Arquivo do mês: janeiro 2017

Eu quero me curar de mim

Por Isaias Costa

autoconhecimento

É com grande alegria que inicio o ano de 2017 trazendo uma reflexão que considero extremamente importante, a HUMILDADE.

Sei que você que está me lendo agora tem o desejo de se tornar uma pessoa melhor e isso passa de imediato pelo exercício da humildade.

Muitas vezes o nosso ego quer nos pregar peças nos dizendo internamente que somos muito bons, que somos muito virtuosos, que somos melhores do que os outros etc. etc.

Nessa hora a gente precisa baixar a nossa bola e reconhecermos o quanto erramos, o quanto falhamos e quanto ainda temos que aprender e melhorar a cada dia.

O que me inspirou a escrever esse texto foi um vídeo magnífico que assisti na passagem do ano. Um breve vídeo que traz o depoimento de vida da querida Flaira Ferro, cantora e dançarina de Pernambuco.

Compartilho abaixo o vídeo para que você assista e também a transcrição da parte que achei mais impactante e profunda nas suas palavras.

“Isso foi muito arrebatador pra mim porque eu vi que através da arte eu estava acessando as pessoas num lugar um pouco mais profundo do que já tinha vivido até então.

E isso passou a fazer muito mais sentido pra mim enquanto artista. A motivação agora não era mais ser aplaudida, nem o deslumbramento e a ilusão que o palco traz, mas sim a conexão de fato com a minha verdade, que automaticamente vai ressoando com a verdade das outras pessoas que buscam uma escuta verdadeira.

E nesse processo, o que ainda é muito novo pra mim, ei tirei algumas conclusões e uma delas é a de que eu encontrei na minha fragilidade a minha força, descobri que a tristeza e as dores, elas podem ser otimizadas, porque elas são verdadeiros antídotos para a hipocrisia. Descobri que querer mudar é viver constantemente num exercício de humildade porque a gente vive num mundo que se estimula a competição, o individualismo, a vaidade.

Então querer mudar é ir contra isso diariamente e contra as nossas próprias sombras.

E percebi que ter consciência das nossas sombras é ter liberdade de escolha para conduzir os pensamentos, para conduzir as relações ao nosso redor.

Hoje, para mim, faz muito mais sentido, pensar numa arte que tenha um caminho altruísta, inclusivo e que é a ideia daquela frase: “sozinho a gente vai mais rápido, em grupo a gente vai mais longe.”

E é esse longe que hoje me interessa enquanto artista e acredito que através da arte a gente pode sim convidar mais pessoas a repensarem como que tem conduzido as suas escolhas até aqui. Pra gente se despir, de fato, de todas as máscaras que a vida vai colocando e que a gente vai absorvendo. E se conectar, de fato, com o que a gente é de verdade.

Eu quero me curar de mim…

Flaira Ferro

*******************

São palavras lindíssimas e muito verdadeiras. O título dessa música que ela cantou é a mais pura verdade: EU QUERO ME CURAR DE MIM.

Perceba o QUERO! É preciso antes de tudo querer mudar, querer ser melhor, e querer implica estar motivado a se curar. Não existe o “gostaria”, existe o “quero”, que leva para o “vou”.

Quanto mais o tempo passa e eu vou amadurecendo, mais fica evidente na minha vida que não são as palavras em si que podem contribuir para ajudar na mudança das outras pessoas, mas a nossa verdade contida por trás delas.

Eu tenho procurado cada vez mais ser transparente na minha vida, e aqui com os textos não é diferente. Procuro me desnudar e falar sobre os meus medos, minhas fragilidades, minhas falhas, meus defeitos e o quanto estou disposto a trabalhar em cada um deles para ser uma pessoa melhor.

É uma alegria para mim ver que cada vez mais pessoas se sentem tocadas pelo que escrevo, e sinto que isso se dá exatamente porque não visto máscaras, não incorporo um personagem. NÃO. Em sou um ser humano igual a todo e qualquer ser humano, que cai, que erra, que se machuca, mas que está sempre disposto a levantar de novo e de novo!

Que essa reflexão brilhante da Flaira Ferro lhe ajude a se curar de você mesmo, daquilo que são sombras e que precisam ser iluminadas pela luz da consciência.

Comece o ano de 2017 com esse desejo de ser uma pessoa um pouquinho melhor a cada dia e se determine por caminhar nesse sentido. Garanto a você que com determinação, com esse QUERER MUDAR, você se tornará de fato, uma pessoa melhor a cada dia, com humildade no ser, com amor no coração e com o desejo de ser altruísta e inclusivo, como tão bem nos coloca a querida Flaira!

Compartilho também um breve áudio que gravei inspirado nessa linda música dela, que é riquíssima de ensinamentos sobre a vida e sobre querer ser uma pessoa melhor…

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Os 10 textos mais lidos em 2016

Por Isaias Costa

03

2016 foi um ano desafiador para todos nós! Estarmos aqui, em 2017, depois de tudo que ocorreu ao longo de 2016, é motivo de sobra para agradecermos e pedirmos a Deus luzes para encararmos mais um ano que virá com novos desafios.

Compartilho abaixo os 10 textos mais lidos ao longo do ano de 2016. Textos muito impactantes e que tiveram repercussões incríveis, inclusive alguns deles tive a honra de terem sido republicados em grandes sites como “O Segredo”,  “Conti Outra” e “Verdade Mundial”.

Eu me sinto imensamente grato por ver os textos que escrevo alcançando cada vez mais pessoas! Que em 2017 eles alcancem ainda mais gente.

Se você ainda não leu, aproveite para ler, comentar, compartilhar com seus amigos! Esse interação é sempre muito bem vinda.

FELIZ 2017 para todos nós…

1) Sylvester Stallone- Uma história de superação

Esse pequeno texto conta como foi sua trajetória desde quando não era conhecido e passou por dificuldades imensas para começar sua carreira de ator e marcar seu nome para sempre entre os grandes astros de Hollywood. Uma história emocionante e inspiradora para todos nós…

Clique aqui para ler o texto completo

2) Cada pessoa tem um tempo na nossa vida

Esse é um tema especial sobre relacionamentos afetivos e amorosos, revelando o que tanta gente tem dificuldade de entender, que é o tempo em que as pessoas que gostamos ficam ao nosso lado.

Entender profundamente que cada pessoa tem um tempo na nossa vida e que raramente alguém surge para nos acompanhar por toda a vida é absolutamente libertador. Esse foi um dos textos que mais gostei de ter escrito…

Clique aqui para ler o texto completo

3) A síndrome do coitadinho

Esta é uma síndrome que, infelizmente, ataca um número muito grande de pessoas pelo mundo todo. Quem sofre esse mal do coitadismo são aquelas pessoas que se acham vítimas das circunstâncias, que têm a doce ilusão de que seus problemas são maiores do que o das outras pessoas etc. Conhece gente assim? Então não deixe de ler esse texto…

Clique aqui para ler o texto completo

4) A mediocridade das pessoas

Neste texto eu explico o que é a mediocridade e quais são as características mais comuns das pessoas medíocres, que infelizmente, compõem a maior parte da nossa sociedade. Este texto serve como um alerta para quem tem alguma das características, para que pense, reflita e busque mudanças de atitude e comportamento. Vale muito a pena a sua leitura…

Clique aqui para ler o texto completo

5) A relação entre amor, ódio e indiferença

Esse foi um texto escrito com muita sinceridade, mostrando a partir da minha própria experiência de vida a diferença entre amor, ódio e indiferença, e das três, o quanto a indiferença consegue ser a mais complicada de se lidar. Devemos cuidar da nossa vida para cultivarmos muito mais amor, para que nem ódio nem indiferença prevaleçam sobre ele…

Clique aqui para ler o texto completo

6) O verbo esperançar

Esse foi um texto inspirado nos mestres Paulo Freire e Mario Sergio Cortella, no qual falei sobre um conceito que o querido Paulo Freire sempre falava, que é o verbo esperançar, que é diferente de espera do verbo esperar. Quem espera do verbo esperançar possui a chamada esperança ativa, que pode contribuir para a melhoria do nosso país e consequentemente do mundo todo…

Clique aqui para ler o texto completo

7) A beleza da simplicidade

Como costumo dizer a todas as pessoas, a simplicidade é a revelação de um ser que está em evolução espiritual. Quanto mais simples uma pessoa, mais sábia ela vai se tornando.

Esse texto fala sobre a beleza das coisas mais simples, que preenchem a nossa vida e dão um sentido muito mais profundo do que o que costumam vender como “fonte de felicidade”…

Clique aqui para ler o texto completo

8) Por que existem tão poucas pessoas iluminadas? 

Esse é um texto bem questionador, porque hoje em dia muito se tem falado sobre os seres iluminados como Jesus Cristo e Buda e o quanto é raro surgir alguém com uma consciência tão avassaladora.

Nesse texto eu faço esse questionamento: Por que existem tão poucas pessoas iluminadas? Você vai entender que faz todo sentido serem poucas pessoas, pois trata-se de um longo e árduo caminho até atingir tamanha consciência. Esse foi um texto que fiquei muito feliz em ter conseguido sintetizar tantas informações em poucas palavras. Confira…

Clique aqui para ler o texto completo

9) O risco de querer agradar a todos

Existem um número imenso de pessoas que sofre do mal de querer agradar a todos, e por isso se amarguram, estressam, entristecem e chegam mesmo até a ficar doentes. Eu me inspirei no mestre dos mestres Jesus Cristo para escrever esse texto. Em minha opinião, ninguém conseguiu ensinar com mais perfeição do que ele o quanto querer agradar a todos pode ser perigoso…

Clique aqui para ler o texto completo

10) Mente vazia é oficina do diabo?

Esse foi outro texto bem questionador, porque desde pequenos fomos condicionados a acreditar que esse ditado é verdadeiro, sendo que isso não é verdade. Inspirado nas sábias palavras do místico oriental Osho, falei de uma forma bem simples e objetiva que a mente vazia é o princípio do caminho para nos tornarmos indivíduos, para pensarmos e agirmos por conta própria, e não mais pelo que os outros acham certo ou o sistema vigente ache que é certo.

Vale a pena reservar uns minutinhos para a sua leitura…

Clique aqui para ler o texto completo

 

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized