Não se pode levar tudo muito a sério

Por Isaias Costa

65c6cb4a48f62ee25d2e374c916d725e337

O Raul Seixas era um cara ávido por conhecimento e ele queria conhecer as leis da vida e do universo. É possível perceber isso muito facilmente nas suas músicas.

Ele falava sobre discos voadores, sobre vidas passadas, sobre magia e o próprio segredo do universo, que é o título de uma de suas músicas.

Para refletirmos um pouco sobre essa sua sede pelo saber, compartilho algumas palavras do próprio Raul, que foram extraídas da dissertação “Raul Seixas no torvelinho do seu tempo”, de Vitor Cei.

“Eu queria respostas, eu queria descobrir… tudo… descobrir tudo. Eu estava envolvido profundamente com Paulo Coelho (seu letrista e amigo) e nós mergulhamos mesmo no esoterismo.

=> Clique aqui para ler o texto completo

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “Não se pode levar tudo muito a sério

  1. Pingback: Não se pode levar tudo muito a sério | Cosmopolitan Girl

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s