Arquivo do mês: agosto 2017

A vida é um facho esplêndido

Por Isaias Costa

20729508_1208957269210930_2718252933403330892_n

George Bernard Shaw

Esses dias li um pequeno texto de autoria do grande dramaturgo e romancista George Bernard Shaw no qual ele falava sobre a vida e obra que deixamos para a humanidade. Eu fiquei encantado com a profundidade das suas palavras e resolvi compartilhá-las com os leitores juntamente com uma breve reflexão. Vamos às suas palavras…

***************

“Esta é a verdadeira alegria na vida, ser usado para um propósito que reconhecemos como grandioso.

Ser uma força da natureza em vez de um pequeno torrão febril e egoísta, feito de aflições e lamentações, que se queixa pelo mundo não se dedicar a fazê-lo feliz.

Sou da opinião de que minha vida pertence à comunidade como um todo e, enquanto viver, é meu dever, meu privilégio fazer por ela tudo o que eu puder.

Quero estar completamente consumido quando morrer, porque quanto mais sirvo, mais vivo. Eu me regozijo na vida por si mesma.

A vida não é vela breve para mim. É uma espécie de facho esplêndido que agarro por um momento e que quero fazer brilhar o máximo possível antes de o passar para gerações futuras.”

George Bernard Shaw

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

O papel do professor é limitar e libertar ao mesmo tempo

Por Isaias Costa

sociedade-dos-poetas-mortos-thumb-800x529-124698

Filme “Sociedade dos poetas mortos”

Eu sou fã de carteirinha da genial Viviane Mosé, que tem um currículo de deixar qualquer um de queixo caído: jornalista, filósofa, escritora, poetisa, psicanalista, psicóloga, professora e palestrante. Além de ser mãe e outras coisitas mais…

Estava assistindo a uma de suas palestras cujo título é: “Estrada para a Cidadania”, na qual ela falava sobre diversos assuntos, todos voltados para a educação nos tempos atuais.

Eu, sendo professor e estar o tempo todo procurando me renovar e ganhar novas formas de atuar como professor, fiquei encantado com suas palavras.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Educação mandou lembranças

Por Simone Oliveira

O título do texto sugere uma piada bobinha que crianças, geralmente, falam ao se confrontarem com situações de grosseria e indelicadeza por parte de terceiros.

Gostaria de falar sobre a comunicação em tempos de internet.

É verdade que a grande parte de nossas interações atualmente é online, se não a maioria delas! Fazemos tudo pela rede, e, mais do que nunca isso tem se revelado um problema de proporções astronômicas, de difícil resolução.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Da alegria ninguém se aposenta

Por Isaias Costa

825258_187714

Eu sou fascinado pelos escritos do mestre Rubem Alves. Sempre que leio seus livros, acabo me inspirando a escrever.

No momento em que escrevo esse texto, estou me deleitando com a leitura do seu livro intitulado “A alegria de ensinar” e uma de suas crônicas chamada “Ensinar a alegria” me inspirou a falar sobre a alegria e o quanto ela está conectada com a nossa VOCAÇÃO.

Abaixo transcrevo o trecho da crônica que mais gostei. Leia com bastante atenção!

***************

Reli, faz poucos dias, o livro de Hermann Hesse, O Jogo das Contas de Vidro. Bem ao final, à guisa de conclusão e resumo da estória, está este poeminha de Rückert:

Nossos dias são preciosos

mas com alegria os vemos passando

se no seu lugar encontramos

uma coisa mais preciosa crescendo:

uma planta rara e exótica,

deleite de um coração jardineiro,

uma criança que estamos ensinando,

um livrinho que estamos escrevendo.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Tente outra vez

Por Isaias Costa

bicicleta

Esses dias estava lendo textos no facebook e acabei me deparando com uma crônica lindíssima da querida escritora gaúcha Martha Medeiros. Na mesma hora que li a primeira pessoa que me veio em mente é claro que foi ele: Raul Seixas! Eu não duvido nada que ela tenha ouvido essa música no dia que escreveu essa crônica! hehehe

Farei uma breve reflexão a partir de um trecho dessa crônica linkando com a linda música do Raulzito.

**************

Ainda dá tempo pra tudo. 

Pode o céu estar fechado neste instante, mas uma hora abre, não falha. Pouco importa sua idade: você está vivo. Então ainda dá tempo para você reatar, dá tempo para você terminar uma relação ruim e começar outra, dá tempo de pedir perdão ou de colocar uma pedra sobre o assunto que incomoda, dá tempo de ter um relacionamento mais leve e prazeroso, e indo além das questões amorosas: dá tempo de conhecer a Ásia, de escrever suas memórias, de mergulhar no mar à noite, de aprender a cozinhar, de falar italiano, de fazer diferença, de começar uma coleção. Se me permite uma sugestão: colecione inúmeras ”primeiras vezes”. Todas as primeiras vezes que você tem evitado porque não simpatiza com mudanças.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Eles não sabem o que fazem

Por Isaias Costa

20108390_911465925672800_4121969141649126927_n

O mestre Yogananda conhecia imensamente a sabedoria de Jesus Cristo e a propagava com muita clareza e simplicidade em seus escritos e palestras pelo mundo afora. Estava lendo um trecho do maravilhoso livro de sua autoria chamado “A segunda vinda de Cristo – Volume 1” e esse trecho me inspirou a falar um pouco sobre uma das frases mais incompreensíveis que Jesus proferiu, pouco antes de morrer na cruz. Veja!

**************

Foi essa bondade e misericórdia do Pai que Jesus expressou quando, em vez de condenar e destruir seus inimigos que o crucificavam, pediu ao Pai que os perdoasse, “porque não sabem o que fazem”. Com o paciente coração de Deus, Jesus considerava a humanidade como pequenas crianças sem compreensão. Se uma pequenina criança apanhasse uma faca para atacá-lo, você não desejaria matá-la em retaliação. Ela não sabe o que faz. Quando contemplamos a humanidade com os mesmos olhos com que um pai amoroso olha por seus filhos e está disposto a sofrer por eles para que possam receber algo da luz e do poder de seu espírito, então nos tornamos semelhantes a Cristo: Deus em ação.

Paramahansa Yogananda

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized