A diferença entre arrependimento e remorso

Por Isaias Costa

arrependimento

O grande psiquiatra e escritor Flavio Gikovate, falecido em 2016, escreveu com uma imensa clareza e didatismo a diferença substancial que existe entre remorso e arrependimento. Transcrevo abaixo suas palavras e farei em seguida uma breve reflexão a partir delas…

****************

As palavras “remorso” e “arrependimento” são, muitas vezes, tratadas como sinônimos. Penso que elas descrevem sentimentos muito diferentes.

Remorso implica sempre uma tristeza derivada de nos sentirmos causadores de um dano indevido a alguém: é sinônimo de sentimento de culpa.

Arrependimento tem a ver com algo que fizemos e que não nos trouxe o resultado esperado: não envolve obrigatoriamente um dano a terceiros.

A pessoa se arrepende de ter feito um mau negócio imobiliário, de ter escolhido mal o local de suas férias, de não ter estudado para uma prova…

O remorso sempre vem acompanhado de arrependimento; trata-se de uma tristeza dupla: a do erro cometido e a do dano indevido causado a alguém.

O arrependimento não obrigatoriamente se acompanha de remorso, já que nem todos sentem culpa, além do fracasso nem sempre envolver terceiros.

Os que lidam bem com a dor derivada do arrependimento são mais ousados em suas empreitadas: se arriscam mais e têm mais chance de sucesso.

Pessoas que sentem remorso (culpa) tendem a ser mais cautelosas e prudentes em suas ações. Em certos aspectos, tornam-se menos competitivas.

****************

E eu completo essa explicação dele lhe advertindo que o sentimento de arrependimento é muito mais frutuoso do que o de remorso. Inclusive pelo etimologia da palavra remorso fica mais fácil entender o porquê.

Remorso vem do latim remordere, que significa “morder de novo”. Seria como uma mordida na consciência! Não é interessante? Se você observar, quando uma pessoa está com muito raiva ou com muito medo, é bem comum ela morder os dentes de tal maneira que podemos ver o movimento de contração dos músculos da mandíbula, não é mesmo?

Já arrependimento vem do latim poenitere, que significa “sentir mágoa por uma má ação”, e complementando! Mágoa tem essa ligação fantástica, veja só! MÁGOA = MÁ+ÁGUA. Ou seja, é como se dentro de você estivesse fluindo uma água suja, uma água que leva energias ruins para todos os seus órgãos!

O arrependimento leva você de verdade à uma reflexão, porque é um sofrimento consciente. Você tem consciência de que fez algo ruim e está completamente disposto a mudar, a fazer diferente!

O remorso muitas vezes deixa a pessoa paralisada e até mesmo doente! O próprio Gikovate coloca que o remorso vem acompanhado do arrependimento, e realmente é assim! A pessoa fica remoendo sua dor e sua culpa, ela gera mágoas que fazem com que essas “más águas” cheias de energias negativas circulem dentro de você! O que isso acaba gerando? DOENÇAS no corpo físico!

Portanto! O que devemos fazer é de fato evitar o sentimento de remorso, porque ele só faz mal a gente mesmo e só perdemos com ele. Já o arrependimento sincero e consciente é um processo lindo de elevação da nossa consciência!

A cada vez que eu me arrependo profundamente, aquele erro cometido nunca mais se repetirá e uma nova pessoa começa a surgir, com mais recursos, mais feliz e mais amadurecida também…

Paz e luz.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “A diferença entre arrependimento e remorso

  1. Anônimo

    Me ajudem aqui com a minha namorada?
    Hoje ela me chamou pra ir passear na praia, eu fui porque queria ser legal , quando estávamos lá, ela ficou jogando água em mim, eu disse pra ela parar porque não gostei da brincadeira, mas ela estava rindo e nem ligou, continuou jogando água em mim, até que eu fiquei bravo, eu fui na direção dela e empurrei ela na água, ela caiu quando ela estava no chão eu dei um chute nela e ela ficou lá caída toda fud.ida pedindo desculpas, mas eu estava bravo, ai eu mandei ela se f.oder e fui embora e deixei ela lá. Agora ela me liga, pedindo desculpas, mas eu xinguei ela de novo e desliguei o telefone … o que vocês acham? eu termino ou tento de novo?

    No dia seguinte eu fui a praia para esfriar a cabeça e tomar um pouco de ar pra esquecer o que aconteceu ontem quando reparei um monte de pessoas e o pessoal do salva vidas no local, pois alguma coisa de grave tinha acontecido. Fiquei ao mesmo tempo preocupado e curioso e corri até lá. E quando eu vi que era a minha namorada, entrei em pânico, me apoiei sobre o ela e chorei muito, dizendo que sentia muito. Mas os guarda vidas me tiraram de cima dela e me afastei um pouco mais longe. A minha pequena estava desmaiada e inconsciente, recebia os primeiros socorros, respiração boca a boca tudo isso, pois engolia muita água, mas ela conseguiu expelir o líquido e foi levada as pressas ao hospital. Depois de toda aquela confusão, fui rapidamente embora pra casa e foi aí que eu senti um pingo de remorso. Mais tarde fui para o hospital e dei de cara com os pais dela que estavam horrorizados porque sabiam o que tinha acontecido. Perguntei para o médico como a minha namorada estava, ele disse que ela está bem e em observação, que iria pra casa amanhã. Fiquei aliviado e agradeci a Deus por não acontecido o pior com a minha pequena. Só que a mãe dela me disse que ela tinha ido para a praia muito magoada e que ao se lembrar do que aconteceu entrou na água de roupa e tudo e foi para o fundo quando se afogou. O médico nos explicou tudo, dizendo que não foi acidente. Eu não entendi nada, pois a minha namorada nunca teria feito uma loucura dessas de propósito. Ele disse que ela tinha tentado se matar! Eu fiquei desesperado e o pai dela jogou na minha cara que é tudo culpa minha, que eu coloquei a vida da filha dele em perigo, que eu deveria ter cuidado mais dela e que a partir daí eu nunca mais chegaria perto dela. Me chamou de irresponsável, babaca, imbecil Eu saí do hospital apavorado e cheguei a conclusão de que perdi a minha menina pra sempre. Ela arriscou a própria vida e quase morreu por minha causa. Foi por causa da minha estupidez e agressividade e assim decidi me afastar dela e seguir a minha vida!

    • Bem meu amigo. Essa foi uma história bem pesada. Eu percebi claramente que você se excedeu com ela. Não precisava ser estúpido com ela. Aliás. Quando amamos não conseguimos ser estúpidos. Por isso, quero lhe questionar. Será que você a ama mesmo?
      Você precisa lhe pedir perdão com toda a humildade se quiser voltar com ela e tomar uma decisão por ser diferente daqui pra frente. Se você não fizer isso, sinto lhe dizer, mas você sofrerá bastante, e nem é tanto pelo fato de estar ou não com ela, isso é secundário. É porque você não estará bem por dentro, estará com aquela água suja e parada acumulando mosquitos e doenças.
      Não adie esse perdão e essa mudança de postura! Quanto antes você fizer isso melhor.
      E claro! Leia mais sobre autoconhecimento. Esse blog pode lhe ajudar imensamente, pois todos os textos são voltados para essas reflexões profundas sobre a vida.
      Abraço e melhoras para ti!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s