nós mesmos, sem que precisemos nos entupir de remédios, porém, não é algo tão fácil assim ou que traz resultados do dia para a noite. Exatamente por isso é comum os céticos dizerem a famosa frase: “Isso é balela…”. Será? Será mesmo? Ou será que é você que é cético demais e não consegue olhar para o seu interior mais profundo, buscando o autoconhecimento?

Enfim. Foi um texto que me deixou muito feliz, porque se trata de um conhecimento que uma vez absorvido, transforma nossa vida para sempre.

Aos que ainda não leram, deixo o link abaixo. É uma leitura que vale muito a pena…

A cura quântica

Também quero fazer um agradecimento especial a uma pessoa que foi fundamental no meu processo de autoconhecimento e que me ajudou a enxergar coisas que não conseguia por dificuldade mesmo e também por medos, crenças e condicionamentos que tinha e precisava vencer. Estou falando da minha querida amiga Nazinha Schulz. Eu a conheci através desse blog, ela mora no Espírito Santo e eu em Fortaleza, estamos muito distantes fisicamente, mas muito próximos em termos de pensamentos e gostos.

Esse agradecimento especial a ela é porque foi ela que me incentivou a iniciar um curso de Psicanálise na cidade onde moro, Fortaleza. Ela enxergou em mim o que eu mesmo não enxergava, a possibilidade de me tornar um terapeuta.

Devido eu ter escolhido como profissão a área das exatas, tinha muitos medos e condicionamentos quanto a me tornar um terapeuta. Pensava coisas assim: “Caramba! Como alguém vai acreditar em um cara que tem formação em Física e vai ajudar os outros a curarem suas mazelas internas?…”. Pois é meus amigos! Eu pensava coisas assim, e isso me impedia de ouvir o meu coração que dizia bem diferente: “Você pode sim ser um terapeuta e fará um bem danado para muita gente…”.

Foi mais ou menos isso que eu ouvi da minha querida amiga Nazinha e ela me deu um certo “empurrãozinho” para tomar essa decisão que tenho certeza que já está fazendo toda a diferença na minha vida e fará na de milhares de pessoas, não só que leem esse blog, mas que passarão por mim através de terapias, aconselhamentos ou quem sabe até cursos, não é mesmo? Em um futuro próximo não serei apenas o Isaias meio maluco que gosta de Física e Matemática, serei também o Isaias psicanalista e terapeuta, que fará um trabalho muito bonito e cheio de alegria para muitas pessoas.

Essa é a primeira vez que falo sobre isso com mais detalhes aqui no blog e deixo minha sincera gratidão à Nazinha e a tantas outras pessoas que cruzaram o meu caminho me ajudando a ser alguém melhor e mais humano.

Esse ano também teve uma novidade muito bacana que foram os “áudios”. Tive essa iniciativa muito por causa das conversas que tive com a minha cunhada, que trabalha com surdos e tem um casal de amigos cegos. Pensei no quanto as pessoas com deficiências físicas também precisam ter maior acessibilidade aos conhecimentos que as outras pessoas têm. Então quase que “do nada” me veio a vontade de gravar áudios com a leitura dos textos do blog. Comecei em junho deste ano esse novo projeto e pretendo colocá-lo em paralelo com os textos, para que todas as pessoas que não possam ler ou não gostem muito de ler, tenham a oportunidade de refletirem junto comigo ouvindo o que tenho a dizer! Deixo abaixo o link do Soundcloud, onde estão reunidos todos os áudios que gravei até esse momento.

Soundcloud Para além do agora

Mais uma vez, muito obrigado a todos e que venha o 4º ano do blog. Continuemos juntos, crescendo em consciência e amor…

9 Comentários

Arquivado em Uncategorized

O que significa se converter?

Por Isaias Costa

006d20b980edbfc870fa57d68fdb3f04

Nós vivemos em uma sociedade que, pela falta de autoconhecimento e pela cultura voltada para o materialismo, não sabe o significado real de um montão de palavras.

