Deixai fora toda esperança vós que entrais

Por Isaias Costa

490485

 

Um dos livros clássicos da literatura mundial é “A divina comédia” de Dante Alighieri. Apesar de ser um clássico, até o momento ainda não o li.

Estava ouvindo uma palestra do filósofo Mario Sergio Cortella no youtube e em determinado momento ele falou sobre uma parte importante desta obra.

O personagem principal desta estória é o Dante, que vai à procura da sua amada Beatriz, que infelizmente morreu sem ele nunca ter podido declarar seu amor a ela. Então ele percorre o inferno, o purgatório, e por último o céu, onde a encontra.

Primeiro ele vai para o inferno e chegando lá, está escrita na porta a seguinte frase:

“Deixai fora toda esperança vós que entrais.”

Fiquei refletindo sobre essa frase genial e sobre o que ele quer nos dizer. Concordo plenamente com a sua mensagem. Ao contrário do que muitos pensam, do inferno como sendo um lugar, a visão que eu tenho é sobre a CONSCIÊNCIA. É a minha falta de consciência que pode transformar a minha vida em um inferno, e isso acontece aqui na terra mesmo, enquanto estamos vivos.

Segundo Dante Alighieri, inferno é a total AUSÊNCIA DE ESPERANÇA.

Pense um pouco sobre isso! É por isso que existe tanta gente infeliz pelo mundo afora, porque elas vivem no inferno e nem se dão conta…

O que fazer para sair do inferno e ir para o céu? Usar o maior antídoto da desesperança, que se chama GRATIDÃO.

Quando eu agradeço por tudo que a vida pode me oferecer de bom e até de ruim também, eu abro as portas do meu coração para a esperança. Ahh! E não é uma esperança qualquer, viu? É a chamada ESPERANÇA ATIVA, que tanto o Cortella costuma falar em suas palestras, artigos e livros.

O que é a esperança ativa? É esperançar, é fazer alguma coisa no dia a dia que ajude a promover mudanças, consciência, felicidade entre as pessoas, amor, honestidade, concórdia, compaixão, companheirismo etc. etc.

Ao escrever um texto como esse, estou praticando essa esperança ativa. Estou lhe instigando a pensar, a desenvolver essa virtude bárbara que é a GRATIDÃO.

Outra coisa que faz com que muitas pessoas vivam no inferno é a RECLAMAÇÃO, que é prima legítima da ausência de esperança.

As pessoas que perdem a esperança ficam o tempo todo reclamando de tudo, achando que nada presta, que as pessoas não prestam, que o Brasil não presta… Será mesmo? Eu não acho! As pessoas que pensam assim têm uma tendência a generalizar.

Veja só como isso é contraditório! Quando você afirma que ninguém presta está dizendo que você não presta, nem seu pai, nem sua mãe, nem sua avó, namorado, namorada. Isso é verdade? Lógico que não!

Pensar e falar esse tipo de coisa é o começo da instalação do inferno na vida e da morte da esperança.

Que tal fazermos como o Dante nessa estória? Ele entrou no inferno cheio de esperanças de encontrar sua amada Beatriz, e o que aconteceu? Ninguém suportou a sua luz e ele foi expulso de lá! Já pensou que legal? Ele foi direcionado até o céu, e lá realizou seu grande sonho de ver a Beatriz.

O que acha de se encher de esperança, de amor, de gratidão, de compaixão, de benevolência, de carinho, de afeto…? Desta forma, acredite! Sua vida se transformará no próprio céu aqui mesmo na terra…

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s