Arquivo do mês: setembro 2016

O amor é alado

Por Isaias Costa

coracao-alado

Quanto mais o tempo passa e vou amadurecendo, mais eu tenho percebido que o amor profundo e verdadeiro tem uma relação estrita com a LIBERDADE. É por essas e outras que o grande Raul Seixas cantava: “O amor só dura em liberdade”…

Farei uma breve reflexão sobre o amor que dá asas e deixa a outra pessoa livre para seguir seu caminho inspirado numa frase magnífica do mestre Rubem Alves. Veja!

“Aprendo que o amor nada tem a ver com apego, segurança ou dependência, embora tantas vezes eu me confunda. Não adianta querer que seja diferente: o amor é alado.”

Rubem Alves

*************

Infelizmente, a grande maioria das pessoas confunde amor com esses três sentimentos que são destrutivos: APEGO, SEGURANÇA e DEPENDÊNCIA.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Nunca confunda franqueza com sinceridade

Por Isaias Costa

485122882.690x460

Lembro que tempos atrás estava ouvindo o professor e filósofo Mario Sergio Cortella na rádio CBN e ele falava sobre a diferença crucial que existe entre você ser franco e ser sincero. Muita gente confunde as duas posturas, mas elas são absolutamente diferentes e vou fazer uma breve reflexão inspirado no que ele disse. Não tenho o link para compartilhar porque não o encontrei.

Basicamente a diferença entre FRANQUEZA e SINCERIDADE está na forma como você fala. Ser franco é você falar tudo o que tem para falar, mesmo que seja a mais absoluta verdade, mas você muitas vezes não faz um bom filtro dessas palavras para não magoar as pessoas.

Ser sincero é você falar o que tem para falar, mas sendo cauteloso como as palavras, sendo comedido e observando com atenção quem vai ouvir essa mensagem.

Em outras palavras, ser sincero é muito superior a ser franco.

Eu gosto muito de conhecer as raízes das palavras e acho linda a raiz da palavra SINCERIDADE, que significa “sem cera”, ou seja, a cera é uma forma de esconder ou disfarçar algo que se queira mostrar para os outros. Então uma pessoa sincera é alguém que não veste uma máscara feita de cera! Não é interessante?

Vou dar um exemplo bobo para que você entenda como é bem melhor ser sincero do que franco.

Você tem um amigo ou amiga e não vê há um bom tempo e percebe que essa pessoa engordou. Conversando com essa pessoa, ela diz que está se achando gordo(a). Uma pessoa franca vai dizer assim: “Realmente! Parece que você está comendo amarrado(a)”, que é isso meu Deus!”. Uma pessoa sincera vai dizer assim: “Talvez você tenha engordado porque estava passando por um momento de muita ansiedade, mas basta balancear mais a alimentação e aumentar as atividades física que logo você vai perder uns quilos. Eu gosto de correr uns dias na semana, por que não vem comigo?”.

Então? Percebe a diferença? As duas pessoas confirmaram que o amigo ou amiga estava mais gordo(a), mas um foi franco e acabou sendo desrespeitoso e outro foi sincero e polido com as palavras e a forma de dizer.

Eu tenho exercitado o tempo todo essa linguagem mais polida porque sei que cada vez mais as pessoas estão cheias de feridas emocionais, estão sofrendo, estão traumatizadas, e nessa hora, ser franco muitas vezes só faz piorar as coisas.

Eu já fui muito franco e tive que levar umas “lapadas” da vida para aprender, como se diz popularmente!

Sabe quem são as pessoas que normalmente são mais francas? As pessoas IMPULSIVAS, elas falam sem pensar muito sobre o que vão dizer, sem ponderar as palavras, e acabam muitas vezes falando demais ou falando o que não deviam.

Se você é uma pessoa impulsiva, como sempre recomendo por aqui. Procure serenizar mais, procure silenciar mais os seus pensamentos através de alguma meditação. Garanto que vai lhe fazer muito bem…

* Sugestão de leitura => A impulsividade surge nas mentes reativas

Portanto! De agora em diante, procure ser mais sincero e menos franco. A franqueza é sim uma qualidade, desde que esteja acompanhada de muita ética e bom senso!

13754612_1032861460094214_1915756781236698981_n

 

7 Comentários

Arquivado em Uncategorized

A fonte da juventude

Por Isaias Costa

lya-luft-696x421

Lya Luft e seus muitos livros…

É com grande alegria que apresento aos leitores o meu primeiro texto inspirado nas palavras da querida professora e escritora Lya Luft. Falarei um pouquinho sobre o que ela considera ser a FONTE DA JUVENTUDE, o que concordo plenamente! Veja só!

*****************

“A fonte da juventude chama-se mudança. De fato, quem é escravo da repetição está condenado a virar cadáver antes da hora. A única maneira de ser idoso sem envelhecer é não se opor a novos comportamentos, é ter disposição para guinadas. Toda mudança cobra um alto preço emocional. Antes de se tomar uma decisão difícil, e durante a tomada, chora-se muito, os questionamentos são inúmeros, a vida se desestabiliza. Mas então chega o depois, a coisa feita, e aí a recompensa fica escancarada na face. Mudanças fazem milagres por nossos olhos, e é no olhar que se percebe a tal juventude eterna. Um olhar opaco pode ser puxado e repuxado por um cirurgião a ponto de as rugas sumirem, só que continuará opaco porque não existe plástica que resgate seu brilho. Quem dá brilho ao olhar é a vida que a gente optou por levar.”

Lya Luft 

******************

De fato, a fonte da juventude se chama MUDANÇA. Quando você começa a achar que a vida está monótona, que não tem mais nada para ser feito, que já cumpriu tudo que tinha que cumprir, que todos os dias são os mesmos… Vixe! Você está decretando que está morrendo, que está perdendo o encanto pela vida.

Em cada momento, em cada minuto existe algo novo, existe um novo ar, uma nova esperança e novas experiências para serem vividas. Porém, é preciso que nós estejamos dispostos a isso, é preciso cultivarmos dentro de nós a CURIOSIDADE, a vontade de APRENDER COISAS NOVAS ou mesmo de APRIMORAR o que já sabemos fazer bem!

Eu, por exemplo, já li até esse momento algo em torno de uns 1000 livros e sinto que uma vida com uns 100 anos não serão suficientes para ler todos os livros que tenho vontade de ainda ler. Esse tipo de pensamento é o que faz a vida seguir com JOVIALIDADE. Fico feliz que bem cedo eu aprendi isso.

Procure fazer esse exercício hoje! Pense em algo que você gosta e que sabe que mesmo com décadas a fio, você não conseguirá concluir porque não dá tempo! Esse é um dos ingredientes dessa fonte da juventude. Pense um pouquinho sobre isso OK?

Eu gosto muito de conhecer as raízes das palavras, e uma bem interessante é CURIOSIDADE. Ela tem a mesma raiz da palavra CURA, que significa “cuidado”, “cultivo”. Ou seja, se eu tenho em mim curiosidade, eu me curo da MESMICE, tenho cuidado com o meu TEMPO, cultivo coisas boas e por conta disso acabo vivendo muito mais! Não é incrível?

Enfim! Guarde essas palavras: A CURIOSIDADE É A CURA PARA A MESMICE.

Quando você tem curiosidade, naturalmente se abre para as MUDANÇAS que a vida oferece o tempo todo e deixa o seu olhar sempre vivo e brilhante, como tão bem a Lya coloca: “Quem dá brilho ao olhar é a vida que a gente optou por levar.”

Que vida você optou por levar? Essa é uma pergunta bem profunda que lanço hoje! Pense um pouquinho sobre ela e saiba que uma escolha feita com amor, de coração, desejando crescer, aprender mais, amadurecer, certamente será a escolha que lhe proporcionará viver mais e melhor, cultivando a saúde, como falei no outro parágrafo.

Enfim! Esse pequeno texto foi escrito para lhe motivar a alimentar essa FONTE DA JUVENTUDE através de novos aprendizados, vivências, de abertura para o desconhecido… Tudo isso lhe ajudará a viver bastante, com jovialidade, saúde e brilho no olhar…

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Olhe para o espelho antes de olhar pela janela

Por Isaias Costa

999746__shadow_p

Li algumas palavras da querida psicóloga Flavia Melissa que me fizeram refletir bastante sobre a importância de aprendermos a nos valorizar de verdade, através do mergulho no autoconhecimento.

Acredito que não exista um objeto que retrate tão bem o autoconhecimento do que o ESPELHO. Quando olhamos para o espelho, ele reflete exatamente a mensagem que expressamos no rosto. E a vida se dá dessa maneira, a gente sempre recebe a energia que emana.

Vamos ao seu pequeno texto!

********************

“Existem duas formas de se viver a vida: amor e medo. Enquanto você sentir medo de ser quem você é, do que habita o seu interior, da sua sombra e da sua luz, a Universo inteiro vai se mobilizar para fazer com que você volte a ser inteiro – e vai te esfregar na cara mais do mesmo. Pessoas que você vai odiar porque elas te lembram um você que você preferiria não ser, e pessoas que você vai idolatrar porque te fazem enxergar o potencial adormecido que existe dentro de você, apenas esperando para ser transbordado e compartilhado.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized