Autoestima, propósito e amor

Por Simone Oliveira

Há alguns dias não sinto vontade de escrever. Aliás, a consciência pesa, eu sei que preciso, mas simplesmente não consigo. Abro o arquivo, olho a folha em branco e nada vem à mente. Mesmo assim sinto que tenho a responsabilidade de escrever algo a alguém.

Cheguei à conclusão de que durante esse período em que estive produzindo textos pro blog amadureci, algumas fichas caíram dentro da minha cabeça e consegui me livrar de diversas questões que atrapalhavam a minha caminhada, tornando-a mais pesada do que deveria ser. Conversei com pessoas próximas a mim, tive coragem de expor opiniões que até então não tinha dito e que me amargavam por dentro e não me senti julgada pela primeira vez. Adquiri apoio e confiança de quem importava e isso me tranquilizou. Com as dificuldades resolvidas, me tornei mais calma e feliz, vivendo um dia de cada vez, não me cobrando além do necessário e fortalecendo a minha autoestima; pensando de formas que nunca havia pensado, lido muito melhor com os outros e passo confiança nas minhas atitudes. Sabendo me posicionar, adquiro mais respeito.

É claro que não são todos os dias que me sinto bem, radiante e inabalável, mas aprendi que altos e baixos acontecem, e que eu posso amenizá-los pela maneira como lido com isso.

Recentemente aprendi que certas posições corporais refletem emoções negativas e tenho procurado me policiar para não adotá-las por muito tempo. Em vez disso, passo alguns minutos olhando para cima, lembrando de momentos alegres e em poses “de poder”. Tem funcionado muito bem. Especialistas afirmam que os níveis hormonais do corpo são alterados conforme imitamos determinadas posturas (para saber mais sobre, assista ao vídeo abaixo).

pessoas poderosas

Oprah Winfrey e Mick Jagger em posições de poder

mulher poderosa

A pose da Mulher maravilha

Outros hábitos saudáveis como a boa alimentação e exercícios físicos são verdadeiros remédios naturais sem contraindicações, capazes de transformar o humor de quem os toma quase imediatamente.

Separar um tempo para cuidar da pele, cabelos e unhas pode fazer milagres interiores, e como eu nunca fui vaidosa, não valorizava o tempo perdido com a aparência, mas aos poucos fui entendendo que o modo como nos comportamos tem muito a ver com o quanto cuidamos de nós, inclusive do exterior.

mulher elegante

Mas, tudo o que foi dito até agora de nada valeria se nessa vida não houvesse um propósito. Afinal de contas, para que me sentir bem, pensar como eu penso e agir como eu ajo, se não há sonhos, objetivos e um propósito por trás das ações? Qual é o sentido de estarmos aqui? Para que lutar, então?

Eu encontrei o meu objetivo. É algo simples, dito por quem já mostrou ser o próprio significado da palavra amor – Jesus, meu Deus. E a vontade dEle aqui na Terra para seus filhos foi de que espalhássemos sua mensagem através dos milhões de meios de comunicação existentes, e que, com a sabedoria dada por Cristo, ainda que em silêncio, pudéssemos mostrar o plano que Deus tem para a vida de cada ser humano nascido.

amor pelo Cristo

Partilhar a vida e as metas com Deus é uma experiência única, que só pode dar certo, porque Deus não erra e Ele sabe de todas as coisas, pode todas as coisas e cura cada ferida emocional já deixada. Ele é quem escuta as lamentações, espera que contemos nossas falhas e quer nos moldar para sermos perfeitos como Ele é.

“Tenha cuidado com o que você pensa, pois a sua vida é dirigida pelos seus pensamentos. Olhe firme para frente, com toda a confiança; não abaixe a cabeça, envergonhado. Pense bem no que você vai fazer, e todos os seus planos darão certo. Evite o mal e caminhe sempre em frente; não se desvie nem um só passo do caminho certo. ” Provérbios 4:23;25-27.

Cristo não se alegra de ver seus seguidores julgando uns aos outros e se importa com a autoestima de quem o aceita. Ao contrário do que é dito por aí, a justiça Divina não é pesada, pois Ele castiga como um Pai que repreende seu filho: com amor. E Ele sofre ao ver que há pessoas virando as costas para seus ensinos, perdoa o mal de quem se arrepende e espera de braços abertos que voltemos ao relacionamento diário de entrega e comunhão.

Sendo assim, porque não voltar?

euSimone Oliveira. Santos-SP. Bacharel em Engenharia Civil por formação e escritora por gosto. Estuda para concursos e se dedica às aulas particulares de exatas, ao namorado, à família e às suas atividades na igreja. Ainda não descobriu seu propósito na vida, mas tem certeza de que tem um. Pede que Deus a guie por esse caminho até a sua volta.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s