Arquivo do mês: janeiro 2016

Deixai fora toda esperança vós que entrais

Por Isaias Costa

490485

 

Um dos livros clássicos da literatura mundial é “A divina comédia” de Dante Alighieri. Apesar de ser um clássico, até o momento ainda não o li.

Estava ouvindo uma palestra do filósofo Mario Sergio Cortella no youtube e em determinado momento ele falou sobre uma parte importante desta obra.

O personagem principal desta estória é o Dante, que vai à procura da sua amada Beatriz, que infelizmente morreu sem ele nunca ter podido declarar seu amor a ela. Então ele percorre o inferno, o purgatório, e por último o céu, onde a encontra.

Primeiro ele vai para o inferno e chegando lá, está escrita na porta a seguinte frase:

“Deixai fora toda esperança vós que entrais.”

Fiquei refletindo sobre essa frase genial e sobre o que ele quer nos dizer. Concordo plenamente com a sua mensagem. Ao contrário do que muitos pensam, do inferno como sendo um lugar, a visão que eu tenho é sobre a CONSCIÊNCIA. É a minha falta de consciência que pode transformar a minha vida em um inferno, e isso acontece aqui na terra mesmo, enquanto estamos vivos.

Segundo Dante Alighieri, inferno é a total AUSÊNCIA DE ESPERANÇA.

Pense um pouco sobre isso! É por isso que existe tanta gente infeliz pelo mundo afora, porque elas vivem no inferno e nem se dão conta…

O que fazer para sair do inferno e ir para o céu? Usar o maior antídoto da desesperança, que se chama GRATIDÃO.

Quando eu agradeço por tudo que a vida pode me oferecer de bom e até de ruim também, eu abro as portas do meu coração para a esperança. Ahh! E não é uma esperança qualquer, viu? É a chamada ESPERANÇA ATIVA, que tanto o Cortella costuma falar em suas palestras, artigos e livros.

O que é a esperança ativa? É esperançar, é fazer alguma coisa no dia a dia que ajude a promover mudanças, consciência, felicidade entre as pessoas, amor, honestidade, concórdia, compaixão, companheirismo etc. etc.

Ao escrever um texto como esse, estou praticando essa esperança ativa. Estou lhe instigando a pensar, a desenvolver essa virtude bárbara que é a GRATIDÃO.

Outra coisa que faz com que muitas pessoas vivam no inferno é a RECLAMAÇÃO, que é prima legítima da ausência de esperança.

As pessoas que perdem a esperança ficam o tempo todo reclamando de tudo, achando que nada presta, que as pessoas não prestam, que o Brasil não presta… Será mesmo? Eu não acho! As pessoas que pensam assim têm uma tendência a generalizar.

Veja só como isso é contraditório! Quando você afirma que ninguém presta está dizendo que você não presta, nem seu pai, nem sua mãe, nem sua avó, namorado, namorada. Isso é verdade? Lógico que não!

Pensar e falar esse tipo de coisa é o começo da instalação do inferno na vida e da morte da esperança.

Que tal fazermos como o Dante nessa estória? Ele entrou no inferno cheio de esperanças de encontrar sua amada Beatriz, e o que aconteceu? Ninguém suportou a sua luz e ele foi expulso de lá! Já pensou que legal? Ele foi direcionado até o céu, e lá realizou seu grande sonho de ver a Beatriz.

O que acha de se encher de esperança, de amor, de gratidão, de compaixão, de benevolência, de carinho, de afeto…? Desta forma, acredite! Sua vida se transformará no próprio céu aqui mesmo na terra…

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

As dificuldades contribuem para o nosso desenvolvimento

384290_148763868602067_1075740091_n

Eu gosto muito de conhecer a raiz das palavras e farei uma breve reflexão sobre uma que todos conhecem, mas poucos são os que atinam para seu profundo significado, a palavra DESENVOLVIMENTO.

Se você prestar atenção nesta palavra e dividi-la em duas, terá o seguinte.

DES + ENVOLVIMENTO

Ou seja, “des” significa negação, retirada, saída e envolvimento significa o comprometimento de um indivíduo com a atividade que está desempenhando.

Agora veja só o bacana! Só é possível que haja qualquer tipo de desenvolvimento quando antes acontece um envolvimento.

E o mais interessante de tudo é perceber que esse envolvimento e desenvolvimento ocorre através de CICLOS.

Esse texto tem certa semelhança com um dos artigos maiores do blog no qual falava sobre isso. Sua ideia complementa de forma incrível o que estou transmitindo aqui. Se você ainda não leu, segue o link abaixo.

Os nossos ciclos de evolução

Em outras palavras. Nós não podemos ficar parados, inertes na vida, se não quisermos parar de nos desenvolver. Eu tomo por mim, hoje me sinto um ser humano bem mais preparado, mais capacitado, mais cheio de recursos, do que há alguns anos, e isso é maravilhoso! Mostra que eu estou progredindo, que eu estou evoluindo.

Porém, isso aconteceu e continua acontecendo porque eu me envolvi em muita coisa e estou sempre me lançando novos desafios cada vez maiores. No momento me coloquei o desafio de ler os livros do senhor Sigmund Freud para entender melhor a mente humana! Nossa! Esse é um desafio e tanto! Estudar os escritos de um homem tão genial como ele não é pra qualquer um, estou gostando demais e está valendo muito a pena!

Esse é só um exemplo. Outro exemplo pessoal bastante enfático é com relação à espiritualidade. Sempre fui um ser humano sedento pela espiritualidade, por entender melhor como é a mente de Deus, de onde viemos, qual é a nossa natureza primordial etc. De tanto buscar entender isso e me aprofundar nessas questões, fui me envolvendo com pessoas, com doutrinas, com livros, com pensamentos dos mais diversos possíveis, e isso expandiu e continua expandindo a minha mente e também as minhas emoções, é claro!

Quero deixar bem claro que em tudo que faço, em todas as experiências que vivo, me coloco como um eterno aprendiz, e digo o mesmo para você que me lê agora. Saiba que, por mais que você estude, por mais que se aprofunde, que conheça muitas teorias, você é um ser humano, alguém cheio de defeitos, de falhas, de questões internas que precisam ser resolvidas e trabalhadas para que você se torne alguém melhor etc.

Ter essa consciência nos ajuda a utilizar o conhecimento como uma ferramenta para crescer na vida e se tornar mais sábio. Esse é meu desejo para cada um dos meus leitores, que cresçam junto comigo nessa consciência, somos e seremos sempre eternos aprendizes.

Assim que se dá o desenvolvimento, e as dificuldades, sofrimentos, angústias, medos, conflitos internos, tudo isso serve para que ultrapassemos esse envolvimento e possamos nos desenvolver.

Percebe como essa ideia é bonita e profunda? Busque a partir de hoje ver as dificuldades como oportunidades de envolvimento e desenvolvimento. Se envolva com elas, viva-as completamente, para em seguida, filtrar seus aprendizados e se desenvolver…

Para concluir, compartilho algumas palavras do mestre Dalai Lama que têm tudo a ver com o que foi exposto nesse texto…

“As dificuldades, nos forçam a exercer uma maior paciência e tolerância na vida diária, na verdade, faz-nos mais fortes e mais robustos. A partir da experiência diária de sofrimento vem uma maior capacidade para aceitar as dificuldades sem perder a sensação de calma interior. Claro, eu não defendo que se busque as dificuldades como um modo de vida, mas apenas gostaria de sugerir que, se relacionar com elas de forma construtiva, pode trazer maior força interior e coragem.”

Dalai Lama

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

O controle sobre os outros é uma projeção nossa

Por Isaias Costa

670px-6421-1-1

Nesse texto vou falar sobre um tema bem interessante, que é o comportamento controlador. A maior parte das pessoas não se dá conta, mas SEMPRE o controle se trata de uma projeção da nossa personalidade sobre a outra pessoa. Vou explicar!

A forma mais comum na qual se observa o controle é a relação pais e filhos. Os pais, com seus próprios níveis de consciência e maturidade, procuram, através das suas referências, educar os filhos dizendo o que pode e o que não pode proibindo aquilo que não pode, porém, cometendo um erro gravíssimo, eles se fixam nas suas experiências de vida e nos seus referenciais, entende?

É nessa hora que os desequilíbrios começam a acontecer e claro que acabo me lembrando da célebre frase do meu amigo Raul Seixas que diz: “Cada um de nós é um universo”. Ou seja, aquilo que está dentro do seu referencial de vida e você acha que não é o melhor para o seu filho, pode sim ser o melhor. Vou citar dois exemplos.

Os pais que controlam a escolha profissional dos filhos.

É comum ainda nos tempos atuais aquela crença de que só é bem sucedido quem faz Medicina, Direito ou Engenharia. Será mesmo? Por quê? Pode ter certeza que toda e qualquer criança se questiona em relação a isso.

Nessa hora, os pais muito controladores acabam castrando os filhos e roubando os seus maiores sonhos de vida. Se um filho tem o desejo de cursar Música, Artes Cênicas, Pedagogia, Filosofia, Artes Plásticas… Por que impedir? Qual o problema se ele não se tornar rico financeiramente? Vou lhe dizer uma coisa! Se seu filho for bom mesmo, ele pode se tornar até um milionário trabalhando com as artes, depende do potencial interior para isso!

Esse controle quase sempre acaba gerando muita revolta nos filhos e por muitas vezes os fazem se tornar infelizes e acomodados, trabalhando a vida inteira em algo que não amam.

Outro exemplo muito sério está no campo dos relacionamentos amorosos. Muitos pais, quando estão com os filhos na adolescência e estes começam a namorar, ficam como “generais”, projetando sua própria personalidade sobre os filhos, controlando, chantageando, manipulando suas escolhas amorosas.

Até já escrevi tempos atrás sobre isso. Esses pais na realidade tem uma série de medos interiores e muitas vezes nem são tão felizes dentro dos seus casamentos, ou até mesmo são separados.

Eles olham os namorados ou namoradas dos filhos e ficam dizendo: “Essa garota não é pra você meu filho!”, “Esse rapaz não é pra você minha filha!”, “Tá vendo só a família dele, eles nem são da igreja!”, “Cuidado minha filha! Na família desse rapaz tem um monte de gente doente, se você casar com ele talvez tenha filhos cheios de doenças hereditárias…!”. É cada história! É cada aberração que me deixa até irritado de vez em quando.

Alguma dessas frases e pensamentos lhe soa familiar? Tudo não passa de projeção sobre os filhos, e quase sempre projeções negativas que implantam o MEDO dentro dos seus corações, medo este que acaba sendo transferido e transmitido de geração em geração.

Percebe como o buraco é mais embaixo? Se quiser ler mais sobre esse segundo ponto, compartilho um texto bem interessante que fala sobre um medo presente em praticamente 100% das pessoas, o MEDO DE AMAR.

O medo de amar

Para finalizar, quero falar sobre o controle entre casais, que é uma projeção clara e evidente.

O controle nos relacionamentos amorosos é bastante comum entre as pessoas que são AUTORITÁRIAS, que na realidade são extremamente medrosas e carentes afetivamente.

Também escrevi um texto aprofundando esse comportamento, seria muito interessante você ler, porque ele faz um paralelo com o que estou dizendo aqui. O link está logo abaixo.

Nunca confunda autoestima com autoritarismo

Quem é controlador nos relacionamentos só reflete a forma como foi educado pelos pais, que também eram controladores e castradores.

Essas pessoas passam a vida inteira sendo regidas pelo famoso “Você tem que… Você tem que…”. Conhece alguém assim? Eu conheço várias! hehe

Você tem que coisa nenhuma! Isso não existe. Nós só precisamos seguir o nosso coração e ponto final. Se todas as pessoas se comportassem dessa maneira, garanto que os consultórios psicológicos e psiquiátricos estariam bem mais vagos.

Existe muito controle e muita submissão porque as pessoas PERMITEM isso entende? E porque permitem? Porque falta AUTOESTIMA e AMOR PRÓPRIO, dois ingredientes fundamentais para ter equilíbrio na vida e relacionamentos frutuosos.

Há muito mais a ser falado sobre isso, mas deixarei as reflexões com você agora. Voltarei a tratar esse assunto tão amplo em outros textos. Aguarde…

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Precisamos ultrapassar nossos limites

Por Isaias Costa

just_a_dream

Tempos atrás escrevi um texto especial falando sobre a conhecida “lista do não aguento mais”, que se trata de uma lista absolutamente libertadora, na qual você escreve nela tudo aquilo que definitivamente, com convicção e força, você não quer mais para a sua vida.

Todos nós precisamos fazer e refazer essa lista de tempos em tempos, para que evoluamos e nos tornemos seres humanos cada vez melhores. Para os que ainda não leram, segue o link abaixo.

A lista do não aguento mais

Refletindo sobre isso e ouvindo as palavras de um comunicador iluminado e pacífico que gosto muito chamado Otávio Leal, me inspirei para escrever sobre esse tema em outra abordagem.

No programa de rádio que ouvi, ele fazia a distinção entre PASSAR e ULTRAPASSAR as experiências da vida.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Os 3 A’s que podem revolucionar a sua vida

Por Isaias Costa

8544161_ekfcD

Esses dias assisti a uma palestra incrível do TED, com o palestrante Neil Pasricha, no qual ele falava sobre os 3 A’s presentes na palavra AWESOME, que significa “incrível”, “maravilhoso”.

Esses três A’s são:

  • Atitude;
  • Autoconsciência;
  • Autenticidade.

Suas palavras só fizeram reforçar em mim o que já acredito e tenho procurado ser.

Provavelmente você já deve ter lido algum texto no qual falo que precisamos ser autênticos, pois a plenitude na vida só surge quando somos autênticos, quando somos nós mesmos, quando arrancamos todas as nossas máscaras.

Acredite! Vale muito a pena arrancar as nossas máscaras e vivermos com essa autoconsciência.

Se você prestar atenção, não há como separar esses 3 A’s, pois eles estão interligados como uma teia. Se você busca a autenticidade é porque já se conhece o suficiente para ter essa autoconsciência e assim, ter as atitudes condizentes com a sua essência mais profunda.

Mas nunca esqueça, a chave de toda essa mudança sempre é o AUTOCONHECIMENTO.

Gostei do relato do Neil ao dizer que a sua mudança começou quando ele estava se sentindo perdido e deprimido, sem esperanças na vida.

A ideia de fazer um blog com 1000 coisas incríveis deu a ele uma nova perspectiva na vida e a esperança que tanto precisava para se reerguer.

Ao relatar as pequenas coisas do dia a dia que são de fato incríveis, ele naturalmente fez crescer no seu coração a GRATIDÃO, que como já disse em outros textos, é a principal chave da PROSPERIDADE na vida em todos os seus setores.

Após ele elevar sua consciência e seus motivos para viver, só vieram mais e mais alegrias e um grande sucesso.

Enfim! Sua história é muito inspiradora e recomendo demais que você reserve 17 minutos para aprender com ele que os pequenos passos que a gente dá no dia a dia são fundamentais para gerar nossas maiores mudanças…

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Como identificar uma seita?

Por Isaias Costa

not_arquivo_1413767723

Li no livro “Além de Osho”, do Jorge Blaschke, uma explicação bem interessante para um tema que muitos não gostam nem de tocar, porque sempre bate de frente com muita gente, as religiões, seitas e suas preces.

Muita gente tem dificuldade de entender o que é uma seita, e confundem com religião. Uma não tem nada a ver com a outra, e a explicação dada nesse livro é simplesmente espetacular. Veja só…

“Segundo Daniel Goleman, autor do livro Inteligência Emocional, entende-se como seita aquele grupo no qual há:

– Vaidade;

– Busca de poder e protagonismo dos seus representantes;

– perguntas que não podem ser feitas;

– segredos em círculos internos que são cuidadosamente guardados;

– imitadores do líder do grupo;

– e que caminham com ele, vestem-se como ele, falam como ele etc;

– um pensamento coletivo comum a todos e ninguém oferece nenhum alternativa;

– um escolhido;

– não há outra via a não ser a exposta pelo grupo;

– sintomas de fanatismo pelo líder, pelo grupo e pela via a seguir;

– um trato comum para todos;

– os ensinamentos estão programados;

– exige-se uma prova de lealdade fazendo algo;

– a imagem do grupo, exteriormente, é distinta daquela praticada no interior;

– tem-se uma visão singular do mundo para explicar todas as coisas e estão desqualificadas as explicações alternativas;

– não existe o humor;

– estão proibidas as irreverências.

****************

Vou ser bem sincero com você meu amigo leitor. Quando eu li essas palavras minha reação foi: “Vixe, meu Deus!”.

Será que ainda existe alguma religião na atualidade que não tenha algumas dessas características ou praticamente todas elas juntas?

Pelo fato de estarmos no ocidente, essas características se tornam ainda mais evidentes, a começar pela VAIDADE. Nessa hora, sempre lembro as sábias palavras do livro do Eclesiastes: “Vaidade das vaidades, tudo é vaidade…”.

Todos esses pontos podem ser resumidos em uma única palavra: EGO. Por quê? Vou explicar.

A vaidade faz parte das pessoas que se deixam dominar pelo ego, assim como o desejo de ter poder, ter segredos, imitações, idolatrias, hierarquias, subserviências, seriedade demais etc. etc.

O contrário de tudo isso são os ensinamentos do mestre Jesus Cristo e tantos outros mestres que pisaram esse planeta. A LIBERDADE.

Quanto mais liberdade uma pessoa possui, mais ela se torna autêntica, verdadeiramente forte e poderosa e menos o ego tem influência sobre a sua vida.

A espiritualidade mais profunda leva você a ficar de fora de tudo aquilo que carregue esses pontos citados pelo Daniel Goleman, porém, é preciso ter CONSCIÊNCIA para se aprofundar nessa espiritualidade, e bastante coragem também, porque quem embarca nessa acaba saindo das massas, acaba se tornando um estranho, acaba sendo chamado de “louco” pelos outros. Você está disposto a pagar o preço pela conquista da liberdade?

Num primeiro momento é sempre assim. Ao buscar a liberdade e a autenticidade, todos aqueles que conviviam com você vão se afastar, vão lhe achar uma ameaça. E você precisa aprender a lidar bem com a solidão. Você consegue?

Conseguindo superar esse primeiro passo, pouco a pouco você começará a atrair pessoas que pensam e vibram de forma parecida com você, e dentro de pouco tempo um novo círculo de amizades é criado, com pessoas mais conscientes e livres.

É assim que acontece em todos os lugares desse planeta! Foi assim que aconteceu comigo. Até já falei isso em outros textos, já fui sim um rapaz religioso, mas minha busca pelo autoconhecimento me fez descobrir que não estava em uma religião, mas em uma seita, porque pelo menos 80% desses pontos citados acontecia. Como sou bastante esperto, decidi “cair fora” pra nunca mais voltar!

Esse texto é para lhe dar um chacoalhão no bom sentido. Será que você também não está inserido em uma seita e nem percebe?

Só a título de informação. O significado de seita é partição, separação, ou seja, seita é aquilo que separa, que gera dualidades, que afasta você do seu eu maior, da sua essência divina.

Religião, religiosidade e espiritualidade são bem diferentes de seita.

Busque o autoconhecimento. Se aprofunde nessa busca e você pouco a pouco vai se conectar com o seu eu maior, com o Deus que existe dentro de você, e nessa hora, acredite! Nenhuma seita será necessária…

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Começar o dia fazendo o melhor

Por Isaias Costa

13165462

Recentemente, através das diversas leituras que eu faço, aprendi uma das sugestões dos grandes homens e mulheres que são extremamente prósperos e produtivos e é com grande alegria que compartilho com você hoje.

A sugestão era: começar o dia fazendo algo que lhe dê prazer e propósito de vida.

Pode parecer algo simples, mas é simplesmente revolucionário. Vou explicar!

Diferente do que muita gente costuma dizer, quando você já começa o dia fazendo alguma atividade que lhe dê prazer e propósito de vida, você GANHA ENERGIA para fazer todas as demais atividades do dia. Você joga altas doses de serotonina na corrente sanguínea e a sensação de bem estar e vitalidade passam a ser muito maiores.

Ainda hoje tem muita gente ensinando o total oposto disso e lançando aquele velho argumento de que quando você acorda está de “cabeça fria”, então estando de “cabeça fria” é mais fácil desenvolver as atividades mais chatas e complicadas.

Pense comigo! Se eu faço desta maneira, o que vai acontecer? Eu vou PERDER ENERGIA muito rapidamente e não vou ter ao longo do dia a mesma PRODUTIVIDADE, entende?

Perceba! Estou lhe ensinando duas coisas ao mesmo tempo! PROSPERIDADE e PRODUTIVIDADE, que estão aliadas. Quando você de fato aumenta sua produtividade, por consequência aumenta também a prosperidade, em todos os campos, não apenas no financeiro.

Analisando essa sugestão e levando para a minha própria vida, constatei o quanto isso é verdadeiro. Vou lhe dar meu próprio exemplo para servir de inspiração.

A primeira coisa que eu faço pela manhã logo após o café da manhã é editar e publicar um novo texto no blog, uma atividade que me dá muito prazer e propósito de vida. Veja só! Essa palavra é importante, PROPÓSITO. Se for algo que não exista um objetivo maior por trás, não pode dar a mesma sensação, sabe?

Eu me sinto imensamente feliz, porque sei que os textos que escrevo fazem bem a muitas pessoas que leem e as ajudam a refletirem e até a mudarem padrões de pensamento e de comportamento. Ter consciência disso me dá um sentimento muito profundo de alegria e contentamento.

Essa primeira atividade do dia me enche de energia para fazer as demais atividades ao longo do dia, e desta maneira, consigo ser bem produtivo. Várias pessoas me perguntam o que faço para realizar tudo que eu faço. Acabei de lhe contar um dos meus “segredos”, hehehe.

Outro exemplo bacana são as pessoas que acordam e vão fazer uma bela caminhada pela praia, ou por um parque, uma praça perto de casa. Essa atividade é preciosa, porque tem como objetivo a saúde do corpo, e um corpo saudável tem todos os recursos para levar a pessoa a ser mais produtiva.

Levando esse exemplo para o campo metafísico tem até a relação com os campos etéricos da natureza, que transferem um pouco da sua energia para as pessoas que se mostram receptivas, ou seja, elas ganham um pouco da energia da própria natureza para ser usada ao longo do dia.

Agora pense em você e nas suas atividades! Você começa o dia fazendo o quê? Essa atividade é prazerosa? Ela tem um propósito maior? Esta atividade lhe dá brilho nos olhos?

Respondendo a esses questionamentos com sinceridade e determinação de crescimento e melhora, garanto a você que sua vida pode dar grandes saltos no campo da prosperidade e da produtividade.

Portanto! Essa é a mensagem que quero transmitir e lhe encorajar a ousar, a ser mais você mesmo! A seguir o seu coração e a partir dele, viver a vida que você sempre quis!…

 

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Os 10 textos mais lidos em 2015

Por Isaias Costa

11-ideias-para-a-passagem-de-ano-567bde5598fdd

2016 acaba de começar e acredito que esse ano será riquíssimo de experiências para todos nós. Um ano repleto de oportunidades de crescimento e de nos tornarmos pessoas melhores. Desejo isso para todos os meus leitores!

Nesse série de textos, compartilho os 10 que foram mais lidos no ano de 2015. Se você ainda não leu, aproveite, pois foram textos que tiveram uma excelente repercussão e diversos comentários.

FELIZ 2016….

1) Sylvester Stallone- Uma história de superação

Esse pequeno texto conta como foi sua trajetória desde quando não era conhecido e passou por dificuldades imensas para começar sua carreira de ator e marcar seu nome para sempre entre os grandes astros de Hollywood. Uma história emocionante e inspiradora para todos nós…

Clique aqui para ler o texto completo

2) Nossas pequenas corrupções

Esse texto fala sobre a hipocrisia de muitos brasileiros que vivem dizendo que o governo é corrupto, que o país é uma porcaria, mas esquecem que cometem diariamente uma série de pequenas corrupções. Nele eu conto uma corrupção praticada por mim para mostrar que essa semente está em todos nós…

Clique aqui para ler o texto completo

3) A mediocridade das pessoas

Neste texto eu explico o que é a mediocridade e quais são as características mais comuns das pessoas medíocres, que infelizmente, compõem a maior parte da nossa sociedade. Este texto serve como um alerta para quem tem alguma das características, para que pense, reflita e busque mudanças de atitude e comportamento. Vale muito a pena a sua leitura…

Clique aqui para ler o texto completo

4) Cada pessoa tem um tempo na nossa vida

Esse é um tema especial sobre relacionamentos afetivos e amorosos, revelando o que tanta gente tem dificuldade de entender, que é o tempo em que as pessoas que gostamos ficam ao nosso lado.

Entender profundamente que cada pessoa tem um tempo na nossa vida e que raramente alguém surge para nos acompanhar por toda a vida é absolutamente libertador. Esse foi um dos textos que mais gostei de ter escrito…

Clique aqui para ler o texto completo

5) A relação entre amor, ódio e indiferença

Esse foi um texto escrito com muita sinceridade, mostrando a partir da minha própria experiência de vida a diferença entre amor, ódio e indiferença, e das três, o quanto a indiferença consegue ser a mais complicada de se lidar. Devemos cuidar da nossa vida para cultivarmos muito mais amor, para que nem ódio nem indiferença prevaleçam sobre ele…

Clique aqui para ler o texto completo

6) O risco de querer agradar a todos

Existem um número imenso de pessoas que sofre do mal de querer agradar a todos, e por isso se amarguram, estressam, entristecem e chegam mesmo até a ficar doentes. Eu me inspirei no mestre dos mestres Jesus Cristo para escrever esse texto. Em minha opinião, ninguém conseguiu ensinar com mais perfeição do que ele o quanto querer agradar a todos pode ser perigoso…

Clique aqui para ler o texto completo

7) A beleza da simplicidade

Como costumo dizer a todas as pessoas, a simplicidade é a revelação de um ser que está em evolução espiritual. Quanto mais simples uma pessoa, mais sábia ela vai se tornando.

Esse texto fala sobre a beleza das coisas mais simples, que preenchem a nossa vida e dão um sentido muito mais profundo do que o que costumam vender como “fonte de felicidade”…

Clique aqui para ler o texto completo

8) A síndrome do coitadinho

Esta é uma síndrome que, infelizmente, ataca um número muito grande de pessoas pelo mundo todo. Quem sofre esse mal do coitadismo são aquelas pessoas que se acham vítimas das circunstâncias, que têm a doce ilusão de que seus problemas são maiores do que o das outras pessoas etc. Conhece gente assim? Então não deixe de ler esse texto…

Clique aqui para ler o texto completo

9) Whatsapp e o emburrecimento das pessoas

Esse foi um dos textos mais polêmicos que eu já escrevi nesse blog, porque bate de frente com a crença e os ideais de muitas pessoas, o querido aplicativo whatsapp, que a meu ver, não tem contribuído de forma significativa para a promoção de mais cultura, inteligência, sabedoria, muito pelo contrário, está sendo uma ferramenta de emburrecimento. Não precisa concordar comigo, se quiser ler para saber o que penso, fique à vontade!

Clique aqui para ler o texto completo

10) A vida é muito curta para ser pequena

Esse foi, sem sombra de dúvida, um dos textos mais bonitos e profundos que já li em toda minha vida. Quando o li pela primeira vez, ele literalmente me fez parar, refletir um montão e relê-lo mais algumas vezes. É uma reflexão que pode trazer grandes insights e aprendizados a todos nós. Um texto brilhante do filósofo Mario Sergio Cortella…

Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized