Cante a sua própria canção

Por Isaias Costa

cante a canção da alma

Cada vez mais eu tenho me interessado pelo tema da CRIATIVIDADE. Muita gente pensa que a criatividade é um privilégio para poucos, que existem pessoas que jamais se tornam criativas porque não têm essa capacidade e venho hoje dizer a você que isso não existe. Todos nós podemos SIM ser extremamente criativos, mas existe um caminho longo e árduo para isso.

É o caminho do AUTOCONHECIMENTO. Quanto mais você se conhece, mais adentra no universo da criatividade e pode construir um legado muito bonito.

O que me inspirou a escrever esse texto foram algumas palavras do místico oriental Osho. Confira!

******************

Se seu coração não canta e dança, você não está vivendo de fato, está apenas se arrastando – cumprindo certos deveres, passando por certos rituais, controlando e mantendo uma fachada.

Mas no fundo há um vazio e uma grande agitação, porque você sabe, na parte mais íntima do coração, que a vida ainda não se realizou, que você ainda não conseguiu cantar sua canção.

Todas as pessoas nascem com uma canção, uma canção própria, e, a menos que a cantem, a vida delas não se realiza.

Olhe uma árvore quando floresce e você verá em torno dela um grande contentamento e um grande júbilo.

Ela está dançando porque chegou em casa, cumpriu a tarefa que lhe foi confiada. Não está mais vazia, está transbordando.

As flores só surgem quando a árvore transborda, e as canções também só aparecem quando a pessoa transborda.

Osho

*********************

São palavras simples, mas de uma riqueza incrível. Ele fala sobre esse TRANSBORDAR, ou seja, estar “além das bordas”.

Existe uma simbologia incrível sobre o transbordamento. Perceba! Ao se encher uma xícara, por exemplo, ela tem uma borda e vai sendo enchida “DE DENTRO PRA FORA”, mas algo enche essa xícara, ela não se enche sozinha. A pessoa precisa buscar algo “DE FORA PRA DENTRO”, e esse “de fora pra dentro” é a sabedoria que vem com esse autoconhecimento, que pode ser adquirida de “n” formas, mas eu sempre recomendo a sabedoria dos grandes mestres como Jesus, Buda, Krishna, Yogananda, Confúcio e por aí vai.

Sugestão de leitura: De dentro pra fora. De fora pra dentro

E depois que a xícara transborda, aquilo que “sobra” nela é espalhado para as outras pessoas!

Esse é o caminho para a sabedoria, meus amigos! Sempre escrevo sobre isso aqui, de diversas formas diferentes.

Primeiro se torne tão cheio de si mesmo, tão inteiro e equilibrado, que você irá transbordar esse amor, esse equilíbrio, essa energia!

Uma vez ouvi um programa de rádio do professor e terapeuta Marcello Cotrim chamado “Entrevidas” e no programa ele comentava que tudo aquilo que vem da nossa essência é ilimitado e ele citou a criação artística de um modo geral: música, pintura, escultura, teatro, escrita etc.

Concordo plenamente com ele! E falo a partir de mim mesmo. Não fico preocupado se vou ter inspiração para escrever ou coisas parecidas. NÃO. Eu simplesmente vou vivendo e deixando que as inspirações venham por si só! E elas vêm, porque procuro ser ESPONTÂNEO.

O Osho sempre ensinava isso para as pessoas, tem até uma frase dele que coloquei em outro texto que diz: “O importante não é ser perfeito e sim ser espontâneo”.

Tudo que tentamos fazer com perfeição está morto antes mesmo de termos começado, porque o perfeccionismo é uma doença, um distúrbio. O Osho também falava isso: “Qualquer coisa viva precisa ser imperfeita”. Acredite! A CRIATIVIDADE vem da IMPERFEIÇÃO.

Quanto mais você tiver essa certeza de que tudo que fizer será imperfeito, mais criatividade vai surgir no seu coração e mais você irá transbordar.

Deixe que essa criatividade flua a partir do seu coração. E isso pode ser levado para tudo viu? Levei para o campo artístico porque é nele que a criatividade é mais evidentemente expressada.

Você pode levar isso para a sua família, para o seu relacionamento amoroso, para o seu trabalho, para o seu grupo religioso e por aí vai!

Seja ESPONTÂNEO. Da espontaneidade nasce e cresce tudo que há de melhor na gente!

Para concluir, preciso falar sobre um componente fundamental, a PRESSA. Muitas pessoas não conseguem essa criatividade por causa da pressa. Leia mais uma vez: “As flores só surgem quando a árvore transborda, e as canções também só aparecem quando a pessoa transborda”.

As flores não surgem antes da hora e uma pessoa criativa não surge da noite para o dia, ela precisa ser lapidada. E o que lapida essa criatividade? O AUTOCONHECIMENTO. Se aprofunde nessa busca pelo autoconhecimento que tudo na sua vida se tornará um transbordamento.

Daí você cantará a sua própria canção, como o Osho e os grandes mestres nos ensinaram.

Paz e luz…

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s