Arquivo do mês: novembro 2015

A criatividade é uma gravidez de corpo e de alma

Por Isaias Costa

cerebro-faxina-sono-solunni

Eu considero o tema da CRIATIVIDADE fascinante, até porque escrevendo com a frequência que escrevo, só mesmo tendo bastante criatividade, não é mesmo?

Quero com esse texto lhe levar a refletir junto comigo que a criatividade não é algo para pessoas especiais, como infelizmente muitos pensam. NÃO. Ela é para todos, desde que se esteja preparado para recebê-la.

Já disse muitas vezes por aqui que uma das minhas maiores fontes de inspiração é um senhor bem sábio de nome Rubem Alves. Para embasar nossa reflexão, compartilho algumas de suas palavras.

“Há um ditado popular que determina: ‘Primeiro a obrigação e depois a devoção’. Primeiro a dor, depois o prazer. O poeta William Blake discorda. No aforismo maravilhosamente simples e verdadeiro ele diz: ‘O prazer engravida. O sofrimento faz nascer’. A gravidez começa com uma explosão de prazer, o orgasmo. Vem depois o “trabalho” doloroso de parir.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

O comando só é necessário quando o desejo está ausente

Por Isaias Costa

escreva-1-post-sobre

Lendo as belíssimas palavras do mestre Rubem Alves, me veio uma inspiração para falar sobre a importância do DESEJO. É o desejo que nos move em tudo nesta vida. Sem ele vagaríamos sem um sentido mais profundo para nossa existência.

Leia com bastante atenção a sabedoria deste mestre da Educação e Literatura brasileira:

“Não é preciso ordenar para que as crianças brinquem.

Não é preciso ordenar que o músico toque.

Não é preciso ordenar ao poeta que escreva.

Não é preciso ordenar ao amante que abrace.

O desejo torna o comando desnecessário. O comando só é necessário quando o desejo está ausente.”

Rubem Alves

Essas palavras podem nos levar a grandes reflexões, mas vou me restringir ao desejo relacionado com a nossa ALMA, nossa ESSÊNCIA.

É da nossa natureza querermos brincar quando somos crianças, tocar quando somos músicos, escrever quando somos poetas e abraçar com carinho a pessoa amada.

Não existe nenhuma espécie de ESFORÇO ou OBRIGAÇÃO nisso, entende? A gente faz porque faz, porque é bom, porque nos deixa felizes, porque nos faz brilhar os olhos.

Lendo essas palavras me transportei para o período mais infeliz da minha vida, o tempo da Graduação em Física. Estava fazendo um curso que pensei que me realizaria, mas fui percebendo ao longo dos semestres que estava ficando mais e mais infeliz.

Estando infeliz, praticamente tudo que eu fazia tinha uma energia de obrigação, não eram feitas com prazer. Estudava com medo de tirar nota baixa nas provas e reprovar as disciplinas. Convivia com pessoas que não gostava por achar que não tinha como conviver com pessoas mais afins comigo etc. etc.

Precisei mergulhar fundo no autoconhecimento para por um fim nessa história e mudar de rumo. Fui mudando pouco a pouco até descobrir minha verdadeira vocação. A EDUCAÇÃO.

Hoje, minha vida é completamente diferente. Ensinar é uma diversão, faço isso com toda a alegria e certeza de que estou fazendo algo de bom para mim e para os meus alunos.

Não sinto a menor obrigação em dar aula. Isso é um prazer, meu desejo de ensinar é materializado todos os dias em sala de aula.

É isso o que o Rubem está falando nesse breve texto. Para ele, a grande alegria é ser lido por pessoas que se identificam com seus escritos.

Inclusive ele sempre parafraseava o filósofo Nietzsche dizendo que “suas palavras eram escritas com sangue”, ou seja, eram como se fosse sua carne colocada em palavras para ser comida.

Acho isso magnífico, porque realmente a impressão que dá ao se ler os livros do Rubem é que estamos conversando intimamente, como amigos de séculos.

Ele conseguiu essa comunhão, digamos assim, exatamente porque era movido pelo forte DESEJO de estar presente em cada um dos seus leitores.

E você? Qual é o seu desejo mais profundo? Aquilo que você faz com amor, sem ver o tempo passar? Se firme nesse desejo e a partir dele faça algo grande para muitas pessoas. Imprima marcas de amor nas pessoas, faça com que os outros lembrem de você sempre com carinho e alegria…

Isso é perfeitamente possível, basta acreditar no seu coração e segui-lo sem pestanejar. Ele vai lhe levar exatamente para onde precisa ir e para vivenciar tudo aquilo que precisa.

* Sugestão de leitura

Qual é a minha vocação?

Paz e luz…

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Bom mesmo é ser um realista esperançoso

Por Isaias Costa

Deus é nosso sol e nós não podemos chegar a ser quem somos, em essência, se Nele não colocamos a direção dos nossos olhos. Pe Fábio de Melo

Outro dia eu li uma das frases mais conhecidas atribuída ao grande Ariano Suassuna, que nos deixou no ano de 2014, juntamente com dois outros gênios da literatura brasileira, o mestre Rubem Alves e o super crítico João Ubaldo.

Essa sua frase diz o seguinte:

“O otimista é um tolo. O pessimista, um chato. Bom mesmo é ser um realista esperançoso…”

Concordo plenamente com o seu pensamento. No passado eu acreditava no otimismo como uma visão meio que de conto de fadas e com as minhas próprias experiências de vida e amadurecimento, fui percebendo que ser otimista demais não é a postura mais sábia, pois o mais natural é que levemos uma bela “rasteira” da vida.

O mundo não é cor de rosas, não tem essas flores e cheirinho de perfume pra todo mundo. NÃO. Nessa hora, falo como o Rocky Balboa:

“O mundo não é um grande arco-íris. É um lugar sujo. É um lugar cruel. Que não quer saber o quanto você é durão. Vai botar você de joelhos e você vai ficar de joelhos para sempre se você deixar.

Você, eu, ninguém, vai bater tão duro como a vida. Mas não se trata de bater duro. Se trata de quanto você aguenta apanhar e seguir em frente. O quanto você é capaz de aguentar e continuar tentando.

É assim que se consegue vencer. Agora se você sabe o seu valor então vá atrás do que você merece, mas tem que ter disposição para apanhar. E nada de apontar dedos, dizer que você não consegue por causa dele, ou dela, ou de quem seja. Só covardes fazem isso e você não é covarde. Você é melhor do que isso.

Eu sempre vou amar você acima de tudo. Aconteça o que acontecer. Você é meu filho, é meu sangue. Você é a melhor coisa da minha vida.

Mas se você não acreditar em você mesmo, nunca vai ter uma vida…”

 

O que mais me encantou nessa frase genial do Suassuna, é que ele está falando sobre a sabedoria do CAMINHO DO MEIO. Vou explicar.

Ser otimista é estar no extremo do POSITIVISMO, do cor de rosa, do achar que todas as pessoas são boas e amorosas. O que absolutamente não é verdade!

Ser pessimista é estar no extremo do NEGATIVISMO, de achar que o mundo não presta, que estamos numa barbárie, que não existe esperança, o que obviamente também é uma visão equivocada.

Segundo o Suassuna, os otimistas são tolos, porque não conseguem enxergar coisas que estão embaixo dos seus narizes, e por não enxergarem, acabam muitas vezes não fazendo nada para que mudem a realidade ao redor.

Os pessimistas são uns chatos porque passam o tempo todo RECLAMANDO de tudo.

Os pessimistas são as famosas “pessoas reclamonas”, que dediquei um texto inteiro para falar sobre as suas características. Abaixo compartilho com você esse texto, que foi bastante acessado aqui no blog. Confira…

Pessoas reclamonas

Então ele fala que o bom mesmo é ser um realista esperançoso. Essa é a postura sábia porque os realistas enxergam a realidade tal qual é, sem acrescentar nem retirar nada. São um tanto quanto metódicos.

Perceba que ele não fala em ser apenas realista. Sabe por quê? Por que ser apenas realista não nos leva à AÇÃO, entende?

Os realistas dizem mais ou menos assim: “O Brasil está uma porcaria! É muito falcatrua…”. Depois viram a cabeça no travesseiro e vão dormir. De que adianta saberem que tem muita coisa errada acontecendo e não fazerem absolutamente nada? É perda de tempo concorda?

Mas ele fala que devemos ser realistas esperançosos, ou seja, devemos conhecer bem a realidade e devemos fazer a nossa parte com o bem, sendo bons profissionais e promovendo consciência onde formos e em tudo que estivermos fazendo.

O Suassuna certamente foi um senhor influenciado pelas ideias de outro gênio chamado Paulo Freire. Esse senhor dizia que nós devemos ter esperança do verbo “esperançar” e não do verbo “esperar”. Esperançar é a atitude dos realistas esperançosos, esperança de esperar é a atitude dos que são realistas.

Os pessimistas se enquadram na incrível música do Raulzito, “Ouro de tolo”“Eu é que não me sento no trono de um apartamento com a boca escancarada cheia de dentes esperando a morte chegar…”.

Os pessimistas não sabem nem porque estão vivos, viver pra eles não passa de um “passar de dias”, no qual se deve fazer praticamente as mesmas coisas, até chegar à velhice e morrer, como bem disse meu amigo baiano logo acima.

Que essa breve reflexão lhe leve a refletir sobre isso e você busque o caminho do meio, busque a sabedoria. Não é o caminho mais fácil, eu sei, mas sem dúvida vale a pena demais segui-lo, pois o resultado é ter uma vida mais feliz e plena.

Conto com você para que nos tornemos realistas esperançosos…

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

A felicidade é o critério

Por Isaias Costa

e7921ed2eab8908a700846f89ec739e9

A visão de mundo dos grandes iluminados da humanidade é algo magnífico, entre eles está o místico Osho. Sua maneira de ver a vida dá um chacoalhão nas estruturas e pensamentos arcaicos.

Quero lhe levar a refletir junto comigo a respeito da FELICIDADE, mas não uma felicidade de araque, mas aquela que surge do autoconhecimento. Para embasar esse texto, compartilho algumas palavras dele…

“Você está infeliz porque você escolheu uma atitude errada diante da vida. Você pode ser feliz se você escolher a atitude correta. Buda dá tanta atenção à ‘atitude correta’. Ele faz disso uma base, uma fundação – atitude correta. O que é atitude correta? Qual é o critério? Para mim esse é o critério: a atitude que lhe faz feliz é a atitude correta, e não há nenhum critério objetivo. A atitude que lhe torna infeliz e miserável é a atitude incorreta. O critério é subjetivo; sua felicidade é o critério.”

Osho 

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Algumas evidências da transição planetária

 Por Isaias Costa

maxresdefault

Nota: Por se tratar de um artigo mais longo, disponibilizo a você a sua versão em pdf sem as figuras, para facilitar sua leitura na forma impressa. O link para download está logo abaixo.

Algumas evidências da transição planetária

Para ouvir a leitura desse artigo basta clicar [aqui]

***************************************

Esse artigo é resultado de vários anos de estudos e acima de tudo, de observações da nossa sociedade. Vou listar alguns pontos que me fazem realmente acreditar que estamos vivendo uma transição planetária.

Repare que intitulei este artigo com ALGUMAS EVIDÊNCIAS, porque tenho plena consciência de que os pontos que enumerei não abrangem tudo que vem acontecendo principalmente nas últimas décadas.

Portanto, desde já, dou total abertura para que você pontue algo que também acredite fazer parte do processo de transição planetária e que talvez eu tenha esquecido de explanar.

Vamos viajar por todos os campos da vida humana. Se prepare…

1. As religiões estão se deteriorando

religic3b5es

Quis começar por esse que é um dos pontos mais polêmicos, porque eu sei a força que as religiões têm. Eu tenho observado todos os conflitos religiosos que estão se acentuando principalmente nas últimas décadas e todos eles têm uma causa muito maior por trás…

Muitos líderes religiosos querem a fina força dominar os seus fiéis através de muitos dogmas, imposições e regras absurdas, porém, a natureza humana sempre busca a VERDADE, e finalmente um número cada vez maior de pessoas está despertando para essa verdade que tão bem foi ensinada pelos grandes mestres como Jesus Cristo e Buda: “O reino dos céus está dentro de vós”.

Está acontecendo algo incrível, que é a abertura para as verdades universais, que só podem ser verdadeiramente vividas e espalhadas através de uma visão holística da espiritualidade, ou seja, uma espiritualidade que não se prende em religiões.

2. Busca de uma espiritualidade profunda

O primeiro leva automaticamente para o segundo ponto. É comum os mais religiosos fazerem esse questionamento: “Se você não segue nenhuma religião, então agora você é ateu?”. Eu acho graça sempre que escuto alguém falar desta maneira.

Na realidade é exatamente o contrário, falo isso me colocando como exemplo. Eu não sigo nenhuma religião exatamente por ser fascinado por praticamente todas. Elas têm belezas e ensinamentos tão perfeitos para a vida dos seres humanos, que eu não poderia me fixar em nenhuma, entende?

Ou seja, normalmente os que não seguem nenhuma religião, são pessoas extremamente espiritualizadas e possuem valores humanos e um caráter muito firme e decidido. Creem num Deus que está presente na menor das criaturas e em todo o cosmos…

O nosso planeta está caminhando pouco a pouco para essa compreensão mais profunda. Muitos mestres passaram pelo planeta deixando suas imensas sabedorias e um legado transformador, só resta a cada um de nós realmente colocar em prática tais ensinamentos. Gosto acima de tudo de citar Jesus Cristo, já que estamos no Brasil, onde a maior parte das pessoas se diz cristã.

Como já falei outras vezes, infelizmente, a maior parte das pessoas não conseguiu entender a verdadeira mensagem de Jesus. Ele não veio à Terra com a missão de nos salvar, de ser o filho unigênito do pai que veio trazer a boa nova. NÃO. Jesus era e sempre será um grande mestre, que veio com uma missão divina de nos ajudar a desvendar a verdade que já existe dentro de cada um de nós.

Fico muito feliz por saber que hoje em dia muita gente compreende isso bem e com paz no coração. Essa é, pelo menos para mim, uma das maiores evidências de que o nosso planeta está passando por essa transição.

Para quem acompanha os meus textos, já deve ter percebido que sou apaixonado pelo tema da espiritualidade e busco levar um pouquinho de consciência através de cada texto novo que escrevo. Se quiser se aprofundar mais nessa temática, eu tenho mais de cem textos relacionados a isso, basta acessá-lo na tag “espiritualidade”.

3. Crise nos sistemas de trabalho

formula-da-pratica-trabalhista1

Durante muitos anos, o sistema de trabalho esteve baseado na quantidade de horas de trabalho dedicadas a uma empresa ou instituição em troca de um salário no final do mês. Eu tenho reparado que está crescendo assustadoramente o número de pessoas insatisfeitas com esse modelo tão arcaico e tão mediocrizante.

Todos nós temos um potencial criativo incrível, capaz de gerar muitas formas diferentes de renda e acima de tudo, de benefícios para a sociedade como um todo, e não apenas a um pequeno grupo de empresários.

Esse modelo de trabalho de 8h por dia está, literalmente, com os dias contados. E sabe de uma coisa legal? As pessoas que já despertaram para isso, não estão nesse regime de trabalhar 40h por semana. Na realidade elas estão trabalhando muito mais do que isso. Ficou surpreso? Vou lhe explicar.

Com o despertar, nós acabamos descobrindo qual é a nossa real MISSÃO DE VIDA. Eu sou apaixonado por essa expressão, porque sei do poder avassalador que ela tem.

Muitas pessoas trabalham insatisfeitas porque não conseguiram descobrir a sua real missão de vida, então desta forma trabalhar 8h por dia é um verdadeiro martírio.

Porém, ao descobrir a missão de vida, trabalhar se torna sinônimo de DIVERSÃO. Sim! Diversão. A pessoa acorda pela manhã vibrando de alegria por mais um dia e mais uma oportunidade de fazer algo em prol de si mesmo e da sociedade.

Essa sensação é quase impossível de ser transmitida através de palavras. A palavra mais próxima que conheço para esse sentimento é SUBLIME, ou seja, é como se estivéssemos no ceú, flutuando por sobre as nuvens…

Hoje eu sei que a minha missão de vida é com a EDUCAÇÃO, e escrever faz parte disso, pois ao escrever estou ensinando as muitas coisas que eu tenho aprendido. Assim, eu acordo cedo, trabalho o dia todo, me alongo até tarde da noite, mas sempre feliz. Eu nem conto o número de horas que trabalho, porque para mim isso se tornou irrelevante. A alegria e satisfação com o que faço é o meu maior termômetro.

O que acha de você encontrar a sua verdadeira missão de vida e experienciar por você mesmo tudo aquilo que estou colocando aqui?

Para que você reflita mais sobre esse tema, compartilho abaixo um texto que me foquei apenas nisso e tenho certeza que você vai gostar de ler…

Qual é a minha vocação?

4. Novas formas de empreender

capture-20150122-151332

Essa constatação nos leva automaticamente para o próximo ponto, o EMPREENDEDORISMO. Eu também acho incrível as diversas iniciativas de empreendedorismo que cada vez mais estão surgindo.

Leio muito sobre isso e tenho constatado que muito mais importante do que ter uma empresa e trabalhar por conta própria, é a MENTALIDADE EMPREENDEDORA, que transcende tudo que está ligado ao mundo financeiro.

A mentalidade empreendedora pode ser resumida nestas palavras: AGREGAR VALOR.

Os verdadeiros empreendedores, ao contrário do que muitos pensam, não criam empresa pensando apenas em enriquecer, nada disso. Eles pensam em agregar valor. Acompanhe o meu raciocínio!

Todos eles descobriram suas reais missões de vida e utilizam seus talentos natos para ajudar as pessoas nas mais diversas áreas.

Um mito comum de muita gente é de que só existem empreendedores em grandes empresas e startups. Errado! Existem empreendedores em todos os ramos da sociedade. Até mesmo um pipoqueiro pode ser um empreendedor. Já ouviu a história do “pipoqueiro Valdir”? Ela é uma prova viva de que empreender é algo para todos, só requer criatividade, comprometimento e determinação. Abaixo compartilho um vídeo muito interessante de uma reportagem com ele.

5. Maior cooperação e menor competição

da-competicao-a-cooperacao

Esse é um ponto também bastante delicado. Muitos rechaçam o empreendedorismo pensando que se trata de um caminho que gera maior competição. Certo! Em alguns casos pode gerar, mas estou falando aqui sobre as tendências planetárias.

Nesta transição planetária, estou reparando que está havendo uma maior UNIÃO de pessoas com os mesmos ideais e sonhos em prol de algo grande para todos, algo que possa beneficiar a sociedade.

Pouco a pouco, muitos estão deixando de ver sentido em competir, já que a sociedade foi estruturada desta maneira desde que o CAPITALISMO tomou conta de tudo…

O sistema capitalista foi estruturado para dar maiores lucros àqueles que têm maiores titulações e desempenham os cargos mais altos, mas fazendo isso de uma forma que os trabalhadores de serviços mais simples fiquem completamente desfavorecidos.

Essa estrutura cria naturalmente uma pirâmide, na qual uns poucos ficam no topo enquanto a maioria fica numa base com o mínimo de recursos possível. Quero deixar claro que não sou contra ganhar muito dinheiro, não é isso. Eu sou contra a CONCENTRAÇÃO DE RENDA nas mãos de poucos. Estou falando aqui de GANÂNCIA, que é absolutamente diferente de AMBIÇÃO.

Eu me considero um rapaz ambicioso, mas não ganancioso, porque tudo que eu tenho e principalmente, o que eu sou, tenho o prazer de compartilhar com os outros, desta forma todos crescem.

Essa é a diferença entre ser ambicioso e ser ganancioso, quem é ambicioso quer mais, porém, pensando no bem comum e no próprio crescimento como ser humano, quem é ganancioso quer mais só para si e a qualquer custo, até mesmo ao custo de vidas…

O que estou falando nesse ponto é muito importante e dá “pano pra manga”. Se quiser se aprofundar mais, compartilho alguns textos mais relacionados de forma direta com o capitalismo.

Capitalismo: o que mais se quer conquistar?

Cooperação: a palavra que pode mudar o mundo

Ganância e ambição

6. Novos modelos educacionais

criatividade

O que está diretamente relacionado com a cooperação é a EDUCAÇÃO. É notório que o sistema de ensino arcaico que continua vigente está com os dias contados. Sendo professor, eu conheço de perto como é a realidade do ensino no Brasil.

Os alunos não são preparados para se tornarem cidadão críticos, eles são preparados para competirem e se tornarem “vencedores” após passarem no vestibular. Há uma distorção na cultura de que só pode vencer na vida quem faz uma faculdade. Já pensou? Só com essa frase já me vem um questionamento muito profundo: “O que é vencer na vida?”.

Responder com detalhes a essa única pergunta dá para escrever um livro inteiro. Ela tem zilhões de respostas, porém, a sociedade doente na qual estamos inseridos quer nos padronizar e fazer com que todos sigam caminhos parecidos. Chega! Não é assim que a vida acontece! Temos milhões de possibilidades e não é o fato de fazer uma faculdade que vai determinar o sucesso de ninguém.

Os novos modelos educacionais que estou tratando aqui têm uma relação muito profunda com o empreendedorismo, pois está havendo uma tendência natural de cada um buscar por si mesmo aquilo que mais gosta de fazer, aquilo com que se identifica mais e sabe que pode contribuir para a sociedade como um todo.

Posso falar sobre essa mudança com propriedade, pois acompanho o trabalho de alguns dos nomes mais influentes no Brasil, entre eles estão o Flávio Augusto, Seiiti Arata, Murilo Gun, Heloísa Capelas, Mario Sergio Cortella, Maura de Albanesi, André Lima, Bruno J. Gimenes, Marcello Cotrim e até mesmo um monge que admiro de coração chamado Lama Padma Samten.

Todos esses homens e mulheres influentes desenvolvem trabalhos educacionais belíssimos e seguem uma estrutura completamente diferente do padrão. Eles fazem os seus alunos pensarem de forma inovadora, explorando ao máximo seus talentos individuais e também contribuindo para o desenvolvimento de uma das mais importantes inteligências, que é a EMOCIONAL.

É impossível não enxergar que está acontecendo por toda parte uma mudança nesse sentido. Sem contar com o desenvolvimento da internet, que hoje possibilita você aprender tudo a partir da sua própria casa, através de cursos on-line, fóruns on-line e uma série de outras possibilidades que tratarei mais à frente nesse artigo.

Para concluir esse tópico, compartilho com você um documentário que vai abrir a sua mente com relação à educação e fazer você perceber que o atual modelo em breve deixará de existir, e precisamos nos preparar para o novo. Eu já estou fazendo isso. Aliás, estar escrevendo sobre educação neste blog já mostra essa minha tendência, concorda comigo?

7. O desenvolvimento das energias alternativas

54

Sabemos bem que os combustíveis fósseis estão sendo explorados muito além do que deveriam e também estão causando danos irreparáveis à fauna, à flora e à camada de ozônio.

Está havendo cada vez mais o desenvolvimento de pesquisas e estudos para se utilizar as energias alternativas de uma forma que beneficie o maior número de pessoas possível e que tenha os menores custos.

Estamos no Brasil e aqui temos um potencial solar e eólico absurdamente grande, que será a tendência nas próximas décadas.

Isso me deixa muito feliz e com a certeza de que essa consciência faz parte da transição planetária, pois muitos estão acordando para a possibilidade de que faltem recursos para todos, caso continue tudo como está hoje.

Temos no nosso país cientistas inteligentíssimos que estão utilizando sua capacidade criativa para o bem comum. E será uma grande alegria ainda viver nesse mundo no qual as energias que hoje são chamadas de alternativas, deixem de ser e se tornem a energia primária. O tempo nos dirá…

8. Mais pessoas cuidando da alimentação e se tornando vegetarianas

s_6

Também consigo notar que pouco a pouco está havendo maior conscientização quanto ao que se come.

Está havendo uma tendência a se ingerir alimentos mais saudáveis e orgânicos, além de um incentivo à diminuição do consumo de carnes.

Esses dados não são muito divulgados, mas para se produzir carne para o consumo humano, a quantidade de água utilizada é surreal, chega a ser praticamente inacreditável.

Se continuarmos a consumir carne nas proporções que se consome hoje, talvez o nosso planeta não resista. Haverá uma guerra mundial pela água, pois ela vai faltar.

A água utilizada para o cultivo de grãos é infinitamente menor que para a produção de carne, e se isso for levado para as escalas globais pode ajudar a erradicar totalmente a FOME, que ainda assola mais de 1 bilhão de pessoas, principalmente na África.

Além disso, ainda tem a questão espiritual. Muitos estão se tornando vegetarianos também por conta do desenvolvimento do amor universal mais profundo. Ao comer carne de animais estamos matando seres vivos e gerando desarmonias no planeta.

Eu sei que esse também é um ponto delicado e que muita gente vai discordar de mim, mas estou falando aqui o que sinto. Pouco a pouco mais pessoas estão crescendo nesse amor mais profundo ao ponto de buscarem o bem e o equilíbrio com todos os seres. E esse amor é totalmente individual, os que o desenvolvem, em alguma altura da vida, acabam se tornando vegetarianos.

Eu posso estar enganado, mas acredito que no futuro os seres humanos criarão essa consciência e se tornarão em sua maioria vegetarianos. Ahh! Isso não será imediato, OK? Pode ter certeza que durará no mínimo alguns séculos…

9. Queda do consumismo desenfreado

dy4lxx47mg-vfe7yf7bhzflzknpxxn-vm4k91yxrmw0

Esse é outro ponto que me deixa imensamente feliz. Pode não parecer, mas está havendo uma tendência de cada vez mais pessoas perceberem que não é através de mais coisas que elas se tornarão mais felizes.

Durante muitos anos nos foi ensinado que para sermos plenos e felizes precisaríamos de uma casa grande, um carro importado, muitas roupas, sapatos, eletrônicos etc. etc. Porém, a maioria dos que conseguiram grandes coisas acabaram se frustrando, porque não se tornaram mais felizes.

A felicidade é algo que vem de dentro da gente, surge no nosso coração e se espalha para as outras pessoas e para o mundo. Esta transição planetária está levando mais e mais pessoas a buscarem a simplicidade e dividirem o que tem.

Está crescendo o número de pessoas que se questiona sobre “Por que eu preciso ter mais de um carro?”, “Por que eu preciso ter vários tênis e sapatos?”, “Por que eu preciso ter uma casa muito grande se nela não moram muitas pessoas?” etc. etc.

Nessa hora, não posso deixar de falar sobre um veículo de comunicação que está sendo cada vez mais colocado de lado e perdendo sua força. É claro que estou falando da TV, que será o próximo ponto…

10. A TV aberta vai ser reduzida ou até mesmo extinguida

imagem_texto2

A partir desse ponto, meu amigo leitor, tudo começa a se conectar e interligar de uma maneira incrível.

Com o avanço das tecnologias e acima de tudo, da INTERNET, hoje tudo que você quiser assistir está à um clique de distância. Você pode assistir o que quiser, na hora que quiser e de qualquer lugar do planeta.

Já pensou? Tendo o mundo inteiro à sua disposição, quem vai querer ficar perdendo tempo assistindo a um noticiário totalmente manipulado, e que muitas vezes nem mostra para nós o que nos interessa? A tendência natural da TV aberta é que cada vez tenha menos audiência. Hoje, finalmente as pessoas estão despertando para o poder que a internet tem.

A maior parte da publicidade que nos atacava era transmitida pela TV, hoje não mais. Claro que está acontecendo uma migração enorme para a internet, inclusive nunca se falou tanto no tal do MARKETING DIGITAL.

É coisa de louco! Estão surgindo até mesmo dezenas ou mesmo centenas de novos empregos e formas de ganho que estão atrelados diretamente à internet.

Resumindo tudo! Não dá mais para fugir desta tendência, ou nos conectamos ou seremos excluídos deste novo mundo que está se consolidando.

A TV também está com o seus dias contados…

Se quiser se aprofundar mais neste ponto, publiquei no blog dois textos excelentes que destrincham mais essa ideia da televisão e o seu poder alienante. Recomendo fortemente que você os leia. Os links seguem abaixo.

O cérebro preguiçoso

Televisão: a domesticadora dos pobres

11. Crise nos modelos políticos

20150415-shutterstock_264053567-960x620

Eu falei para você que a partir do ponto dez a coisa começa a ficar quente, não foi? Você vai entender o porquê. Se a TV não tem mais esse poder de nos manipular como o fez por várias décadas, agora cada um pode ler o que quer, assistir o que quiser e ser o que quiser.

Um dos resultados naturais de toda essa mudança é a crise política. Você percebe que não é só o Brasil que está em crise? O planeta inteiro está, e a internet tem um poder decisivo nisso tudo.

Antigamente, os políticos podiam fazer suas corrupções e varrer tudo para debaixo do tapete e ninguém jamais tomava conhecimento. Hoje, se alguém se torna uma “pessoa pública”, não adianta! Qualquer falcatrua que ela venha a cometer, uma hora acaba sendo revelada. E não é isso que estamos presenciando no momento? A famosa “Operação Lava-Jato” é uma prova disso!

Os bandidos que estão por trás de toda essa roubalheira não podem mais esconder seus delitos, então isso está gerando mais consciência política de uma forma global. Apesar de tanta coisa errada estar acontecendo, eu me sinto feliz, porque uma hora isso vai acabar e o planeta vai entrar numa nova visão e em novos padrões de comportamento, de sentimentos e de vivências…

Isso é muito amplo! Ainda vou falar muito sobre esses assuntos em textos futuros. Aguarde…

12. Diminuição gradativa dos preconceitos e discriminações

18141890_rCPOD

Não poderia deixar de falar sobre esse ponto. Durante séculos e séculos a sociedade se estruturou baseada em diversos dogmas e regras muitas vezes até mesmo desumanas.

Graças a Deus, o avanço da tecnologia e da ciência hoje já consegue provar por A + B que não existe essa história de certo e de errado no tocante à sexualidade. A ciência comprovou que ser homossexual não é errado, nem pecado, nem nada parecido. É natural! Sim! Natural, e pouco a pouco as pessoas estão acolhendo essa verdade.

Esse ponto também, pelo menos para mim, é uma prova cabal de que estamos vivenciando esta transição planetária, na qual o amor universal vai pouco a pouco dominar os nossos corações.

É uma visão muito ignorante e até mesmo perversa achar que os homossexuais são diferentes ou serão condenados. Essa visão religiosa que, infelizmente, ainda existe em determinados lugares e culturas, chegará a um fim. Talvez ainda demore, mas certamente chegará…

Esse ponto tem ligação direta com o primeiro, sobre a deterioração das religiões. Como pode as pessoas seguirem uma religião que proíbe e condena algo que é natural da biologia humana? Nessa hora eu me coloco na pele dos meus irmãos homossexuais e sinto um pouco o sofrimento deles.

Somos irmão! Somos todos um. Já ouviu esse termo cunhado pelos físicos quânticos? Pois é, amigos! Não dá mais para haver separatividade.

Nesse novo mundo, não haverá espaço dentro dos nossos corações para preconceitos e discriminações! Isso é coisa de almas pequenas, que ainda não evoluíram e ainda não cresceram nesse amor universal, que tanto foi ensinado pelos grandes mestres.

Não haverá mais discriminações com homossexuais, transexuais, negros, índios, asiáticos, africanos. NADA! Seremos irmãos, vivendo em paz e harmonia.

Vou fazer um breve parênteses com a Física Quântica. Os pesquisadores da Física Quântica têm ajudado demais a humanidade nesse processo de conscientização.

Certa vez até li um artigo que tinha uma frase muito bacana, que dizia mais ou menos assim: “Há dois mil anos surgiu no planeta um mestre que era um físico quântico, mas ninguém sabia, e acabaram lhe crucificando. Hoje, a mesma mensagem que ele disse está sendo repetida pelos físicos, mas eles não são crucificados, pois são respaldados pela ciência…”.

Bacana, não é? Isso é a mais pura verdade! Lendo sobre Física Quântica eu praticamente tatuei essa frase na minha testa: SOMOS TODOS UM. Não existe essa separatividade e esse é, sem dúvida, o maior antídoto para acabar de vez com os preconceitos e discriminações.

Você já ouviu alguém lhe dizer que os preconceitos podem ser resolvidos com a Física Quântica? Se não! Seja bem-vindo a essa nova possibilidade que estou colocando aqui!

13. Surgimento de novas estruturas familiares

1-R_cmRLqz7gjG_HSZ29L6Lg

Esse é um ponto que escrevo me emocionando, porque é algo que me dói o coração saber que em pleno século XXI ainda existem pessoas com uma visão engessada e diria até cruel de que uma família tem que ser o padrão convencional: papai, mamãe e filhos.

NÃO! Isso faz parte da visão pré-histórica. Pensar isso hoje é inconcebível. Estamos iniciando uma NOVA ERA e infelizmente, esse termo foi quase que totalmente distorcido pelas religiões. Nova Era não tem nada a ver com o afastamento de Deus como alguns dizem por aí.

Sendo bem direto, a nova era é a mudança planetária que ocorre de períodos em períodos, que duram cerca de dois mil anos. Jesus Cristo ao vir ao mundo iniciou a era de peixes e estamos na TRANSIÇÃO entre a era de peixes e a era de aquário.

Para os espiritualistas, tudo isso que tem acontecido faz parte desta transição e tenho estudado muito todos esses pontos. A família também é outro ponto importante!

Nesta nova era, haverá e graças a Deus que haverá, novas estruturas familiares das mais diversas possíveis, e claro que estou incluindo as famílias regidas por pais e mães homossexuais.

Se você pensar com a mente livre de condicionamentos, vai perceber que muito mais importante que ter um pai e uma mãe biologicamente falando, é ter um AMOR PROFUNDO pelo filho.

Isso me emociona também por saber que os pais homossexuais fazem um ato de amor que alegra imensamente o coração de Deus, e esse ato se chama ADOÇÃO. Já pensou nisso?

Tantas crianças são abandonadas todos os dias e os pais homossexuais podem e certamente darão a estas crianças um destino muito mais digno e feliz do que se elas estivessem simplesmente jogadas nas ruas.

Uma criança que hoje é adotada por pais homossexuais, é o jovem ou moça que no futuro brilhará na sociedade, desempenhando papéis incríveis e função que beneficiarão a todos, enquanto que nessa visão estreita de que não pode ser adotada, esta mesma criança talvez no futuro acabe se tornando um ladrão, um assassino, um mendigo sem esperanças…

Esse ponto é muito polêmico, sei disso! Mas estou preparado para ser mal compreendido pelos que ainda não desenvolveram essa consciência. Saiba que você tem escolha, se não gostou desse artigo ou do blog, é só deixar de me ler e procurar outros conteúdos. O que proponho aqui é a abertura para uma nova realidade que não tem mais volta. Ela já está acontecendo, independente do que eu diga ou não, e isso me deixa ainda mais sereno…

Ainda com relação ao tema da família, essa é uma visão que poucos têm conhecimento. As famílias desta nova era não serão como vemos hoje, cada um na sua casa, ilhado, separado de todos. NÃO.

Haverá mais cooperação e as famílias se unirão muito mais. Além dessa união, vai acontecer outra coisa fabulosa, uma maior participação dos IDOSOS na educação e construção dos valores transmitidos às crianças.

Hoje em dia os idosos são colocados à margem da sociedade, afinal de contas, vivemos na sociedade do lucro acima de tudo, não é mesmo? Eles se tornam um peso e normalmente são transferidos para asilos, onde morrem prematuramente por causa da falta de afeto e da solidão.

Saiba você que esse modelo de sociedade está adoecido, e isso já está mudando! Na realidade, os idosos deveriam ser as pessoas mais reverenciadas da nossa sociedade, por um motivo muito simples. Eles VIVERAM muito e têm muito o que nos ensinar.

Nada ensina mais do que as experiências de vida. Então nesse novo mundo, os idosos serão os grandes sábios que ensinarão às crianças os valores humanos, ajudarão na construção do caráter e contribuirão para que bem cedo elas despertem para seu real propósito de vida.

Pense comigo! Muitas vezes, os jovens de 20, 22, 25, 30 anos, não fazem ideia nem do eu querem para si mesmos? Não é verdade? Aí têm um filho e são obrigados pela própria situação a educar os filhos sem ter maturidade e praticamente nenhum preparo emocional.

Então, o que vai acontecer? Haverá muito mais presença dos avós ou de idosos de outras comunidades que auxiliarão diretamente na educação das crianças.

Com essa mudança os idosos deixarão de ser um fardo e passarão a ser reverenciados, eles serão os nossos grandes mestres…

Eu posso estar enganado quanto a esse pensamento, mas é o meu coração que me diz isso, e raramente ele falha quando me transmite essas intuições…

O tempo vai nos dizer como se dará todas essas mudanças. Se daqui pra lá esse artigo ainda estiver na internet, quem sabe ele seja resgatado por alguém e digam assim: “Caramba! O Isaias falou como seria as famílias do futuro! Que legal!”…

14. Emancipação das mulheres

1331212264833-mulheres

Esse ponto não é tão comentado e explorado por aí, mas consigo associá-lo principalmente por causa das leituras de um grande místico oriental chamado Osho. Aproveito desde já para sugerir um livro que expandiu a minha consciência de forma incrível, se chama “Intuição”, do Osho.

Neste livro ele fala do poder que a sensibilidade feminina tem sobre as pessoas, a educação e sobre todo o planeta.

A intuição aguçada é uma característica predominantemente feminina, e os homens que a desenvolvem tem quase sempre uma veia mais artística, eu sou um exemplo disso. Escrever também é uma arte, e precisa ter sensibilidade. Leia esse livro, ele é sensacional!

As mulheres foram massacradas e diminuídas durante praticamente toda a história da humanidade. As civilizações antigas tratavam as mulheres como escravas dos seus maridos. O machismo se tornou uma doença e digo sem medo que foi uma das doenças que mais agravou a sociedade que estamos vivendo hoje.

Esse ponto também faz ligação com as religiões. Os grandes patriarcas antigos começaram a criar leis malucas em suas mentes maquiavélicas de que os homens eram superiores e deveriam ter mais privilégios e mais dinheiro e mais isso e mais aquilo…

Inclusive tem uma passagem da carta de São Paulo aos Efésios que acho lastimável ainda ser seguida ao pé da letra por algumas pessoas: “as mulheres devem ser submissas aos seus maridos…”. Como assim submissas? Nada disso! Elas devem ter direitos iguais aos homens.

Deve haver uma complementaridade entre homens e mulheres, esta é a palavra, eles são os OPOSTOS COMPLEMENTARES. Existe a energia masculina e feminina em tudo no universo, é o famoso equilíbrio YIN e YANG, tão bem detalhado na doutrina TAOÍSTA.

As mulheres se deixaram submeter por séculos e séculos, mas toda essa dominação masculina já tem provas mais que suficientes que está acabando mesmo, o que também me deixa imensamente feliz.

A mulher, com sua sensibilidade e com sua capacidade inata de ser multitarefa, está revolucionando o nosso mundo, e não tenho dúvidas que elas têm um papel fundamental nesta transição planetária.

A energia que paira pelo planeta está se tornando cada vez mais feminina. Se você prestar atenção, no século XX foi quando houve as guerras mais avassaladoras da história humana. Isso nos leva a concluir que essa transição não começou agora, na virada do século, não, ela já vem acontecendo há mais tempo, a diferença é que hoje temos muito mais evidências que no século XX.

Hoje em dia as mulheres já ocupam diversos cargos que antes eram exclusivamente masculinos e muitas estão o desempenhando até melhor, como presidências de grandes corporações e outros cargos.

Essa competência também está levando-as pouco a pouco a equipararem seus salários ou até mesmo ganharem mais do que os homens. Já pensou que incrível? Elas estão mostrando seu poder ao mundo!

Atrelado a isso tem outro ponto importante que é a taxa de natalidade e mortalidade. Estudos já comprovaram que atualmente nascem mais mulheres do que homens e elas têm, de um modo geral, uma expectativa de vida maior que a dos homens. Você pode se aprofundar neste quesito lendo esse trabalho publicado pelo IBGE, e para ser mais específico, você pode acessar as páginas 37, 60 e da 66 à 70.

Projeção da população brasileira por sexo e idade (IBGE)

Essa tendência também está diretamente relacionada com a transição planetária, eu acredito que existe realmente uma ordem divina por trás de tudo isso, são as mulheres que darão esse maior empurrão para que essa mudança atinja níveis globais. Esperem e verão… Nada como o tempo para nos revelar isso com toda clareza…

15. Ascensão das medicinas alternativas

0001343728

Esse é outro ponto que já venho estudando há bastante tempo e está relacionado aos ciclos de evolução do planeta Terra.

Bem antigamente, há mais de 4000 anos, existia uma medicina poderosa e que ao longo dos séculos foi sendo colocada debaixo do tapete devido ao seu poder de cura, estou falando da Medicina Egípcia e Indiana.

Graças a Deus, hoje ela está sendo resgatada por pessoas muito sábias e comprometidas com a verdade, algumas delas são a escritora e palestrante Louise Hay, o médico Deepak Chopra e o físico Amit Goswami, grandes nomes conhecidos mundialmente.

Aqui no Brasil, a principal divulgadora desta medicina é a professora e escritora Cristina Cairo, que semanalmente apresenta um programa pela Rádio Mundial falando da Linguagem do Corpo e revelando de uma forma simples que dentro de nós mesmos está a chave para a cura de todas as doenças, TODAS mesmo! Ficou espantado? Então procure seus vídeos no youtube! Lá você vai encontrar pelo menos uns 300…

Além deste programa, ela escreveu três livros maravilhosos sobre a Linguagem do Corpo, livros estes que certamente fazem parte da minha cabeceira…

Hoje em dia, a Medicina que é chamada de ALTERNATIVA será em um futuro próximo a principal, e a Medicina CONVENCIONAL de hoje, será a alternativa, pode acreditar! Isso não só vai acontecer como de fato, já está acontecendo, o que me leva naturalmente para o próximo ponto.

Se quiser aprofundar essa questão, compartilho abaixo um dos principais artigos do blog. Vale a pena demais a sua leitura…

A cura quântica

16. Maior busca pela meditação e por tratamentos complementares

inc_thumb3

Como está acontecendo essa ascensão das Medicinas Alternativas, o que também surge naturalmente é a busca pela meditação e tratamentos complementares.

Até mesmo as empresas estão promovendo meditações, os telejornais estão falando sobre isso e diversas escolas estão introduzindo momentos de meditação. Não tenho dúvidas que essa mudança também faz parte dessa transição planetária.

As pessoas não aguentam mais essa vida tão corrida e maluca que se desenvolveu principalmente após à revolução industrial. É preciso serenizar, é preciso silenciar, é preciso que nos voltemos para a nossa essência, para desta forma CURARMOS definitivamente tantas mazelas que nós mesmos criamos.

Nós criamos todo o desequilíbrio do planeta, então também está em nossas mãos voltarmos ao equilíbrio, e a MEDITAÇÃO é um dos melhores caminhos. Já medito há mais de três anos e percebo os benefícios em todas as áreas da vida, mas acima de tudo, na SAÚDE DO CORPO.

Além da meditação temos também o Reiki, o Thai Chi Chuan, os diversos tipos de Yoga, massoterapias, acupuntura, auto-hemoterapia, auriculoterapia, EFT, florais de Bach, tratamentos com ervas naturais etc. etc. São muitos caminhos alternativos que podem levar a humanidade inteira a um processo de cura coletiva e um dos meus grandes sonhos se tornará realidade, a indústria farmacêutica perderá a força que tem. Isso é o futuro e ele já está sendo construído…

17. O poder imenso da internet

1-O-poder-da-internet

Este é o meu penúltimo ponto. É impossível negar que tudo isso tem uma relação direta e profunda com a internet. Ela tem esse poder de conectar pessoas de qualquer parte do planeta e fazer com que todos aqueles que têm ideais comuns se reúnam e criem suas comunidades.

Sem a internet você nem poderia estar lendo esse texto, pois ela é o veículo para que ele chegue até você. Pense comigo, eu falei de diversos pontos, mas o principal deles é a EDUCAÇÃO.

A educação do futuro estará completamente conectada à internet, por isso afirmo categoricamente que o atual modelo está com os dias contados. Mais uma vez dou um alerta, se você que está lendo esse artigo for professor, fique antenado! Você vai precisar inovar, vai precisar ser mais CRIATIVO, isso se não quiser mudar completamente de profissão, não é mesmo?

Nós ainda vamos nos surpreender com os avanços que a tecnologia dará e disponibilizará para todos nós em um futuro breve. A internet é o futuro, se ela for bem utilizada, o que acredito que será a tendência, esta Nova Era levará o ser humano a grandes saltos evolutivos…

18. Todos poderão contribuir com a coletividade

Contribua Pintando um Mundo Melhor

Para concluir, acho esse ponto especial, porque no passado, as pessoas realizavam muitas vezes trabalhos incríveis, mas como não existia um veículo que globalizasse suas empreitadas, ficava muita coisa no total anonimato.

O que estou querendo dizer é que com a internet, hoje em dia todos podem, no dito popular, “botar a boca no trombone” e falar o que pensam, se expressar, escrever, cantar, pintar, vender, revelar seus talentos ao mundo, e quase tudo de graça, existem “n” formas de se fazer isso. Esse blog é um exemplo! O WordPress é uma plataforma gratuita de edição de textos e foi através dele que muita gente hoje já se tornou conhecida.

Isso é maravilhoso, é algo que me deixa feliz de verdade. Eu sou um rapaz desconhecido nas grandes mídias e nem me importo com fama nem nada parecido, agora acho incrível saber que o que estou escrevendo pode ter um impacto grande na vida de muitos que leem.

Praticamente todos os dias eu recebo feedbacks maravilhosos de pessoas que nunca vou conhecer pessoalmente, mas que se sentiram tocadas por algo que eu disse, por algum texto que as fez despertar para mudanças e crescimento humano…

A internet propicia isso e estou reforçando com esse artigo. Tenho certeza que você também tem algo que pode promover crescimento humano. Talvez você tenha grandes ideias, mas tenha medo de executá-las por algum motivo.

Com a internet, basta ter determinação, boa vontade e ideias legais que certamente você conseguirá pessoas que afinizam com suas ideias, SEMPRE, disso eu tenho certeza.

Tem uma ideia interessante? Então busque uma maneira de fazer com que muitos a conheçam. Faça um vídeo e lance no “Youtube”, crie um áudio e lance no “Souncloud”, crie uma página no facebook, uma página no “Instagram”. São tantas as possibilidades, só resta você ter a iniciativa e deixar de ter medo.

O que acha de pensar com carinho nisso tudo, hein?

CONCLUSÃO

Eu termino esse artigo imenso com a sensação de que ainda tem muita coisa a ser colocada e explanada, mas deixo as reflexões com você agora.

Como disse no início, fique à vontade para comentar e acrescentar algo que possa enriquecer ainda mais este artigo e o conhecimento dos nossos amigos leitores.

Nos vemos nos próximos artigos…

  • Alguns textos que me inspiraram a escrever esse artigo

Há algo de grandioso acontecendo

Por que a mídia esconde de você as boas notícias?

A lagarta, o casulo e a borboleta

Para ouvir a leitura desse artigo basta clicar [aqui]

6 Comentários

Arquivado em Uncategorized

É morrendo que se vive para a vida eterna

Por Isaias Costa

7

Já escrevi em textos passados sobre a profundidade dos ensinamentos contidos na oração de São Francisco. Seus ensinamentos não cabem em um único texto, então resolvi escrever algumas delas em textos separados.

Nesse texto, farei uma reflexão a partir da última frase: “É morrendo que se vive para a vida eterna”. O significado desta frase é bem diferente do que muitas pessoas pensam e do que a visão religiosa tem feito nas últimas décadas.

A interpretação mais comum dada a essa frase é sobre o CÉU, pelo fato de boa parte da população brasileira ser católica. Esse morrer é a morte do corpo físico e a vida eterna é o paraíso no céu. Sinto dizer, mas essa não é a mensagem real desta frase, e é sabendo disso que estou escrevendo esse texto, para lhe ajudar a promover mais consciência.

O real significado desta frase tem a ver com o nosso EGO, a morte colocada é a morte do ego. E a vida eterna é a consequência real da mudança após essa morte do ego. Não é incrível? Vou explicar com mais detalhes.

Todas as frases desta oração fazem um contraponto entre as posturas sábia e ignorante, e o intuito é que cultivemos as virtudes que elevem o nosso espírito e nos ajudem a desenvolver a sabedoria.

Infelizmente, por causa principalmente da nossa cultura Ocidental, nós não fomos orientados quanto à morte. Eu, porém, que sempre gostei de ler e conhecer as grandes sabedorias, procurei também compreender os processos relacionados com a morte. A maior sabedoria que podemos desenvolver ao longo da vida para ter uma boa morte é diminuir a força do ego sobre nós o mais cedo possível.

O ego, quando não bem trabalhado, nos afasta da nossa essência. E matá-lo, no bom sentido, é o que nos auxilia a conquistar o paraíso aqui mesmo na Terra. Ao trabalharmos o nosso equilíbrio para que a consciência tome o lugar do ego, nós passamos ter a chamada “vida eterna” colocada nesta oração.

Esta vida eterna é a LUZ que dissipa as trevas.

Outra ideia bacana é que esta oração é dividida em duas, na qual a segunda tem uma sequência de frases que fala sobre as virtudes que devem ser cultivadas para que conquistemos essa sabedoria. E todas as frases da primeira parte fazem uma ligação com a segunda.

A frase da primeira é: “Onde houver trevas que eu leve a luz”, e da segunda é a que já coloquei.

A luz dissipa as trevas da nossa inconsciência, ou seja, ela gera consciência, e quanto maior a consciência, maior também a sabedoria de vida.

O morrer da oração de São Francisco é a luz projetada na inconsciência, transformando em consciência, e a partir da consciência ter uma vida eterna, ou seja, uma vida plena em todos os campos da vida. Eu acho isso incrível…

Para concluir, quero lhe levar a pensar nisso. O ideal é que consigamos o quanto antes matar o ego, para que não seja preciso ocorrer a morte física e depois da morte, imaginar que haja essa vida eterna. Todo o universo vai vibrar essa positividade e evolução ao acontecer essa mudança com cada indivíduo do planeta.

Busque se aprofundar no autoconhecimento e ler os escritos dos estudiosos das religiões e textos sagrados. Eu tenho feito isso há vários anos e são essas leituras que têm me inspirado a escrever com essa visão diferente da que a maior parte das pessoas está acostumada.

Portanto, que a partir de hoje, você busque aplicar esse conhecimento na sua vida. Ilumine a sua consciência, para que você mate o seu ego e conquiste a vida eterna…

8 Comentários

Arquivado em Uncategorized