Arquivo do mês: maio 2016

Precisamos aprender a derrubar os nossos ídolos

Por Isaias Costa

tumblr_m2lclwBxdV1r37tz2o1_500_large

Outro dia eu li um trecho absolutamente inspirador pertencente ao prefácio do livro “Ecce Homo”, de Friedrich Nietzsche, no qual ele fazia uma dura crítica à nossa tendência em cultuar ídolos. Farei uma breve reflexão a partir destas palavras. Confira!

“Melhorar a humanidade? Eis a última coisa que eu prometeria. Não esperem de mim que eu erija novos ídolos! Que os antigos aprendam antes quanto custa ter pés de barro! Derrubar “ídolos” – é assim que chamo todos os ideais –, esse é meu verdadeiro ofício. É inventando a mentira de um mundo ideal que se tira o valor da realidade, sua significação, sua veracidade… A mentira do ideal foi até agora a maldição que pesou sobre a realidade, a própria humanidade se tornou mentirosa e falsa até o mais fundo de seus instintos – até a adoração dos valores opostos àqueles que poderiam lhe garantir um belo crescimento, um futuro.”      

Friedrich Nietzsche

Ele fala sobre uma série de coisas nesse trecho de sua obra e concordo plenamente com seu posicionamento. Ele diz que a humanidade se tornou mentirosa e falsa até o mais fundo dos seus instintos pois passou a adorar valores opostos ao que poderia trazer crescimento e futuro.

Eu poderia resumir praticamente tudo o que ele diz no que seria o chamado MODELO MESSIÂNICO. Ele compreendeu que a humanidade sempre esteve à procura de alguém para ser “O salvador”, alguém que nos retirasse do “fogo do inferno”, que nos abrisse as “portas do paraíso”.

O Nietzsche achava tudo isso uma tremenda de uma idiotice. Achar que alguém teria esse poder de nos trazer qualquer tipo de salvação. Isso simplesmente NÃO EXISTE, é IMPOSSÍVEL.

Talvez algum leitor esteja pensando: “Não! Mas Jesus veio à Terra para nos salvar…”. Sabe o que eu digo a você? NÃO. Ele não veio para isso! Ele veio para nos ensinar a AUTOSALVAÇÃO.

O Nietzsche era um profundo estudioso das religiões e tinha uma imensa reverência pelo mestre Jesus Cristo, assim como eu também tenho. Quem me lê sabe bem que ele é e sempre será minha maior fonte de inspiração. Mas não posso me omitir. Trata-se de uma visão muito infantil e religiosa achar que Jesus veio à Terra para nos salvar.

Um simples questionamento é o suficiente para derrubar essa teoria, esse aqui: “Se ele realmente fosse o nosso salvador, todos no seu tempo teriam se salvado, concorda comigo?”. E isso se verifica? Nem preciso responder não é mesmo?

Precisamos retirar da nossa mente essa ideia de que existe alguém de fora, alguém com um poder sobrehumano que pode nos salvar. Só nós através do autoconhecimento podemos nos salvar, e esse salvar não se trata de ir ou não para o inferno, porque isso não passa de uma ilusão. Se trata de evoluirmos em CONSCIÊNCIA e AMOR.

Esse é o objetivo de estarmos encarnados nesse planeta, EVOLUIRMOS. E jamais será através da eleição de um “Messias” que essa evolução se dará!

É interessante que essa reflexão do Nietzsche pode até mesmo ser levada para o campo da política. Toda a política do nosso país é baseada nesse modelo Messiânico. A cada 2 anos elegemos os nossos representantes como se eles tivessem um poder “do além” para resolver os nossos problemas e no fim sempre vemos a mesma cena, homens e mulheres que se aproveitam do poder para enriquecerem, para se autopromoverem e para usufruírem de tudo o que é benesse por conta de um cargo privilegiado.

Isso precisa acabar meus amigos! Esse texto do Nietzsche nunca esteve tão atual quanto hoje. O Brasil está passando por uma das maiores crises já vividas e sua reputação está de mal a por. Nós estamos sendo vistos pelos países do mundo todo como um país da “palhaçada”. Nossos irmãos estrangeiros sentem vergonha alheia e não conseguem entender como é que um país tão rico como o nosso consegue estar “à Deus dará” como vemos hoje!

Se cada um de nós buscasse em consciência saber que a mudança real e consistente não só do Brasil, mas do mundo todo, se dá INDIVIDUALMENTE, nosso mundo já seria diferente! O Nietzsche está criticando isso e nos alertando que é preciso aprender a olhar PARA DENTRO DE SI MESMO e parar de projetar em um “Messias” a cura para todo mal!

Nós precisamos crescer e amadurecer meus amigos e essa breve reflexão é um singelo convite à isso.

Por que em vez de ficar um tempão perdendo tempo com telejornais idiotas, com novelas cheias de histórias repetidas e outras distrações, você não procura o bom livro para ler? Não se engaja em algum projeto social? Tira da gaveta aquele seu projeto da época da escola que você acreditava ser bom, mas hoje pensa ser uma loucura?

É através de pequenos passinhos diários que nossa mudança interna começa a acontecer e se desenvolver.

O Nietzsche usa o elegante termo “pés de barro” para nos falar sobre a HUMILDADE. Custa muito você ter a humildade para não se apoiar em ninguém e depois dizer que errou, que falhou, que não cresceu na vida por causa de fulano, ciclano, porque era dos “desígnios de Deus”

O Nietzsche está nos ensinando com audácia e confiança a assumirmos 100% da responsabilidade por nossas escolhas, por nossos acertos e erros, por nossas “cabeçadas”, tombos, falhas, fracassos!

É assim que se cresce meus amigos! Tendo maturidade e sendo humilde para assumir que é um eterno aprendiz e que nunca estará pronto completamente.

Aquele que pensa estar pronto e saber de tudo, é um arrogante, prepotente e já está morto e nem sabe! Há muito mais a ser abordado e explorado a partir destas instigantes palavras do Nietzsche, mas deixo as reflexões com você agora!

Não queira eleger ninguém para ser um Messias, um guru, pois isso é infantilidade! Seja você o seu próprio mestre. Busque o mestre no único lugar onde ele pode ser encontrado, dentro do seu próprio coração! Desta forma você vai ver que não precisa de ídolos e que ninguém precisa de ídolos.

Os ídolos precisam ser derrubados…

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Todos os lugares são iguais no fim de 15 dias

Por Isaias Costa

bibi

Outro dia estava ouvindo o psiquiatra Flavio Gikovate na rádio CBN e ele citou uma passagem referente à obra do filósofo Sartre que me fez refletir bastante sobre um pensamento cada vez mais comum nos dias de hoje aqui no Brasil. A frase diz o seguinte:

“Todos os lugares são iguais no fim de 15 dias”

E o Flavio complementou a ideia dessa linda frase dizendo que é como se ao ir para algum lugar você vai de avião, mas os seus problemas vão de navio.

Eu achei simplesmente genial essa colocação dele. O Brasil está passando por uma crise gigantesca e essa é a atitude de muitas pessoas, FUGA.

Eu já ouvi diversas pessoas dizendo que “vão embora daqui”, “aqui não presta”, “é roubalheira demais”, “não temos uma política justa”…

Sempre que escuto essas frases e suas variações fico me questionando: “O que essas pessoas estão fazendo para ajudar nosso país a ser pelo menos um pouquinho melhor hein?”.

Esse talvez seja o questionamento mais adequado, porque se existe uma coisa que posso afirmar ser verdadeira é isso aqui: VOCÊ NÃO RESOLVE SEUS PROBLEMAS MORANDO EM OUTRO LUGAR, NUNCA!

É uma ilusão extremamente infantil achar que se mudar vai fazer com que os seus problemas sejam resolvidos. Esse é o tipo de colocação que faz uma criança de 5 anos dar risada. Estou escrevendo esse texto para fazer com que você ACORDE! Ainda dá tempo.

Não adianta tentar colocar do lado de fora a razão para algo que não está dando certo do lado de dentro, entende? A maioria das pessoas que pensa em sair do Brasil para morar em outro lugar tem como motivação as questões de políticas públicas. OK! É fato que muitos países têm políticas públicas mais justas que o Brasil, mas essa não é a questão.

A questão é você saber administrar a vida em seus amplos aspectos. Se eu não tenho uma boa capacitação profissional e experiência no mercado de trabalho, será assim em qualquer lugar do planeta.

Se eu tenho dificuldade de me relacionar com as diferenças, com pessoas autoritárias, com chefes mandões, eu vou atrair esse tipo de pessoas em qualquer lugar do planeta.

Se eu não consigo ter harmonia com as pessoas da minha família, eu vou atrair da vida pessoas no mesmo padrão vibracional que eles em qualquer lugar do planeta, para que eu possa aprender a ser mais amoroso, mais paciente, mais tolerante, mais humilde!

Não adianta! Tudo que eu tentar escapar por FUGA ou por MEDO, vai me perseguir até que eu consiga aprender a lição relacionada com determinada coisa.

Enquanto eu não aprender a desenvolver meus dons para crescer profissionalmente, terei dificuldades no trabalho.

Enquanto não aprender a ser mais amoroso, paciente, tolerante, humilde, vou atrair da vida pessoas que vão “me tirar do sério”.

Enquanto não aprender que corrupções e falcatruas existem em qualquer lugar do planeta, não importa se estou em um país de 1º mundo ou de 3º mundo, eu sempre vou me frustrar, porque isso vai acontecer.

Por que em vez de se amargurar com tudo isso você não busca simplesmente ACEITAR que é assim que as coisas são e trabalha a si mesmo?

Não estou de forma alguma incentivando a passividade e o conformismo viu? Muito pelo contrário! Estou incentivando você a olhar para a vida e a existência com um olhar mais próximo da realidade. Você precisa sair desse mundo do País das maravilhas, ele só existe no cinema e no romance no Lewis Carroll OK?

Portanto! Antes de pensar em sair do Brasil porque não aguenta mais tanta corrupção, falcatruas, injustiças etc. seria ótimo olhar como você está conduzindo a sua vida nesse exato momento e saber que pode fazer muita coisa para crescer e melhorar como ser humano!

Eu sei que muitos saem do Brasil porque receberam propostas boas no exterior, ou para estudar na faculdade, ou porque familiares se mudaram etc. mas quero dizer que estou falando apenas para os “insatisfeitos de plantão” viu?

Não sei você, mas eu amo meu Brasil e sei que ele precisa de mim mais do que nunca nesse período de crises! Nunca esqueça: “Todos os lugares são iguais no fim de 15 dias”…

 

 

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Não sou mais eu que vivo, é cristo que vive em mim

Por Isaias Costa

maxresdefault

É com grane alegria que venho compartilhar com você uma interpretação bem mais aprofundada e pura de uma das minhas passagens favoritas da bíblia sagrada dos cristãos. Trata-se de uma passagem da carta de São Paulo aos Gálatas na qual ele diz:

“Já não sou mais eu que vivo, é cristo que vive em mim”. Gálatas 2, 20.

De uma forma superficial, essa passagem está dizendo que São Paulo se tornou verdadeiramente um discípulo de Jesus Cristo e que passou a viver de acordo com seus ensinamentos. Essa visão está correta, porém, incompleta. Há muito, muito mais além disso!

E o que seria esse algo a mais? Vou explicar!

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma visão ampliada sobre o lazer

Por Isaias Costa

relaxar-mulher-praia-sol-verao-desestressar-1339186312540_615x300

Todos nós gostamos de ter momentos de lazer e diversão não é mesmo? Porém, infelizmente o lazer é visto uma forma extremamente reducionista na nossa sociedade. Nesse texto eu farei uma breve reflexão sobre o lazer levando para um âmbito bem mais amplo.

Pense comigo! Nós buscamos o lazer como forma de descansar e ter momentos prazerosos, OK? Portanto, tudo aquilo que desperta esses sentimentos bons em nós pode ser considerado um lazer.

É nessa hora que entram todos os tipos de HOBBYS e os chamados “sonhos engavetados”. Na realidade, esse é um texto bem motivacional. Estou propondo a você que resgate seus sonhos que foram engavetados pelo tempo, acredite no seu potencial para realizá-los e faça desses sonhos uma atividade mega prazerosa.

Pois é? Você sabia que isso pode ser e na realidade É UM LAZER? Porque lhe dá alegria, bem estar e mais motivação.

A mesma sensação que temos quando vamos viajar para uma praia, para uma serra, para uma cidade distante, pode ser conseguida através da descoberta e desenvolvimento dos nossos dons. Eu acho isso magnífico, pois retira de nós a NECESSIDADE DE TER QUE______________ ( viajar, ir a uma serra, fazer algo extravagante etc).

Esse é um ponto que preciso comentar, tem a ver com a nossa FELICIDADE e BEM ESTAR. Se você é uma pessoa que busca o lazer como uma forma de se DESESTRESSAR ou FUGIR DA REALIDADE, isso é sinal de que você não está tão feliz e realizado no trabalho que desempenha nesse exato momento.

As pessoas que dizem: “Não vejo a hora de que chegue logo as minhas férias para que eu possa curtir a vida…” precisam URGENTEMENTE rever suas atividades profissionais, pois não estão plenamente realizadas no que fazem. Eu já escutei essa frase de tanta gente, você nem faz ideia…

Perceba! “curtir a vida”. E só se curte a vida nas férias é? Você passa 11 meses sem curtir e só curte por 1 mês?

O que é interessante destacar é que muitas pessoas vivem tanto no piloto automático que quando chega a férias elas não têm CRIATIVIDADE para fazer dos dias das férias uma maravilha, nos quais possam experimentar coisas novas, hobbys novos.

Então ficam meio que “morgando” como se diz popularmente, e ficam esperando voltar para o trabalho para começar tudo de novo.

Onde fica a CRIATIVIDADE nessa história hein? Estou procurando lhe instigar a isso. O ponto principal é esse. Guarde com carinho essas palavras viu?

COM CRIATIVIDADE VOCÊ PODE TRANSFORMAR A SUA VIDA NUM LAZER

Falo isso me colocando como exemplo. Por muito tempo procurei buscar o que me fazia feliz de verdade e depois de muitos caminhos, de muitos tombos, de caminhos errados, acabei descobrindo que minhas maiores vocações são o ENSINO e a ESCRITA.

Eu amo ser professor e nem percebo o tempo passar. Nunca fico querendo antecipar o tempo para chegar as férias porque amo meu trabalho. Meu trabalho é quase um lazer pra mim!

Espero que tenha gostado dessa breve reflexão e pense com carinho sobre isso!

Faça o seguinte questionamento: “Aquele sonho lá da infância ou da adolescência que um dia eu alimentei, mas que hoje pode parecer loucura pode se tornar realidade não pode? Quer saber! Eu vou resgatar esse sonho e essa motivação e vou transformar esse sonho em realidade…”.

Ao fazer esse resgate você terá uma grande possibilidade de experimentar o lazer quase que por 100% do tempo!

Muito sucesso na sua vida…

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Agora é noite na sua existência

Por Isaias Costa

night_dreamer_by_federicomeuli-d5q4pcq

As músicas do Raul Seixas são riquíssimas de ensinamentos e sabedoria. Uma das minhas favoritas é a “Século XXI”, cuja letra tem ensinamentos diversos e profundos. Já escrevi outro texto fazendo uma breve interpretação da sua letra completa, porém, nesse texto vou aprofundar a ideia contida em uma das suas estrofes, logo abaixo. Se quiser ler o outro texto segue o link.

Bem vindo ao século XXI

“Agora é noite na sua existência
Cuja a essência perdeu o lugar
Talvez esteja ai pelos cantos
Mas está escuro pra poder encontrar”

=> Clique aqui para ler o texto completo

 

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

A vida se dá por construção e desconstrução

Por Isaias Costa

13177387_531740077009527_2157438734485449802_n

Outro dia li um pequeno texto muito instigante e reflexivo do Psicanalista Paulo Bregantin e farei uma breve reflexão a partir dele! Veja!

Construção, desconstrução e reconstrução – Por Paulo Bregantin

Não destrua. Desconstrua. A desconstrução na vida é um processo de desfazer o que foi feito usando como base a consciência.

Nós não fomos criados para a destruição, mas sim para construção, desconstrução e reconstrução.

A vida são construção, desconstrução e reconstrução. A destruição é algo externo que vem sobre nós.

Desconstruir é fazer o caminho inverso do que construí. Destruir e derrubar de qualquer forma o que construí. Percebe a diferença?

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Gratidão. Às vezes o problema está em nós, mude sua ótica.

Por Thalis Castro

being-thankful-GRATITUDE

Olá amigos! É com grande alegria que apresento a todos o primeiro texto em parceria com o meu querido amigo Thalis, aspirante a escritor. Cheio de sonhos, assim como eu. Vem nos trazer novas reflexões sob outra perspectiva diferente da minha e enriquecer o blog com suas palavras.

Eu gosto sempre de dizer pra todo mundo essa preciosidade aqui: A GRATIDÃO ABRE PORTAS DE SUCESSO E PROSPERIDADE.

Acredite! Quanto mais grato você for, mais feliz será, e mais bençãos atrairá naturalmente para a sua vida. Como diz o Thalis, mude sua ótica e agradeça a Deus por suas bençãos.

Vamos ao seu texto?

*******************

GRATIDÃO. Às vezes o problema está em nós, mude sua ótica.

Hoje, quando acordei, se iniciou mais um dia de vida, graças a Deus. Eu poderia estar reclamando do trânsito lento que tive que enfrentar de moto, causado devido a tal tocha olímpica, ou talvez de uma “fechada” que um motorista me deu quando estava a caminho do trabalho; reclamando por ter que sair cedo de casa e só retornar às 22 h; ou talvez perder alguns minutos pensando: “por que eu não nasci rico?”. Eu teria vários motivos para reclamar, mas prefiro olhar esse dia por outra janela, de uma ótica bem diferente.

Hoje é mais um dia que Deus me concede a graça de acordar com saúde e vitalidade para correr atrás dos meus sonhos; mais um dia que eu posso fazer a diferença na vida de alguém; mais um dia para amar e ser amado; mais um dia e que eu tenho a minha família e as pessoas que eu amo ao meu lado. Olha como o meu dia já não está tão ruim assim como eu imaginava… Existem pessoas, que infelizmente, estão nesse momento passando frio e fome nas ruas, e perderam suas noites de sono, preocupados com a violência. Outras estão em leitos de hospitais, lutando simplesmente pelo sopro de vida. Quanto a mim? Ah… Eu dormi em uma cama confortável, seguro do frio e do perigo, e quando acordei tive a graça de poder tomar um café quente para me aquecer…

 Às vezes perdemos muito tempo reclamando daquilo que não temos e esquecemos de valorizar aquilo que temos. As nossas vaidades nos consomem, nos fazem reclamar da vida, quando na verdade, o problema está em nós, no nosso modo de enxergar o mundo ao nosso redor. Será que seu dia está tão ruim assim? E a sua vida, é realmente tão difícil? Faça diferente hoje, mude de janela, teste olhar sua vida à partir de uma ótica diferente! Você irá se surpreender e perceber que é muito mais feliz que imaginava. Tenha um ótimo dia!

thalisThalis N. Castro

Sou estudante de Psicologia. Faço trabalho voluntário com pessoas em situação de rua e dependentes químicos. Amo ler, escrever e motivar as pessoas a sonharem. O meu desejo é me tornar Psicólogo e Cientista Social, escrever livros e abrir projetos sociais, abrigos e comunidades terapêuticas.

4 Comentários

Arquivado em Uncategorized

A fonte mais poderosa de conexão com Deus

Por Isaias Costa

image

Outro dia li uma pequena frase extremamente impactante e verdadeira da querida escritora e palestrante Brené Brown, extraída do seu livro “A arte da imperfeição”, que dizia o seguinte:

“A maioria de nós, que busca conexão espiritual gasta muito tempo olhando para o céu se perguntando por que Deus está tão longe. Deus vive dentro, não acima de nós. O compartilhamento de nossos dons e talentos com o mundo é a fonte mais poderosa de conexão com Deus.”

Brené Brown

Essa frase diz muito e farei uma breve reflexão a partir dela.

Ela fala que a maioria de nós pensa que Deus está longe, sendo que na realidade ele está dentro da gente. Como procurar fora o que está dentro de nós? Impossível encontrar desse jeito, não é?

O próprio mestre Jesus Cristo dizia: “O reino dos céus está dentro de vós”. Ou o sábio psicoterapeuta Jung em sua célebre frase: “Quem olha para fora sonha, quem olha para dentro desperta”.

Vamos olhar para dentro, pois é dentro do nosso coração que Deus mora. Essa é a verdadeira conexão, que vem do amor que brota do nosso coração.

Ela está falando sobre o AMOR nessa frase. Porque os nossos sentimentos mais puros surgem de um coração pacificado que encontrou um sentido mais profundo para a vida. Então, confirmo completamente o que ela diz, ao compartilharmos nossos dons com as pessoas, nossa vida ganha um brilho único e especial.

Particularmente, eu percebo isso muito fortemente através desse blog e dos textos que escrevo. Eu me coloco neles. Quem lê meus textos é como se estivesse batendo um papo comigo, porque procuro me expressar com a maior transparência possível, e sei que os leitores sentem essa vibração ao lerem.

Esse sentimento me faz sentir essa forte conexão que tenho com Deus, que se revela através de cada palavra, de cada gesto, de cada olhar, de cada escolha etc.

Cada pessoa tem seus dons e estes são únicos e preciosos. Meu dom está relacionado com a Educação e com a escrita. Você que me lê agora tem os seus também e eles fazem esse mundo ser um lugar melhor porque você jogou sua energia de amor naquilo que fez, entende ?

Esse é o ponto chave: tudo aquilo que é feito com amor tem a presença de Deus e tudo aquilo que não é feito com amor tem a presença de Deus obscurecida, apagada!

Essa ideia é bastante simples, mas ao mesmo tempo muito profunda.

O que você faz com amor de verdade? O que faz os seus olhos brilharem de alegria e emoção? O que faz o seu coração vibrar?

Se você ainda não descobriu, não pare de procurar, porque uma vez que você descubra o que é, a luz do Deus que vive dentro de você vai desabrochar e vai gerar muitos frutos. Como na belíssima parábola do semeador de Jesus Cristo.

Você lançará sementes que produzirão 30 por 1, 50 por 1 ou 100 por 1.

Esse é uma detalhe bem bonito desta passagem bíblica. A produção da semente está relacionada com a sua EVOLUÇÃO e CONSCIÊNCIA.

Quanto mais consciência e sabedoria você vai adquirindo, mais essas sementes vão gerando frutos positivos.

No mundo do trabalho costumamos chamar isso de capacitação ou experiência profissional. Mas pode ser levado para todos os campos da vida. Quanto mais você cresce em amor e consciência, mais as suas sementes geram frutos doces e saborosos. Nas amizades é assim, nos relacionamentos amorosos é assim, na família!

Ame! Cresça em amor. Aprenda a amar profundamente, como ensinam os grandes mestres. Aí você vai perceber que seus dons começarão a desabrochar e sua vida ganhará um brilho todo especial. E essa bela conexão com Deus se refletirá em tudo que você se propor a fazer!

Paz e luz.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Como lidar com pessoas insuportáveis?

Por Isaias Costa

padel_descabelar-Small

Vou falar nesse texto sobre um tema difícil e bastante delicado, que requer sensibilidade e sensatez para ser exposto na forma escrita.

Ele tem um foco na Psicologia Comportamental e Transpessoal. Vou falar à respeito das pessoas que são consideradas insuportáveis.

Gosto muito de conhecer as raízes das palavras e recentemente aprendi o significado mais profundo desta. Ela significa:

INSUPORTÁVEL = AQUELE QUE NÃO TEM UM SUPORTE

Analisando com profundidade a etimologia desta palavra, vi o quanto ela é rica de significado. Uma pessoa é considerada insuportável quando ela não tem um suporte dentro dela mesma e busca esse suporte do lado de fora, de “n” formas diferentes, sempre machucando alguém durante o processo.

Antes de qualquer coisa, quero lhe levar a refletir sobre isso. O que caracteriza uma pessoa insuportável? Essa é uma pergunta bastante sutil e delicada porque varia muito de pessoa para pessoa. Isso vai depender acima de tudo da PERSONALIDADE de cada um.

Vou falar aqui de acordo com a minha experiência ligada à espiritualidade e à transcendência OK? Na perspectiva de outras pessoas isso pode ser bem diferente!

As pessoas insuportáveis, na minha visão, são aquelas que não desenvolveram uma AUTOESTIMA profunda. E por causa disso não têm esse suporte dentro de si mesmas. Elas buscam de alguma maneira preencher seus vazios interiores com pensamentos, sentimentos e comportamentos que exacerbam o EGO.

Os comportamentos egóicos mais típicos são os de vítima, de incompetente, de injustiçado, ou do lado oposto, de insubstituível, de “PhD”, mestre, guru etc.

Nesses dois extremos moram as pessoas insuportáveis. Vou explicar com bastante calma para que você me entenda, OK?

Os que se fazem de vítimas, de incompetentes ou injustiçados têm dentro de si uma série de crenças limitantes, muitas vezes até traumas adquiridos na infância, e por isso crescem cheias de medos, de carências afetivas, de sentimentos de culpa, de inadequação e por aí vai.

Elas têm os chamados COMPLEXOS DE INFERIORIDADE, que só podem ser superados através do autoconhecimento.

No extremo oposto, os que se acham os “iluminados”, os mestres, os gurus, os “Messias”, os “sabe-tudo”, pensam que todos que se aproximam deles estão buscando ajuda, estão querendo aprender algo com eles, estão buscando aprender com sua sabedoria!

Essas pessoas também são insuportáveis, porque sem nem se perceberem direito, foram perdendo o que há de mais precioso em nós, nossa HUMANIDADE. Eu sempre digo por aqui que quanto mais espiritualizado eu me torno, mais humano eu devo ser, mais amorosidade deve surgir de dentro do meu coração, e não a arrogância, a prepotência, o sentimento de superioridade.

Essas pessoas têm os chamados COMPLEXOS DE SUPERIORIDADE. Que logicamente também precisam se autoconhecer muito mais ainda para deixar de serem tão arrogantes e prepotentes.

É bem interessante notar que as pessoas que se fazem de vítima quase sempre atraem para si as que são muito arrogantes e prepotentes, e as que são assim normalmente atraem as que se fazem de vítima. É algo mútuo! Não é interessante? Você já notou isso?

Estudando os escritos do grande Carl Jung, comecei a compreender que esse processo, psicologicamente falando, é chamado de COMPENSAÇÃO. E essa compensação na realidade é positiva, porque leva cada um a aprender com o seu oposto, para que alcance o EQUILÍBRIO.

Esse é o ponto mais complicado, atingir o equilíbrio. O ideal é você ser alguém com amor próprio e autoconfiança, mas que não seja arrogante, que tenha amorosidade, que saiba acolher as pessoas, que saiba compreender as diferenças etc.

Mais uma vez repito. Só através do autoconhecimento profundo isso pode ser possível! Mas estou aqui para lhe dizer que isso é possível. Eu estou aprendendo gradativamente a ter esse equilíbrio e estou ensinando um pouco desses conceitos transformadores nesse texto.

Até agora ainda não falei de forma mais direta o que fazer para lidar bem com pessoas insuportáveis, não é?

Bem! O que tenho a dizer e aprendi que é o maior e talvez o único caminho é o seguinte: Desenvolva a AMOROSIDADE.

Mas não uma amorosidade qualquer, estou falando da amorosidade ensinada pelos grandes mestres da humanidade, como Jesus Cristo, Buda, Lao Tsé, Confúcio, Yogananda, Osho etc.

Ame o próximo como a si mesmo. Essa era a máxima de Jesus Cristo.

Ao desenvolver isso, garanto a você, maravilhas começarão a acontecer com você e com todos ao seu redor.

Se você desenvolver essa amorosidade, quando estiver diante de uma pessoa insuportável você agirá com TRANSPARÊNCIA, vai dizer a ela quem você é, o que pensa, o que não gosta nela que a faz ser desagradável, e de consciência tranquila deixa a pessoa LIVRE.

Esse é o caminho da SABEDORIA. Deixar todos livres.

Lembro nessa hora uma das mais sábias frases do grande Raul Seixas: “O amor só dura em liberdade”.

Se você demonstra essa amorosidade, as pessoas que vão se aproximar de você só permanecerão ao seu lado se elas lhe respeitam como ser humano.

É bem comum existirem pessoas que por vaidade e egoísmo tentam suportar pessoas insuportáveis e acabam ficando doentes por causa disso. Talvez seja até o seu caso, quem sabe!

Essas são as pessoas que sentem PENA e , dois sentimentos puramente egóicos. Nós não devemos ter dó e pena de ninguém, ficou chocado com essa informação? Vou explicar.

Psicologicamente falando, sempre que você sente pena ou dó de alguém, nessa hora você se coloca como alguém superior, alguém que atingiu um patamar maior de consciência, de maturidade. Mas na realidade é justamente o contrário.

Se você fica com pena e dó de alguém, isso só leva a alimentar nessa pessoa o sentimento de vítima, de impotente, de incapaz, entende? Você quer mesmo fazer isso?

vitima_0

Estou querendo dizer bem claramente isso. Se você considera alguém insuportável porque se faz de vítima, de coitadinha, de incapaz, e mesmo assim, você permanece alimentando isso, sentindo raiva, se achando um injustiçado, uma injustiçada. Sinto lhe dizer, mas quem está errado é você que sente pena e dó, e não a outra pessoa!

Você está agindo com arrogância ao manter essa postura.

O que fazer então? Seja honesto e verdadeiro para dizer que não gosta do comportamento da outra pessoa e siga seu caminho em paz e consciência. Em alguns casos, talvez seja melhor até se afastar da pessoa definitivamente. Mas para isso é preciso ter muita coragem e arriscar dar esse passo difícil…

Garanto a você que agindo assim, a outra pessoa começará a refletir e pensar melhor sobre a sua própria vida!

Vou falar agora uma informação preciosa. Guarde com carinho OK?

NINGUÉM MUDA NINGUÉM

NINGUÉM MUDA NINGUÉM

NINGUÉM MUDA NINGUÉM

Mas a chave da mudança é essa:

NINGUÉM MUDA NINGUÉM, porém, a sua mudança pode mudar todos ao seu redor.

Estou com essas palavras ensinando até mesmo a ÉTICA para você que me lê.

Não adianta tentar mudar ninguém. Em vez de tentar mudar tudo ao redor, achar que os outros precisam de mudanças, olhe para você mesmo e MUDE A VOCÊ.

E essa mudança vem com o desenvolvimento da amorosidade, primeiro o AMOR PRÓPRIO, depois o amor pelos outros.

Mais uma vez volto à máxima de Jesus.

AME AO PRÓXIMO COMO A TI MESMO

Você percebe como é um longo caminho aprender a amar como Jesus amou? Ele era um iluminado meus amigos! Nós temos muito que caminhar ainda para um dia aprendermos a amar com tanta profundidade quanto ele.

O outro caso é bem interessante também. Ele é vivenciado costumeiramente com funcionários em relação aos seus chefes e patrões. Muitos destes são arrogantes e se acham “deuses”.

Como lidar com essas pessoas insuportáveis? É preciso analisar com cuidado! Se você realmente acredita que faz um bom trabalho e está sendo cobrado indevidamente ou que seu patrão lhe trata com desrespeito. É bom repensar se sua AUTOESTIMA está tão sólida mesmo. Será que está?

Nessa hora tenho minhas dúvidas, porque é bem comum eu ouvir de algumas pessoas frases como essas: “Eu preciso desse emprego” ou “Se sair deste emprego agora, pode ser que demore muito para conseguir outro e como vou pagar minhas contas?…”.

bored-manda-te-700x360

Essas frases demonstram claramente o MEDO de não ter um emprego e a BAIXA VALORIZAÇÃO.

Percebe? Quando um patrão lhe trata com ignorância, com desprezo, com hostilidade… ele não está fazendo isso por maldade, está fazendo isso porque você PERMITE. Se você tivesse autoestima o suficiente, não permitiria isso em hipótese alguma, você iria se posicionar, mesmo que perdesse o emprego por “desacato à autoridade”!

E aí? Você tem essa coragem?

Nesses casos, é assim que se lida com essas pessoas insuportáveis! Mas repito. Você precisa se conhecer bem para ter essa firmeza e essa convicção de que é capaz, de que é merecedor de algo muito melhor.

Da mesma forma acontece com os que se fazem de mestres, de gurus, de “Messias”. Eles só têm seus muitos seguidores porque estes se sentem fracos e fragilizados, além de serem altamente influenciáveis. Uma pessoa que de fato tenha uma grande autoestima e amor próprio, de maneira nenhuma se submete a discursos destas pessoas que tentam doutrinar as outras.

Esse é o ponto. AMOR PRÓPRIO e AUTOESTIMA. Percebe como tudo está ligado ao amor? É tudo o que estou lhe levando a refletir desde o início…

Enfim!

Para aprender a lidar melhor com as pessoas insuportáveis, esse talvez seja o único caminho.

Se torne um ser mais AMOROSO

Paz e luz.

 

 

 

 

 

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Você é uma pessoa amável?

Por Isaias Costa

mulher-feliz

Li uma pequena frase do professor e terapeuta Marcello Cotrim que me fez refletir bastante sobre um tema universal, o AMOR.

Essa frase falava sobre ser amável e venho através dela lhe questionar se você está aprendendo a ser amável. Aqui está ela!

“A pessoa amável é aquela que se valoriza, que se torna carismática através da livre expressão dos seus dons, talentos e atitudes, pois se ama e se respeita e, assim, se faz admirável, chama a atenção de um modo natural, torna-se um ser humano atraente e que é, portanto, amável, ou seja, merecedora de amor.”

Marcello Cotrim

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized