Uma interpretação da música “Faça, fuce, force” a partir de Tomás de Aquino

Por Isaias Costa

São-Tomas-de-Aquino

No momento em que escrevo esse texto estou lendo um texto bastante complexo do filósofo e teólogo da Idade Média Tomás de Aquino. O texto “Suma Teológica”.

Em determinado trecho que li foi impossível não associar a ideia ao Raul Seixas. Fiquei pensando: “Será que ele leu o Tomás de Aquino?”. Confira!

********

“Se o gosto somente sente a própria paixão, quem, tendo-o são, julgar que o mel é doce, julgará com verdade; e semelhantemente, quem, tendo o gosto corrompido, julgar que o mel é amargo, julgará com verdade. E ambos julgarão de acordo com o modo pelo qual o próprio gosto é afetado. Donde resulta que todas as opiniões serão igualmente verdadeiras.”

Tomás de Aquino – Suma Teológica Questão 85- Art.2

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s