Vou respirar com paciência

Por Isaias Costa

oficina-respiracao-meditacao-canoas-rs

Esse é o primeiro texto que estou publicando após as eleições 2018. Sei que muitos que o lerão vão se identificar com o sentimento que eu tive após saber quem será nosso presidente: cansaço!

E falo de cansaço do corpo e da mente! Eu procurei ao longo das últimas semanas usar da forma mais leve possível os meus melhores argumentos tentando levar a consciência de que o Brasil não tomou a decisão mais sensata.

Mas, já está consumado. Bolsonaro é o nosso presidente, quer queiramos ou não!

Como gosto muito de cantar e ouvir música, estava atentamente ouvindo a linda música “Pra ficar legal” da banda Engenheiros do Hawaii e até esse momento ela nunca tocou tão forte no meu coração!

Farei uma breve reflexão a partir dela. Segue a letra completa com o vídeo logo abaixo.

**********

Pra ficar legal – Engenheiros da Hawaii

Agora não, ainda é cedo pra entender

Vou sair do ar um tempo

Na contramão do que está por acontecer

Vou respirar com paciência

 

Sei que lá fora brilham luzes artificiais

Lá fora o fogo das caldeiras pede mais e mais

Querem sempre mais

 

Louco pra ficar legal

Longe da euforia industrial

Louco pra ficar legal

Longe da histeria carnaval

 

Agora não, muito tarde pra entender

Eu tô fechado pra balanço

Na contramão de tudo que dizem que aconteceu

Eu vou sair da área de alcance

 

Sei que lá fora a banda toca em outro tom

Lá fora ainda rimam soluções

Lá fora violência vende mais

 

Louco pra ficar legal

Longe de um romance policial

Louco pra ficar legal

Longe porto alegre-rio-nepal

 

Louco pra ficar em paz

Louco pra ficar legal

*************

O título desse texto é o sentimento que eu tenho agora. Vou respirar com paciência, sair do ar um tempo, vou me permitir estar fechado pra balanço.

Veja que frase interessante: “vou sair da área de alcance”.

Sabemos que tanto os celulares como a própria internet tem um alcance limitado, e podemos sair dessa área de alcance se assim quisermos. Normalmente nos locais mais afastados e com muito mato são onde não há alcance nem pra celulares nem pra internet.

Foi assim que me senti, com vontade de passar uma temporada no meio do mato. Creio que essa era a mensagem que o Gessinger queria passar com a letra dessa música. A sensação de estar cansado e querendo ficar legal, mas entenda que esse “ficar legal” não significa ficar chapado, ou lombrado como dizemos popularmente. Esse “ficar legal” é simplesmente se sentir bem de novo!

É muito bom percebermos as sincronicidades da vida. No mesmo dia em que ouvia essa música eu li o texto de uma querida amiga, escritora e poetisa, a Clara Baccarin. No seu texto ela falava que é bom estar fechado pra balanço de vez em quando. Isso só mostra que somos humanos, que somos frágeis, que não tem problema revelarmos as nossas vulnerabilidades, e às vezes até mesmo os nossos medos…

*******

Há um tempo de maturação entre um final e um começo.

Por isso, deixe sim a peteca cair, descompasse, fique na cama no sábado à noite, não faça as malas ainda. Pode ficar um tempo fechado para balanço, organizando o estoque dos sentimentos ou apenas respirando, sentado na encruzilhada de um mundo absurdo que não para te pedir tudo quando você já não pode oferecer nada. Não ainda.

Clara Baccarin

Link: Manter-se inteiro é também aceitar-se vazio 

******

Tanto a música do Gessinger quanto essas lindas palavras da Clara são terapêuticas, porque ambas trabalham em nós o sentimento de ACEITAÇÃO.

Em Psicologia, a aceitação é uma das principais chaves para a cura e o reequilíbrio do ser.

Quero compartilhar esse sentimento leve e bonito. Eu já aceitei, e aos pouquinhos todos os mais de 200 milhões de brasileiros vão aceitar o nosso novo presidente. Não esqueça, por favor, a aceitação é parte fundamental da cura.

Mas aqui vem o complemento, que é o mais importante de tudo. Aceitar é absolutamente diferente de baixar a cabeça e concordar. Eu discordo veementemente de muita, muita coisa do seu plano de governo, e seguirei firme e forte levando consciência da forma que já venho fazendo, através dos textos, dos podcasts, das aulas que ministro e dos pacientes que atendo na clínica psicanalítica.

Vamos todos juntos respirar com paciência, fazendo tudo o que estiver ao nosso alcance em favor do bem, em favor de todos! Eu acredito piamente que após o fechamento pra balanço (que nada mais é do que o fim de um ciclo e reinício de outro), sempre voltamos mais fortes e determinados. Como disse a Clara: “Há um tempo de maturação entre um final e um começo.”

Que venha a partir de agora esse novo começo, no qual estaremos todos juntos vivenciando uma ideologia bem diferente da que tivemos nos últimos 30 anos, na realidade uma ideologia que ainda nem podemos dizer com clareza como vai se concretizar…

 

 

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s