Empatia

Por Simone Oliveira

2769508351

Bem amigos! É com imensa alegria que apresento a vocês o primeiro texto para o blog da minha querida amiga Simone Oliveira, que vem abrilhantar esse espaço com reflexões bonitas e importantes para a nossa vida.

Que suas palavras ajudem você a nutrir esse nobre sentimento de empatia e pouco a pouco você leve a empatia para cada pequena atitude do seu cotidiano…

*************

Empatia é um sentimento engraçado. Eu sempre me deparei pensando que não haveria sequer possibilidade de existir alguém, no mundo, que sentisse identificar-se e ter compaixão das pessoas tanto quanto eu.

E, mesmo assim, e creio que mais ainda por isso, eu tentei esconder de todas as maneiras possíveis aquilo que eu sentia, expondo apenas ao ver que a outra pessoa realmente precisava da minha ajuda.

Eu não sabia que isso se chamava empatia, até descobrir que, sim, essa era a palavra que me calhava – e não só isso – tive a felicidade de perceber que não era a única! Havia milhares de indivíduos no mundo sentindo o mesmo.

Desculpe, mas só quem sente – como eu – consegue reconhecer que vai muito além de uma constante benevolência de espírito ou de uma simples comparação entre a minha felicidade momentânea e a dor e o sofrimento do próximo sentindo-se, assim, comovido ou emotivo. Não, isso é mais profundo.

Talvez possa definir como um eterno amigo imaginário dentro da minha consciência dizendo coisas do tipo: “Ao falar com esse fulano, esqueça seus problemas e apenas se concentre nele. Ele precisa ser ouvido, entendido nas suas opiniões e gostos e precisa, acima de tudo, ser aceito do modo que é! Então faça isso”!

E, sim, eu faço isso automaticamente. Não importa a situação, não importa com quem, não importa idade, sexo, cor, religião, classe social, estatura etc., não importa MESMO!

Porém, nunca ouvi um “Puxa vida, eu estava precisando disso.”, ou um “Obrigada pelo seu sorriso!”, ou “Nossa, você é muito gentil, grata por me ouvir”.

Inexplicavelmente quando se é empático, tanto com a dor e amargura quanto com os feitos de realização do outro, não se recebe nada em troca.

Essa talvez seja a parte mais difícil para nós, os empáticos: termos de nos acostumar à falta dessa qualidade, tão abundante em nós, nos outros.

euSimone Oliveira. Santos-SP. Bacharel em Engenharia Civil por formação e escritora por gosto. Estuda para concursos e se dedica às aulas particulares de exatas, ao namorado, à família e às suas atividades na igreja. Ainda não descobriu seu propósito na vida, mas tem certeza de que tem um. Pede que Deus a guie por esse caminho até a sua volta.

Anúncios

5 Comentários

Arquivado em Uncategorized

5 Respostas para “Empatia

  1. Fabiana Kelly

    Chocada… !
    Vc é como eu e em tudo!!! Exatamente assim… Por anos me odiei por ser assim, mas aí Deus me cobrou, mostrou… Conheci esse blog, e com o Isaías (ele nem sabe que eu existo, RS) comecei a caminhada do amor próprio, e do auto conhecimento. Ler suas palavras me encheu de alegria. Como é bom saber que não sou uma alienígena…Kkkk
    Paz e LUZ !

  2. Pesadíssimo. Tentando ser empático com você nesse momento, de todos os meus estudos, nunca tinha me deparado com uma história como essa.

    Gostaria de ouvir mais! Grande abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s