Como lidar com explosões emocionais?

Por Isaias Costa

raiva-1

Ontem, 07/02/17, houve um hangout muito interessante feito pelo grupo do site O Lugar, que fala sobre temas voltados para o autoconhecimento e transformação interior. Site esse que sempre recomendo aos amigos!

Nesse vídeo, que compartilharei ao final desse texto, tem um trecho que me chamou bastante atenção na qual a Eve Ekman ( pesquisadora de regulação emocional e professora do programa Cultivating Emotional Balance (CEB)) falava sobre EXPLOSÕES EMOCIONAIS e como lidar com elas.

Abaixo está a transcrição desse trecho do vídeo…

**************

Pergunta: “Como lidar com explosões emocionais?”

Resposta da Eve Ekman:

“Ao lidar com explosões emocionais, é muito importante sair da cabeça e focar no corpo. Shantideva diz que pensar sobre as nossas emoções é como colocar querosene no fogo. Na verdade, nosso corpo é capaz de sentir a emoção e liberar a emoção se nossa mente não ficar acionando a história repetidamente.

Uma vez que nós tenhamos liberado a intensidade, aí sim aplicamos o microscópio de nossa mente para analisar a causa e como podemos agir.

Há várias práticas contemplativas (parecidas com o escaneamento do corpo) que nos ajudam a sentir as emoções passarem pelo corpo, observando as sensações táteis.

************

Eu achei muito profunda e impactante a colocação da Eve Ekman. Se todos nós de fato colocássemos em prática o que ela propõe de forma tão simples, pode ter certeza que mais da metade dos consultórios de Psicologia, Psiquiatria e Psicanálise ficariam vazios e quase a totalidade da indústria farmacêutica perderia os seus lucros exorbitantes.

Não é exagero da minha parte! Essa é uma verdadeira transformação de vida, a grande questão é que são poucos os que estão dispostos a colocar tudo isso na prática da vida diária.

Antes de tudo é preciso diferenciar EMOÇÕES de SENTIMENTOS.

Quase todo mundo se embanana com essas duas definições. Vou tentar diferenciar da forma mais didática possível.

Emoção é aquilo que me desperta reações internas, e pode ter diversas naturezas. Por exemplo, algumas emoções são: euforia, alegria, raiva, tristeza, susto etc.

Sentimento é quando alguma emoção é evidenciada pelo corpo através dos sentidos. Por exemplo: eu posso assistir a um filme de drama e ter a emoção de tristeza e essa tristeza se transforma em um sentimento e então eu começo a chorar. Esse choro é um sentimento de tristeza.

Ou eu posso assistir a um filme de terror e ter a emoção do medo ou do susto. Então esse medo se transforma em um sentimento e com isso sinto calafrios, sinto palpitações no coração. Esse foi o sentimento gerado pela emoção do medo causado pelo filme!

Percebe como é bem diferente? Sabendo disso eu posso controlar as minhas emoções negativas, para que assim elas não se manifestem como sentimentos no meu corpo.

É isso o que as práticas meditativas propõem. Que você controle as emoções e assim tenha mais EQUILÍBRIO EMOCIONAL. Não é interessante?

O primeiro parágrafo já resume tudo. Perceba! Com as práticas meditativas eu posso fazer com que as emoções simplesmente passem através de mim sem que se tornem sentimentos difíceis de lidar. O pensamento é o grande entrave, porque ele alimenta essas emoções e as transformam em sentimentos, entende? O pensamento me leva a sair do momento presente, do AQUI e AGORA e me leva pro passado ou pro futuro! Daí eu saio do meu centro de equilíbrio!

Um exemplo categórico é a RAIVA.

Eu posso ter a emoção da raiva e ela pode percorrer todo o meu corpo. Se eu não trabalhar minhas emoções essa raiva vira um sentimento e então eu me torno ríspido com as palavras, beligerante com os gestos ou mesmo com o meu comportamento, podendo até mesmo ser violento com alguém.

Porém, se eu trabalho as minhas emoções nesse controle da emoção da raiva, eu simplesmente OBSERVO que estou com raiva, então medito sobre essa emoção, então aos pouquinhos eu jogo toda essa energia para o universo e ela não se transforma nesse sentimento danoso de raiva de outra pessoa!

Da mesma forma que é com a raiva pode ser com outros sentimentos, como o CIÚME.

Eu vejo minha namorada ou namorado conversando abertamente com outra pessoa. Nessa hora a emoção de achar que está havendo algum “lance” entre os dois pode vir! É bem comum isso! Mas com o controle das emoções eu posso respirar fundo e depois conversar cordialmente e saber um pouco mais sobre quem é tal pessoa!

Muitas vezes se trata apenas de um amigo ou amiga e nós estamos apenas “surtando”!

Com esses poucos exemplos, acho que deu pra você perceber o quanto é importante o que a Eve Ekman está transmitindo não é mesmo?

Portanto! Procure meditar mais, procure se interiorizar mais, para que sua SENSIBILIDADE cresça e você consiga controlar suas emoções para que dessa forma elas nunca se transformem em sentimentos autodestrutivos ou deletérios.

Desejo a você uma excelente prática desses ensinamentos. Falo isso com bastante ênfase porque de nada adianta você ler esse texto e simplesmente dizer: “Que texto bacana!”. NÃO. Nada disso! Agora é hora de você “colocar a mão na massa” e exercitar tudo isso ok?

E para continuar refletindo sobre esse e outros assuntos, convido você a assistir esse hangout completo! Segue o link abaixo. Paz e luz…

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “Como lidar com explosões emocionais?

  1. regina

    Saudações… Adoro seus textos que se comunicam com a Alma. Você acha que as CRENÇAS são as Emoções Internalizadas e concretizadas?

    • Bem! As crenças, como o próprio nome nos diz, está mais relacionado com os pensamentos do que com as emoções ou sentimentos. Crença vem de ACREDITAR, de ter FÉ em algo, portanto, existe muitas associações mentais envolvidas. Porém, as crenças certamente interferem nas nossas emoções, principalmente quando eles são chocadas com crenças totalmente diferentes, o que gera conflitos internos, que se não trabalhados, podem até mesmo se transformarem em doenças no corpo físico!
      Está tudo inter-relacionado! Sabendo disso, mais do que tudo é importante que questionemos se as nossas crenças não são limitantes ou castradoras, para que nos libertemos de todas elas e cresçamos em consciência e amor!
      Grande abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s