Simplicidade é ação sem ideia

Por Isaias Costa

http___meme_zenfs_com_u_52333b18576ffdf44e6e65abc31bda78935b2171

Eu sou um amante da simplicidade e hoje tenho consciência do quanto ela está relacionada com a sabedoria.

Quanto mais o tempo passa, mais constato a veracidade da conhecida citação oriental que diz: “a simplicidade é o que se aprende por último”.

Realmente é assim que acontece, ela é uma dimensão na nossa vida, que uma vez acessada, transforma nossa existência, tornando-a mais leve e feliz.

Farei uma breve reflexão sobre a simplicidade inspirado nas lindas palavras do místico indiano Krishnamurti. Veja!

“Simplicidade é ação sem ideia, coisa raríssima, que significa criação.
Enquanto não há criação, somos centros de malefícios, sofrimento e destruição. A simplicidade não é coisa que se possa cultivar e experimentar. A simplicidade, tal como uma flor que desabrocha, surge no momento exato em que cada um de nós compreende todo o processo da existência e das relações. Porque não costumamos pensar nela, porque não costumamos observá-la, não sabemos o que ela é. Apreciamos de certa maneira todas as formas exteriores da simplicidade: raspar a cabeça, vestir-se ou despir-se de certa maneira. Essas coisas não são simplicidade. Não se acha a simplicidade. A simplicidade não está entre o que é essencial e o que não é essencial. Ela nasce quando não há “eu”, quando o “eu” não está envolvido em especulações, conclusões, crenças, ideações. Só a mente assim pode achar a verdade. Só essa mente pode receber o que é imensurável, aquilo que se não pode dar nome. Isso é que é simplicidade.”

Krishnamurti

*****************

O que me deixa mais contente com essas palavras do Krishnamurti é quando ele fala sobre a OBSERVAÇÃO. Essa é uma característica que passa a fazer parte de quem alcança a simplicidade.

A observação juntamente com a contemplação fazem com que as pessoas mais simples se tornem sábias, porque ao observarem e contemplarem, elas passam a olhar tudo por um ângulo diferente, captando a vida e suas manifestações sob um olhar diferente, mais puro e sem ilusões.

Ele faz até uma crítica sutil aos que se fantasiam de religiosos conscientes, mas que na realidade estão apenas exacerbando o EGO através do cultivo de máscaras!

Inclusive, aproveito para fazer um parênteses e comentar algumas palavras que ouvi do jornalista e radialista Flavio Siqueira que me deixaram bem feliz, porque ele pensa da mesma forma que eu.

Uma vez ouvi ele dizer no seu programa de radio que se encantava com as pessoas que são grandes mestres na vida e nem se dão conta disso. Se vestem com simplicidade, não precisam raspar a cabeça, não tentam falar de forma forçada com uma voz adocicada e sussurrada nem nada disso, porém, no dia a dia mostram alegria de viver, conseguem superar as dificuldades com maestria, sabem educar os filhos mostrando para eles que o essencial está nas coisas mais simples e no cultivo de bons relacionamentos etc.

É exatamente assim que eu penso! Sempre que vejo pessoas que falam demais de “Deus”, que de dez palavras pelo menos três são “Deus”, acabo ficando meio “pé atrás” sabe? Deus se manifesta em TUDO meus amigos! Eu não preciso ficar falando essa palavra o tempo todo.

Vejam só algumas palavras que representam Deus: criança, árvore, flor, pássaro, água, vento, fogo, oceano, gato, cachorro, peixe, pedra, montanha, gelo, alimento, sorriso, lágrima, abraço, colo, beijo, jardim, coração etc. etc.

Tudo isso e muito mais faz parte de Deus e suas manifestações. E somente quem é simples consegue saber que tudo fala desse Deus que transcende completamente nossa intelectualidade.

Existem pessoas que tentam compreender a existência através da MENTE e sempre se frustram, porque isso é impossível. A existência só se pode compreender ao acessar a simplicidade.

Na simplicidade não há a menor necessidade de se provar nada, de querer pormenores de coisa alguma, a pessoa simplesmente É.

O simples fato de estar vivo, respirando e presente já é motivo mais que suficiente para dar glórias e experimentar a vida como uma criança que está conhecendo o mundo agora!

A simplicidade aguça nosso olhar como se estivéssemos vendo tudo pela primeira vez. Infelizmente a maior parte das pessoas não desenvolve esse olhar e acaba se entediando e se cansando da rotina muito facilmente, por isso ficam só projetando o futuro: “nas férias eu vou pra tal lugar”, “no ano que vem vou pra tal lugar…”. E o agora? Cadê? Percebe? A vida acontece no aqui e agora, e através da simplicidade tudo se torna belo e contemplativo, não importa o lugar, o que importa é o OLHAR.

Eu posso estar preso num engarrafamento no centro da cidade de São Paulo, mas ao acessar a dimensão da simplicidade, esse engarrafamento pode se transformar em um belo jardim, onde me sinto em paz, onde o barulho das buzinas não me incomoda, porque estou em paz e feliz!

Você sabia que isso é possível? E o caminho é esse que nosso amigo Krishnamurti nos fala com maestria.

Seja mais observador, primeiro do seu mundo interno, cresça em consciência, assim seu mundo externo vai apenas refletir essa simplicidade e a existência ganhará cores muito mais vivas…

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized

3 Respostas para “Simplicidade é ação sem ideia

  1. Lindo post! Gosto das suas colocações, especialmente no que se refere a Deus, outro dia passei por uma fase ruim, problemas familiares, e uma pessoa, que muito frequenta a igreja, quis me me julgar em relação a Deus, disse que dou muita atenção à minha casa ao invés de ir para igreja, na ocasião eu havia colocado um papel de parede, em uma parede da sala que eu achava feinha e quis dar uma melhorada. Não me deixei influenciar pelo seu julgamento, sei que assim como posso encontrar Deus na igreja, Ele está na minha casa também, especialmente na paz que sinto ao deitar no sofá e apreciar a minha parede, que porventura ficou linda com o papel que escolhi pra ela! Ótimo dia pra você! que Deus o abençoe com muita inspiração e delicadeza para continuar postando coisas que nos levam a refletir e tirar grandes lições! bjo

    • Muito obrigado por essas palavras tão carinhosas Zena! Fiquei muito feliz com seu comentário. Beijo e continue sempre ouvindo o seu coração, como sempre digo por aqui, ele sabe o que é o melhor para nós!

  2. Pingback: “a simplicidade é o que se aprende por último” | fredvilar

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s