Arquivo do mês: junho 2017

A negligência do brasileiro em geral

Por Simone Oliveira

Há muito tempo tenho estado a analisar o comportamento das pessoas ao meu redor de modo mais profundo e tenho notado que a grande maioria tem potencial para demonstrar diversos sentimentos bons através de ações. É aí que encontrei a extroversão e o calor do nosso povo. Porém, um traço ainda mais forte é essa tal da negligência, vista de longe e que chega a incomodar, causando aversão.

Parei para pensar o porquê de ninguém falar sobre isso. Preferimos fechar os olhos e fingir que ela é apenas parte da cultura, ou pior, que não é um defeito propriamente dito, e sim meras falhas pertencentes a TODO SER HUMANO. Nunca assumimos a culpa pelos nossos erros, sempre nos escondemos na multidão usando o pronome “nós” ou o sujeito “raça humana”.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

O efeito dominó do medo

Por Isaias Costa

shutterstock_272625332-810x540

O Brasil está atravessando um longo período de crises, e a esperança das pessoas tem ido por água abaixo de forma bem evidente.

Lendo as palavras do terapeuta holístico Prama Shanti, fiquei refletindo sobre as causas de tudo isso! Você sabia que não é por causa da política simplesmente? Ela apenas contribui, mas a causa é muito mais embaixo. Confira!

***************

“É necessário uma crise para instaurar o medo coletivo e manter o controle. O medo torna-se uma grande egrégora, uma potente forma pensamento que entra pelos chacras e contamina a todos que se harmonizam com ela. Seus receios tornam-se medos com muito mais facilidade. O medo corta sua ligação com o Todo e lhe prende a matéria. Achata você no chão. E o medo gera mais medo.

As pessoas com medo falam de seus medos aos amigos, que ficam receosos e com medo. O espiritual se afasta da mente das pessoas e o material passa a ser o mais importante. A crise passa a ser o assunto de todas as rodas. O medo derruba a ética e a moral, aumenta o consumo de álcool, os excessos e a busca pela inconsciência. E todos são entregues de bandeja às forças trevosas, que passam a manipular corações e mentes cada vez com mais facilidade. O medo é gerado pela ansiedade com relação ao futuro. O oposto do medo é a confiança. Confiar no seu caminho, no seu Deus. Pensar no agora, que é a única coisa que nós temos, o futuro não é nosso.”

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Você tem aproveitado as oportunidades que a vida lhe dá?

Por Isaias Costa

Metas

Eu amo conhecer as raízes das palavras e esses dias conheci a raiz de uma palavra bastante utilizada no nosso dia a dia, mas que tenho certeza que poucos sabem a sua origem.

Trata-se da palavra OPORTUNIDADE.

Ela vem da antiguidade, na qual as pessoas tinham o costume de dar nomes aos ventos e cada vento e suas determinadas direções recebiam nomenclaturas diversas.

A palavra oportunidade tem origem no nome do vento “ob portus”, que significa “vento favorável que leva ao porto”.

E a própria palavra “porto” tem relação com a palavra “porta”, que por sua vez significa “passagem”.

Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Para chegar à fonte é preciso nadar contra a corrente

Por Isaias Costa

00001V2circling-barracuda-papua-new-guinea-by-David-Doubilet

Esses dias li uma frase magnífica e extremamente profunda após ouvir um dos comentários do filósofo brasileiro Mario Sergio Cortella pela Rádio CBN. Era uma frase atribuída ao importante poeta polonês chamado Stanisław Jerzy Lec que falava sobre a necessidade de gastarmos uma maior quantidade de energia para solucionarmos as grandes dificuldades da vida.

A frase era a seguinte: “Para chegar à fonte é preciso nadar contra a corrente”.

Apenas 10 palavras, mas que carregam uma profundidade imensa de reflexões. Com essa frase o Jerzy Lec está querendo nos dizer que para se chegar à essa fonte, que é de onde surge a água que vai ganhando força à medida que desce até encontrar o mar, precisamos de um dispêndio bem maior de energia do que simplesmente se deixar levar pela correnteza, que sem esforço algum, nos levará até o mar.

Como eu sou um amante da Psicologia e da Psicanálise, pensei no quanto essa frase pode se aplicar ao surgimento das nossas neuroses, medos, traumas e doenças.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Vantagens de ser introvertido

Por Simone Oliveira

introversão

Há algum tempo tenho me sentido em paz procurando levar pra longe da minha mente qualquer pensamento negativo ou inoportuno. É um pouco complicado, porém, com a prática tenho criado esse hábito, lógico, sempre pedindo a Deus que me ajude.

Desde sempre sou introvertida. Mas não num grau baixo, e sim monstruosamente introvertida ao ponto de deixar de conversar com terceiros para ficar com meus pensamentos e reflexões interiores e não me sentir sozinha nunca. Por causa disso, sempre fui tida como aquela garota quieta, que não conversa com ninguém, de poucos amigos e frequentemente distraída. Fazer o quê! A cabeça está a mil, não sobra tempo para ver o que está do lado de fora!

Continuar lendo

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Enquanto formos repetitivos não seremos receptivos

Por Isaias Costa

Imagine____by_MasochisticHeartache

Essa semana eu assisti a uma palestra muito interessante na cidade onde moro (Fortaleza) pela Ordem Rosacruz Áurea e nela o palestrante falou uma frase que me deixou bastante reflexivo e que acabou por me inspirar a escrever o texto que você lê agora!

A frase era a seguinte: “Enquanto formos repetitivos não seremos receptivos”.

Essas duas palavras são escritas de forma quase idêntica, mas possuem significados completamente diferentes e opostos!

Quem é receptivo está sempre aberto para receber o novo, para aprender, para quem sabe até mesmo mudar de ideias e opiniões!

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Navegue pela internet, não naufrague nela

Por Isaias Costa

AAEAAQAAAAAAAAJiAAAAJDJhZDhkMjQ1LTU2ODctNDljMS04NmI2LWMwYzc2NDUyZTY2Mg

Esses dias estava assistindo no youtube a uma palestra do filósofo e escritor Mario Sergio Cortella, na qual ele falava sobre uma série de temas, mas foi dado um enfoque maior à era digital em que vivemos mergulhados hoje!

Ele falou a seguinte frase e que me deixou bastante reflexivo: “Tem gente que não navega pela internet, naufraga nela. Porque quando você navega pelo menos você está sabendo para onde está indo…”.

Essa frase, apesar de curtinha, traz uma verdade incontestável para o momento atual. A internet de fato pode ser comparada com um mar. Ela tem uma verdadeira tsunami de informações! Aproveito até esse gancho para completar com outra frase dita pelo Cortella: “Não podemos confundir informação com conhecimento. A internet tem muita informação, mas o conhecimento é uma seleção dessas informações. As informações são as ferramentas para o conhecimento”.

Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Vós sois o sal da terra

Por Isaias Costa

6-Ways-to-Be-Salt-of-the-Earth

Jesus Cristo foi provavelmente o ser humano mais sábio e iluminado que temos conhecimento até hoje. Sua maneira peculiar de falar por meio de parábolas nos encanta até hoje e revela novas mensagens e formas de enxergar a vida!

Farei uma breve reflexão sobre uma importante passagem do evangelho de Mateus, capítulo 5, versículo 13, que diz assim.

“Vós sois o sal da terra; ora, se o sal vier a ser insípido, como lhe restaurar o sabor? Para nada mais presta senão para, lançado fora, ser pisado pelos homens.” (Mateus 5.13)

Como praticamente tudo que Jesus falou e que foi documentado, esse é um versículo bíblico repleto de simbolismo e que poucas pessoas compreendem em profundidade! O que me inspirou a escrever esse texto foram as palavras dessa passagem bíblica juntamente com as palavras de um grande psicólogo francês chamado Jean-Yves Leloup, extraídas do maravilhoso livro intitulado “Normose: a patologia da normalidade”, escrito em parceria com Roberto Crema e Pierre Weil.

Abaixo transcrevo o trecho do livro no qual ele fala sobre essa passagem.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized