Antes de a morte chegar, ainda vamos abrir muitas portas

Por Isaias Costa

Esses dias li um texto no facebook do meu amigo João Vale Neto, tutor do CEBB (Centro de Estudo Budistas Bodisatva) que considero necessário pra esses tempos tão sombrios e de tantas incertezas quanto ao futuro. Leiam com toda a atenção!

*******

Todos passamos por algum momento da vida onde achamos que as coisas não vão ter jeito. Geralmente acontece na infância, quando percebemos que por mais fortes ou poderosos sejam nossos pais, eles não sabem de tudo. Olhamos para isso e vemos que não vamos ter condições de resolver “o que não tem jeito” justamente porque somos pequenos, sem muita capacidade ou recursos. Então, a impotência surge e, com ela, a falta de energia do corpo. Uma sensação de porta trancada e não sabemos onde está a chave. É assim que vão surgindo outras partes de nós: impotentes, depreciadas, melancólicas. Todas elas vem nos socorrer diante daquilo que “não tem jeito”. Quanto mais eu não tiver necessidades, menos vou precisar dar um jeito. Por isso, melhor ser incapaz, sem valor, logo, já que nada tem jeito. E assim a impotência se torna uma constância na nossa vida.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s