Arquivo do mês: fevereiro 2019

“Sinto vergonha, logo existo”

Por Isaias Costa

pessoas_que_ficam_vermelhas_de_vergonha_sao_confiaveis_e_mais_generosas_diz_estudo_1506004365

Ouvindo o quadro Academia CBN com o filósofo e professor Mario Sergio Cortella, fiquei refletindo bastante a respeito do que é considerado por muitos uma limitação ou mesmo uma característica das pessoas tímidas, que é a VERGONHA.

Ao contrário do que muitos pensam, ela tem um lado bastante positivo, desde que se analise o contexto. Caso queira ouvir seu comentário segue o link [aqui].

No comentário ele citou uma frase atribuída ao escritor russo Vladimir Soloviev que diz: “Sinto vergonha, logo existo”. Frase que se assemelha à famosa máxima de Descartes: “Penso, logo existo”.

É bem verdade que sentir vergonha é algo bastante humano e no cotidiano utilizamos muito a expressão “vergonha na cara” como forma de representar as atitudes decentes ou indecentes, honestas ou desonestas, virtuosas ou deletérias etc.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Venezuela, Brasil e América Latina: petróleo e geopolítica no alvo dos EUA

Por Diego Garcia

Petróleo

É com alegria que compartilho esse texto com teor político e sociológico do meu amigo Diego Garcia, colaborador aqui no blog, mas que há um tempinho não tinha textos novos publicados aqui.

Ele traz reflexões importantes sobre a nossa vizinha Venezuela e muito do que está se passando com ela e com os EUA. Segue o seu texto abaixo.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma analogia entre a Física Básica e os relacionamentos

Por Isaias Costa

einstein-educacao-696x435

Eu sempre gostei das conhecidas piadas de nerd e fiquei refletindo psicologicamente a partir de uma das minhas favoritas e acabei tendo uma inspiração bacana para escrever esse texto que você lê agora.

A piada conta de um jovem triste que procura o físico Albert Einstein querendo um conselho sobre o seu namoro que estava por um fio.

Ele chega para o físico dizendo:

– Senhor Einstein, preciso de um conselho seu. A minha namorada me pediu um tempo e falou que precisava de mais espaço. O que eu faço?

– Acho que ela está querendo calcular a velocidade!

Continuar lendo

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Não há nada como o sonho para criar o futuro. Utopia hoje, carne e osso amanhã.

Por Isaias Costa

alma-crianca-aviao

Li uma frase pequena e muito profunda do escritor Victor Hugo presente no seu livro “Os miseráveis” que considero perfeita para o momento que o nosso país está passando.

******

“Não há nada como o sonho para criar o futuro. Utopia hoje, carne e osso amanhã.”

Victor Hugo

******

Eu tenho uma vibe serena e feliz na maior parte do tempo, porém, preciso admitir que por conta das diversas tragédias de enormes proporções que ocorreram no Brasil desde o começo do ano, a tristeza me abateu com uma frequência maior.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

A honestidade dos estúpidos é mil vezes mais perigosa que a mentira dos inteligentes

Por Isaias Costa

financas-comportamentais-efeito-manada-exemplo

Li algumas palavras do mestre Rubem Alves presentes no seu livro “Ostra feliz não faz pérola” que me deixaram bastante pensativo sobre a realidade atual não só do Brasil, mas de muitos países pelo mundo afora. Leia com bastante atenção.

*******

“A honestidade dos estúpidos é mil vezes mais perigosa que a mentira dos inteligentes. É da honestidade dos estúpidos que surgem os fanáticos. Os fanáticos são pessoas honestas que acreditam nos seus pensamentos e nada os dissuade do seu caminho. E porque acreditam na verdade dos seus pensamentos tudo fazem para destruir aqueles que têm ideias diferentes.”

Rubem Alves

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Nós atraímos as amizades de forma semelhante aos algoritmos do facebook

Por Isaias Costa

algoritmo-do-facebook-o-que-é-o-que-mudou-como-aumentar-seu-alcance

Esses dias estava conversando com um casal de amigos meus e falávamos sobre o quanto é comum ver pessoas que antes eram muito próximas, eram boas amigas, e de uma hora pra outra de repente elas somem da nossa vida e nós não ficamos tristes, ou magoados, ou ressentidos etc. Nós simplesmente aceitamos e vamos seguindo nossas vidas.

Isso me levou a refletir com eles sobre a nossa vibração, sobre a energia que a gente emana para as pessoas, que vai mudando ao longo do tempo e também com o nosso amadurecimento.

Hoje em dia muitos espiritualistas e terapeutas holísticos explicam isso de uma forma elegante e simples. Tem a ver com a lei universal do semelhante atrai semelhante. Ela se aplica a todos os campos da vida: amizade, relacionamento amoroso, família, trabalho, espiritualidade etc. Não abordarei esses campos todos para não deixar esse texto muito extenso.

=> Clique aqui para ler o texto completo

1 comentário

Arquivado em Uncategorized