Não há poupança mais valiosa do que nosso progresso constante

Por Isaias Costa

“Qual será a poupança mais valiosa deste mundo? Não há poupança mais valiosa do que o nosso progresso constante. O desenvolvimento de nossa capacidade, em si, já nos proporciona alegria. Mas, quando conseguimos contribuir para a humanidade com essa capacidade desenvolvida, sentimos uma alegria indescritível. O esforço para o aprimoramento de si mesmo, o anseio de se tornar cada vez melhor, a admiração por aqueles que são mais elevados – tudo isso torna a vida bela, proporciona motivação nesta vida, ilumina a vida com a luz da esperança, faz com que esta vida valha a pena.

Quando perdemos o ardoroso desejo de progredir, começamos a trilhar o caminho do retrocesso e da decadência, tornando-nos fracos e pusilânimes. A água, quando para de fluir, acaba apodrecendo. As plantas que crescem continuamente, tais como a sequoia e a canforeira, vivem mais de mil anos; mas as plantas que, após crescerem até certo ponto, cessam de se desenvolver, logo começam a envelhecer e enfraquecer. Também no tocante ao ser humano, se vemos alguém que não se desenvolve rapidamente, não devemos considerar isso um defeito. Não continuar se desenvolvendo com perseverança – isto sim, é um defeito.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s