Esse texto talvez venha a lhe surpreender. Alguma vez você já se questionou sobre O QUE SIGNIFICA SE CONVERTER?

Eu já me fiz esse questionamento muitas vezes e hoje compartilho com você a melhor resposta que eu já li, do escritor, filósofo e teólogo Jean-Yves Leloup. Veja só!

“A primeira frase de Jesus é: Metanoie-te. Que muitas vezes é traduzido por: Convertei-vos. Como uma tradução da palavra hebraica Teshuvá, que significa voltar para si mesmo, voltar para sua terra.

Os antigos diziam que a conversão é voltar daquilo que é contrário a nossa natureza para aquilo que lhe é próprio. Reencontrar em nós essa natureza do Cristo. Essa natureza que é ao mesmo tempo luz e compaixão.
Mas qual caminho tomar?

E é aqui que a palavra Metanoie-te é importante. Assim como na palava metafísica, o radical meta significa além, por além, do mental. 

Metanoie-te é um convite a irmos além do mental. Ou seja, na maior parte do tempo vivemos em nossos pensamentos, não vivemos a realidade, vivemos na realidade interpretada; sejam as interpretações positivas, negativas ou neutras da realidade. E trata-se de irmos além dessas representações, e entrarmos num olhar puro, virgem, de todas as projeções; um olhar esvaziado de todas essas projeções que projetamos sobre o real. Não vemos a realidade, mas sim as imagens, as ideias, julgamentos sobre a realidade, e trata-se de sair dessa ilusão.”

Jean-Yves Leloup

************************

Muito interessante não acha? Você percebe que o que ele fala, inspirado no mestre Jesus Cristo, é exatamente o contrário do que a maior parte das pessoas acredita?

Se converter significa VOLTAR DAQUILO QUE É CONTRÁRIO À SUA NATUREZA.

Repito com bastante ênfase a SUA, A SUA NATUREZA.

Nós somos seres únicos nesse planeta, jamais existirá ninguém igual a nós, somos joias raras habitando esse planeta tão imensamente belo. E precisamos retornar a esse abrigo que se encontra dentro de nós mesmos.

Jesus sempre dizia a todas as pessoas: “O reino dos céus está dentro de vós…”, porém, esse ensinamento tão belo e profundo foi extremamente distorcido ao longo desses mais de 2000 anos da sua partida.

Eu acho engraçado que para a maior parte das pessoas, pelo menos no Brasil, se converter significa “aceitar Jesus como o salvador”. 

Seria lindo se essa fosse a verdade! Eu ficaria imensamente feliz se de fato se converter fosse isso. Nossa! O Brasil e o mundo já teriam se tornado um paraíso…

Mas isso não se verifica. Por quê? Muito simples! Porque não há uma aceitação real de Jesus, o que acontece é uma espécie de DOUTRINAÇÃO, na qual o líder de algum grupo religioso tenta se sobressair, impor regras e ordens etc. aí a coisa desanda. As pessoas se tornam reféns de cultos, de preceitos, de dogmas, de rituais e nem se dão conta disso.

O que falta para praticamente todas elas é um mergulho profundo para dentro de si mesmas. O AUTOCONHECIMENTO.

Lembra as palavras de Jesus? “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará…”.

Essa verdade já existe desde que você surgiu nesse mundo, ela sempre esteve dentro de você mesmo, essa verdade mora no mais profundo do seu coração e você pode acessá-la hoje mesmo, basta que você se AQUIETE e ouça essa voz tão doce e silenciosa…

A maior parte das pessoas se deixam ser doutrinadas porque SUAS MENTES estão fazendo muito barulho. Barulho mesmo! Já disse outras vezes que era religioso há alguns anos, porém, nesse tempo nunca tive acesso à minha verdade, a verdade que me libertou. E sabe qual era um dos motivos? Um dos principais? BARULHO

Participava de encontros de jovens e o que acontecia do começo ao fim era praticamente só barulho e mais barulho, mas para eles era chamado de “louvor”.

Deus mora na gente e ele adora o silêncio. Sua manifestação verdadeira e profunda em cada um de nós só acontece no silêncio. Será que você ainda duvida disso?

Portanto! Esse é o recado que queria lhe passar hoje. Espero que tenha sido bastante claro e objetivo.

O que acha de você procurar a verdadeira conversão? Saiba que você nunca vai encontrá-la na igreja, no padre, no pastor, no guru, num líder religioso etc. essa conversão já está aí, dentro de você mesmo, e ela só vai acontecer quando você SILENCIAR completamente, eliminar todos os barulhos que lhe impedem de ouvir essa voz suave…

Para continuar a refletir sobre isso, compartilho uma belíssima frase do mestre Yogananda que resume bem a ideia transmitida nesse texto. Paz e luz…

Se a água ficar quieta por muito tempo, o barro se depositará no fundo e a água se tornará clara. Na meditação, quando o barro de seus pensamentos inquietos começa a depositar-se, o poder de Deus começa a refletir-se nas águas claras de sua consciência.

Paramahansa Yogananda

5 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Você se tornou uma “pessoa grande”?

Por Isaias Costa

o-pequeno-principe

Já falei inúmeras vezes aqui no blog sobre um livro que marcou minha vida e certamente a de milhões de pessoas no mundo todo, estou falando do livro “O pequeno príncipe”.

Quando soube que o livro tinha sido adaptado para um filme com uma abordagem mais moderna e atual, nem pensei, corri para o cinema assistir.

Assisti a esse filme neste último final de semana e ele me emocionou muito. Adorei a genialidade do produtor em associar esse livro ao estilo de vida completamente enlouquecido das pessoas no mundo de hoje, voltadas para o trabalho e para o materialismo.

Esse filme faz uma crítica severa ao CONSUMISMO e ao EGOÍSMO da maior parte das pessoas, em querer tudo só para si e trabalharem de forma doentia.

Voltei para casa pensando muito da questão de SER ADULTO, ou como diria o Exupéry, ser uma “pessoa grande”.

No filme, essas palavras são adaptadas e ditas da seguinte maneira: “O problema não é se tornar adulto, é deixar de ser criança…”.

Essa frase revela o que muitos tem se transformado, em máquinas de trabalhar e por causa disso deixaram de ter o brilho nos olhos como as crianças e o desejo de desbravar a natureza, o conhecimento e se aprofundar no que deveria ser o essencial, os relacionamentos interpessoais.

Tanto os que já leram esse livro quanto os que nunca leram, certamente já ouviram a sua frase mais famosa: “Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.”

Esse filme retrata essa frase tão linda e profunda com muita sensibilidade. O pequeno príncipe viajou pelos planetas diversos à procura de um amigo e um dos planetas que ela visitou foi a Terra, onde fez uma amizade verdadeira e profunda com uma raposa, a personagem que fala essa frase.

tlp_stills_5

As pessoas no nosso mundo atual estão completamente voltadas para enxergar apenas com os olhos da matéria, os olhos físicos, e estão perdendo essa dimensão da SENSIBILIDADE, para enxergar aquilo que é mais simples, que toda criança consegue ver com tanta facilidade.

Nós precisamos resgatar essa criança que nunca deixou de existir, ela só está adormecida.

Esse é outro detalhe muito bem colocado nesse filme. A garotinha encontra o pequeno príncipe da estória, porém, ele havia se transformado numa “pessoa grande”. Ela, com toda sua inocência, fez com que ele se lembrasse de que era o pequeno príncipe e precisava voltar para o seu planeta e para a sua querida rosa.

Todos nós podemos nos lembrar de quem éramos quando crianças, quais eram os nossos anseios e sonhos, e o que foi mudando na gente ao longo dos anos que fez com que esquecêssemos que um dia fomos crianças.

Portanto. Essas poucas palavras são apenas para lhe instigar a assistir esse filme que é uma verdadeira obra de arte e que você busque resgatar essa criança tão doce e sonhadora que existe em você, talvez obscurecida por uma vida cheia de obrigações de “pessoa grande”.

Nunca esqueça: “O problema não é se tornar adulto, é deixar de ser criança…”.

E para terminar, compartilho uma das músicas mais bonitas da banda “Os Paralamas do Sucesso”, que foi inspirada neste livro, preste bastante atenção na letra e você vai perceber, trata-se da música “Busca Vida”

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Está tudo certo

Por Isaias Costa

tudo-certo-como-assim-1320x880

Outro dia eu li uma frase absolutamente profunda e ao lê-la, tive a certeza de que apenas uma pequeníssima parte das pessoas conseguiria entendê-la, exatamente porque se trata de uma frase que só se entende com o coração. Tenho aprendido na vida que tudo aquilo que só se entende com o coração é de difícil entendimento para a maior parte das pessoas, pois elas vivem através da MENTE, e a mente é quase sempre, nossa maior inimiga.

Se você é alguém que pretende crescer em consciência, continue lendo esse texto até o fim, pois essa mensagem vale a pena ser guardada com carinho. Vamos a ela?

“Enquanto algo perturbar o homem e ele considerar que isso tem de ser alterado, ainda não atingiu o autoconhecimento.”

Thorwald Dethlefsen e Rüdger Dahlke

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Estar ocupado não quer dizer muita coisa

Por Isaias Costa

homem-correndo-relogio-pretobranco

Nos últimos tempos tenho refletido bastante a respeito de ESTAR OCUPADO, provavelmente porque eu estou muito ocupado. Eu nunca trabalhei tão intensamente até esse momento e essa reflexão surgiu disso.

É comum as pessoas se confundirem quando olham para uma pessoa muito ocupada e pensam que ela é importante. Será mesmo? Vamos pensar um pouco sobre isso? Para embasar essa reflexão, compartilho algumas palavras do psicólogo americano Rollo May.

“Muitas pessoas estão ocupadas só para disfarçar a ansiedade; seu ativismo é um modo de fugir de si mesmas. Elas obtêm um pseudo e temporário senso de vivacidade correndo de um lado para o outro, como se estivessem realizando algo só pelo fato de se movimentarem, ou como se estarem ocupadas fosse uma prova de sua importância.”

Rollo May

Ele vai direto na ferida com as suas palavras. Existe uma diferença enorme entre ESTAR OCUPADO e ser PRODUTIVO. Temos estas possibilidades:

  • Alguém pode estar ocupado e ser produtivo;
  • Pode estar desocupado e ser produtivo;
  • Pode estar ocupado e ser desprodutivo;
  • E pode estar desocupado e ser desprodutivo.

Essas são as 4 possibilidades. Falando com sinceridade! Se alguém está dentro da 4ª possibilidade, é bom que procure refletir com carinho sobre o que veio fazer nesse planeta, porque eu acho quase um atentado contra a existência alguém abrir a boca e dizer: “Não tenho nada pra fazer…”.

Como assim não tem nada pra fazer? Eu me tremo quando escuto essas palavras de alguém. Nossa!

Muitas pessoas fazem parte da 3ª possibilidade. Pelo fato de estarmos no Ocidente, com uma cultura totalmente voltada para o consumo e para o materialismo, eu me arrisco a dizer que eles estão em maioria, e um pouco adiante vou explicar porque penso isso…

A 2ª possibilidade é maravilhosa, porém, ela só pode ser vivida pelos SÁBIOS ou pelo menos pelos que estão aspirando à sabedoria. As pessoas mega criativas oscilam constantemente entre a 1ª e a 2ª possibilidade. Eu mesmo, no ano de 2014, fiquei desempregado um bom tempo e nesse tempo desocupado escrevi textos que marcaram a história desse blog e estão entre os mais acessados. Ou seja, tornei minha vida produtiva mesmo estando desocupado, entende?

