Arquivo da tag: família

A solidão na visão de Carl Jung

Por Isaias Costa

17760233_1308661072550043_1376219031350337104_n

Quanto mais o tempo passa, mais eu me apaixono pela Psicologia e suas inúmeras vertentes. Uma delas é a Psicologia Analítica, desenvolvida pelo Psicoterapeuta Carl Jung.

Ele tem uma obra extremamente vasta e profunda de conteúdos. Nesse texto abordarei brevemente um pouco da sua visão a respeito do sentimento de solidão, que acomete a todos nós em maior ou menor grau.

Essa frase abaixo nos leva a grandes reflexões! Veja!

***************

“Solidão não é ter pessoas ao seu redor, e sim ser incapaz de expressar coisas que parecem importantes, ou de perceber certos pontos de vista que os outros acham inadmissíveis…”

Carl Jung

*************

Infelizmente, muitos pensam que solidão é a ausência de pessoas ao redor. De maneira nenhuma! Podemos estar rodeados de pessoas e ainda assim estar sós. Até mesmo podemos ser famosos e desejados sexualmente por milhões de pessoas e ainda assim sermos solitários. Um dos exemplos mais emblemáticos nesse sentido é o da atriz Marilyn Monroe, que se suicidou, mesmo tempo fama, muito dinheiro e milhões de homens a seus pés…

A verdadeira solidão tem a ver com esses dois pontos por ele levantados.

O primeiro ponto está relacionado com a expressão das ideias e daquilo que se sente. Por incrível que pareça, essa solidão está muito presente nos relacionamentos amorosos ou dentro da família!

Sabe quando um casal à muito tempo fica guardando mágoas e ressentimentos um do outro e parece que o outro vai se tornando distante e mais distante? Quando parece que um abismo começa a ser construído que impede de acessar o mundo da outra pessoa?

Essa é uma solidão amarga que quase todos nós passamos ou ainda iremos passar em algum momento da vida.

Ou na família, quando percebemos que o nosso pensamento diverge totalmente dos deles e ficamos com medo de nos expressar porque não queremos que esses vínculos se tornem hostis.

As pessoas que já têm um maior nível de consciência comumente sentem essa solidão que muitos psicólogos e espiritualistas chamam de SÍNDROME DO ESTRANGEIRO. É como se você sentisse uma saudade de algum tempo e de pessoas que você sabe que afinizam mais com você e com a sua energia, mas elas não estão por perto para lhe dar esse amparo e esse carinho!

Nossa! Eu já passei por isso tantas vezes na minha vida que você nem faz ideia. Se quiser entender um pouco mais sobre essa síndrome do estrangeiro, compartilho abaixo um programa de rádio que me ensinou muito sobre essa sensação de solidão que pode sim ser curada, desde que façamos a nossa parte na busca pelo autoconhecimento. Trata-se do programa Entrevidas da Rádio Mundial, apresentada pelo comunicador Marcello Cotrim. Vale a pena reservar uns minutinhos para ouvi-lo…

O segundo ponto ainda é mais doloroso do que o primeiro, porque ele faz com que amizades de longas datas sejam destruídas em questão de segundos. É como muitos dizem aquele velho e muito verdadeiro cliquê sobre a conquista da confiança de alguém!

Leva-se anos para se conquistar a confiança em alguém, mas apenas segundos para destrui-la…

Principalmente as pessoas que são mais imaturas e orgulhosas, quando são questionadas sobre suas verdades e convicções, muitas vezes elas acabam tendo reações agressivas ou hostis.

Eu também já me senti solitário por isso, pois conseguia ver nos amigos mais chegados algumas falhas de caráter e comportamento e tentava ajudar, mas alguns foram bem ácidos comigo, inclusive até rompendo amizades!

Na época não tinha a maturidade que tenho hoje e não fazia ideia de que na realidade quem estava errado era eu mesmo! E por quê? O motivo pode lhe ajudar imensamente! Vou até deixar em caixa alta pra você memorizar a sua importância.

NÓS SÓ DEVEMOS DAR CONSELHOS AOS OUTROS QUANDO SOMOS SOLICITADOS PARA ISSO!

* Sugestão de leitura => Não tente ajudar quem não quer ser ajudado

Em outras palavras, eu acabava me intrometendo nas questões mais íntimas dos meus amigos, e obviamente os que não queriam mudar seus comportamentos me davam “coice”!

Mas existe outro lado do enxergar o que os outros acham inadmissível. Que tem relação com o GRAU DE AFINIDADE entre os amigos!

Se o grau de afinidade for pequeno, não tem como fugir! Você vai se sentir solitário.

Vou dar um exemplo pessoal que chega a ser até hilário! Você vai gostar dele!

Na época da faculdade de Física eu já lia muito sobre espiritualidade e sobre os processos de evolução da humanidade e vez por outra tentava conversar com meus colegas sobre isso. Chegava mais ou menos assim:

– Pois é gente! Nós somos seres eternos. Espíritos habitando corpos. Estamos nessa planeta para aprendermos a transcender o nosso ego, para aprendermos a lições dos grandes mestres, espalharmos consciência etc etc.

E eles respondiam quase sempre!

– Legal Isaias! Mas cara. Tu conseguiu resolver aquela lista de exercícios de Cálculo III que o professor passou. Nossa! Tinha umas questões tão difíceis. O professor passou umas integrais impossíveis…

E nessa hora eu pensava: “Whats? Estávamos falando sobre isso?…”. E então eu ficava com uma gota na testa igualzinho a essa menina aqui embaixo!

2416838878_73753019fb

Isso é a verdadeira solidão! Eu me sentia muito mal por não ter afinidade com esses meus colegas. Tanto é que saí de lá pra nunca mais voltar! hehehe

Concluo esse texto dizendo pra você que o principal antídoto para a solidão se chama AMOR PRÓPRIO. Quanto mais você se sentir bem na sua própria presença, mais você conseguirá lidar com o distanciamento das outras pessoas ou com o baixo grau de afinidade que você terá com muitas delas.

Há muito mais a ser refletido sobre essas lindas palavras do Jung, mas deixo essas reflexões com você!

Compartilho também um breve áudio que gravei a partir dessas palavras do Jung e desse texto! Vale a pena ouvi-lo…

 

8 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Quem é o seu porto seguro?

Por Isaias Costa

barcos-no-fim-de-tarde

Tenho refletido bastante sobre uma expressão que é extremamente utilizada pelas pessoas que criam muitos apegos e dependências emocionais das outras, a expressão “porto seguro”.

Quero lhe levar a refletir junto comigo sobre isso: Quem é o seu porto seguro?

A expressão “porto seguro” é sinônima de APEGO e DEPENDÊNCIA. Quando alguém diz isso está indiretamente querendo dizer que não consegue viver sem algo ou alguém a quem considera esse porto.

Vou citar alguns exemplos. Tem pessoas que colocam seu porto seguro no patrimônio financeiro, o que é extremamente vazio, porque caso elas venham a perder esse patrimônio, perdem também o sentido da vida, correndo um sério risco de entrarem em depressão ou até mesmo se suicidarem.

Outras colocam seu porto seguro no trabalho, o que quase sempre representa uma válvula de escape, porque não conseguem dar a mesma importância aos outros setores da vida, então criam uma verdadeira fixação ao trabalho, e o resultado de tudo isso é um desequilíbrio total! Com a perda do emprego, vai junto o sentido da vida…

Outras colocam o seu porto seguro na família, em amplo sentido, os pais colocam nos filhos, os filhos nos pais, os pais nos seus próprios pais, netos nos avós, sobrinhos nos tios etc etc… É uma concepção bem inocente essa de que os familiares são um porto seguro, porque não são! Qualquer um pode morrer a qualquer momento, e se alguém morre, seu apego fará com que seu luto seja estendido por anos a fio. É isso que você quer para sua vida? Nessa hora recordo o que já disse no começo. DESAPEGO, é preciso desapegar…

Outras colocam o porto seguro no relacionamento amoroso, seja namoro, seja casamento. Esse é mais um “barco furado” porque, como sempre digo, não existem garantias no que se trata de relacionamentos, só existem garantias em objetos eletrônicos e móveis, nunca em relacionamentos, porque a outra pessoa pode ter “n” motivos ou maneiras de sair da sua vida, seja por uma separação, seja porque se desinteressou, seja porque morreu etc. Um número imenso de pessoas considera o cônjuge seu porto seguro. Não as condeno, porém, deixo aqui esse alerta. Essa decisão é bastante arriscada, porque o sofrimento gerado por uma ruptura desse relacionamento também pode levar anos a fio ou fazer você “entrar em parafusos”…

Existem também as pessoas que colocam seu porto seguro na igreja, em Deus, ou nas figuras que representam os fundadores das religiões como Jesus Cristo, Buda, Krishna, Lao Tsé etc.

Pelo fato de estarmos no Brasil, país de maioria cristã, é comum ouvir pessoas dizerem: “Jesus é tudo na minha vida. Não vivo sem ele! Ele é a razão da minha existência…”. São palavras lindas eu sei. Eu amo Jesus Cristo de todo meu coração, mas essa frase carrega em si um APEGO a figura de Jesus, que pode estar presente apenas em espírito, nunca como uma pessoa física presente ao seu lado entende? Então na hora da SOLIDÃO, quando você precisa de verdade de um ombro pra chorar, de um ouvido para lhe ouvir, de um abraço para se aconchegar, o que o porto seguro Jesus ou religião poderá lhe fazer nessa hora, hein?

Um porto é onde os navios ficam estalados, é algo físico, não pertence a esfera da fé ou do transcendente. Então colocar seu porto seguro nas religiões ou em Jesus talvez não seja algo tão perfeito como alguns insistem em dizer…

Mas em quem eu vou colocar meu porto seguro Isaias? Não tenho opções! Você já citou tudo o que imaginei? Será? Você não está esquecendo de nada?

Seu porto seguro pode ser VOCÊ! Já pensou nisso?

Se o seu porto seguro for você, não haverá apegos excessivos nem tanta dependência emocional das outras pessoas. Os familiares podem morrer e você terá um luto no tempo considerado normal, seu relacionamento pode terminar e você não entrará em depressão, você pode mudar de religião, de crença e não perderá seus princípios, pode falir sua empresa, pode mudar de emprego, pode perder todo seu patrimônio e você se reerguerá, porque sabe que tudo é transitório, não existe nada fixo nem nada permanente, como tão sabiamente nos diz o Buda e seus seguidores.

Estou aos pouquinhos exercitando isso e tendo progressos. Meu porto seguro sou eu mesmo, não quero colocar esse peso em cima de ninguém. É um peso muito grande sabia? Ninguém tem a obrigação de ser o seu porto seguro, isso pode gerar uma sobrecarga enorme!

Talvez você pense! Mas essa é uma concepção muito egoísta? Afinal, somos seres gregários, precisamos uns dos outros? Sim! Entendo essa forma de pensar, mas uma coisa é precisarmos uns dos outros, outra bem diferente é DEPENDERMOS delas para sermos felizes e termos um sentido mais profundo em nossas vidas. Eu até falei um pouco sobre isso em um áudio no soundcloud, a diferença entre dependência, independência e interdependência. O ideal é sermos interdependentes. Se quiser ouvir, segue o link abaixo!

Enfim! Essa é minha sugestão. Fique livre para acatá-la ou não! Mas em minha opinião, você ser seu próprio porto seguro lhe dará mais recursos para desenvolver o amor próprio, a autoconfiança e elos de amor bem mais profundos e espiritualizados. Pense sobre isso com carinho…

9 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Quando comecei a sentir a minha vida mais interessante?

Por Isaias Costa

11393241_761601450604400_3460640112224619582_n

Isso é o que todos nós queremos não é mesmo? Queremos ter uma vida cada vez mais interessante, mas não só isso, queremos saber como conseguir isso. E nesse texto farei uma breve reflexão mostrando para você que existe SIM um como. Quer saber? Esse pequeno texto da querida Ana Jácomo nos diz…

***************

“Se alguém me perguntar quando comecei a sentir a minha vida mais interessante, eu tenho a resposta na ponta da língua: quando comecei a me interessar mais por mim
A ser mais gentil comigo.
A dar menos espaço ao que não tem importância e a respeitar o tamanho do que, de fato, me importa.
A querer me conhecer melhor…
A ter bem menos pressa pra chegar sei lá onde.
A apurar o ouvido pra sentir a música das coisas mais simples, que cantam bonito e muitas vezes baixinho.”

Ana Jácomo

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

A vida se dá por construção e desconstrução

Por Isaias Costa

13177387_531740077009527_2157438734485449802_n

Outro dia li um pequeno texto muito instigante e reflexivo do Psicanalista Paulo Bregantin e farei uma breve reflexão a partir dele! Veja!

Construção, desconstrução e reconstrução – Por Paulo Bregantin

Não destrua. Desconstrua. A desconstrução na vida é um processo de desfazer o que foi feito usando como base a consciência.

Nós não fomos criados para a destruição, mas sim para construção, desconstrução e reconstrução.

A vida são construção, desconstrução e reconstrução. A destruição é algo externo que vem sobre nós.

Desconstruir é fazer o caminho inverso do que construí. Destruir e derrubar de qualquer forma o que construí. Percebe a diferença?

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

O poder da palavra “saudável”

Por Isaias Costa

Rainbow woman

Eu gosto muito de aprender as raízes das palavras e nesse texto vou falar sobre uma que amo e soa como música nos meus ouvidos: “saudável”.

O que essa palavra significa? Ela significa: “saúda a vida”. Ou seja, uma pessoa saudável é aquela que saúda a vida em seus amplos aspectos.

É engraçado que sempre que pronunciam essa palavra restringem ao corpo físico. Esse pensamento é extremamente reducionista, sabia? Se você se aprofundar no autoconhecimento, vai acabar encontrando as leituras que falam dos nossos 5 corpos, que são: físico, energético, emocional, mental e espiritual.

Uma pessoa só se torna verdadeiramente saudável quando esses 5 corpos estão em equilíbrio, o que requer bastante autoconhecimento. Quero de antemão deixar bem claro que eu estou bem longe de ser 100% saudável, viu? Eu tenho diversos aspectos no qual preciso melhorar muito ainda…

O corpo físico está ligado à saúde dos órgãos e o bem estar geral das sensações físicas. Uma pessoa saudável fisicamente é aquela que não apresenta nenhum tipo de patologia.

O corpo energético está ligado aos sentimentos mais sutis e quando ele está em desequilíbrio diversas doenças podem surgir, as principais são depressão e síndrome do pânico, mas existem muitas outras.

O corpo emocional é o que está ligado ao maior número de desequilíbrios, porque se as emoções estão desequilibradas, nós passamos a reagir de forma amarga na vida. Só nesse ponto poderia escrever um texto imenso…

O corpo mental está relacionado aos conflitos internos com o nosso EGO, que muitas vezes nos prega peças. É preciso aprender a silenciá-lo, para que não venhamos a fazer escolhas que nos arrependeremos mais lá na frente. De todos os nossos corpos, esse é o mais sutil e vulnerável…

Por fim vem o corpo espiritual, que é bastante complexo em sua totalidade. Ele está ligado à nossa fonte divina do criador. Não vou entrar no mérito da questão devido sua amplitude…

O segredo para ser saudável é exatamente o BEM ESTAR. Se você está feliz, está alegre, está em paz profunda então certamente você está saudável. Esse é o termômetro!

Tenho procurado seguir minha vida desta maneira. Se ela está leve e estou seguindo em paz, em serenidade, com consciência, é nessa direção que eu vou. Se por alguma razão, algo se mostra esquisito ou me leva a ter sensações pesadas, avalio com bastante atenção e cautela, redobro minhas meditações e na quietude consigo perceber claramente o que levou a ocorrer o desequilíbrio ou situação pesada.

Até já escrevi em outro texto que precisamos o tempo todo “ajustar as velas” do barco da nossa vida, pois existem ventos fortes que tentam nos derrubar e nos desviar da nossa rota! Acredite! Será assim até o último dia da sua vida, até seu último suspiro! Portanto! Esteja sempre conectado com o seu coração. Se você ainda não leu esse texto, recomendo! Segue o link abaixo.

Ajuste as velas do seu barco

Vou levar essa palavra para alguns campos da vida e lhe dar algumas dicas, OK?

No campo profissional

Se você está trabalhando feliz e nem pensa em fim de semana, em férias, em atestado médico para justificar faltas, então você está saudável. Agora se trabalha para ter dinheiro para pagar as contas, você precisa urgentemente de uma reprogramação mental e emocional…

No campo financeiro

Se você ganha dinheiro pensando no próprio bem estar, no da família, em ter uma vida confortável e divertida, no qual muitos são beneficiados pelo seu dinheiro, certamente você está saudável. Porém, se você ganha dinheiro pensando em acumular, em ter mais só para si, em conquistar milhões e milhões só para deixar parado na sua conta bancária. Cuidado! O nome disso é ganância!

No campo do lazer

Se você busca o lazer para ter momentos legais, se divertir, curtir um momento diferente, registrar boas memórias. Maravilha! Você está saudável! Mas se você busca o lazer como forma de aliviar o estresse, de sair do ambiente familiar ou profissional por algumas horas ou dias. Preciso dizer! Você está envolvido em mecanismos de fuga inconscientes.

No campo dos relacionamentos amorosos

Se você namora ou é casado com alguém porque é muito bom compartilhar momentos, a vida, as experiências de uma forma honesta, justa e equilibrada, no qual os dois lados são beneficiados e respeitados mutuamente. Perfeito! Esse é um relacionamento saudável! Agora se você namora ou casa porque tem medo de ficar só, porque o outro é o seu “porto seguro”, porque essa pessoa supre as suas carências etc. o fim dessa história pode não ser nada bom…

No campo das amizades

Se seus amigos estão com você pelo grau de afinidade, amor e respeito que tem entre si, então você está saudável. Mas se seus amigos são pessoas que estão por algum tipo de interesse, por inveja da pessoa que você é, por alguma conveniência de grupos, de instituições. Corra! Eles não são seus amigos coisa nenhuma! Deixe suas lamparinas bem acesas

No campo da espiritualidade

Se sua religião ou ausência dela lhe leva cada vez mais ao seu próprio ser mais profundo. Se você se torna cada vez mais amoroso, humilde, sereno, receptivo, servidor. Perfeito! Você está no caminho certo. Mas se sua religião ou qualquer tipo de crença lhe leva a competir, a invejar os outros, a ser desrespeitoso com as opiniões alheias, com quem pensa diferente de você, a ser muito autoritário, dono da verdade… Pense muito bem! O caminho não é por aí…

Enfim. Há muito mais a ser dito sobre esse tema tão amplo que surgiu a partir de uma única palavra, já pensou?

Você quer ser saudável? Preste atenção aos mínimos detalhes da sua vida e nunca se esqueça. O termômetro é o seu BEM ESTAR, é você fluir com leveza na vida.

Se você está leve e em paz, não tenha dúvidas! Você está saudável…

 

 

4 Comentários

Arquivado em Uncategorized

A interferência da Física para a vida

Por Isaias Costa

d489164975f7bfdb309818f6227e558e

Como eu já estudei muito a disciplina de Física, existem conceitos dela que posso escrever com bastante facilidade, mas como esse é um blog voltado para o AUTOCONHECIMENTO, por que não, aliar seus conceitos com a vida?

Tive um insight simples, mas profundo para nos levar a refletir através da Física e compartilho com você hoje, vamos?

Trata-se do conceito de INTERFERÊNCIA, estudado em ONDAS.

Quando uma onda de determinada frequência se sobrepõe a outra de frequência diferente, pode ocorrer dois fenômenos, a INTERFERÊNCIA CONSTRUTIVA ou a INTERFERÊNCIA DESTRUTIVA.

Na construtiva, cada uma tem uma amplitude determinada, mas ao se juntarem, ficam com uma amplitude que supera as duas, ou seja, elas se SOMAM.

Na destrutiva, acontece o contrário, a junção deixa a resultante menor, ou seja, elas se SUBTRAEM.

Esse conceito tem tudo a ver com as interferências nossas ao conviver com as pessoas! Nossa interferência pode ser construtiva ou destrutiva, depende apenas da nossa POSTURA, do nosso COMPORTAMENTO.

Eu procuro ao máximo ser uma pessoa que leva luz e amor aos ambientes que adentro, porém, existe algo bem sutil que muitas vezes não me dou conta, e que ainda estou aprendendo para falar a verdade, a RECEPTIVIDADE.

Só é possível ajudar alguém, levar palavras de conforto, de amor, de sabedoria, se a outra ou as outras pessoas, estiverem receptivas para isso, se não estiverem, o melhor mesmo é ficar em SILÊNCIO e se não for possível ficar em silêncio, a segunda opção é se RETIRAR.

Fazer isso é agir com SABEDORIA!

A palavra interferência, se analisada em sua raiz, pode nos fazer refletir bastante. Veja!

INTERFERÊNCIA = INTER + FERÊNCIA = ATUAR POR DENTRO

Percebe como é forte? Sempre que você interfere na vida de alguém, você atua no seu interior, e isso é algo que só é possível através da INTIMIDADE.

Se alguém lhe dá permissão para atuar no interior dela, é porque essa pessoa criou de alguma maneira um elo de intimidade com você! E isso é lindo, porém, deve haver uma responsabilidade da sua parte em não ser invasivo demais, em não querer que a outra pessoa faça algo do jeito que você quer ou se comporte de forma que você considera mais adequada.

Esse ponto tem um detalhe bem interessante! A personalidade e a educação familiar.

Cada pessoa tem uma personalidade específica e única, e vem de um contexto familiar e educacional também único.

Pense em você! A forma como você foi educado, os valores que você cultivou ao longo da vida, o que você aprendeu, as crenças que você carrega etc. são bem diferentes de todas as outras pessoas que cruzam seus caminhos! E aí? Você vai tentar doutriná-las? Via tentar fazer com que pensem igual a você? Não faça isso! Se tentar fazer, quem está redondamente errado é você!

Falo sobre isso me colocando como o primeiro da lista, viu! Já fiz isso não só uma, nem duas, nem três vezes, mas INÚMERAS vezes, no entanto hoje tenho consciência que quem estava errado desde o começo era eu. Porque estava me transformando em um OBSESSOR DO BEM.

Obsessor do bem é aquela pessoa que até tem uma boa intenção, mas está obcecada em fazer com que as outras pessoas entendam seu ponto de vista no seu tempo, sabe? E isso definitivamente não existe, cada pessoa tem seu tempo para aprender as coisas, umas mais rápido, outras mais devagar, esse tempo é determinado por elas no seu tempo e na sua vontade!

Inclusive existem sim pessoas que gostam do jeito que são, mesmo que isso envolva vícios como bebidas, drogas, traições, fanfarrice! E aí? Você vai tentar mudá-las para ser como você? NÃO. Não faça isso! Não seja um obsessor do bem!

Hoje, através desse texto, você está tendo essa oportunidade preciosa de aprender esse conceito que traz paz e prosperidade para a sua vida. Você pode acolher ou não! Tempos atrás pensaria que esse seria um texto impactante ou coisa parecida, mas hoje não penso mais assim.

Estou apenas escrevendo o que eu sinto e o que venho aprendendo, se o que coloquei tocar o coração de alguém, que bom, fico feliz com isso, mas se for lido e descartado, ótimo do mesmo jeito, porque esse texto não passa de palavras decodificadas que trazem uma mensagem de autoconhecimento.

Enfim! Espero que tenha gostado dessa reflexão aliando o autoconhecimento com a Física, e que você busque não se tornar um obsessor do bem!

Para continuar a reflexão, compartilho um pequeno vídeo que me ajudou na inspiração para escrever esse texto. Um vídeo do professor e terapeuta Marcello Cotrim

 

 

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

O que mais há na terra são paisagens

Por Isaias Costa

275686_Papel-de-Parede-Uma-das-Mais-Lindas-Paisagens_1600x900

Eu sempre fico impressionado com a imensa capacidade que o grande José Saramago tinha de falar um absurdo de coisas em pouquíssimas palavras.

Estava refletindo sobre uma de suas frases com apenas 8 palavras, mas com uma riqueza imensa, esta aqui: “O que mais há na terra são paisagens”.

Ao lê-la, remeti imediatamente ao nosso mundo atual capitalista e mega globalizado, no qual há um individualismo sem precedentes.

O EGO do ser humano nunca esteve tão evidente e dominante. Por onde formos, só escutamos as pessoas falarem em MEU, EU, PRA MIM

Raramente vemos alguém que pensa no NÓS, NOSSO, PARA TODO MUNDO, PARA AS COMUNIDADES.

E foi nesse sentido que o mestre Saramago quis dizer essa sábia frase. O que mais há na terra são paisagens. Se você prestar atenção, mesmo com as aproximadamente 7,3 bilhões de pessoas que existem no mundo hoje, se fizermos um levantamento cartográfico, será fácil verificar que apesar de toda destruição humana, há lindas paisagens em todos os lugares do planeta, e entre essas paisagens estão inseridas as cidades.

As florestas e matas compõem grande parte do que existe no planeta. Mas onde eu quero chegar afinal? Naquele pensamento reducionista de quase todas as pessoas em querer um lugar próprio no mundo, um lugar que possam dizer: “Isso aqui é meu…”.

Existe tanto, mas tanto sofrimento desnecessário por parte da maioria das pessoas quando não tem a chamada “casa própria”, que me deixa bastante pensativo.

Se a humanidade como um todo fosse mais evoluída, ela certamente se daria conta da “besteira” que tem feito em separar cada família em cubículos cada vez menores. Utilizando aquela velha frase “cada um no seu quadrado”.

Nós perdemos essa sensibilidade para ver como a natureza e os animais funcionam. Nenhuma espécie, fora a humana, faz as suas casas isoladamente dos outros e sem vínculos com ninguém, porque elas sabem de forma instintiva que precisam dos outros, que precisam dividir o que tem, que são parte de uma coisa só.

E nós, na nossa tremenda ignorância ainda achamos que somos muito inteligentes, superiores e donos do mundo. Já pensou?

Outro dia uma pessoa que eu conheço estava resmungando porque ainda não tinha conseguido dinheiro para ter a casa própria e estava com vergonha e chateado por ainda morar na casa da mãe.

Fiquei observando e senti a sua falta de gratidão, pois ele pode até não ter a casa própria, mas tem tudo que precisa ou até mais do que precisa, porque nem mesmo forçado a sair de casa ele estava sendo.

Quando existe forçação de barra dos pais para que os filhos morem sozinhos, é até mais justificável, mas não era o caso dele.

O Saramago também está falando sobre a SIMPLICIDADE nestas palavras. Se aprendermos a ser de fato simples, não vamos passar boa parte da nossa vida se matando para conseguir dinheiro para a super casa própria. Não! Vamos comprar uma casa boa, confortável, mas que não precise ser do preço de uma mansão em Dubai. Pra quê?

Eu percebo que existe muito status entre as pessoas que decidem morar nos “bairros nobres”, em casas chiques. Respeito demais quem faz isso, porém, há um preço alto a se pagar para ter uma casa dessas, um preço que eu de maneira alguma quero pagar, porque vejo muito mais beleza até numa casa de taipa onde me sinto bem acolhido por quem mora nela.

Aliás, isso não é discurso pra ser bonitinho não. Já conheci muita gente que mora em casinhas simples e a vontade que tinha era de ficar lá pelo menos uma semana de tão bem acolhido que eu era.

A simplicidade meus amigos! Aprender a ser simples é algo que só a busca pela sabedoria pode nos ensinar.

Então! Que essas poucas palavras tenham feito você refletir sobre em que você tem depositado seus maiores esforços.

Será que vale a pena gastar milhares, às vezes milhões de reais em um cubículo que o próprio tempo se encarregará de jogar fora? Ou é mais importante gastar dinheiro com experiências de vida, com aquilo que fica e nada no mundo consegue apagar?

Eu escolho as experiências e a simplicidade. E você?

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Algumas evidências da transição planetária

 Por Isaias Costa

maxresdefault

Nota: Por se tratar de um artigo mais longo, disponibilizo a você a sua versão em pdf sem as figuras, para facilitar sua leitura na forma impressa. O link para download está logo abaixo.

Algumas evidências da transição planetária

Para ouvir a leitura desse artigo basta clicar [aqui]

***************************************

Esse artigo é resultado de vários anos de estudos e acima de tudo, de observações da nossa sociedade. Vou listar alguns pontos que me fazem realmente acreditar que estamos vivendo uma transição planetária.

Repare que intitulei este artigo com ALGUMAS EVIDÊNCIAS, porque tenho plena consciência de que os pontos que enumerei não abrangem tudo que vem acontecendo principalmente nas últimas décadas.

Portanto, desde já, dou total abertura para que você pontue algo que também acredite fazer parte do processo de transição planetária e que talvez eu tenha esquecido de explanar.

Vamos viajar por todos os campos da vida humana. Se prepare…

1. As religiões estão se deteriorando

religic3b5es

Quis começar por esse que é um dos pontos mais polêmicos, porque eu sei a força que as religiões têm. Eu tenho observado todos os conflitos religiosos que estão se acentuando principalmente nas últimas décadas e todos eles têm uma causa muito maior por trás…

Muitos líderes religiosos querem a fina força dominar os seus fiéis através de muitos dogmas, imposições e regras absurdas, porém, a natureza humana sempre busca a VERDADE, e finalmente um número cada vez maior de pessoas está despertando para essa verdade que tão bem foi ensinada pelos grandes mestres como Jesus Cristo e Buda: “O reino dos céus está dentro de vós”.

Está acontecendo algo incrível, que é a abertura para as verdades universais, que só podem ser verdadeiramente vividas e espalhadas através de uma visão holística da espiritualidade, ou seja, uma espiritualidade que não se prende em religiões.

2. Busca de uma espiritualidade profunda

O primeiro leva automaticamente para o segundo ponto. É comum os mais religiosos fazerem esse questionamento: “Se você não segue nenhuma religião, então agora você é ateu?”. Eu acho graça sempre que escuto alguém falar desta maneira.

Na realidade é exatamente o contrário, falo isso me colocando como exemplo. Eu não sigo nenhuma religião exatamente por ser fascinado por praticamente todas. Elas têm belezas e ensinamentos tão perfeitos para a vida dos seres humanos, que eu não poderia me fixar em nenhuma, entende?

Ou seja, normalmente os que não seguem nenhuma religião, são pessoas extremamente espiritualizadas e possuem valores humanos e um caráter muito firme e decidido. Creem num Deus que está presente na menor das criaturas e em todo o cosmos…

O nosso planeta está caminhando pouco a pouco para essa compreensão mais profunda. Muitos mestres passaram pelo planeta deixando suas imensas sabedorias e um legado transformador, só resta a cada um de nós realmente colocar em prática tais ensinamentos. Gosto acima de tudo de citar Jesus Cristo, já que estamos no Brasil, onde a maior parte das pessoas se diz cristã.

Como já falei outras vezes, infelizmente, a maior parte das pessoas não conseguiu entender a verdadeira mensagem de Jesus. Ele não veio à Terra com a missão de nos salvar, de ser o filho unigênito do pai que veio trazer a boa nova. NÃO. Jesus era e sempre será um grande mestre, que veio com uma missão divina de nos ajudar a desvendar a verdade que já existe dentro de cada um de nós.

Fico muito feliz por saber que hoje em dia muita gente compreende isso bem e com paz no coração. Essa é, pelo menos para mim, uma das maiores evidências de que o nosso planeta está passando por essa transição.

Para quem acompanha os meus textos, já deve ter percebido que sou apaixonado pelo tema da espiritualidade e busco levar um pouquinho de consciência através de cada texto novo que escrevo. Se quiser se aprofundar mais nessa temática, eu tenho mais de cem textos relacionados a isso, basta acessá-lo na tag “espiritualidade”.

3. Crise nos sistemas de trabalho

formula-da-pratica-trabalhista1

Durante muitos anos, o sistema de trabalho esteve baseado na quantidade de horas de trabalho dedicadas a uma empresa ou instituição em troca de um salário no final do mês. Eu tenho reparado que está crescendo assustadoramente o número de pessoas insatisfeitas com esse modelo tão arcaico e tão mediocrizante.

Todos nós temos um potencial criativo incrível, capaz de gerar muitas formas diferentes de renda e acima de tudo, de benefícios para a sociedade como um todo, e não apenas a um pequeno grupo de empresários.

Esse modelo de trabalho de 8h por dia está, literalmente, com os dias contados. E sabe de uma coisa legal? As pessoas que já despertaram para isso, não estão nesse regime de trabalhar 40h por semana. Na realidade elas estão trabalhando muito mais do que isso. Ficou surpreso? Vou lhe explicar.

Com o despertar, nós acabamos descobrindo qual é a nossa real MISSÃO DE VIDA. Eu sou apaixonado por essa expressão, porque sei do poder avassalador que ela tem.

Muitas pessoas trabalham insatisfeitas porque não conseguiram descobrir a sua real missão de vida, então desta forma trabalhar 8h por dia é um verdadeiro martírio.

Porém, ao descobrir a missão de vida, trabalhar se torna sinônimo de DIVERSÃO. Sim! Diversão. A pessoa acorda pela manhã vibrando de alegria por mais um dia e mais uma oportunidade de fazer algo em prol de si mesmo e da sociedade.

Essa sensação é quase impossível de ser transmitida através de palavras. A palavra mais próxima que conheço para esse sentimento é SUBLIME, ou seja, é como se estivéssemos no ceú, flutuando por sobre as nuvens…

Hoje eu sei que a minha missão de vida é com a EDUCAÇÃO, e escrever faz parte disso, pois ao escrever estou ensinando as muitas coisas que eu tenho aprendido. Assim, eu acordo cedo, trabalho o dia todo, me alongo até tarde da noite, mas sempre feliz. Eu nem conto o número de horas que trabalho, porque para mim isso se tornou irrelevante. A alegria e satisfação com o que faço é o meu maior termômetro.

O que acha de você encontrar a sua verdadeira missão de vida e experienciar por você mesmo tudo aquilo que estou colocando aqui?

Para que você reflita mais sobre esse tema, compartilho abaixo um texto que me foquei apenas nisso e tenho certeza que você vai gostar de ler…

Qual é a minha vocação?

4. Novas formas de empreender

capture-20150122-151332

Essa constatação nos leva automaticamente para o próximo ponto, o EMPREENDEDORISMO. Eu também acho incrível as diversas iniciativas de empreendedorismo que cada vez mais estão surgindo.

Leio muito sobre isso e tenho constatado que muito mais importante do que ter uma empresa e trabalhar por conta própria, é a MENTALIDADE EMPREENDEDORA, que transcende tudo que está ligado ao mundo financeiro.

A mentalidade empreendedora pode ser resumida nestas palavras: AGREGAR VALOR.

Os verdadeiros empreendedores, ao contrário do que muitos pensam, não criam empresa pensando apenas em enriquecer, nada disso. Eles pensam em agregar valor. Acompanhe o meu raciocínio!

Todos eles descobriram suas reais missões de vida e utilizam seus talentos natos para ajudar as pessoas nas mais diversas áreas.

Um mito comum de muita gente é de que só existem empreendedores em grandes empresas e startups. Errado! Existem empreendedores em todos os ramos da sociedade. Até mesmo um pipoqueiro pode ser um empreendedor. Já ouviu a história do “pipoqueiro Valdir”? Ela é uma prova viva de que empreender é algo para todos, só requer criatividade, comprometimento e determinação. Abaixo compartilho um vídeo muito interessante de uma reportagem com ele.

5. Maior cooperação e menor competição

da-competicao-a-cooperacao

Esse é um ponto também bastante delicado. Muitos rechaçam o empreendedorismo pensando que se trata de um caminho que gera maior competição. Certo! Em alguns casos pode gerar, mas estou falando aqui sobre as tendências planetárias.

Nesta transição planetária, estou reparando que está havendo uma maior UNIÃO de pessoas com os mesmos ideais e sonhos em prol de algo grande para todos, algo que possa beneficiar a sociedade.

Pouco a pouco, muitos estão deixando de ver sentido em competir, já que a sociedade foi estruturada desta maneira desde que o CAPITALISMO tomou conta de tudo…

O sistema capitalista foi estruturado para dar maiores lucros àqueles que têm maiores titulações e desempenham os cargos mais altos, mas fazendo isso de uma forma que os trabalhadores de serviços mais simples fiquem completamente desfavorecidos.

Essa estrutura cria naturalmente uma pirâmide, na qual uns poucos ficam no topo enquanto a maioria fica numa base com o mínimo de recursos possível. Quero deixar claro que não sou contra ganhar muito dinheiro, não é isso. Eu sou contra a CONCENTRAÇÃO DE RENDA nas mãos de poucos. Estou falando aqui de GANÂNCIA, que é absolutamente diferente de AMBIÇÃO.

Eu me considero um rapaz ambicioso, mas não ganancioso, porque tudo que eu tenho e principalmente, o que eu sou, tenho o prazer de compartilhar com os outros, desta forma todos crescem.

Essa é a diferença entre ser ambicioso e ser ganancioso, quem é ambicioso quer mais, porém, pensando no bem comum e no próprio crescimento como ser humano, quem é ganancioso quer mais só para si e a qualquer custo, até mesmo ao custo de vidas…

O que estou falando nesse ponto é muito importante e dá “pano pra manga”. Se quiser se aprofundar mais, compartilho alguns textos mais relacionados de forma direta com o capitalismo.

Capitalismo: o que mais se quer conquistar?

Cooperação: a palavra que pode mudar o mundo

Ganância e ambição

6. Novos modelos educacionais

criatividade

O que está diretamente relacionado com a cooperação é a EDUCAÇÃO. É notório que o sistema de ensino arcaico que continua vigente está com os dias contados. Sendo professor, eu conheço de perto como é a realidade do ensino no Brasil.

Os alunos não são preparados para se tornarem cidadão críticos, eles são preparados para competirem e se tornarem “vencedores” após passarem no vestibular. Há uma distorção na cultura de que só pode vencer na vida quem faz uma faculdade. Já pensou? Só com essa frase já me vem um questionamento muito profundo: “O que é vencer na vida?”.

Responder com detalhes a essa única pergunta dá para escrever um livro inteiro. Ela tem zilhões de respostas, porém, a sociedade doente na qual estamos inseridos quer nos padronizar e fazer com que todos sigam caminhos parecidos. Chega! Não é assim que a vida acontece! Temos milhões de possibilidades e não é o fato de fazer uma faculdade que vai determinar o sucesso de ninguém.

Os novos modelos educacionais que estou tratando aqui têm uma relação muito profunda com o empreendedorismo, pois está havendo uma tendência natural de cada um buscar por si mesmo aquilo que mais gosta de fazer, aquilo com que se identifica mais e sabe que pode contribuir para a sociedade como um todo.

Posso falar sobre essa mudança com propriedade, pois acompanho o trabalho de alguns dos nomes mais influentes no Brasil, entre eles estão o Flávio Augusto, Seiiti Arata, Murilo Gun, Heloísa Capelas, Mario Sergio Cortella, Maura de Albanesi, André Lima, Bruno J. Gimenes, Marcello Cotrim e até mesmo um monge que admiro de coração chamado Lama Padma Samten.

Todos esses homens e mulheres influentes desenvolvem trabalhos educacionais belíssimos e seguem uma estrutura completamente diferente do padrão. Eles fazem os seus alunos pensarem de forma inovadora, explorando ao máximo seus talentos individuais e também contribuindo para o desenvolvimento de uma das mais importantes inteligências, que é a EMOCIONAL.

É impossível não enxergar que está acontecendo por toda parte uma mudança nesse sentido. Sem contar com o desenvolvimento da internet, que hoje possibilita você aprender tudo a partir da sua própria casa, através de cursos on-line, fóruns on-line e uma série de outras possibilidades que tratarei mais à frente nesse artigo.

Para concluir esse tópico, compartilho com você um documentário que vai abrir a sua mente com relação à educação e fazer você perceber que o atual modelo em breve deixará de existir, e precisamos nos preparar para o novo. Eu já estou fazendo isso. Aliás, estar escrevendo sobre educação neste blog já mostra essa minha tendência, concorda comigo?

7. O desenvolvimento das energias alternativas

54

Sabemos bem que os combustíveis fósseis estão sendo explorados muito além do que deveriam e também estão causando danos irreparáveis à fauna, à flora e à camada de ozônio.

Está havendo cada vez mais o desenvolvimento de pesquisas e estudos para se utilizar as energias alternativas de uma forma que beneficie o maior número de pessoas possível e que tenha os menores custos.

Estamos no Brasil e aqui temos um potencial solar e eólico absurdamente grande, que será a tendência nas próximas décadas.

Isso me deixa muito feliz e com a certeza de que essa consciência faz parte da transição planetária, pois muitos estão acordando para a possibilidade de que faltem recursos para todos, caso continue tudo como está hoje.

Temos no nosso país cientistas inteligentíssimos que estão utilizando sua capacidade criativa para o bem comum. E será uma grande alegria ainda viver nesse mundo no qual as energias que hoje são chamadas de alternativas, deixem de ser e se tornem a energia primária. O tempo nos dirá…

8. Mais pessoas cuidando da alimentação e se tornando vegetarianas

s_6

Também consigo notar que pouco a pouco está havendo maior conscientização quanto ao que se come.

Está havendo uma tendência a se ingerir alimentos mais saudáveis e orgânicos, além de um incentivo à diminuição do consumo de carnes.

Esses dados não são muito divulgados, mas para se produzir carne para o consumo humano, a quantidade de água utilizada é surreal, chega a ser praticamente inacreditável.

Se continuarmos a consumir carne nas proporções que se consome hoje, talvez o nosso planeta não resista. Haverá uma guerra mundial pela água, pois ela vai faltar.

A água utilizada para o cultivo de grãos é infinitamente menor que para a produção de carne, e se isso for levado para as escalas globais pode ajudar a erradicar totalmente a FOME, que ainda assola mais de 1 bilhão de pessoas, principalmente na África.

Além disso, ainda tem a questão espiritual. Muitos estão se tornando vegetarianos também por conta do desenvolvimento do amor universal mais profundo. Ao comer carne de animais estamos matando seres vivos e gerando desarmonias no planeta.

Eu sei que esse também é um ponto delicado e que muita gente vai discordar de mim, mas estou falando aqui o que sinto. Pouco a pouco mais pessoas estão crescendo nesse amor mais profundo ao ponto de buscarem o bem e o equilíbrio com todos os seres. E esse amor é totalmente individual, os que o desenvolvem, em alguma altura da vida, acabam se tornando vegetarianos.

Eu posso estar enganado, mas acredito que no futuro os seres humanos criarão essa consciência e se tornarão em sua maioria vegetarianos. Ahh! Isso não será imediato, OK? Pode ter certeza que durará no mínimo alguns séculos…

9. Queda do consumismo desenfreado

dy4lxx47mg-vfe7yf7bhzflzknpxxn-vm4k91yxrmw0

Esse é outro ponto que me deixa imensamente feliz. Pode não parecer, mas está havendo uma tendência de cada vez mais pessoas perceberem que não é através de mais coisas que elas se tornarão mais felizes.

Durante muitos anos nos foi ensinado que para sermos plenos e felizes precisaríamos de uma casa grande, um carro importado, muitas roupas, sapatos, eletrônicos etc. etc. Porém, a maioria dos que conseguiram grandes coisas acabaram se frustrando, porque não se tornaram mais felizes.

A felicidade é algo que vem de dentro da gente, surge no nosso coração e se espalha para as outras pessoas e para o mundo. Esta transição planetária está levando mais e mais pessoas a buscarem a simplicidade e dividirem o que tem.

Está crescendo o número de pessoas que se questiona sobre “Por que eu preciso ter mais de um carro?”, “Por que eu preciso ter vários tênis e sapatos?”, “Por que eu preciso ter uma casa muito grande se nela não moram muitas pessoas?” etc. etc.

Nessa hora, não posso deixar de falar sobre um veículo de comunicação que está sendo cada vez mais colocado de lado e perdendo sua força. É claro que estou falando da TV, que será o próximo ponto…

10. A TV aberta vai ser reduzida ou até mesmo extinguida

imagem_texto2

A partir desse ponto, meu amigo leitor, tudo começa a se conectar e interligar de uma maneira incrível.

Com o avanço das tecnologias e acima de tudo, da INTERNET, hoje tudo que você quiser assistir está à um clique de distância. Você pode assistir o que quiser, na hora que quiser e de qualquer lugar do planeta.

Já pensou? Tendo o mundo inteiro à sua disposição, quem vai querer ficar perdendo tempo assistindo a um noticiário totalmente manipulado, e que muitas vezes nem mostra para nós o que nos interessa? A tendência natural da TV aberta é que cada vez tenha menos audiência. Hoje, finalmente as pessoas estão despertando para o poder que a internet tem.

A maior parte da publicidade que nos atacava era transmitida pela TV, hoje não mais. Claro que está acontecendo uma migração enorme para a internet, inclusive nunca se falou tanto no tal do MARKETING DIGITAL.

É coisa de louco! Estão surgindo até mesmo dezenas ou mesmo centenas de novos empregos e formas de ganho que estão atrelados diretamente à internet.

Resumindo tudo! Não dá mais para fugir desta tendência, ou nos conectamos ou seremos excluídos deste novo mundo que está se consolidando.

A TV também está com o seus dias contados…

Se quiser se aprofundar mais neste ponto, publiquei no blog dois textos excelentes que destrincham mais essa ideia da televisão e o seu poder alienante. Recomendo fortemente que você os leia. Os links seguem abaixo.

O cérebro preguiçoso

Televisão: a domesticadora dos pobres

11. Crise nos modelos políticos

20150415-shutterstock_264053567-960x620

Eu falei para você que a partir do ponto dez a coisa começa a ficar quente, não foi? Você vai entender o porquê. Se a TV não tem mais esse poder de nos manipular como o fez por várias décadas, agora cada um pode ler o que quer, assistir o que quiser e ser o que quiser.

Um dos resultados naturais de toda essa mudança é a crise política. Você percebe que não é só o Brasil que está em crise? O planeta inteiro está, e a internet tem um poder decisivo nisso tudo.

Antigamente, os políticos podiam fazer suas corrupções e varrer tudo para debaixo do tapete e ninguém jamais tomava conhecimento. Hoje, se alguém se torna uma “pessoa pública”, não adianta! Qualquer falcatrua que ela venha a cometer, uma hora acaba sendo revelada. E não é isso que estamos presenciando no momento? A famosa “Operação Lava-Jato” é uma prova disso!

Os bandidos que estão por trás de toda essa roubalheira não podem mais esconder seus delitos, então isso está gerando mais consciência política de uma forma global. Apesar de tanta coisa errada estar acontecendo, eu me sinto feliz, porque uma hora isso vai acabar e o planeta vai entrar numa nova visão e em novos padrões de comportamento, de sentimentos e de vivências…

Isso é muito amplo! Ainda vou falar muito sobre esses assuntos em textos futuros. Aguarde…

12. Diminuição gradativa dos preconceitos e discriminações

18141890_rCPOD

Não poderia deixar de falar sobre esse ponto. Durante séculos e séculos a sociedade se estruturou baseada em diversos dogmas e regras muitas vezes até mesmo desumanas.

Graças a Deus, o avanço da tecnologia e da ciência hoje já consegue provar por A + B que não existe essa história de certo e de errado no tocante à sexualidade. A ciência comprovou que ser homossexual não é errado, nem pecado, nem nada parecido. É natural! Sim! Natural, e pouco a pouco as pessoas estão acolhendo essa verdade.

Esse ponto também, pelo menos para mim, é uma prova cabal de que estamos vivenciando esta transição planetária, na qual o amor universal vai pouco a pouco dominar os nossos corações.

É uma visão muito ignorante e até mesmo perversa achar que os homossexuais são diferentes ou serão condenados. Essa visão religiosa que, infelizmente, ainda existe em determinados lugares e culturas, chegará a um fim. Talvez ainda demore, mas certamente chegará…

Esse ponto tem ligação direta com o primeiro, sobre a deterioração das religiões. Como pode as pessoas seguirem uma religião que proíbe e condena algo que é natural da biologia humana? Nessa hora eu me coloco na pele dos meus irmãos homossexuais e sinto um pouco o sofrimento deles.

Somos irmão! Somos todos um. Já ouviu esse termo cunhado pelos físicos quânticos? Pois é, amigos! Não dá mais para haver separatividade.

Nesse novo mundo, não haverá espaço dentro dos nossos corações para preconceitos e discriminações! Isso é coisa de almas pequenas, que ainda não evoluíram e ainda não cresceram nesse amor universal, que tanto foi ensinado pelos grandes mestres.

Não haverá mais discriminações com homossexuais, transexuais, negros, índios, asiáticos, africanos. NADA! Seremos irmãos, vivendo em paz e harmonia.

Vou fazer um breve parênteses com a Física Quântica. Os pesquisadores da Física Quântica têm ajudado demais a humanidade nesse processo de conscientização.

Certa vez até li um artigo que tinha uma frase muito bacana, que dizia mais ou menos assim: “Há dois mil anos surgiu no planeta um mestre que era um físico quântico, mas ninguém sabia, e acabaram lhe crucificando. Hoje, a mesma mensagem que ele disse está sendo repetida pelos físicos, mas eles não são crucificados, pois são respaldados pela ciência…”.

Bacana, não é? Isso é a mais pura verdade! Lendo sobre Física Quântica eu praticamente tatuei essa frase na minha testa: SOMOS TODOS UM. Não existe essa separatividade e esse é, sem dúvida, o maior antídoto para acabar de vez com os preconceitos e discriminações.

Você já ouviu alguém lhe dizer que os preconceitos podem ser resolvidos com a Física Quântica? Se não! Seja bem-vindo a essa nova possibilidade que estou colocando aqui!

13. Surgimento de novas estruturas familiares

1-R_cmRLqz7gjG_HSZ29L6Lg

Esse é um ponto que escrevo me emocionando, porque é algo que me dói o coração saber que em pleno século XXI ainda existem pessoas com uma visão engessada e diria até cruel de que uma família tem que ser o padrão convencional: papai, mamãe e filhos.

NÃO! Isso faz parte da visão pré-histórica. Pensar isso hoje é inconcebível. Estamos iniciando uma NOVA ERA e infelizmente, esse termo foi quase que totalmente distorcido pelas religiões. Nova Era não tem nada a ver com o afastamento de Deus como alguns dizem por aí.

Sendo bem direto, a nova era é a mudança planetária que ocorre de períodos em períodos, que duram cerca de dois mil anos. Jesus Cristo ao vir ao mundo iniciou a era de peixes e estamos na TRANSIÇÃO entre a era de peixes e a era de aquário.

Para os espiritualistas, tudo isso que tem acontecido faz parte desta transição e tenho estudado muito todos esses pontos. A família também é outro ponto importante!

Nesta nova era, haverá e graças a Deus que haverá, novas estruturas familiares das mais diversas possíveis, e claro que estou incluindo as famílias regidas por pais e mães homossexuais.

Se você pensar com a mente livre de condicionamentos, vai perceber que muito mais importante que ter um pai e uma mãe biologicamente falando, é ter um AMOR PROFUNDO pelo filho.

Isso me emociona também por saber que os pais homossexuais fazem um ato de amor que alegra imensamente o coração de Deus, e esse ato se chama ADOÇÃO. Já pensou nisso?

Tantas crianças são abandonadas todos os dias e os pais homossexuais podem e certamente darão a estas crianças um destino muito mais digno e feliz do que se elas estivessem simplesmente jogadas nas ruas.

Uma criança que hoje é adotada por pais homossexuais, é o jovem ou moça que no futuro brilhará na sociedade, desempenhando papéis incríveis e função que beneficiarão a todos, enquanto que nessa visão estreita de que não pode ser adotada, esta mesma criança talvez no futuro acabe se tornando um ladrão, um assassino, um mendigo sem esperanças…

Esse ponto é muito polêmico, sei disso! Mas estou preparado para ser mal compreendido pelos que ainda não desenvolveram essa consciência. Saiba que você tem escolha, se não gostou desse artigo ou do blog, é só deixar de me ler e procurar outros conteúdos. O que proponho aqui é a abertura para uma nova realidade que não tem mais volta. Ela já está acontecendo, independente do que eu diga ou não, e isso me deixa ainda mais sereno…

Ainda com relação ao tema da família, essa é uma visão que poucos têm conhecimento. As famílias desta nova era não serão como vemos hoje, cada um na sua casa, ilhado, separado de todos. NÃO.

Haverá mais cooperação e as famílias se unirão muito mais. Além dessa união, vai acontecer outra coisa fabulosa, uma maior participação dos IDOSOS na educação e construção dos valores transmitidos às crianças.

Hoje em dia os idosos são colocados à margem da sociedade, afinal de contas, vivemos na sociedade do lucro acima de tudo, não é mesmo? Eles se tornam um peso e normalmente são transferidos para asilos, onde morrem prematuramente por causa da falta de afeto e da solidão.

Saiba você que esse modelo de sociedade está adoecido, e isso já está mudando! Na realidade, os idosos deveriam ser as pessoas mais reverenciadas da nossa sociedade, por um motivo muito simples. Eles VIVERAM muito e têm muito o que nos ensinar.

Nada ensina mais do que as experiências de vida. Então nesse novo mundo, os idosos serão os grandes sábios que ensinarão às crianças os valores humanos, ajudarão na construção do caráter e contribuirão para que bem cedo elas despertem para seu real propósito de vida.

Pense comigo! Muitas vezes, os jovens de 20, 22, 25, 30 anos, não fazem ideia nem do eu querem para si mesmos? Não é verdade? Aí têm um filho e são obrigados pela própria situação a educar os filhos sem ter maturidade e praticamente nenhum preparo emocional.

Então, o que vai acontecer? Haverá muito mais presença dos avós ou de idosos de outras comunidades que auxiliarão diretamente na educação das crianças.

Com essa mudança os idosos deixarão de ser um fardo e passarão a ser reverenciados, eles serão os nossos grandes mestres…

Eu posso estar enganado quanto a esse pensamento, mas é o meu coração que me diz isso, e raramente ele falha quando me transmite essas intuições…

O tempo vai nos dizer como se dará todas essas mudanças. Se daqui pra lá esse artigo ainda estiver na internet, quem sabe ele seja resgatado por alguém e digam assim: “Caramba! O Isaias falou como seria as famílias do futuro! Que legal!”…

14. Emancipação das mulheres

1331212264833-mulheres

Esse ponto não é tão comentado e explorado por aí, mas consigo associá-lo principalmente por causa das leituras de um grande místico oriental chamado Osho. Aproveito desde já para sugerir um livro que expandiu a minha consciência de forma incrível, se chama “Intuição”, do Osho.

Neste livro ele fala do poder que a sensibilidade feminina tem sobre as pessoas, a educação e sobre todo o planeta.

A intuição aguçada é uma característica predominantemente feminina, e os homens que a desenvolvem tem quase sempre uma veia mais artística, eu sou um exemplo disso. Escrever também é uma arte, e precisa ter sensibilidade. Leia esse livro, ele é sensacional!

As mulheres foram massacradas e diminuídas durante praticamente toda a história da humanidade. As civilizações antigas tratavam as mulheres como escravas dos seus maridos. O machismo se tornou uma doença e digo sem medo que foi uma das doenças que mais agravou a sociedade que estamos vivendo hoje.

Esse ponto também faz ligação com as religiões. Os grandes patriarcas antigos começaram a criar leis malucas em suas mentes maquiavélicas de que os homens eram superiores e deveriam ter mais privilégios e mais dinheiro e mais isso e mais aquilo…

Inclusive tem uma passagem da carta de São Paulo aos Efésios que acho lastimável ainda ser seguida ao pé da letra por algumas pessoas: “as mulheres devem ser submissas aos seus maridos…”. Como assim submissas? Nada disso! Elas devem ter direitos iguais aos homens.

Deve haver uma complementaridade entre homens e mulheres, esta é a palavra, eles são os OPOSTOS COMPLEMENTARES. Existe a energia masculina e feminina em tudo no universo, é o famoso equilíbrio YIN e YANG, tão bem detalhado na doutrina TAOÍSTA.

As mulheres se deixaram submeter por séculos e séculos, mas toda essa dominação masculina já tem provas mais que suficientes que está acabando mesmo, o que também me deixa imensamente feliz.

A mulher, com sua sensibilidade e com sua capacidade inata de ser multitarefa, está revolucionando o nosso mundo, e não tenho dúvidas que elas têm um papel fundamental nesta transição planetária.

A energia que paira pelo planeta está se tornando cada vez mais feminina. Se você prestar atenção, no século XX foi quando houve as guerras mais avassaladoras da história humana. Isso nos leva a concluir que essa transição não começou agora, na virada do século, não, ela já vem acontecendo há mais tempo, a diferença é que hoje temos muito mais evidências que no século XX.

Hoje em dia as mulheres já ocupam diversos cargos que antes eram exclusivamente masculinos e muitas estão o desempenhando até melhor, como presidências de grandes corporações e outros cargos.

Essa competência também está levando-as pouco a pouco a equipararem seus salários ou até mesmo ganharem mais do que os homens. Já pensou que incrível? Elas estão mostrando seu poder ao mundo!

Atrelado a isso tem outro ponto importante que é a taxa de natalidade e mortalidade. Estudos já comprovaram que atualmente nascem mais mulheres do que homens e elas têm, de um modo geral, uma expectativa de vida maior que a dos homens. Você pode se aprofundar neste quesito lendo esse trabalho publicado pelo IBGE, e para ser mais específico, você pode acessar as páginas 37, 60 e da 66 à 70.

Projeção da população brasileira por sexo e idade (IBGE)

Essa tendência também está diretamente relacionada com a transição planetária, eu acredito que existe realmente uma ordem divina por trás de tudo isso, são as mulheres que darão esse maior empurrão para que essa mudança atinja níveis globais. Esperem e verão… Nada como o tempo para nos revelar isso com toda clareza…

15. Ascensão das medicinas alternativas

0001343728

Esse é outro ponto que já venho estudando há bastante tempo e está relacionado aos ciclos de evolução do planeta Terra.

Bem antigamente, há mais de 4000 anos, existia uma medicina poderosa e que ao longo dos séculos foi sendo colocada debaixo do tapete devido ao seu poder de cura, estou falando da Medicina Egípcia e Indiana.

Graças a Deus, hoje ela está sendo resgatada por pessoas muito sábias e comprometidas com a verdade, algumas delas são a escritora e palestrante Louise Hay, o médico Deepak Chopra e o físico Amit Goswami, grandes nomes conhecidos mundialmente.

Aqui no Brasil, a principal divulgadora desta medicina é a professora e escritora Cristina Cairo, que semanalmente apresenta um programa pela Rádio Mundial falando da Linguagem do Corpo e revelando de uma forma simples que dentro de nós mesmos está a chave para a cura de todas as doenças, TODAS mesmo! Ficou espantado? Então procure seus vídeos no youtube! Lá você vai encontrar pelo menos uns 300…

Além deste programa, ela escreveu três livros maravilhosos sobre a Linguagem do Corpo, livros estes que certamente fazem parte da minha cabeceira…

Hoje em dia, a Medicina que é chamada de ALTERNATIVA será em um futuro próximo a principal, e a Medicina CONVENCIONAL de hoje, será a alternativa, pode acreditar! Isso não só vai acontecer como de fato, já está acontecendo, o que me leva naturalmente para o próximo ponto.

Se quiser aprofundar essa questão, compartilho abaixo um dos principais artigos do blog. Vale a pena demais a sua leitura…

A cura quântica

16. Maior busca pela meditação e por tratamentos complementares

inc_thumb3

Como está acontecendo essa ascensão das Medicinas Alternativas, o que também surge naturalmente é a busca pela meditação e tratamentos complementares.

Até mesmo as empresas estão promovendo meditações, os telejornais estão falando sobre isso e diversas escolas estão introduzindo momentos de meditação. Não tenho dúvidas que essa mudança também faz parte dessa transição planetária.

As pessoas não aguentam mais essa vida tão corrida e maluca que se desenvolveu principalmente após à revolução industrial. É preciso serenizar, é preciso silenciar, é preciso que nos voltemos para a nossa essência, para desta forma CURARMOS definitivamente tantas mazelas que nós mesmos criamos.

Nós criamos todo o desequilíbrio do planeta, então também está em nossas mãos voltarmos ao equilíbrio, e a MEDITAÇÃO é um dos melhores caminhos. Já medito há mais de três anos e percebo os benefícios em todas as áreas da vida, mas acima de tudo, na SAÚDE DO CORPO.

Além da meditação temos também o Reiki, o Thai Chi Chuan, os diversos tipos de Yoga, massoterapias, acupuntura, auto-hemoterapia, auriculoterapia, EFT, florais de Bach, tratamentos com ervas naturais etc. etc. São muitos caminhos alternativos que podem levar a humanidade inteira a um processo de cura coletiva e um dos meus grandes sonhos se tornará realidade, a indústria farmacêutica perderá a força que tem. Isso é o futuro e ele já está sendo construído…

17. O poder imenso da internet

1-O-poder-da-internet

Este é o meu penúltimo ponto. É impossível negar que tudo isso tem uma relação direta e profunda com a internet. Ela tem esse poder de conectar pessoas de qualquer parte do planeta e fazer com que todos aqueles que têm ideais comuns se reúnam e criem suas comunidades.

Sem a internet você nem poderia estar lendo esse texto, pois ela é o veículo para que ele chegue até você. Pense comigo, eu falei de diversos pontos, mas o principal deles é a EDUCAÇÃO.

A educação do futuro estará completamente conectada à internet, por isso afirmo categoricamente que o atual modelo está com os dias contados. Mais uma vez dou um alerta, se você que está lendo esse artigo for professor, fique antenado! Você vai precisar inovar, vai precisar ser mais CRIATIVO, isso se não quiser mudar completamente de profissão, não é mesmo?

Nós ainda vamos nos surpreender com os avanços que a tecnologia dará e disponibilizará para todos nós em um futuro breve. A internet é o futuro, se ela for bem utilizada, o que acredito que será a tendência, esta Nova Era levará o ser humano a grandes saltos evolutivos…

18. Todos poderão contribuir com a coletividade

Contribua Pintando um Mundo Melhor

Para concluir, acho esse ponto especial, porque no passado, as pessoas realizavam muitas vezes trabalhos incríveis, mas como não existia um veículo que globalizasse suas empreitadas, ficava muita coisa no total anonimato.

O que estou querendo dizer é que com a internet, hoje em dia todos podem, no dito popular, “botar a boca no trombone” e falar o que pensam, se expressar, escrever, cantar, pintar, vender, revelar seus talentos ao mundo, e quase tudo de graça, existem “n” formas de se fazer isso. Esse blog é um exemplo! O WordPress é uma plataforma gratuita de edição de textos e foi através dele que muita gente hoje já se tornou conhecida.

Isso é maravilhoso, é algo que me deixa feliz de verdade. Eu sou um rapaz desconhecido nas grandes mídias e nem me importo com fama nem nada parecido, agora acho incrível saber que o que estou escrevendo pode ter um impacto grande na vida de muitos que leem.

Praticamente todos os dias eu recebo feedbacks maravilhosos de pessoas que nunca vou conhecer pessoalmente, mas que se sentiram tocadas por algo que eu disse, por algum texto que as fez despertar para mudanças e crescimento humano…

A internet propicia isso e estou reforçando com esse artigo. Tenho certeza que você também tem algo que pode promover crescimento humano. Talvez você tenha grandes ideias, mas tenha medo de executá-las por algum motivo.

Com a internet, basta ter determinação, boa vontade e ideias legais que certamente você conseguirá pessoas que afinizam com suas ideias, SEMPRE, disso eu tenho certeza.

Tem uma ideia interessante? Então busque uma maneira de fazer com que muitos a conheçam. Faça um vídeo e lance no “Youtube”, crie um áudio e lance no “Souncloud”, crie uma página no facebook, uma página no “Instagram”. São tantas as possibilidades, só resta você ter a iniciativa e deixar de ter medo.

O que acha de pensar com carinho nisso tudo, hein?

CONCLUSÃO

Eu termino esse artigo imenso com a sensação de que ainda tem muita coisa a ser colocada e explanada, mas deixo as reflexões com você agora.

Como disse no início, fique à vontade para comentar e acrescentar algo que possa enriquecer ainda mais este artigo e o conhecimento dos nossos amigos leitores.

Nos vemos nos próximos artigos…

  • Alguns textos que me inspiraram a escrever esse artigo

Há algo de grandioso acontecendo

Por que a mídia esconde de você as boas notícias?

A lagarta, o casulo e a borboleta

Para ouvir a leitura desse artigo basta clicar [aqui]

6 Comentários

Arquivado em Uncategorized

A conexão com as pessoas leva a conexão com o espírito

Por Isaias Costa

rela

Há certo tempo estava buscando inspiração para escrever sobre um tema de suma importância e esta me veio nesse texto que você lê agora, a conexão entre os relacionamentos humanos e nosso espírito.

Somos seres espirituais habitando corpos físicos. Estamos neste planeta de passagem por um tempo extremamente curto. Em nossa essência mais profunda, há a necessidade de termos bons relacionamentos, uma conexão sincera e profunda com outras pessoas. Infelizmente, devido principalmente aos avanços tecnológicos, hoje está cada vez mais difícil construir relacionamentos significativos.

Essa dificuldade acaba interferindo naquilo que deveria ser a maior de nossas buscas, aespiritualidade. Eu gosto de comparar a espiritualidade com a construção de uma casa ou de um prédio. Primeiro se colocam as vigas, o concreto e toda a estrutura da base, depois vai se levantando as paredes e só no final é que se constrói o teto com o telhado.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Seja o melhor naquilo que faz

Por Isaias Costa 

5086312_m

Eu tenho pensado bastante sobre fazer as coisas da melhor maneira possível. Sou bem jovem, sei que já errei e ainda continuo errando em muitas coisas, mas eu sempre nutri um intenso desejo de fazer o melhor que eu posso em tudo que me proponho. E sabe de uma coisa? Isso me ajuda a me manter feliz na maior parte do tempo, pois quando algo dá errado (e certamente dá errado), eu não fico com aquele peso na consciência por não ter tentado, não ter me esforçado. Então eu respiro fundo, agradeço por tudo de bom que eu tenho e que sou, e levanto a cabeça para começar outra vez, para tentar outra vez. Como diria o grande psicólogo David Steindl-Rast: “Nós sempre temos uma nova oportunidade, e mais outra oportunidade”.

Eu penso como ele, enquanto estamos vivos, nós sempre podemos fazer o melhor possível, mesmo errando, mesmo caindo, mesmo fracassando, mesmo se decepcionando. Aliás! Se em todas as oportunidades que nos fossem dadas apenas obtivéssemos vitórias, nós nem entenderíamos o significado da palavra vitória, muito menos daríamos valor às nossas conquistas! Entender isso é fundamental para que transformemos fracassos em oportunidades, para que utilizemos os nossos fracassos como alavancas para o nosso sucesso. Já escrevi sobre isso com mais detalhes em outros textos e recomendo fortemente a leitura deles, caso você ainda não tenha lido. Seguem alguns links abaixo:

O fracasso como uma alavanca

Fracassos e resultados

Quer ser feliz? Seja grato!

Eu quero ser o melhor no que eu faço, inclusive aqui, ao escrever para você. Eu sempre procuro fazer o melhor que eu posso para transmitir meus conhecimentos de forma simples e direta, agregando valor. E me dá uma satisfação indescritível saber que minhas palavras estão tocando os corações dos leitores. Para mim, não há dinheiro nenhum no mundo que pague essa sensação, pois o que proponho com meus textos é uma elevação no nível de consciência, e elevando a nossa consciência, toda a nossa vida se eleva junto, e desta forma, também levamos outros tantos a crescerem junto com a gente, melhorando tudo e melhorando todos.

Que hoje você reflita um pouco sobre isso e busque sempre crescer e se tornar cada vez melhor. O mundo inteiro agradecerá por essa tomada de atitude. E para continuar refletindo sobre isso, compartilho um excelente artigo do palestrante Fernando Oliveira que me inspirou a escrever esse texto…

*****************

 A melhor coisa que você pode fazer pela sua família é ser o melhor naquilo que faz.

“Diariamente acompanhamos nos telejornais a maratona que a maioria dos brasileiros enfrenta para ir e vir do trabalho. Boa parte dessas pessoas consome mais de 12 horas por dia entre sair de casa e o retorno, para, no final das contas, ficar um pouco com a família antes de ir dormir para recomeçar tudo no dia seguinte. Você pode pensar – Mas esse sou eu! E não preciso ver telejornal pra saber disso, eu vivo isso todos os dias!

Eu sei, eu sei que é delicado falar sobre isso, principalmente quando a maioria realmente precisa passar por isso para garantir o sustento da família. Talvez seja por isso mesmo que eu quero falar sobre a importância de você se tornar o melhor do mundo naquilo que faz.  A realidade que a maioria das pessoas vive hoje é basicamente construída a partir daquilo que acreditam ser a realidade.  E muitas vezes para confirmar essa realidade agem de acordo com aquilo que acreditam. “A vida é uma luta”, “Pra mim as coisas não são fáceis”, são algumas das frases ditas para confirmar que as coisas devem ser difíceis.

De outro lado existe um grupo de pessoas que trabalham menos, ganham mais dinheiro e tem muito mais tempo para aproveitar a vida. Quem são eles? Os melhores do mundo. Esse seleto grupo, que infelizmente ainda é a minoria, alcançou esse patamar fazendo as coisas de maneira diferente da maioria.

Há algumas semanas o golfista Norte Americano Tiger Woods ganhou seu 71º torneio.  Ele vem dominando os campos de golfe há mais de 20 anos e está milionário. O corredor jamaicano Usain Bolt, deixou comendo poeira os outros corredores e destruiu todos os recordes mundiais. Pessoas como Ayrton Senna, Michael Jordan, Pelé, Michael Phelps, César Cielo, Lance Armstrong só pra citar alguns, não são melhores por acaso, eles estão ou ficaram no topo um bom tempo porque davam o melhor de si, faziam diferente da maioria que não acredita que pode alcançar o nível mais alto do pódio. Você pode pensar, mas atletas são diferentes! Não, não são. Eu acredito que você é uma força de Deus e pode chegar tão alto quanto queira. O mais importante é no que você acredita. Aliás, em que você acredita? Se você acredita que está preso à sua rotina e não tem saída, vai agir de uma forma completamente diferente, se acreditasse que pode alcançar novos patamares em sua vida. Acreditar vem antes de fazer. Saiba que resultados médios por definição, todo mundo consegue, se você realmente quer se destacar, terá que ser excelente naquilo que faz. Lembre-se da máxima que diz que “Se algo merece ser feito, então merece ser bem feito”. Eu penso fazer algo extraordinariamente bem feito pode mudar sua vida! Faça isso pelo seu trabalho, faça isso pela sua família, faça isso por você!”.

Blog: Faça o melhor pela sua família sendo o melhor naquilo que faz

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized