Conselhos para ter uma morte pacificada

Por Isaias Costa

051

Falar sobre a morte quase sempre assusta as pessoas, mas eu não entendo porque temos tanto medo de uma coisa tão natural e certa na vida de qualquer ser humano. Eu aprendi a ver a morte com olhos bem mais profundos e sei que ela faz parte da vida, ela está completamente interligada com a vida e, por incrível que pareça, dá mais sentido a ela.

A certeza da morte dá sentido à vida

Hoje compartilho algumas palavras do mestre Dalai Lama dando conselhos de como ter uma morte pacificada:

“Tendo a pensar a morte como sendo uma mudança de roupas quando elas estão velhas e usadas, ao invés de um final definitivo. Ainda assim, a morte é imprevisível: não sabemos quando ou como vai acontecer. Por isso é sensato tomar certas precauções antes que ela aconteça de fato. Naturalmente, a maioria de nós gostaria de ter uma morte pacífica, mas também é claro que não podemos esperar morrer pacificamente se nossas vidas forem cheias de violência, ou se nossas mentes tiverem sempre agitadas por emoções como a raiva, o apego ou o medo. Então se desejamos morrer bem, devemos aprender como viver bem: esperando por uma morte pacífica, devemos cultivar paz em nossa mente e em nosso modo de viver”.

Eu amei estas palavras e vi o quanto elas são verdadeiras. A morte é IMPREVISÍVEL, ela pode nos pegar de surpresa, pode vir quando menos esperamos. Então, sabendo de sua imprevisibilidade, penso ser de suma importância a prática da serenidade, a busca pela verdadeira felicidade, o cuidado com a mente, com a saúde do corpo, o cultivo de amizades verdadeiras, a busca por uma espiritualidade etc. Tudo isso pode nos ajudar a ter mais HARMONIA e, consequentemente, mais saúde, equilíbrio, paz de espírito…

Estas palavras simples do Dalai Lama são postas em prática por um número muito pequeno de pessoas, o que é uma pena, pois seguir esses conselhos pode nos ajudar a ter uma qualidade de vida muito maior. É impressionante o que ele fala sobre os nossos pensamentos! Eu sempre falo que a  nossa vida é resultado dos nossos pensamentos, daquilo que nutrimos diariamente. Se nutrimos bons pensamentos, alegria, amor, compaixão etc, isso se refletirá na nossa vida como um todo, e seguindo desta forma até a velhice, certamente teremos uma morte mais pacífica.

Aquelas pessoas que passam a vida inteira guardando mágoas, raivas, rancores, ódios, acabam morrendo doentes fisicamente e cheias de arrependimentos. Elas passam meses ou mesmo anos sofrendo antes de partir. Isso é triste, mas ao mesmo tempo completamente evitável. Para evitar esse destino, basta buscar aquilo que já citei anteriormente, não é tão fácil, mais é extremamente recompensador, tanto para si, como para os outros. Eu sou bem jovem, mas desde cedo procurei nutrir bons pensamentos, amar e ser amado, construir bons relacionamentos, boas amizades etc. Tenho certeza que continuando assim por toda a vida, muito provavelmente terei uma morte pacífica…

Busque colocar em prática esses ensinamentos tão simples e ao mesmo tempo tão profundos. Seguindo tais conselhos, a nossa vida ganhará um enorme salto de qualidade e a nossa morte será uma divina passagem para o desconhecido… Pense sobre isso…

* Para ouvir a leitura desse texto basta clicar [aqui]

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s