A 1ª possibilidade é a mais difícil de todas, porém, deveria ser o desejo de todos nós, concorda comigo? Já pensou você ser ocupado e produtivo? O mundo inteiro agradecerá por isso e uma energia imensa de alegria poderá fazer com que esse mundo se torne um lugar melhor.

No momento, tenho trabalhado quase todos os dias nos três turnos e ainda consigo encontrar tempo para estar aqui compartilhando conhecimentos e experiências de vida com você. Não é nada fácil, pode ter certeza disso! Exige muito FOCO, DISCIPLINA e DETERMINAÇÃO. É preciso haver um PROPÓSITO por trás para que tudo transcorra bem e flua com facilidade.

Eu acredito muito que minhas palavras podem levar os leitores a refletirem sobre suas vidas e seus caminhos, por isso, mesmo estando muito ocupado, sempre consigo encontrar tempo para me dedicar ao blog. Isso é uma ESCOLHA, eu escolho estar aqui. E você? Escolhe estar aonde? Pense sobre isso…

Voltando à 3ª possibilidade! Eu acredito que a maior parte das pessoas está nela por causa de uma coisinha chamada ANSIEDADE. O número de pessoas ansiosas e estressadas é algo surreal, não consigo nem imaginar quantas pessoas assim existem não só no Brasil, mas no mundo inteiro.

É nesse ponto que acontece a falta de produtividade. Já constatei através de mim mesmo que a verdadeira produtividade acontece quando estamos SERENOS.

Guarde essas palavras ou anote em algum lugar: A VERDADEIRA PRODUTIVIDADE ACONTECE QUANDO ESTAMOS SERENOS.

Por causa disso que a maior parte das pessoas está na 3ª possibilidade. Para adquirir essa serenidade e paz é preciso antes haver um profundo mergulho no AUTOCONHECIMENTO. É o que eu venho fazendo há muitos anos, o que tem feito e continua fazendo toda a diferença.

Se você observar bem, da 4ª para a 1ª possibilidade há um caminho de ASCENSÃO, e essa ascensão acontece à medida que vamos ganhando mais consciência. Em minha opinião, ser produtivo é fazer algo que beneficie tanto você quanto as outras pessoas. 

Meu conceito de produtividade é esse, e considero bem simples de compreender. O próprio nome PRODUZIR remete a isso, eu faço algo para os outros, destinado aos outros.

Pois é! Até agora eu só falei sobre essas possibilidades. Mas afinal? O que fazer para se tornar mais produtivo?

Essa pergunta é comum entre os coachs e empresários. Eles falam um montão de coisas, mas sabe o que eu digo a você? Talvez você se espante!

NÃO FAÇA NADA

O quê? Como assim não fazer nada? Vou explicar. Esse nada não quer dizer ficar deitado na cama dormindo o dia todo. Isso parece mais é uma depressão! Esse nada é entrar em um estado de QUIETUDE DA MENTE, para poder refletir sobre a vida e seus caminhos em PAZ e conectado com o coração.

Você não faz ideia do poder imenso que surge na gente com essa quietude. Acredite! Foi assim comigo e pode ser com você também. Esse é um exercício de autoconhecimento. Ao mergulhar em si mesmo, pouco a pouco você vai conhecendo melhor todas as suas potencialidades para poder desenvolvê-las.

Na quietude pude perceber o quanto eu poderia ser um grande professor e é isso que estou me tornando. Jamais conseguiria me tornar um excelente professor com ansiedade, com insônia, com desespero. E isso vale para toda e qualquer profissão.

Portanto. Esse é o meu recado para você hoje. Não se preocupe com essas possibilidades, eu as coloquei para ser mais didático e para que esse texto fosse fácil de ler.

Agora você já sabe! Quer se tornar mais produtivo? Busque a conexão com o seu ser interior mais profundo. Desta forma, não tenho a menor dúvida de que você será produtivo…

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized