Degraus de Luz

Por Sonia Argon

É com imensa alegria que venho compartilhar com todos vocês um lindo poema da querida Sonia Argon, que conversou comigo pelo e-mail e comentou sobre seu amor à escrita, à arte, à música, à poesia… Todos esses universos que são a cara do blog “Para além do agora”.

Então é claro que foi um prazer ler seu poema e saber que ela está com um lindo projeto de vídeos para o Youtube com o canal “Degraus de luz”. Deixarei o link do seu canal mais embaixo para que se inscrevam, curtam os vídeos, comentem, compartilhem com os amigos etc.

Seja muito bem vinda minha amiga! Que seja o primeiro de muitos outros textos!

******************

Degraus de Luz  (Sonia Argon)

Se não pudermos ser Frutos para nutrir a Terra,

Que possamos ser Sementes.

Se não pudermos ser Flores para enfeitar as janelas,

Que possamos ser Vasos.

Se não pudermos ser Canção para embalar os sonhos,

Que possamos ser Silêncio.

Se não pudermos ser Discurso para encorajar os corações,

Que possamos ser Escuta.

Que tenhamos um Sorriso doce,

Quando faltar Esperança.

Que tenhamos um Olhar sereno,

Quando faltar Doçura.

Que tenhamos uma Palavra terna,

Quando faltar Companhia.

Se não pudermos ter a Segurança da terra firme,

Que possamos ter a Singeleza do grão de areia.

Se não pudermos ter a Valentia do vento,

Que possamos ter a Suavidade da brisa.

Se não pudermos ter a Força dos mares,

Que possamos ter a Simplicidade de uma gota d’água.

Que não almejemos ser Estrelas, mas que possamos ser a menor centelha de luz a iluminar a Escuridão.

Que não precisemos fazer grandes Obras, mas que consigamos ser uma pequena onda de calor a dissipar a Solidão.

Que não intencionemos fazer Sucesso, mas que tentemos plantar uma minúscula partícula de Esperança em cada Coração.

Se não pudermos ser Elogio sem restrição,

Que possamos ser Paciência.

Se não pudermos ser Parceria sem questionamento,

Que possamos ser Respeito.

Se não pudermos ser Atenção,

Que possamos ser Gentileza.

Se não pudermos ser Escada de transformação,

Que possamos ser, apenas, “Degraus de Luz”!

**********

Segue abaixo o link do vídeo com a leitura desse poema na voz da Sonia Argon!

Sonia Argon é Bacharel em Direito. Pós-Graduanda em Filosofia. Locutora, Roteirista e Narradora de Audiodescrição. Eterna Aluna de Canto! Atuou como Professora de Educação Infantil por longo período, em sua cidade natal, Petrópolis, situada na região serrana fluminense. Confessa ser encantada pela Comunicação e pelo enriquecimento proveniente da troca de ideias e da interação entre as pessoas. É Petropolitana de nascimento e alma, mas, pelo fato de viver na cidade do Rio de Janeiro há um bom tempo, já se considera Carioca de coração!

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “Degraus de Luz

  1. Quanta luz você irradia com seu poema que está luz resplandeça sempre suavidade da brisa que refresca estes tempos quentes de pandemia. Um abraço fraterno do Poeta Carvoeiro.

  2. carvoeiropoesias Obrigada pela linda e generosa mensagem! Seu incentivo é de enorme valor! Parabéns por seu talento e trabalho! Saúde e Luz!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s