O que é o acoplamento áurico?

Por Isaias Costa

aura_leitura

Eu tenho estudado bastante a metafísica de campos diversos como a saúde, os relacionamentos, a família etc. e entre esses estudos, gostei demais do conceito de ACOPLAMENTO ÁURICO, que vivenciei de forma assombrosa!

O que seria esse acoplamento áurico? Vou explicar!

É quando você está no meio de algum grupo ou também em um relacionamento amoroso e a sua energia se mistura completamente com a dos outros, de uma forma que as pessoas que olham de fora têm dificuldade de enxergar a sua própria luz, a sua própria individualidade.

Esse conceito é bastante sutil e uma vez que você o compreende, passa a ter muito mais cuidado e atenção com o tipo de energia que você compartilha! Como eu sempre digo por aqui, o aprofundamento nessa compreensão exige autoconhecimento e uma boa dose de coragem para ser você mesmo, independente de qual situação esteja vivendo.

Vou citar exemplos.

Quando fiz vestibular, entrei para o curso de Bacharelado em Física. Ao olhar para trás e lembrar a minha infelicidade na época, hoje eu percebo que minha energia se misturava com a de muitas pessoas que não tinham nada a ver com a minha essência. Agora veja só!

As pessoas que olhavam de fora me rotulavam: “Esse é um doido da Física que só quer saber de estudar…”, “Esse aí não sabe nem o que é vida social…”, “Esse deve dormir e acordar só pensando em números…”.

O ambiente no qual estava inserido levava qualquer um a pensar esse tipo de coisa! Porém, eu não sou nada disso e em um momento de muito sofrimento eu acordei e mudei completamente de direção.

Outro exemplo foi com relação ao grupo de jovens da igreja que participava no tempo em que era religioso. As pessoas que olhavam de fora pensavam que eu era só mais um “rapaz rezador” como todos os outros, mas definitivamente eu não era.

Depois de um tempo eu também acordei para essa realidade que estava me diminuindo e reduzindo minhas possibilidades de ser alguém melhor e resolvi cair fora.

O interessante é que, independente do lugar em que eu estivesse, qualquer pessoa que chegasse a me conhecer melhor, se tornasse meu amigo e tivesse essa amizade fora de desses grupos maiores, conseguia perceber que eu era diferente, que eu era um cara bacana e que não compartilhava da mesma energia que os outros.

Através desses exemplos, deu para entender melhor o que é o acoplamento áurico?

Isso também pode ser levado para os relacionamentos amorosos. Quando um casal namora, há uma troca de fluidos vitais, e essa troca faz com que haja uma energia em consonância.

Se o casal estiver feliz e crescendo junto, tendo experiências de amor profundo e realização que beneficie igualmente aos dois, então está tudo as mil maravilhas. É pra seguir em frente mesmo, pois se trata de um relacionamento feliz e harmonioso.

Porém, quando um dos dois ou mesmo os dois sentem que existe algum tipo de desconforto, alguma sensação de ansiedade, ou de muito medo, ou seja, quando as energias não vibram da mesma maneira, o ideal é rever esse relacionamento de duas formas, ou procurando descobrir o que está gerando esse desconforto e curá-lo na raiz, para assim prosseguirem no relacionamento de maneira feliz, ou então é preciso terminar o relacionamento, para que não haja sofrimentos maiores em ambas as partes.

Entender isso não é nada fácil! Existem pessoas que passam uma vida inteira sendo infelizes e não entendem essa questão que faz parte da metafísica dos relacionamentos amorosos.

Muitos casais que vivem infelizes chegam a ter essas sensações corporais, mas fazem como naquele dito popular: “empurram com a barriga”, e desta forma vão criando desequilíbrios, e estes vão se alastrando para os filhos, para os sobrinhos, para os netos e a coisa vai só desandando cada vez mais…

Portanto! Estou escrevendo esse texto para lhe mostrar o quanto esse tema é rico e importante.

Procure fazer isso! Se conecte de forma mais profunda com a sua essência! Desta maneira você vai conseguir sentir no seu próprio corpo e nas reações emocionais quando é que a sua energia está sendo sua mesmo, ou quando está sendo uma mistura esquisita com o ambiente no qual você está.

Pense com carinho em tudo isso, OK?…

 

 

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s