Ideias geniais contidas na crônica “Ostra feliz não faz pérola” de Rubem Alves

Por Isaias Costa

Esses dias estava assistindo a uma Live super bacana no Youtube com a Mariana Alves (neta do Rubem Alves) e a Raquel Alves (filha dele), no seu canal chamado “Arquiteta do sensível” e fiquei encantado com tudo que foi dito a respeito do livro “Ostra feliz não faz pérola” e da sabedoria do mestre Rubem Alves.

Num determinado trecho da Live, a Mariana falou algo sobre a crônica “Ostra feliz não faz pérola” que até então não tinha pensado e venho compartilhar com todos vocês nesse texto. Ela comentou que as ostras, de um modo geral, ficam bastante tempo com suas conchas abertas, mesmo com a possibilidade real de a qualquer momento algum grão de areia entre na sua carne frágil e cause uma dor imensa, dor esta que faz com que ela produza uma pérola para sarar o desconforto gerado pelo grão de areia.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s