Arquivo da tag: Escolhas

Estamos condenados a sermos livres?

Por Isaias Costa

00000609

Uma das palavras que mais recebem definições diversas é LIBERDADE. Se for perguntado a cada pessoa o que ela pensa sobre a liberdade, teremos inúmeras respostas diferentes. Eu mesmo, a cada vez que tento responder o que vem a ser liberdade, falo ou escrevo de uma maneira diferente. Já escrevi diversos textos falando sobre ela, mas agora estou utilizando outras palavras e pensamentos.

Existe uma frase atribuída ao filósofo Jean-Paul Sartre que se tornou famosa. Ela diz o seguinte:

Continuar lendo

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Pra trás, nem pra pegar impulso

Por Isaias Costa

corrida_606

 

No momento em que publico esse texto, estou lendo um livro excelente chamado “A vida que vale a pena ser vivida”, do professor e filósofo Clóvis de Barros Filho em parceria com o também filósofo Arthur Meucci.

Esse livro traz inúmeras provocações ao leitor sobre o que podemos considerar uma vida boa.

Farei uma breve reflexão a partir de um trecho super engraçado no qual o Clóvis fala da primeira vez em que teve um momento de êxtase que não queria que acabasse. Tinha 13 anos e estava apresentando um trabalho sobre o Petróleo. Tinha decorado bem o que estava nos livros, e devido sua empolgação, falou rápido demais, sobrando bastante tempo de apresentação ainda.

Bateu nele um medo danado e nessa hora ele conta assim em seu livro:

*********

Decidi, então, continuar. Neste momento, lembrei do meu pai. Sem nenhum estudo superior, sempre dizia coisas que, mais tarde, encontrei, com outras palavras, na mais refinada produção filosófica.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Teoria ou prática? Com o que eu mais me identifico?  

Por Isaias Costa

Teoria ou prática

Na semana em que escrevo e publico esse texto atendi em consultório psicanalítico uma paciente que chegou triste, calada e cabisbaixa. Com apenas 22 anos, dizia estar sentindo muita angústia, ansiedade, insônia e tristeza.

Ao contrário do que muitos pensam sem analisar, ela não está depressiva, ela está confusa a respeito das suas escolhas e caminhos seguidos ao longo da vida.

A sessão foi muito proveitosa, pois expliquei pra ela que o sentimento de angústia cresce dentro da gente quando não temos muito forte dentro de nós qual é o nosso propósito.

Eu fiz questão de escrever esse texto a partir dessa vivência porque sei que muitos leitores vão se identificar com as ideias aqui transmitidas.

Como eu sou um apaixonado pela etimologia, ou seja, as raízes das palavras. Farei uma breve reflexão me baseando numa palavra linda e que poucas pessoas a conhecem em sua raiz. Trata-se da palavra TEORIA. Ela deriva de thea (uma vista) e horon (olhar).

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

A felicidade e o copo d’água

Por Isaias Costa

glass-of-water

É impressionante o fato de existirem sabedorias transmitidas há milhares de anos e nós ainda não consigamos compreendê-las, por mais que já se tenha batido nas mesmas teclas vezes sem conta.

Essa semana eu li um pequeno artigo de autoria do designer de ideias Rafael Arraes que falava sobre a FELICIDADE inspirado na sabedoria do filósofo da antiguidade EPICURO, que viveu entre 341 – 270 a.C. Depois de 2300 anos continuamos sem entender suas ideias tão simples e ao mesmo tempo profundas!

Compartilho abaixo um pequeno trecho desse artigo. Leia com bastante atenção!

***********

Seguindo a essência dos ensinamentos de Epicuro, podemos imaginar nossa felicidade como um copo onde é necessário haver alguma água, talvez até pouco menos da metade, para que tenhamos alguma felicidade. Esta água corresponde a termos moradia, alimentação adequada, e algumas roupas para o convívio social básico. Dali em diante, podemos aumentar nossa felicidade na medida em que enchemos o copo com alguns luxos a mais, como uma alimentação mais elaborada, uma casa mais espaçosa e bem decorada etc. O que Epicuro nos afirma, no entanto, é que de nada adianta continuarmos enchendo o copo: a água vai simplesmente transbordar, e a nossa felicidade continuará inalterada.

=> Clique aqui para ler o texto completo

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

A vida refletida no rosto

Por Isaias Costa

lar-dos-velhinhos-1(pp_w914_h610)

Essa semana eu li um pequeno texto do grande escritor Jorge Luis Borges e fiquei refletindo sobre o quanto a vida passa depressa e muitas vezes perdemos um tempo danado com bobagens, como se esse tempo pudesse voltar. Cada dia desperdiçado é um dia a menos em aprendizados, em crescimento, em desenvolvimento da consciência.

Quero lhe levar a refletir comigo sobre esse tema tão importante a partir das suas palavras. Leia com bastante atenção…

*************

Um homem se propõe a tarefa de desenhar o mundo. Ao longo dos anos, povoa um espaço com imagens de províncias, de reinos, de montanhas, de baías, de naus, de ilhas, de peixes, de moradas, de instrumentos, de astros, de cavalos e de pessoas. Pouco antes de morrer, descobre que esse paciente labirinto de linhas traça a imagem de seu rosto.”

Jorge Luis Borges

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

A simplicidade leva à plenitude

Por Isaias Costa

7883257_orig

Nós vivemos numa sociedade que, infelizmente, ainda é extremamente materialista e imediatista. Uma grande parcela da população trabalha de forma exagerada, quase sempre pra conseguir o dinheiro suficiente para manter um padrão de vida que não prioriza o essencial na vida e no qual não se valoriza tanto as pequenas coisas.

No momento em que escrevo esse texto estou lendo dois livros magníficos, que podem contribuir de forma significativa com mudanças no nosso comportamento e nas escolhas. São os livros “A morte é um dia que vale a pena viver”, da Dra. Ana Claudia Quintana Arantes, e “Simplicidade voluntária”, do escritor e palestrante Duane Elgin.

Desde garoto eu sempre tive uma tendência a buscar a simplicidade na vida, e agora com a leitura desses dois livros, isso só se ratificou, e venho trazer reflexões que considero de suma importância para todos nós a respeito da verdadeira simplicidade.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Você dá abertura para outras pessoas?

Por Juan O’Keeffe

Group of business people assembling jigsaw puzzle and represent team support and help concept

Lembro de um dia da minha infância em que estava de extremo mal humor. Não me recordo exatamente o motivo. Mas estava caminhando na rua voltando para casa e ouço alguém que estava do outro lado da rua chamar pelo meu nome.

Percebi que ele estava com outros amigos mas sequer olhei para o lado para ver quem eram. Fiz que não escutei. Ele deve ter pensado que não ouvi e chamou de novo. Dessa vez mais alto.

No meu mau humor, de novo fiz que não escutei. Imaginei, dessa vez ele percebeu que hoje “não estou para bons amigos” como diz a expressão. Mas ele insistente, não se deu por vencido e gritou bem alto “Ae, Juan! Escoteiro”.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

E se os votos de casamento fossem mudados, como seríamos?

Por Isaias Costa

img_831409_20150925

Há um bom tempo tinha a vontade de escrever sobre o importante tema do casamento e os votos que são feitos pelo casal. Não precisa ser nenhum especialista para saber que hoje em dia, cada vez menos as pessoas estão interessadas em se casar e as ilusões sobre casamento estão caindo por terra, o que é algo difícil de dizer se é bom ou ruim, pois a perspectiva muda para cada pessoa.

Quero fazer uma interessante crítica à forma estabelecida para os votos, mostrando que de certa forma, são eles que afugentam muita gente de assinar papéis e subir em altares…

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Aquilo que fizemos autocentradamente acaba

Por Isaias Costa

mudanca_certo-1024x769

Esses dias eu li um trechinho do livro “A joia dos Desejos” do querido Lama Padma Samten e fiquei refletindo sobre o quanto nós deixamos de fazer algo de bom pelas outras pessoas por causa do autocentramento, um grande veneno que vem assolando cada vez mais a humanidade.

Farei uma breve reflexão a partir de suas palavras. Leia com bastante atenção!

***************

“Esquecidos da compaixão, temos nossos afazeres urgentes e prioridades inadiáveis. E o tempo passa. Quando os ciclos da vida se completam, tudo desaba, tudo perde o sentido, e o que fica de bom tem um único sabor: a generosidade, o amor e a compaixão que dedicamos a outros seres. Aquilo que fizemos autocentradamente acaba. O que fizemos carinhosamente para um outro, mesmo que pareça não mais existir no plano material, curiosamente segue presente em uma dimensão de satisfação sutil.” Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

A importância de ter critério na vida

Por Isaias Costa

negatividade

Eu acho incrível a capacidade que o grande filósofo brasileiro Mario Sergio Cortella tem de se utilizar da etimologia, que é o estudo das raízes das palavras, para desenvolver altas reflexões filosóficas de grande importância para todos nós.

Lendo o seu maravilhoso livro chamado “Viver em paz para morrer em paz” no texto “Viver em paz”, fiquei encantado com uma linda reflexão a respeito de ter critérios na vida. Leia com bastante atenção.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized